Ir para conteúdo

noikeee

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    2.910
  • Registro em

  • Última visita

Sobre noikeee

  • Data de Nascimento 25-02-1986

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Origem
    Ilha da Madeira

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. noikeee

    Como Conquistar uma Rapariga ou um Rapaz

    O que eu tou a tentar dizer é, eu também acho que isso é estranho, e denota um bocado falta de carácter. Ou frieza, quem esquece uma pessoa com quem teve uma história longa em 5 minutos, e parte logo para uma nova coisa "séria", é alguém que trata os outros como descartáveis. Tão no seu pleno direito a fazer a sua vida, não há nenhuma lei que diz que "ao fim de 3 semanas / 1 mês / 3 meses / 6 meses já pode", mas óbvio que percebo que custa a quem foi deixado para trás. Por isso é que acho que ele deve pensar assim... a única coisa que ele "perdeu" foi uma pessoa com falta de carácter e que no fundo não queria estar com ele de qualquer maneira, nunca iria dar certo. É uma oportunidade para começar a seguir em frente e procurar uma pessoa com valores mais coerentes e com quem possa ser mais feliz.
  2. noikeee

    Como Conquistar uma Rapariga ou um Rapaz

    Pensa assim... já viste do que te livraste? Querias mesmo uma pessoa que muda de ideias assim tão facilmente? Vai custar, mas é andar em frente. Os únicos amigos que tens são o tal grupinho em comum com ela? De certeza que não. Não significa que cortes completamente a socialização com eles, mas começa a tar mais em contacto com outros grupos de amigos. Tens tempo livre agora, aproveita pa fazer outras cenas que gostes que não implique namoradas.
  3. Ele já tem uma certa idade, pode ser a única oportunidade na vida de treinar em Inglaterra. Pode ser por aí.
  4. De treinador jovem mais promissor da liga e a dar um passinho a caminho de retornar ao Sporting, a substituído pelo José Mota. https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/777280
  5. noikeee

    Viagens (Actualizado a 02/10/2018)

    @doom_master pára em Salzburgo, vale a pena 100%, mas não ficava muito tempo lá, 1 dia dá na boa, o centro é bué pequeno e para além disso não parecia ter muito para ver. olha por falar em Itália vou agora em Março 2 dias Veneza, 2 dias Florença, e meio dia Bolonha dicas aceitam-se sempre. @a.lopes quando acabar o jogo e festejares a vitória por 3-0 já não te vais lembrar dos autocarros pá, caga nisso
  6. O que é que se passa com esta transmissão na RTP, as cores tão bastante escuras e esbatidas.
  7. noikeee

