Ir para conteúdo

smashing_pumpkin

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    4.456
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    791 [ Doar pontos ]

Tudo que smashing_pumpkin publicou

  1. Falando-se que o Cavani anda com comitiva atrás, sendo o empresário um familiar (pelo que dizem aí atrás), já não seria mais do que expectável que uma coisa é o contrato salarial outra são os bónus para aquela malta toda? Mas não é sempre assim? Ou era sequer expectável que o Cavani, de passe na mão, não fosse aproveitar um dos últimos contratos da vida para rechear a família e depois poder ir passear na sua quinta à vontade para o resto da vida?
  2. Só se for porque a malta mais velha não foi toda lá para a frente. Pois a zona da comida esteve cheia durante Linkin Park e como sempre o palco principal encheu para Pearl Jam. Nesse dia e em quase todos que mete Pearl Jam em portugal, a maioria do pessoal que está lá é para vê-los. De resto, muita gente conheceu Pearl Jam através dos ídolos e porque na mesma altura saiu a Just Breath. Por causa disso tive que largar 120euros em 2010 para o passe de 3 dias (hoje em dia parece pechincha...).
  3. Eu escolho o Dunkirk. Pode ser por ter visto ontem mas é um filme mesmo belo por tudo o que consegue transmitir e a intensidade com que o faz.
  4. Achei melhor o do rock in rio 2012, mas muito provavelmente é uma opinião enviesada pois em 2007 eram ódio de estimação. Em 2012 já eram mais indiferentes. De qualquer modo apanhei-os por 2 vezes a abrir para as minhas bandas de eleição.
  5. A mim parece que ele está a tentar pressionar o sporting a pegar nele.
  6. O Borja já tinha feito aquele papel com o Keizer e penso que a ideia do Acuna era ter um organizador de jogo na defesa. Se o Amorim alterar a saída de bola, pode facilmente colocar um jogador com outras características ali.
  7. Também pode ser porque o Neto dificilmente resulta num esquema a 3 sem ser no meio.
  8. Qual é o problema do I-voto ou lá como se chama? E como é que irá permitir a perpetuação sejá lá do que for? Porquê tanto incómodo por se estar a tentar facilitar o voto a todos os sócios? É que a narrativa parece-me encaminhar-se para os sócios de primeira e segunda, apesar de ainda não ter percebido bem qual é toda a grande questão contra isto.
  9. Quando a fofa da Hingis disse que a Mauresmo devia andar no circuito masculino ninguém achou piada mas afinal estava demasiado avançada para a época
  10. O Jesualdo nunca na vida podia ter continuado pois meteu-se nas eleições, alinhado com a conversa de ou os croquettes ou o caos.
  11. A solução deveria passar por dar mais visibilidade, credibilidade e condições às ligas femininas e não colocar meia dúzia de atletas a jogar em equipas inferiores quando podiam ser estrelas do seu próprio campeonato.
  12. Ainda há pouco tempo falei disto por aqui. Provavelmente deve haver muita gente que não se lembra mas o João Alves na altura foi uma enorme contratação, o Wender era um craque do caraças e depois floparam que nem foi bonito de se ver. Mais recentemente tivemos o Vitor do paços, que muitos aplaudiram a vinda e depois mal se viu por cá. Há muita diferença entre o sporting e o braga. E para isso devia bastar ver o que acontece aos nossos cepos que vão para lá.
  13. Por acaso acho o Sporar bem diferente do LP. Um é mais móvel, gosta de espaço, de combinações e de verticalidade, o outro gosta de esperar pelas bolas que pinguem para finalizar.
  14. Ontem vi pela primeira vez o Breakfast at Tiffany's, e também foi o primeiro filme que vi com a Audrey Hepburn, e ela era qualquer coisa de espantoso.
  15. Benfica e Nacional (se bem que este último tem desaparecido com o tempo e o ódio nem era bem relacionado com o futebol pois foram irrelevantes na modalidade na maioria da minha juventude).
  16. Schmeichel e Fenómeno Num nível abaixo de idolatria Hagi, Stoichkov, Nadal, Ian Wright, Bergkamp, Kluivert, Vieri, Iordanov, Cantona, Fowler, Gasgoine, McManaman, Zamorano (só assim rapidamente) Não gostava nada do Kahn (nem do Bayern pois na altura achava que eram aqui-inimigos do ManU) e também não gostava nada de Itália (devido ao Brasil) e do Real (por causa do barça do Figo e Ronaldo).
  17. Ou então é porque são regiões relativamente isoladas com pouca capacidade para lidar com um surto. E naturalmente acabam por usar esse isolamento em proveito próprio pois conseguem controlar toda a gente que entra.
  18. Acho que não fui eu que dei esses exemplos.
  19. Mas isso para mim é ter actos racistas. Para mim não ser racista é não ter actos racistas. Não tem nada a ver com ser neutro, porque como é que se é neutro? Ou a atitude é racista ou não é! Eu só acho que por contratar negros (que até é algo em que não deveria constatar) não estou a ser anti-racista, simplesmente não estou a ser racista. Para mim, para ser anti-racista, teria que estar envolvido em garantir que os outros negócios à minha volta eram corretos e ter acções em prol da diversidade no local de trabalho.
  20. Isto é apenas a maneira como vejo as coisas em que uma pessoa não racista não é necessariamente anti-racista. Pois para mim um anti-racista tem que ter atitudes claras e inequívocas socialmente contra o racismo enquanto uma pessoa que não é racista simplesmente não pratica actos racistas. E para mim radicalismo era o que se estava a tentar fazer àquele actor que em miúdo cometeu 2 actos criminosos e foi julgado por eles. Entretanto passaram-se 30(??) anos e estão a querer que ele tenha um selo na testa a dizer que quando tinha 15-16 anos cometeu actos racistas, pelos quais foi julgado na altura e pelo que se sabe endireitou a vida depois disso.
  21. Bem, estão quase a cumprir o sonho de serem só 4 equipas. Qualquer clube com o mínimo de dignidade devia recusar participar numa taça a 8, criada após o fim do campeonato, mas óbvio que por cá já se sabe como é.
  22. Meu belo sporting... passamos de tudo o que a comunicação social diz é mentira para tudo o que a cs diz é verdade e depois voltamos a trocar conforme as luas.
  23. Nem toda a gente tem personalidade para dedicar a vida a uma causa, para dar a cara, para sair do anonimato. Isto porque para mim para ser anti-qualquer coisa tem a ver com ser publicamente activo, estar presente na causa e não apenas ter atitudes normais do dia a dia. E posso não ser racista e não ser activamente anti-racista. E acho isso normal. Pois ninguém tem capacidade para lutar todas as lutas e por vezes ficamos pelas que nos estão mais próximas, seja pôr comida na mesa, ajudar o zé que não tem onde cair ou tentar apenas que os nossos filhos sejam melhores que nós.
  24. Nem toda a gente tem a vocação, personalidade, apetência para participar activamente na mudança da sociedade. O que não quer dizer que sejam racistas. O senhor António pode não ser racista, garantir que no seu círculo de acção próxima não prolifera um ambiente racista e não ser activamente anti-racista. Pois há muitos modos de viver e participar na sociedade. E ser anti-algo exige uma actividade que não se pode exigir a todos.
×
×
  • Criar Novo...