Ir para conteúdo

Poeira

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    40.180
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    316 [ Doar pontos ]

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

7.458 visualizações
  1. @Harry Kane descansa, estou aqui para te apoiar nesta luta. Não tenho dúvidas de que vai voltar ao ringue. Está quase.
  2. O que me choca é isso ser sequer questionável.
  3. O prazo de validade do Chico já passou. Aconteceu o mesmo ao Iuri e ao Gauld. Até o maior dos talentos precisa de ser aposta no timing certo. Se isso não acontecer, a carreira não vai longe. O que não invalida em absolutamente nada o enorme talento que todos eles tinham (sobretudo o Iuri e o Gauld). Mas se não for no timing certo, não vale a pena andar a chorar por eles anos a fio.
  4. Pois, tenho ideia que isso já não é permitido na 1ª Liga.
  5. Já nem entro por aí porque não confio em nada daquilo que se faça no futebol do Sporting. Era mesmo uma questão focada nos regulamentos, porque com tanta mudança de época para época também não sei bem se isso é possível.
  6. Uma equipa portuguesa de andebol a vencer o Kiel na Champions. Nunca pensei ver isto a acontecer. Que grande vitória.
  7. O Camacho está na m*rda psicologicamente. Até as abordagens dele aos lances gritam isso. Somos prodígios a gerir jovens. O Doumbia é tão mau quando temos a bola. É assustador. Isto vale pelo Vietto mesmo. De resto, dá pena.
  8. O Liverpool está melhor, foi eficaz e mereceu a vitória. O City está penoso em termos ofensivos, para aquilo que são os padrões de extrema excelência a que nos habituaram. A arbitragem do Michael Oliver é qualquer coisa de inenarrável. Das piores coisas que vi em muito tempo. Lá vai o Rodgers ter que liderar a perseguição ao Klopp.
  9. Não sei, sinceramente. O Guardiola não está disponível, o Setién não me parece ter pulso para convencer aquele balneário logo desde o início e apostar no Xavi ainda é capaz de ser prematuro. Talvez o Wenger. Como solução de transição, durante um par de épocas. Ou o Ten Hag, mas as provas dadas também não são assim tantas. Isto porque também não sou fã do Koeman, que é o outro treinador que mais associado tem sido ao clube.
  10. Pois, mas se calhar o "extremismo" é o que faz toda a diferença aqui. E diria que praticamente todos os treinadores argentinos têm o Bielsa como referência, da mesma forma que praticamente todos os tugas admiram o Mourinho. Agora, se o acompanham ideologicamente, isso já me parece outra conversa. Eu conheço minimamente o trabalho do Gallardo no River ao longo destes anos, e não acho que seja o treinador mais adequado para o Barça. Não são, de todo, uma equipa cerebral e capaz de gerir o ritmo do jogo conforme lhes é mais conveniente, por exemplo. São uma equipa de verticalidade, dinâmica e intensa, mas mesmo isso diz-me pouco, porque o River tem constantemente jogadores de maior qualidade que os seus adversários, tanto na Argentina como na Libertadores. Para além disso, o próprio contexto do futebol argentino é propício a que equipas destas características surjam com mais facilidade. Acredito que ele seja competente, sobretudo em competições a eliminar (na regularidade tenho outra opinião), mas não acredito que ele seja um treinador "à Barça". E é isso que se procura aqui. Porque dificilmente a contestação vai desaparecer enquanto esse treinador não surgir.
  11. Err... O De Laurentiis é especial. Acho que é o adjectivo que melhor o descreve.
  12. Epá, se tiver mesmo que ser argentino para agradar ao presidente do clube (estou a falar do Messi, obviamente), peguem no Bielsa. À falta de melhor... É que batendo novamente em algo que começa a ser cíclico: quais são as características do River do Gallardo que encontram paralelo nas ideias tradicionais do futebol do Barcelona? É o Gallardo, para além de suficientemente competente, um seguidor da filosofia de posse e controlo do jogo que sempre caracterizou o clube? É um treinador preocupado em oferecer, para além de regularidade nas vitórias, um espectáculo positivo, ofensivo e agradável de ver para os adeptos? É que isto até pode não ser essencial em qualquer outro clube do mundo... mas no Barcelona é, e as sucessivas saídas de treinadores pela porta pequena são sinais disso. Não basta ganhar, efectivamente. Porra, o Valverde é bicampeão em título e está quase a ser corrido ao pontapé dali. Eu entendo que o Bartomeu bem se tem esforçado para matar aquilo que de facto diferencia o Barcelona de qualquer outro clube, mas não me parece que ele vá ter muita sorte. Os adeptos habituaram-se a esse Barcelona. E a menos que um outro Barcelona, de estilo diferente, supere os feitos desse Barcelona (boa sorte nisso...), a coisa não vai ao sítio enquanto não se voltarem a aproximar desse caminho.
×
×
  • Criar Novo...