Ir para conteúdo

Fluke

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    3.354
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    681 [ Doar pontos ]

Sobre Fluke

  • Data de Nascimento 04-10-1990

Métodos de contacto

  • Website URL
    http://

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Origem
    Torres Vedras / Paris

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está a ser visualizado por outros utilizadores.

  1. Bem, com o clube a chegar à Premier League pensei que ias ter dificuldades e após uma primeira metade de bom nível a meu ver, vens partir a loiça todo com esses reforços de Inverno. A meu ver o GR que veio deve ter dado muito mais segurança daí os excelentes resultados.
  2. Boa sorte para mais uma aventura pelo mundo do futebol! Sou gajo para dizer que vais para o Beira-Mar ou Leiria.
  3. É talvez a coisa mais azeda que existe é chegar à PL e ver tanto trabalho e esforço ir assim por água abaixo. Só pelo percurso merecia CN! Venha daí mais uma daquelas epopeias que só tu consegues nos dar mon frère
  4. Antes de vos responder a todos, quero pedir desculpas por ter estado quase 1 mês sem aparecer. Mas estive de férias em Portugal e entretanto mudei de trabalho porque tive uma oportunidade em ouro que apareceu e tenho andado mais atarefado do que é costume). Certo é que isto está longe de estar morto e vão continuar a ver os Celtic. Aliás, Domingo tivemos um torneio de futebol 7 e foi porreiro voltar aos relvados (sintético). Se tiver tempo sou capaz de meter aí umas fotos. Sim, porque acho que para este ano temos de ir com tudo para tentar ganhar nem que seja a Coupe de France. Daí ter trazido mais experiência do que tem sido costume. Por enquanto a preparação correu bem, veremos no que vai dar nos jogos a doer. Também do mercado que fizemos. Sim estamos bem preparados e é gratificante ver que o nosso trabalho é reconhecido além fronteiras e ter 4 das mais conceituadas selecções chamarem-te para tomar o controlo não é todos os dias. Mas ainda é cedo para isso. Sim, os kits ficaram porreiros. Temos um designer do catano no clube É para ver se conseguimos vender mais camisolas aos chineses! É um misto de marketing e jogada estratégica porque a experiência pode vir a ser importante nos jogos a doer. Obrigado a todos. Estou em pausa entre dois serviços, vou preparar uma actualização e amanhã mais tardar ponho isso aqui.
  5. f*dasse, é que nem nos putos conseguem ganhar uma. Bella Gutman do crl, deixa que quando eu morrer vou f*der-te a vida eterna toda!
  6. nem sei porque é que escrevi isso. Estava a jogar contra eles no FM, deve ser por isso
  7. Eu estava todo hyped com a vinda dele, enquanto jogador e goleador, mas o salário descomunal e o facto de durar no máximo 1 época a render bem se não tivesse lesões acho que não compensaria o balúrdio. Agora todos esses nomes de cotas que nem nas distritais conseguem marcar já, só falta meterem o Robinho ao barulho. Lembrem-se bem, falou-se nele antes dele ir para o Real há um semi reboque de milhões de anos atrás. Rodrigo, se o conseguissemos por 20M max, sabendo que os gajos precisam de cash, poderia ser interessante.
  8. Pré-Época 2030/2031 Como tem sido hábito, mexo muito no mercado mas como de costume aposto bastante nos jogadores a custo zero porque lá porque estamos a nadar em dinheiro, não quer dizer que vamos esbanjar à parva. Nada mais do que 8 jogadores vieram pela "lei Bosman" e isso prova que o nosso departamento de scouting está cada vez melhor. 