Ir para conteúdo

AriGold76

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    1.305
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    116 [ Doar pontos ]

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está a ser visualizado por outros utilizadores.

  1. Se é para afundar que deixem o Leonel... Karanka eram mais 4 milhões para o galheiro.
  2. Verdade, a mudança de Cláudia Lopes também foi decisiva para isso. Infelizmente a nossa estratégia de comunicação ainda se baseia nestes "pivots" de trazer por casa.
  3. Ainda é cedo para saber o que vai acontecer, caso a aposta seja de facto Leonel Pontes isso apenas confirma o amadorismo da estrutura e a entrada na gestifute como mais um clube satélite. É uma sorte Lopetegui ter arranjado tacho e felizmente como somos considerados Clube "ralé" no catálogo Mendes não será imposto um Karanka da vida.
  4. Não concordo nada com isso. Se vier alguém experiente, com uma personalidade forte e que meta ordem na casa tudo é possível. Mesmo com o desfalque feito no plantel este ano ainda há o melhor jogador do Campeonato de longe (Bruno Fernandes), mal ou bem Coates e Mathieu com a táctica certa ainda servem para um Clube Campeão em Portugal. Sabendo aproveitar/potenciar melhor alguns jogadores (Wendel, Viviano, Plata, Doumbia) e puxar alguns dos sub-23 (Bruno Paz, Pedro Mendes) temos mais do que equipa para ganhar isto.
  5. E o que importa os cinco anos anteriores? O que interessa é ganhar, ser Campeão, os últimos 5 anos não podem servir de desculpa para não ganhar actualmente. E este era um inábil, desde as substituições tardias, à anarquia defensiva, passando pela falta de trabalho nas bolas paradas. Só tinha uma vantagem: meter os jornalistas à toa que não sabiam falar inglês.
  6. Hata Ben Arfa, Vurnon Anita e Emmanuel Emenike seriam nomes interessantes caso aceitassem vir com condições financeiras aceitáveis para a realidade do Clube.
  7. Nunca gostei de Keizer e esta pré-época mais o início de temporada deram-me razão. O que fizeram hoje deviam ter feito logo no final da época passada mas mais uma vez andaram a reboque dos adeptos e esperaram pela contestação para correr com o homem. Nunca deveria ter entrado, foi um erro de casting. A única boa solução foi terem corrido com Peseiro e mesmo assim deveriam tê-lo assumido logo na campanha em vez de esperar que a equipa perdesse pontos. Quanto a futuros nomes já o disse aqui: Mourinho, Sétien ou Spaletti. Caso se pretenda alguém experiente e não haja budget: Inácio. Quando existe uma estrutura com Beto e Hugo Viana não há grande escolha: Ou vem alguém experiente para meter ordem na casa ou não adianta. Quanto ás transferências... A saída de Raphinha para mim não foi bom negócio, ainda tinha muito para dar e valorizar. Quanto ao resto gostei bastante: Nunca achei que Thierry fosse dar um grande jogador. Diaby pelo menos não anda a comer um salário. Bruno Gaspar já vai tarde. Entradas: A de Bolasie ainda entendo... Jesé é um desastre anunciado e desnecessário. Fernando é absurdo sem cláusula de compra. Futebol? Fácil, fácil...
  8. Pode ser que estas saídas signifiquem a vinda de um extremo e um 6 para entrarem direto no onze. Mas depois penso em Hugo Viana, Keizer e Varandas... E para isso mais vale estarem quietos e aplicar o dinheiro no Estádio, estruturas centrais ou até caridade...
  9. Ora nem mais. Ainda se fosse algo de especial mas esta equipa não demonstra qualquer tipo de evolução táctica ou dinâmicas diferentes. A juntar a isso temos as substituições tardias e opções questionáveis (Diaby). E se ele não se sente confortável tinha que ter o brio de sair ou ser ainda mais frontal e honesto nas conferências de imprensa e explicar aos adeptos o que se está a passar. A Direção se quer um pau mandado que meta lá um Lionel Pontes ou Raul José da vida. Assim, como está, é insustentável.
  10. Não percebi este escárnio todo com Manuel Machado, acho que ainda não perceberam que o atual treinador é Marcel Keizer...
  11. Tenho ouvido o nome do Silas várias vezes também entre amigos e desconhecidos... O problema é que seria mais um para queimar na senda do que aconteceu com Domingos Paciência por exemplo cujo contexto era muito semelhante ao actual. Como já aqui disseram, face ao amadorismo actual da estrutura que temos e respectivo contexto tinha sempre que ser alguém com uma personalidade forte, princípios bem definidos e sem medo de arriscar e que não tivesse muito a perder. Isto em relação a personalidade, depois vem o resto que também é essencial: perceber minimamente disto. Não vejo muitos nomes portugueses disponíveis com este perfil: José Mourinho (impossível) e depois há Jesualdo Ferreira ou Manuel Machado que poderia soar a desespero mas pelo menos são portugueses e conhecem a realidade do Campeonato. Internacionais talvez apostaria sempre em alguém latino ou no limite italiano para facilitar ao máximo a comunicação que me parece ser fundamental nesta fase. Luciano Spaletti, Domenico Tedesco ou Quique Setién.
  12. O problema dele nunca foi a sua competência ou capacidade de trabalho mas sim aquele ego que nunca o deixará ser de topo por mais títulos que tenha conquistado e venha a conquistar. Infelizmente porque como Português gostaria de o ver voltar em grande.
  13. Também não tive problemas nenhuns em abastecer. Isto realçou apenas tendências que dificilmente vão mudar no futuro: sensacionalismo da comunicação social totalmente descontrolado, aproveitamento político total da situação por parte do governo e exemplos de falta de civismo que felizmente são cada vez mais denunciadas e ridicularizadas.
×
×
  • Criar Novo...