Ir para conteúdo

Pickle Rick

Moderador Geral
  • Total de itens

    19.166
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    349 [ Doar pontos ]

Sobre Pickle Rick

  • Rank
    Hugo Rapaport
  • Data de Nascimento 01-01-1995

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Origem
    Lisboa

Últimos Visitantes

4.638 visualizações
  1. Tendo em conta aquilo que ganha ele e a equipa técnica dele, o projecto desportivo do PAOK, as menores preocupações vs realidade Portuguesa, os prémios de jogo que recebem, o que descontam a menos, as regalias que têm na Grécia, estarem num projecto de luta para ser campeões e o facto de os dirigentes lá os chatearam muito menos ? Não, acho que não há interesse. Até eu me meto lá do dia para a noite se me quiserem. Só tem um handicap, a família. Ele tem as miúdas e a mulher cá em Portugal, devia ser a única coisa que o faria ponderar.
  2. Eu adorava que fosse o Abel mas não me parece que possa acontecer tão cedo.
  3. Fazendo fé nas palavras que transcreveste, em parte alguma ele não disse ter tais atitudes. Segundo o que disseste, ele disse que não fala de polémicas e de arbitragem, e foi exatamente o que fez. Não disse que não se dirige ao árbitro durante o jogo, que não reclama e que não se passa da cabeça. Só disse que não falaria disso e que o falatório devia concentrar-se no jogo e não em polémicas. Ou seja, tudo certo da parte dele. Não sei até que ponto o lateral encostado ao Marega não está a meter o Soares em jogo...
  4. Não seria desastroso por um simples motivo, o Benedito sempre reuniu algum consenso dos dois lados, tanto em quem era pró-Bruno como anti-Bruno. Os pró-Bruno caíram todos para o Benedito, os anti foram caindo para o lado do Varandas mas com uma opinião mais maleável e menos rigida em relação ao candidato oposto. Quem votou Varandas aceitaria Benedito, tranquilamente, já o contrário seria muito complicado. Com o Benedito as coisas poderiam não estar piores por causa disso mesmo, da taxa de aprovação e simpatia que iria reunir. Lenda do clube, Sportinguista, Campeão Nacional. O Varandas seria sempre visto como o cobarde que acabou e colocou o Bruno fora da presidência. A imagem de um era muito mais limpa que a do outro.
  5. O Luiz é horrível. É limitado tecnicamente, dá-se pouco ao jogo e não tem golo suficiente que compensa tudo o que retira. Não é particularmente forte a explorar a profundidade, não se envolve com grande qualidade na construção, não tem um instinto matador muito apurado, não resolve jogos através da capacidade de execução ou técnica. É um avançado de segunda linha que tem alguma capacidade nos gestos de finalização, de resto é medíocre.
  6. Está na altura de trocar o meu Mi Mix 2, queria algo bezel-less, com NFC e Wireless Charging. Alguma coisa engraçada por aí ? Andava a ver o Mi9.
  7. Mesmo para mim, que sou um gajo compreensivo em torno da realidade do clube e do trabalho hercúleo que qualquer direção iria ter após os ataques à Academia, não vejo qualquer espaço de manobra para o Varandas. Vão ser mais dois anos a ferro e fogo. Não tem aprovação dos adeptos, a equipa joga debaixo de brasas, está em guerra com a fação mais violenta e criminosa do clube, não está rodeado de gente competente no futebol e acima de tudo não vai ter capacidade nem carisma para conseguir dar a volta a esta situação tanto internamente como externamente. É uma pena, acho que existiam ideias decentes e que poderiam fazer a diferença mas neste momento é uma questão de tempo até caírem. Simplesmente não possuem capacidade agregadora para vir a conseguir fazer o quer que seja de positivo. Prevejo tempos muito difíceis, porrada até dizer chega, muitos confrontos entre adeptos, muitos afastamentos do clube e acima de tudo uma toxicidade que irá matar o clube aos poucos, a não ser que apareça alguém que reúna um consenso absurdo e seja capaz de além de ser competente, de ter um minímo de sorte.
  8. A mim espanta-me como é que tão pouca gente viu o vermelho... Eu tinha expulsado mais um par deles de ambos os lados.
  9. Neste momento o Sporting até se sente mais confortável e joga melhor fora do que em casa. Os resultados provam isso mesmo, alguma coisa deverá significar quando uma equipa se sente mais confortável a jogar fora.
  10. Não vale a pena, quando não estás para aí virado, não estás. Há dois lados da história e sim, ambos os lados são defensáveis por mais incrível que pareça, e como é óbvio a logística e viagens de todo um clube não se resumem a duas viagens de autocarro para ir para o estádio e voltar. Felizmente ou infelizmente isto ainda não é futebol distrital em que pegas nos jogadores e siga para bingo. Da situação do Vitória, nem vale a pena falar, parece-me óbvio que nem precisam de ser defendidos. O meu compasso moral não está avariado, tanto não está que ainda na penúltima jornada que disputei tive a minha equipa a receber um cartão branco, vê lá tu. Tu é que estás a confundir a tua opinião e vontade própria a uma verdade universal e inegável de uma qualquer moralidade pela qual toda a gente se deve guiar ignorando a análise do contexto em que a situação acontece. Volto a ressalvar, aceito os dois lados e compreendo perfeitamente ambas as posições. Solução? Ser a Liga a mandar e não os clubes.
  11. Eu acho que faz todo o sentido. Num mundo que se rege por dinheiro e pela amostra de resultados, estar a confiar no acordo entre dois clubes sobre uma situação em que um deles, aconteça o que acontecer, será prejudicado é acreditar no sexo dos anjos. Todos os clubes irão tentar proteger-se sempre de forma a garantir o seu e de forma a que não saiam prejudicados caso haja cedências. Não sendo obrigados a adiar, acho perfeitamente normal tanto a posição do Sporting como do Vitória. O Sporting quer proteger-se do calendário, da logística, e está numa situação onde vai entrar num ciclo mortífero de jogos que poderão escalar ainda mais o ambiente de cortar à faca no clube. OVitória está numa situação muito complicada, sem profissionais disponíveis e em condições para o jogo. Por isso mesmo faria mais sentido uma entidade imparcial e independente tratar deste caso, que não deixa de ser um caso sensível. Deram aí o exemplo do caso do Sporting Gijon vs Saragoça mas também esse foi um caso decidido pela Federação Espanhola, que aceitou o pedido de adiamento e não por acordo dos clubes. O único acordo que teve de existir foi referente às datas e mesmo não existindo, a Federação teria poder para forçar e marcar jogo.
  12. Devia ser uma decisão única e exclusivamente da Liga.
  13. O mais provável é ser recusado, e bem, tendo em conta que o calendário do Sporting agora vai apertar.
  14. Mais escandalosos ? Estamos a falar do mesmo Paulo Ferreira e do mesmo RDT ?
×
×
  • Criar Novo...