3 destes jogadores vão ser emprestados directamente, mas abordarei isso mais à frente porque agora é tempo e vos apresentar as caras novas que vão integrar o plantel. Nikola Todorovski, mais um português com um nome bem lusófono, que nos chega do Benfica. Sem nunca ter jogado pela equipa principal das águias, este jovem extremo esquerdo canhoto tem não só muito potencial mas tem já valor imediato. Após uma boa época no Eibar decidi avançar para a sua contratação. Pietro Pellegri, nome muito conhecido do futebol francês. Este italiano chegou ao Monaco com apenas 16 anos, e aos poucos conseguiu impôr-se no clube do principado sem nunca ser portanto brilhante, foi sempre regular. Quando apareceu a hipótese de assinar com ele, ainda pensei duas vezes, mas acho que temos no italiano uma alternativa de enorme qualidade ao Gerxhaliu se o alemão se lesiona ou simplesmente estiver em baixo de forma. Pode também jogar a 10, extremo direito ou esquerdo, fazendo disso uma possibilidade de ganhar mais minutos. Bruno Fernandes, mais uma estrela do futebol mundial em final de carreira que vem para Montpellier dar uma perninha. O Português que teve uma brilhante carreira, ainda tem muito futebol para dar e acredito no seu valor. Moussa Dembélé é outro "velhote" que chega a custo zero. O francês ainda está em forma, tendo em conta a idade e decidiu aceitar ser suplente no nosso clube para transmitir todo o seu conhecimento aos mais novos e ainda assim ser útil quando for chamado ao "ringue". Tem um enorme salário para o pouco que vai fazer podem dizer isso, mas acredito plenamente que vai ter o impacto que eu quero portanto olhando bem para isso, acaba por ser um bom negócio. Andy Dobson é um jogador alemão que nasceu em Inglaterra, e que após ter ido para o Bayern oriundo do Werder Bremen, nunca conseguiu confirmar o potencial que tem, muito devido à forte concorrência que existe no colosso da Baviera. Veio para o sul de França para lutar pelo lado direito do ataque com o Lucas Marquez. O Szcezny acabou a carreira e o Mejri queria sair, portanto precisava de dois guarda redes. Decidi investir uma batelada no Elie Collet, que nunca conseguiu a titularidade no PSG, porquê perguntam vocês? Porque o francês tem um enorme valor aos meus olhos e vai ser o inimigo ideal para o Obama, ou pelo menos era esse o plano. Verão porquê mais à frente. Sakhile Mbambo. Internacional Sul Africano, era ele o grande guarda redes que eu queria à 3 anos atrás, até porque o preço era muito interessante quando o Inter o vendeu ao Hamburg. Veio para ser terceiro guarda redes inicialmente, mas os planos mudaram quando o Obama saiu. Vai ser a sombra do Collet neste caso. Wei Lei é um lateral esquerdo brasileiro de origem chinesa que sigo há vários anos. Teve para vir por empréstimo do Inter, mas na altura preferiu ficar em Itália e ir para o Cagliari. Agora chega também por empréstimo do Ajax, com uma opção de compra de 25M€ se não estou em erro. Já internacional brasileiro vai certamente estar muitas vezes presentes a titular Para terminar, Alejandro Guerrero. Achei bem apostar num jovem para terceiro guarda redes porque temos aqui um jogador com um potencial monstruoso e que vai ter todo o tempo do mundo para aprender até estar pronto a assumir as nossas redes. É um projecto de 3-4 anos que aqui está, e acredito plenamente que vai ter sucesso. Falando agora das saídas. Fizemos boas vendas a meu ver, recolhendo 50M€ no total. Maxime Lopez atraiu o interesse do Newcastle, e para um jogador com 32 anos a verba era interessante demais para ser recusada. Ferrán nunca me convenceu e decidi abrir-lhe as portas de saída, onde realizamos uma bela mais valia sobre um jogador que chegou a custo zero no ano passado. A saída do Obama não estava programada, mas quando comprei o Elie Collet, o PSG atacou o camaronês para o substituir e este pediu expressamente para aceitar a sua saída. Conseguimos ainda assim sacar 10M€, que sempre é uma boa soma. As restantes vendas foram de excedentários que nunca se conseguiram impor na nossa equipa. Nos empréstimos são todos jovens com potencial, à excepção do Ghislain Ngongang. Ele era titular no Hertha, mas com o nosso plantel pleno de atacantes tive de escolher alguém para sair. O alemão vai para o Saint Étienne, tendo assim uma oportunidade de ser titular e de se adaptar logo ao campeonato francês. Para o ano vai seguramente integrar o nosso plantel. Plantel muito jovem, onde apenas 2 jogadores passam dos 30. Mesmo assim acredito que temos muita qualidade e temos jogadores capazes de ser titulares em cada posição, o que me vai permitir não hesitar no que toca a rotação do plantel. Destaque para