Ir para conteúdo

nopla

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    5.111
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    474 [ Doar pontos ]

Sobre nopla

  • Data de Nascimento Dezembro 12

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

4.407 visualizações
  1. Link: https://www.publico.pt/2020/03/29/p3/cronica/amigos-sao-norte-certo-sulidao-1908531 E é isto, amigos. Em tempos de pandemia, nos quais teremos de ser a parte mais forte de nós, resolvi escrever sobre os amigos e a importância que têm na sua ajuda para escaparmos da, inevitável, solidão. É sempre uma boa altura para voltar a regar aquelas amizades que deixámos a secar nos dias mais atarefados. Espero que gostem.
  2. A parte lixada (para nós, que somos uns nabos nisto das redes sociais e derivados), está a ser mesmo a difusão da curta. Alguém tem ideias? Isto tem pernas para andar, pelo feedback que temos recebido, mas não sabemos bem como exponenciar mais.
  3. Há uns tempos, este foi o parágrafo que abriu um texto escrito por mim. "Se a vida fosse uma receita, não haveria versão da mesma em que não estivesse lá a “sabedoria popular a gosto”; “clichés q.b” ou “uma colher de chá de seguir o que os outros afirmam como verdade”. Não há como fugir. Venha de um canal de Youtube de cozinhados instantâneos ou do Pantagruel, o certo é que a nossa concepção opinativa tem sempre umas raspas de informação pouco útil, perfilhadas por outros e sem que nos dignemos a confirmar." Hoje, mais do que nunca, faz todo o sentido.
  4. Em primeiro lugar: muito obrigado pelas palavras! A seguir: eu acho que dá! Nem que seja filmando um excerto, ou fazendo uma alusão ao link na bio com um print. Mas lá está, não percebo muito de Instagram, infelizmente. Caso contrário, teria sabido difundir muito melhor a curta!
  5. Assim fico envergonhado Fico mesmo contente quando as minhas palavras chegam a vários lados com forças diferentes, significados distintos ou conseguem automaticamente transportar as pessoas, seja lá para onde for. Muito obrigado pelas tuas palavras, @Pablo Honey, é incrível ler este tipo de coisas. Quanto ao mandares MP: sempre que quiseres. Força nisso!
  6. Só duas curiosidades que acho importante saberem: nada foi "representado" (exceptuando a parte em que olho para a câmara, obviamente), aquele é (era) o meu dia-a-dia e foi tudo filmado única e exclusivamente em 24 horas.
  7. Bem, amigos, chegou a hora. Na impossibilidade de irmos aos festivais onde estávamos inscritos (por motivos óbvios), resolvemos deixá-la a descoberto e fazer assim a grande estreia online. Para vocês, para todos. No início de 2019, perdido algures numa casa de chás em Riga, tive um momento daqueles. Saído de um filme qualquer do Linklater e no qual fiquei sem perceber o “porquê” ou “como” e cujo único pensamento foi “não pode durar para sempre?”. A resposta foi rápida: não. A nossa vida será sempre uma rotina qualquer - mesmo que “desrotinada” – na qual nos embrenhamos, e esses pequenos momentos serão sempre reminiscências de felicidade que recordaremos a qualquer altura na “estufa da memória”. E não há mal nenhum nisso. Esses episódios são para isso mesmo: ser vividos e relembrados quando quisermos, mas não serão a nossa vida sempre. Esta curta-metragem é a ilustração disso mesmo, do ser-se sem amarras de vivências passadas. Que vos ajude a passar a quarentena. Obrigado ao @frnk th tnk por me ajudar a dar vida ao que me flutuava na cabeça. É uma pessoa espetacular e que perfilha a mesma forma de ver a vida que eu. Vejam este pedaço de mundo, esculpido em imagens e recheado com voz por nós. Um obrigado especial ao @bmfpcdm e ao @Rōnin pela tremenda ajuda nas legendas. São os maiores. Aqui fica: "Ali, se" (2019) Se gostarem, partilhem o mais que conseguirem. Caso não gostem, adoramo-vos na mesma.
  8. Saquei por um torrent todo comido há uns tempos e dos 30 vídeos, só quatro ou cinco é que funcionam.
  9. Tenho vários ex-colegas a ser corridos. Não só da Hifly, como da TAP, também.
  10. Sim, por mim pode ser tudo o que seja positivo, desde achem que faz sentido.
  11. Olá, amigos. Não vou enquadrar a situação pela qual estamos a viver, visto todos sabermos. O que pretendo com este tópico é que, mesmo em tempos nunca antes vividos, se possam continuar a partilhar boas e auspiciosas notícias/histórias/episódios do quotidiano. Quando falo em notícias, não está relacionado com o decréscimo do número de infectados (apesar de também o poderem postar) ou com a possível vacina. Falo-vos, isso sim, de boas notícias vossas. Sejam elas quais forem. Exemplo: quando o Schizo disse que foi pai. Também pode ser uma nova skill que aprenderam, alguma relação que se reestruturou com a quarentena ou simplesmente um olhar positivo para este horizonte mais negro. Precisamos disto para nos manter sãos. Saquem do Oscar Wilde dentro de vocês: "Estamos todos na sarjeta, mas alguns olham para as estrelas".
  12. Lá para o fim de semana respondo às perguntas, neste caso às do @Pablo Honey!
  13. Tenho feito o Insanity do Shaun T para me manter activo. Já tinha feito no passado, mas sempre que faço relembro-me que é mega f*dido.
×
×
  • Criar Novo...