    Como Conquistar uma Rapariga ou um Rapaz

    1º pq é que os 2 primeiros posts duma conta num forum de FM (?!) são sobre uma pergunta tão pessoal. Epa n leves a mal pode ser uma pergunta genuína tudo bem, mas com tanto clone por aí chama a atenção. 2º tenho uma experiência parecida com 2 amigos meus. Um começou a andar com a ex do outro. Hoje em dia tem 2 filhos e vão se casar. Mas perdeu completamente uma amizade de mais de 10 anos, envenenou o grupo de amigos todo, e teve que lidar com montes de drama. Uns compreendem a situação, outros não, as namoradas dão-se ainda pior do que eles e causaram a maior parte da confusão, enfim. Eu acho que se é uma pessoa com quem te imaginas a fazer a vida, por muito boa que seja uma amizade, é uma coisa ainda mais importante do que isso e toma prioridade sobre a amizade. Mas tens de ter consciência que vais por em risco a amizade e que por muito honestos e muito boa vontade que todos tenham, as coisas entre ti e os teus amigos vão necessariamente deixar de ser as mesmas. Agora só tu sabes se é uma pessoa por quem vale a pena tomar este risco ou não.
  8. fds Oliver se é para dar uma paulada que se dê com vontade e com maldade. cum crl. 2 anos a treinar com o Sergio e ainda não aprendeu a dar porrada como e quando deve de ser.
  9. Um dia destes vai aparecer um jogador com o nome Sissoko-Dembelé, só para confundir ainda mais.
  10. Por acaso não achei esta entrevista particularmente arrogante por aí além, já ouvi e li o Mourinho dizer coisas muitíssimo mais estapafúrdias.
  11. Máquina de aparar Remington é top, já me dura há uns bons anos de guerra e nem foi muito caro da Amazon.
  12. Outra coisa, eu acho que isto até depende da personalidade e do contexto cultural em que a rapariga está inserida! Uma coisa é uma moça sexualmente desinibida, intelectualmente desenvolvida, independente e com as ideias bem esclarecidas no sítio. Estando com uma pessoa desse género jamais faria sentido passar pela cabeça que um "não" pode ser ambíguo. Bem diferente seria uma rapariga inibida e que cresceu sobre o estigma de que é errado se "oferecer". Com uma pessoa dessas é muito mais natural a rapariga colocar barreiras e travões a todos os níveis numa relação (sexual ou não), apesar de "no fundo querer algo", e estar à espera que a "conquistem". Continua a ser simplesmente errado abusar duma pessoa dessas contra a sua vontade, mas as coisas são muitíssimo mais ambíguas e dão mais trabalho para esclarecer. Acho que há pessoal aqui que só convive com gente dum tipo de meio (p.ex. um meio urbano e/ou intelectual), e não percebe que as coisas são culturalmente diferentes noutros meios, mesmo hoje em dia.
  13. epá e que tal um nem 8 nem 80 imaginemos que tão com uma rapariga que dá todos os sinais do mundo que quer sexo, vai provocando, vai-se despindo até se por nua e de repente a) diz que não mas com um sorrisinho maroto, olhos nos olhos, a continuar a provocar e com a mesma linguagem corporal do que até aí então ou b) diz que não mas de forma séria e com uma linguagem corporal subitamente diferente do que até aí, p.ex. retrai-se com um passo atrás e/ou de repente tornou-se bastante quieta No cenário a) acho que é perfeitamente normal e natural insistir um pouco mais, e assumir que o não pode ser apenas uma brincadeira, um roleplay para tentar espicaçar as coisas.... até se tornar mais claro se o não é mesmo a sério. No cenário b) aí já uma pessoa de perfeito juízo se questiona o que é que se passa, e por muito frustrante que seja, assume que não vai ter festa nem tem direito a ter festa, apesar de ser uma sequência de eventos um pouco estranha. Mas pode ser p.ex. sei lá, uma pessoa com um trauma qualquer e que de repente se lembrou de qualquer coisa que fez perder subitamente a pica. Eu neste caso cá já parava e perguntava o que é que se passa, se tá tudo bem, etc. Porque a moça tem todo o direito de mudar de ideias. A cena é que entre o cenário a) e b) se calhar a rapariga até pode dizer exactamente as mesmas palavras, mas a linguagem corporal é completamente diferente e é o que faz toda a diferença. Convém ter o mínimo de noção para saber ler essa linguagem corporal (que pode até ser bastante óbvia, mas infelizmente nem toda a gente é capaz de perceber essas coisas). Agora, mesmo no cenário a) não dá o direito a saltar imediatamente e enfiar o grandalhão à força lá dentro. Isso seria simplesmente violação. Dá direito é a avançar um pouco mais calmamente para tentar esclarecer as coisas. Uma relação, mesmo puramente platónica, baseia-se num mínimo de confiança e comunicação entre ambos, e num cenário aparentemente ambíguo destes se calhar convém esclarecer. Não vou ao extremo do Descartes que aqui, mesmo no cenário a), uma moça tar a fazer isso sem querer nada é "violência", mas lá que é uma sequência de eventos ainda mais estranha que b), é. Eu acho que uma rapariga que provoca a esse ponto mas não tem intenção nenhuma de querer nada já desde o início, é alguém que psicologicamente não bate bem da bola, e apenas quer torturar psicologicamente a outra pessoa (acho que é isso que o Descartes quer dizer com "violência"??). Claro que mesmo assim, isso continua a não dar justificação nenhuma para abusar da rapariga, mas é muito estranho. E tá-me a parecer que o Takezo deparou-se com alguém assim do género, porque andar a gravar conversas é um bocado bastante WTF. Parece quase alguém a tentar criar uma armadilha de acusação de abuso sexual premeditadamente. Pessoas maquiavélicas a esse ponto (mulheres ou homens) são raras na sociedade, mas existem, que tb já tive a infelicidade de conhecer noutros moldes e contexto. Pro tip: eu punha-me a milhas dessa gaja. Estas coisas são mais complexas do que parece à 1ª vista, embora apenas seja preciso um pouco de senso comum básico, mas infelizmente há muita gente por aí que tá-se a cagar para o senso comum e só vão atrás das hormonas no momento sem respeito pela outra pessoa, e é assim que ocorrem abusos aos milhares por esse país fora. Mas ao mesmo tempo também não me parece bater muito bem da bola a pessoa que se depara com o cenário a) e em vez de insistir mais um pouco, imediatamente responde com um muito educado "ok, peço imensa desculpa podes ir embora" e veste as calças, enquanto a moça fica ali a olhar de mamas ao léu a pensar "olha-me este c*brão que leva tudo literalmente à letra enquanto eu só tava aqui a pegar com ele, agora sim cá já perdi a pica toda".
×