Ir para conteúdo

DonSk

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    11.161
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    141 [ Doar pontos ]

Sobre DonSk

  • Rank
    #13
  • Data de Nascimento Janeiro 13

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Origem
    Porto

Últimos Visitantes

1.808 visualizações
  1. É bom treinador e conhece os júniores, mas se nem para a B apostaram nela esqueçam lá isso de apostarem para a A. Um dia que o SC saia lá iremos levar com o Mr Jesus. E desta vez nem chega desligar-lhe o PFC que ele foi fazer estágio ao Brasileirão e vai voltar de lá cheio de catálogos de Kardecs e outros que tal.
  2. Não há milagres. Vou dar um exemplo bem próximo para os mais desatentos. Comparem o rendimento do Felix no antes e no pós Vitória. O Nakajima começou a partida no meio... Estamos a brincar? Será que só eu é que vi jogos do Nakajima antes de vir para cá?
  3. Bons apontamentos do Diaz e do Nakajima. Mas só se destacaram quando a anarquia do jogo lhes deu liberdade.
  4. Estou com um feeling que este Fjoluson entrou para enterrar forte.
  5. O Uribe é gajo de não acabar este jogo.
  6. Que chouriço do crl o Zé Luís no meio de 4 ganhar aquela bola. Isto não mudou nada. O Krasnodar podia ter matado isto dois minutos antes.
  7. O Sérgio Oliveira acabou de arranjar uma lesão jeitosinha.
  8. Se há jogo onde o Sérgio tinha de ser pragmático era hoje. Jogava em casa, trazia uma vantagem... Não entendo. Este onze era uma bomba relógio sabendo-se todas as condicionantes que o @noikeee enumerou ao atrás. Parece um jogo de pré-época tal a forma como a interligação entre sectores está desligada.
  9. Só me rio com o Pepe e o Marcano ali a fazer aquelas figuras. 0 de organização. Então a vinda do espanhol cada vez me revolta mais.
  10. Está equipa não tem ponta por onde se pegue. E o Marega está a jogar onde nunca rendeu. Ali é menos dois. Aliás, uma equipa que em toda uma pré-época é depois de dois jogos oficiais faz apenas dois golos de bola corrida dá bem para ver o estado das coisas.
  11. Resposta perfeita da equipa a uma séries de jogos muito complicada. Boa vantagem no campeonato e fantástica prestação na Liga Europa, onde batemos o Vitória e de forma categórica o Mónaco. No Campeonato, voltamos de férias da melhor maneira, batendo o Debrecen fora de portas, seguiu-se um mês de Fevereiro menos produtivo, com dois empates e apenas uma vitória, mas notar que foram resultados contra adversários que têm feito uma excelente época. Em Março, pleno de vitórias e apenas um golo sofrido. Na Taça, a equipa seguem sem sobressaltos para as meias da prova. Na Liga Europa, a equipa já está nos quartos-de-final, contra todas as expectativas. A eliminatória com o Vitória foi muito equilibrada. No jogo em casa fomos muito superiores, mas o 1-0 quase que era curto para a segunda mão. Valeu o golo marcado fora. Seguiu-se o Mónaco, equipa cheia de talento individual. No Estádio Louis II fomos melhores, mas o Mónaco virou o jogo bem perto do fim. Na segunda mão, fizemos talvez o melhor jogo desde que assumi a equipa, sobretudo a nível defensivo. Três golos sem resposta e a Europa aos nossos pés! --Classificação-- 9 pontos de vantagem para o Újpest demonstram bem a força da equipa nesta fase da temporada. Ferencváros, Debrecen e Puskás Akadémia lutam pelos lugares seguintes. Esta vantagem é importante numa fase em que tenho de apostar algumas fichas na Liga Europa. --Estatísticas-- Equipas | Jogadores | Plantel --Jogos em Destaque-- Formações e Stats Vitória arrancada a ferros. Depois de estar na frente por dois golos a equipa deixou-se empatar, isto tudo nos primeiros 45'. Na segunda parte, já nos descontos, chegamos à vitória- 3 pontos muito importantes na caminhada para o titulo. Formações e Stats Domínio do inicio ao fim da partida, mas a incapacidade em traduzir isso em golos foi maior. 