dupla de alemães Döring e Gerxhaliu, que ao ter conseguido mantê-los vão dar-nos garantias ofensivamente. Em ano de Champions League, tinha de aumentar um pouco o nível dos adversários. Começámos por defrontar Tottenham e Man United, onde fizemos dois grandes jogos. Depois estágio na nossa região seguido de uma digressão à Asia para defrontar os nossos satélites naquele continente. Terminamos a preparação com uma goleada por 7-0 ao Athletic Bilbao ( @LUIZ CESAR sorry bro) para fechar esta bela pré temporada. Em ano de Champions LEague, assinámos contrato com um novo fornecedor de equipamentos e novos patrocinadores. São eles Ubisoft, Dell e Altrad, três actores maioritários no panorama económico de Montpellier. O último é aliás o proprietário do clube de Rugby, que fez fortuna com betoneiras. Temos um novo satélite. O Paris FC, presença habitual na Ligue 2 será ideal para dar minutos aos jovens que trazemos para França e vai-lhes permitir adaptar-se ao novo país. Em ano de Mundial, muitas cabeças rolaram após a competição e nada menos do que 4 nações quiseram os meus serviços. Recusei todos, mesmo sendo um ordenado mirabolante que me esperava mas simplesmente não é a altura de assumir uma selecção Depois vários clubes quiseram os meus serviços igualmente, mas recusei todos. Ainda houve a hipótese de ir para o Benfica, sendo o favorito ao lugar segundo a imprensa. Mas nunca chegou uma proposta portante fiquei por aqui. O clube está ao nível dos melhores financeiramente e os enormes direitos televisivos vêm ajudar para esta estabilidade. Somos apontados ao 6° lugar este ano, e penso que temos matéria para voltar no mínimo à Champions. Quem sabe se com uma ponta de sorte, que tanto nos tem faltado no final, não consigamos chegar ao título. Vamos começar com o Trophée des Champions contra o inevitável PSG, e depois no final de Setembro temos dois embates caseiros face a OM e novamente PSG, seguido de uma deslocação a Lille. Três jogos importantíssimos que vão determinar a temporada inteira. Vamos também entrar na Champions, mas ainda não foi calendarizada a competição, portanto só depois do sorteio saberei quem serão os adversários. Obrigado a todos por seguirem!
  9. O meu problema no plantel é mesmo o AA. O gajo simplesmente não passa de um mero jogador da segunda liga, mas é titularíssimo não sei porquê. Espero que o Gilberto pegue de estaca porque senão vamos ter mais uma auto estrada com via verde à borla pelo lado direito. Isto porque embora eu gostar muito do TT, ainda lhe falta muita maturidade e precisa de melhorar o seu posicionamento.
  10. Aqui está ele de volta! Boa sorte Jonas!
  11. Estive a meter isto tudo em dia. De dizer que adorei ver o Amarildo a marcar na Liga NOS pelo clube, embora tenha sido sol de pouca dura, acho que ele e o clube mereciam isso depois de tanto suor e alegrias juntos. Agora desportivamente sucesso não chega para descrever o que o clube tem vivido. Mal chegas à elite acabas em 3° e vais à Champions, depois és vice campeão e ao terceiro ano o graal chegou, com a conquista do título! Agora com este bi campeonato e com o plantel que tens à disposição e nomes que tenho a certeza virão melhorar ainda mais a coisa vais atacar a Europa não tenho dúvidas! Continua assim
  12. Fomos inferiores mas já foi um grande feito de aqui ter chegado. Fizemos o nosso trabalho, infelizmente não deu para mais. Veremos o que dá no futuro. Exactamente, não podias ter mais razão. Estamos já a trabalhar nesse sentido e brevemente haverão novidades. Tanta vez vamos à fonte que o cântaro há-de partir. Já são umas quantas finais (Coupe Occitanie, Coupe de France e agora Europa League) que havemos de ganhar alguma! Sim, fica esse prémio de ter chegado tão longe. Sim, tirando o facto de ter feito uma época à Benfica, onde estivemos sempre "quase" lá, acabou por ser bem positivo e agora temos boas bases para o futuro.
  13. Ver que o Joseph em quem eu depositava tantas esperanças ser um dos elementos chaves da equipa faz prazer. NAC no topo do mundo!
