Ir para conteúdo

migalhasn1

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    2.475
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    454 [ Doar pontos ]

Sobre migalhasn1

  • Data de Nascimento 03-08-1992

Métodos de contacto

  • Website URL
    http://

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

2.271 visualizações
  1. A nossa ideia de jogo é espetar bombadas na frente e esperar que o adversário erre. Muito fraco. Para além disso, o treinador demonstra uma incapacidade brutal de influenciar o jogo a partir do banco. Precisamos de mais. Uma coisa é demonstrar gratidão pelo que aconteceu na época passada, outra é utilizar isso para tentar justificar tudo o que está a acontecer esta temporada.
  2. Sim sim, eu percebi Era só para dar contexto relativamente a essa dificuldade que senti na primeira época na PL. Tive que me reforçar com refugo da PL ou gajos medianos do Championship. Ainda por cima com o Brexit, deixei de conseguir ir buscar estrangeiros. Estás bem, no 14º lugar. A diferença para os clubes do top 6 é muito grande, é fundamental pontuares com o peixe miúdo que anda na mesma luta que tu.
  3. O meu ponto é que chegámos a esta fase fundamental da época, temos uma série de jogadores de rastos, e não podemos confiar nas suas alternativas porque raramente jogam. A alternativa ao Grimaldo é um gajo com 7 jogos no plantel principal, 4 deles fora da sua posição e os restantes em jogos da TL/TP? Ou o Florentino para o Weigl, que nos últimos 3 meses jogou 3 jogos, dois na Taça da Liga e este último contra o Famalicão? E o Samaris, Jota, etc, são casos idênticos. Estes jogadores precisam de ir jogando para que sejam verdadeiras alternativas. Não é vir com a conversa do mérito e do rendimento e depois jogarem sempre os mesmos, por mais mal que estejam.
  4. Eu acho que estamos numa situação muito complicada. Pensando bem, quantas opções viáveis, fora dos titulares, temos nesta altura? Assim de repente, o Tomás e o Chiquinho. Os restantes, ou não têm ritmo porque praticamente não jogam (Nuno Tavares, Samaris, Florentino, Jota, Zivkovic) ou têm um rendimento muito abaixo do necessário (Zlobin, Seferovic). Isto para dizer que a gestão do plantel tem sido muito mal feita, na minha opinião.
  5. Sim, são vermelhos e têm uma (espécie de) águia. Escolha fácil Já estou estabilizado na PL (estou a terminar 27/28, 12ª época do save, 5ª na PL), daí que já tenha chegado a esses valores a nível salarial. Também acho que essa inflação foi causada principalmente por três fatores: 1) Na 1ª e 2ª época contratei gajos com salários inflacionados para a qualidade deles, provavelmente por eu ter pouca reputação e ser a única forma de os atrair. 2) Alguns desses mesmos jogadores vieram com claúsulas de igualdade com o mais bem pago, causando que os salários aumentassem ainda mais quando os craques começaram a chegar. 3) Constante aliciamento dos Citys e PSGs desta vida.
  6. Claro, mas numa liga em que recebes mais de €100M sem ter que fazer nada, esse meio termo já cai num extremo. :mrgreen: Sinceramente, acho que estando na Premier League, as preocupações financeiras são praticamente nulas. Eu tenho meia dúzia de gajos já a receber mais de €500m/mês de salário e diria que a média do meu plantel principal deve estar confortavelmente acima dos €200m/mês. Compro todos os anos o que preciso (sem entrar em loucuras) e há uns 3 anos que o balanço não vem abaixo dos €100M.
  7. Também tenho um save começado nas conferências (FM17 no Whitehawk) e a primeira época na PL foi muito complicada. O dinheiro dos direitos televisivos é muito bom, mas não se recebe tudo a pronto, portanto o primeiro mercado de Verão é uma verdadeira caça às pechinchas. Daí para a frente, começa a ser tranquilo. Os direitos televisivos mais os prémios pela classificação (seja que lugar for) garantem muito dinheiro e já dá para investir bem e construir plantéis fortes.
  8. Tanto ontem, como no Dragão isso ficou bem patente. A nossa primeira fase de pressão é muito passiva. Ontem o Racic teve dezenas de situações com a bola totalmente controlada e sozinho no centro do campo, de tal forma que conseguia abrir nas alas sem qualquer dificuldade. Se o objectivo ainda fosse esse, isto é, obrigá-los a lateralizar e fugir do corredor central, era preciso que depois criássemos superioridade nos corredores laterais para os obrigar a reciclar a posse e recomeçar o ataque. Mas não, depois ou somos pouco agressivos quando a bola entra nos corredores, oudeixamos os nossos jogadores em constantes de situação 1x1 defensivo. A juntar a termos vários jogadores em baixo forma, estamos também muito mal organizados. O coletivo só está a acentuar ainda mais as falhas do individual.
  9. Nos cantos, o gajo não faz a mínima ideia do que está a fazer.
  10. Com a escolha do Chiquinho fiquei com a ideia que o plano original seria lançar Weigl, Taarabt e Gabriel em simultâneo. No entanto, acho que este era um daqueles jogos em que não se poderia abdicar do Cervi. Está confiante e num bom momento, e é um daqueles gajos que faz falta nestes jogos, fruto da sua ética de trabalho e disponibilidade física. Ainda para mais, com o Grimaldo e o Ferro na m*rda, e o Porto a meter jogadores como o Marega e o Corona constantemente a cair naquele flanco, o Cervi deveria ter jogado para ajudar a fechar melhor. Para além disto, a nossa primeira linha de pressão é absolutamente inoperante. Só para fazer figura de corpo presente. O problema geral é mesmo a mentalidade do nosso clube. Nós somos isto. Vamos sempre jogar ao Dragão com medo, para o pontinho e a rezar que apareça um Lisandro da vida a safar a coisa. Basta ver o nosso histórico lá para perceber o quão boa esta estratégia é. Lembro-me de irmos jogar ao Porto para ganhar uma vez em 20 anos que vejo futebol e até ganhámos esse jogo. Se calhar não é coincidência.
  11. Acredito que o Weigl e o Samaris sejam as opções para substituir os titulares. O Morato, pelo que vi, parece não estar ainda à altura. Mas independentemente da lesão do Jardel devíamos ter ido ao mercado, ele já pouco contava de qualquer forma.
  12. Começou bem a época, acumulou alguns minutos na equipa B + Youth League, mas lesionou-se no jogo em Lyon (quase há 3 meses) e desde aí tem estado fora. Em dezembro voltou e ainda teve uns minutos na B, mas voltou-se a lesionar. Em virtude disto, não se conseguiu impôr ainda. Mas tem apenas 18 anos, ainda tem tempo.
  13. Não desgosto da vinda do Dyego. Acho que é um avançado com características interessantes e que numa equipa com a nossa produção ofensiva é gajo para fazer alguns golos. Prefiro-o em relação ao Seferovic. Pode ser também uma opção de baixo custo, se não envolver nenhuma taxa e apenas metade do salário, como se diz. Mas enfim, acaba por ser um 3º jogador para uma posição onde só joga um (o RDT já mal calçava, nos último tempos) e continuam a faltar reforços para outras posições (Gr, central e extremo/2º av, na minha opinião).
  14. O Celton não conta para o totobola. Ele jogou na youth league, de resto tem mais uma ou outra aparição aleatória nos U23. Não joga nos juniores também, aí é o Samu. O resto até pode ser verdade, mas essa história de confiarem nele não tem ponta por onde se pegue.
×
×
  • Criar Novo...