0-0 no final dos 90', com a equipa a jogar os momentos finais reduzida a 10, após expulsão do Ivanusec. Ainda assim, um resultado positivo, contra o actual campeão. Formações e Stats No outro derby da cidade de Budapeste, goleada ao Honvéd. O Exército Vermelho está a ter uma época para esquecer e o espectro da descida de divisão é bem real. Nota para a estreia a marcar do reforço Dadasov. --Classificação-- O Villarreal é o próximo adversário na Liga Europa. Tem sido uma competição de sonho e é de notar que nos quartos da competição estão 4 outsiders frente a 4 equipas com maior poderio. O sorteio ditou que os outsiders não se encontrassem entre si. --Estatísticas-- Equipas | Jogadores --Jogos em Destaque-- Formações e Stats Depois do 1-0 na primeira mão, um golo fora logo aos 5' era o melhor que podia desejar, sendo de ressalvar mais um para de oportunidade para dilatar a vantagem ainda antes do intervalo. Na segunda metade tudo mudou. O Vitória entrou muito mais agressivo, com vontade de mudar o jogo. Empatou a partida aos 69', mas fomos conseguindo resistir a grande parte das investidas vitorianas. Aos 90' Gustavo Mantuan faz o 2-1, mas era já tarde para mudar o destino da eliminatória. Formações e Stats Jogo inglório. A vitória era merecida, mas o Mónaco fez valer a qualidade individual. Aos 77' empatou a partida e aos 88' através de um livre directo, Jovetic pôs os monegascos na frente da eliminatória. Formações e Stats Depois da injustiça do jogo anterior, este foi sem espinhas. Um 3-0 claro e justiça na eliminatória feita. Ainda assim, o Mónaco esteve sempre dentro do jogo e só aos 84' é que deu para sossegar com o 3-0. Final da temporada à porta, mas ainda com muito por decidir. Quartos-de-final da Liga Europa logo a abrir, seguindo-se 3 jogos com o Vidi, dois deles para a Taça. No campeonato, nunca há jogos fáceis, mas espero alcançar vitórias logo nos dois primeiros jogos, para ir lançado para o que resta da competição. --Notas Finais-- Mais um passo rumo ao crescimento do clube. As condições de treino estão longe de ser as ideias e por isso, no final da presente época, irá dár-se inicio às melhorias das actuais infraestruturas. Mês de Abril e Maio
  12. O dinheiro e a reputação da equipa não dá para mais, mas temos um plantel equilibrado como se quer. Obrigado!
  13. Verdade. E assim de cabeça para além das etapas da Torre e da Senhora da Graça tivemos nos últimos anos passagens pelo Gerês, pela Serra da Arrábida e aquela mítica etapa que passa no Salto de Fafe ou no ano passado no Sameiro e Santa Luzia e este ano em Santa Quitéria. A diversidade é bastante, apesar de certos municípios, com Viseu à cabeça investirem, forte para receberem etapas.
  14. O meu sonho é ver a Volta com a categoria de uma Volta à Suíça ou ao Tirreno Adriático, com equipas WT a preparem a Vuelta por cá. Actualmente a Volta à Polónia consegue isso. O nosso território tem imenso potencial para corridas de 10 dias, com muito por onde escolher. Tem-se visto isso nos últimos anos, com idas a terrenos onde há muito não se passava, porque houve investimentos nas estradas e acessos. Lembrar que, por exemplo, a Serra do Larouco foi recentemente pavimentada de propósito para receber a Volta. O maior problema é a falta de investimento para potenciar a corrida, sobretudo a nível de patrocinadores. O trabalho tem de começar por trás, tornando a corrida mais atractiva e acho que os responsáveis por isso têm estado bem nos últimos anos. O lado mau disto é das equipas portuguesas à parte da W52. Existem com o propósito de participar nesta corrida e caso subisse de categoria o que ia ser delas?
×
×
  • Criar Novo...