  14. Especial Final Europa League 2029/2030 Contra todas as expectativas, chegámos à Final da Europa League 2029/2030, naquela que seria a nossa temporada de estreia nas competições europeias (e minha também enquanto treinador). Ninguém podia um dia pensar que o Celtic chegaria aqui mas a verdade é que cá estamos, e depois da desilusão que foi perder o campeonato mesmo na recta final apontei todas as baterias para este encontro para tentar salvar a cara. Mas não iria ser fácil pois em frente estava o Atlético de Madrid, uma das melhores equipas do futebol europeu que tem uma equipa extremamente interessante misturando experiência e juventude formando o equilíbrio perfeito. Treinados por Ernesto Valverde, foram campeões espanhóis no ano passado e são mesmo o adversário que queria evitar neste jogo. Estes foram os onzes escolhidos por ambos os treinadores, com o espanhol Valverde a optar por um 4-3-3 com um sotaque algo português (3 brasileiros e 2 portugueses no onze) aliás como costuma ser hábito nos colchoneros. Já do nosso lado decidi continuar com o mesmo sistema de costume com apenas uma alteração, decidi colocar o Torok a titular porque o facto de ser alguém da casa, que estava cá nas distritais antes de ir uns anos para o Metz, faz dele um justo merecedor de ser titular neste grande encontro. O estádio Der Kuip cheio à pinha, com mais de 50k adeptos nas bancadas, tudo a postos para o grande jogo. 32' Logo após a passagem da meia hora de jogo e isto após trinta minutos de sofrimento puro e duro da nossa parte, o Atlético abriu o marcador com uma bela incursão pela direita do seu lateral que fez aqui um belo golo. Lógico visto o domínio colossal dos colchoneros. Nada a dizer sobre esta primeira parte. Claro domínio dos espanhóis connosco a nem sequer conseguir fazer um remate. Não sei como é que não estamos a perder por mais, mas certo é que fiz saber do meu descontentamento no balneário, porque seja quem for que estiver à nossa frente não admito que a equipa esteja assim tão má. 53' O meu discurso ao intervalo parece ter feito efeito, pois a equipa entrou como eu tenho o costume de os ver e vieram com tudo para à frente. Numa recuperação de bola no meio campo do Sigureir, que deu para o Lopez que por sua vez passou para o Döring. O alemão encontrou Torok desmarcado à entrada da área e o nosso homem da casa com uma frieza impressionante marcou um excelente golo que nos colocou em igualdade no marcador e relançar a partida. 73' Quando estávamos a voltar a pegar no jogo, o Atlético veio com tudo para cima de nós por volta do minuto 70 e foi preciso pouco tempo para eles voltarem a marcar. Numa jogada rápida após um lançamento de linha lateral, o Enrique entrou na nossa área, rematou, o Obama ainda defendeu na primeira tentativa mas no ressalto o atacante espanhol empurrou a bola para dentro da baliza. 78' E para matar o jogo, 5 minutos depois num contra ataque rápido, o mesmo Enrique isolou-se e frente ao Obama só teve de desviar e fazer assim o 3-1. 3-1 resultado final. Perdemos justa e logicamente o jogo que foi dominado pelo Atlético Madrid, e mesmo com o golo do Torok, os colchoneros nunca se foram abaixo e foram os justos vencedores do encontro. O pano caiu, ficamos ainda assim como vice-campeões desta competição no nosso ano de estreia. Ter chegado aqui foi maravilhoso e quem sabe aqui voltaremos mais cedo do que previsto. Como reconforto recebemos cerca de 15M€ em prémios de participação e receitas televisivas. Demos um salto enorme no ranking europeu com esta participação e fomos logo parar ao top 80! Estamos cada vez mais perto de nos tornar num clube respeitável na Europa do futebol. E as obras começaram para melhorar a nossa academia e centro de treinos. Metemos 3 jogadores na equipa da competição, algo que dá mais brilhantismo ao nosso trabalho. Finanças melhores do que nunca! Quando me lembro da situação mais do que delicada há pouco mais de três anos e que agora estamos neste estado nunca pensei que seria tão rápido chegar aqui. Obrigado obviamente ao Maya e ao Dogan que foram vendas que abriram esta possibilidade. Obrigado a todos por seguirem!
×
×
  • Criar Novo...