Ir para conteúdo

IlidioMA

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    11.824
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    451 [ Doar pontos ]

Sobre IlidioMA

  • Rank
    orgoglio gialloblu
  • Data de Nascimento 07-12-1988

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

2.333 visualizações
  1. mas o neo-fascismo-bannonista foi esperto ao dar a volta a isso. o conceito de nação, em vez de "nação Francesa", "nação Alemã", etc, etc, que levaria a que cada nacionalista acabasse a puxar para o seu lado e inevitavelmente dissesse - no exemplo franco-alemão que estou a usar - "a Alsácia é minha!" (e outras claims irredentistas que cada país tem sempre sobre o seu vizinho), passou-se a um conceito mais amplo de nação, a nação branca. Assi, faz-se dos inimigos, não do seu vizinho de sempre, com quem cada povo travou guerras incontáveis ao longo dos tempos, criando grudges seculares que os nacionalistas de outroa aproveitava, mas um inimigo externo que por circunstâncias modernas que hj em dia até é interno, que é o não branco. Faz-se inimigo o negros e árabes em França, Itália e Espanha; os ciganos em Espanha, Itália e Portugal; os Turcos e Persas na Alemanha, os Mexicanos e Muçulmanos na América, etc, etc. E isso é inteligente pq pode evitar os "erros" do passado dos nacionalistas. Em vez de os Franceses e os Alemães, guiados pelo nacionalismo, irem debater pela enésima vez se a Alsácia é francesa ou Alemã, vão debater sobre se os negros, árabes e turcos que emigraram/nasceram nos seus territórios, fazem parte da nação. Mas o branco do outro lado da fronteira é irmão, e não inimigo, como outros nacionalismos anteriores os apresentaram.
  2. tu estás a ser injusto. com um e com outro. tá bem que o Conte fez um "dropped the ball" ao longo da época. Mas vamos pôr as coisas em perspectiva: Um chegou a uma equipa que não vence o campeonato há 10 anos. Outro a uma que venceu os ultimos 8(?). Um foi para um equipa com uma estrutura montada e bem oleada; outro para uma estrutura em construção; um para uma equipa que tem um orçamento gigantesco, outro para uma equipa com orçamento menor; uma para uma equipa com um plantel já de si feito; outro para um plantel em construção. O Conte desiludiu? A mim mais que todos, cheguei a pensar que o Inter podia ser campeão. Mas o Sarri conseguiu construir zero, com as condições supracitadas. É obra! Só fica se ganhar a Champions, por Milagre de Deus Nosso Senhor, ou Milagre de CR7. Porque por obra do Sarri, não será.
  3. aqui há uns dias eu disse: e o black hawk respondeu: eu na altura não tive tempo e não respondi. mas agora aproveito a deixa para elaborar um pouco sobre estas ideias. Discordo profundamente do BlackHawk. Isto não é o típico do calcio. O tipico do calcio (e que é confundido com mau futebol por gente que não gosta/segue o futebol italiano) não é jogar mal. é ser conservador na abordagem ao jogo. Privilegiar o controlo táctico das operações, privilegiar a defesa, montar uma estrutura muito sólida atrás, uma malha onde nada passe, e, cinicamente, duas ou três peças na frente, móveis e letais, para desferir no momento certo o golo letal. Isto não é mau futebol, per se. É um estilo diferente. Ora esta Juve não é nada disso. Não é competente em nenhuma das fases do jogo. Não tem uma defesa sólida. Não privilegia o jogar na espectativa e sem bola. Não ataca em transição rápida. Não consegue controlar tacticamente um jogo. Não revela qualquer inteligência táctica como um conjunto. Defende mal, não sabe construir, tem a bola mas não sabe para o quê, ataca em fogachos individuais, pouco coordenada e vai ganhando jogos porque tem alguns intérpretes muito bons. Basicamente, ou há CR7, ou há Dybala, ou outro bom talento, que nu lance desconexo com o jogo da equipa, resolvem o jogo. Mas a Juve não domina o jogo, nem o controla. Anda para ali, com uns fogachos, cada um a querer ser o herói. Nada mais. Isto nem é catenaccio. é mesmo só mau futebol.
  4. fixed, para ser mais estilo um post de um influencer (pareceu-me que era para isso que estavas a almejar)
  5. estava a travar muito, mudei para uma tv italiana. Mas acho que é o Vidigal. (Edit: ia dizer "acho que o color commentator é o Vidigal", mas depois pus travão, não fosse ser mal interpretado)
  6. não. Nos anos 20 (ou 30, mas antes da IIWW) a extrema direita tentou fazer uma Internacional, moldada na Internacional Comunista, mas foi um fracasso tremendo por causa disso mesmo. Pq os facistas-nacionalistas só têm inimigos. Aquilo soçobrou logo na primeira reunião pq o fachos de um sítio se recusavam a sentar "com gente do país X que ocupa uma parte do território que devia ser do meu país", e por aí fora. É o que vai valendo. Mas esta nóvel Internacional Fascistóide de inspiração Bannonista tem tido mais sucesso em conseguir agregar os fachos do mundo até agora. Espero que lhe aconteça como a outra.
  7. isto já é bullying. A quem me queixo, quando o user agressor é o Head Mod?
  8. fds.... crl devo estar bêbado então. epá eu estava a ver sem grande atençaõ (estes programas puxam bué para isso, eu sei) enquanto teletrabalhava. E só ia deitando um olho, por isso não percebi. Mas por acaso achei estranho o segmento da máscara "outra vez". Loooool Continuo bêbado. Ia jurar que era amanhã.
  9. ah disso sei eu! eu estou um convertido ao Bruno Alves. Até te digo mais, a esta altura, desafio-te a encontrar um Portista que goste mais do Bruno Alves do que eu! Como diz o outro:
  10. e há uma rapariga que faz as entrevistas de backstage na WWE que veio dizer que já tinha tido em Março e que volta a ter agora.
  11. ou muito me engano ou isso até pode ser já dedo do JJ. Conhece-o, sabe que não é o craque que querem fazer dele - e não é - e já deve estar a dar o toque para o trocarem com um craque que ele queria trazer do Mengo.
×
×
  • Criar Novo...