Ir para conteúdo

Diogo_CFB

Moderador Geral
  • Total de itens

    57.377
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    261 [ Doar pontos ]

2 Seguidores

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Depois na peça dizem " não é certo que a promoção seja tão breve como isso….." (limitações do Sérgio Oliveira e a cena do Uribe)
  2. Hoje voltam a defrontar o Kiel, desta vez em casa. (e já tinham ganho anteriormente aos alemães, tal como o ABC há mais de 20 anos, por ex) 19:00
  3. O Patrick William vai parar 3 semanas.
  4. O Jambor vai ser operado e vai estar afastado do relvado durante vários meses.
  5. O PAOK prepara-se para acionar a opção de compra do Misic (2M) O Sporting está interessado no avançado Michael, jogador do Goiás. Tem contrato até Dezembro de 2021 e uma cláusula de 6.5M, querem renovar com ele e subir a cláusula para os 11M. O Santos e o Corinthians também estão interessados. Já confessou ter andado no mundo da droga e, por causa disso, disse que já o tentaram matar 6 vezes.
  6. Referendo para decidir SAD na Académica já tem data Em nota de imprensa, a Direção da Académica pretende que todo o processo seja "o mais esclarecedor, transparente e participado possível, considerando o caráter fundamental da decisão a tomar para o futuro da instituição" Os sócios da Académica vão decidir a 29 de Novembro se querem uma SAD da Académica. Isso mesmo ficou esta noite a saber-se através de uma nota de imprensa que a Direção enviou, no qual é referido que nesse dia haverá uma Assembleia Geral Deliberativa através de referendo no Estádio Cidade de Coimbra, entre as 10h00 e as 22h00, sendo que até lá haverá um conjunto de sessões de esclarecimento. No dia 21 deste mês haverá uma assembleia geral para discutir e votar o orçamento para 2019/2020 e o relatório e contas de 2018/2019, bem como uma alteração estatutária relativa às sociedades desportivas. Eis o comunicado na íntegra "Dando cumprimento aos compromissos eleitorais assumidos durante a campanha eleitoral, nas eleições do passado dia 1 de junho e tendo, entretanto, concluído as negociações relativas à proposta de transformação da Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas da Académica/OAF, em Sociedade Anónima Desportiva, iniciou ontem, a Direção da Briosa, a apresentação do projeto, mediante uma exposição detalhada do mesmo perante o Conselho Académico. Na reunião do Órgão Consultivo da Briosa, foi compromisso expresso dos três Órgãos Sociais, perante os conselheiros, garantir um processo de escolha livre, informado e célere, decorrente de um processo que se pretende ser o mais esclarecedor, transparente e participado possível, considerando o carácter fundamental da decisão a tomar para o futuro da instituição. Para esse efeito, a Direção, em conjunto com a Mesa da Assembleia Geral e o Conselho Fiscal, já definiu os timmings do processo, que contemplará a realização, de forma faseada, de um conjunto de iniciativas destinadas a munir os sócios de toda a informação necessária à tomada de posição esclarecida de cada um, de acordo com os princípios da transparência, legalidade e democraticidade que sempre foram, e são, apanágio da Associação Académica de Coimbra. Assim, no próximo dia 21 de Novembro, terá lugar uma Assembleia Geral de Associados, destinada a permitir, através de uma alteração estatutária, a votação, em Assembleia Geral Deliberativa através de referendo, daquela que foi a vontade dos sócios no acto eleitoral de 1 de Junho de 2019 e à aprovação do Relatório e Contas da época transata, para que seja dada a conhecer aos sócios a situação financeira da instituição e esperando-se que tal informação concorra decisivamente para a uma decisão esclarecida e ponderada de todos. Nos dias subsequentes e até à data da Assembleia Geral Deliberativa através de referendo que terá lugar no dia 29 de Novembro no estádio Cidade de Coimbra, entre as 10h00 e as 22h00, propõe-se a Direção organizar e levar a cabo um conjunto de sessões de esclarecimento sobre o tema (cujas datas e horários serão em breve anunciados) e que serão abertas a todos os associados, onde explicará com detalhe a proposta que será colocada à votação e procurará esclarecer todas as dúvidas que lhe sejam colocadas. Entendemos, como decerto o entenderão os associados da Briosa, que este é um momento determinante para a nossa querida instituição, para cujo futuro auspicioso acreditamos ter encontrado a solução. É uma solução financeira definitiva, ponderada e equilibrada e uma solução desportiva ambiciosa, que foi objeto de longa e detalhada negociação, de forma a salvaguardar sempre e de forma inequívoca, os superiores interesses da Briosa. O que pretendemos é tão só, engrandecer o nome da Associação Académica de Coimbra no seu todo e do seu Organismo Autónomo de Futebol em particular, projetando o seu símbolo à medida da sua responsabilidade, à altura dos seus pergaminhos e à dimensão da sua história, como emblema desportivo ímpar, em Portugal e no Mundo". https://www.ojogo.pt/futebol/2a-liga/noticias/referendo-para-decidir-sad-na-academica-ja-tem-data-11507980.html
  7. Exacto. No canal 11 já tinham dito que não havia essa possibilidade no contrato de cedência do jogador.
  8. Claques Juventude Leonina e Directivo oficialmente ilegalizadas Entidade responsável deu provimento à solicitação do Sporting para suspender as claques com as quais está em conflito A solicitação do Sporting à APCVD (Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto) para suspender/anular o registo da Associação Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI, dois dos seus Grupos Organizados de Adeptos (GOA), efetuada no dia 29 de outubro - informação confirmada por aquela instituição ao jornal "Público" no dia seguinte -, já teve provimento com a notificação, ontem, às duas claques, que já estão assim oficialmente ilegalizadas, deixando de estar registadas como GOA. O longo conflito entre a Direção de Frederico Varandas e as claques, que o presidente dos leões acusa de não prestarem o correspondente apoio obrigatório às equipas e jogadores do clube e de terem comportamentos que levaram a uma escalada de agressividade e violência, teve como evento desencadeador da reação firme, unilateral e decisiva, os incidentes que ocorreram no Pavilhão João Rocha no dia 19 de outubro (ver cronologia abaixo). O Sporting já tinha rescindido, entretanto, o protocolo com as duas claques, e agora, ao tornar-se oficial, está mesmo proibido de lhes prestar apoio técnico, financeiro e material. "A decisão do presidente do Sporting traduz-se numa reprovação de comportamentos negativos", disse Vítor Pataco, presidente do IPDJ (ao qual o APCVD está vinculado), ao jornal "Público" de dia 31 de outubro. Já o presidente leonino, na última sexta-feira, falou em "acabar com o conceito de uma guarda pretoriana da Direção, paga muitas vezes para fazer o seu trabalho sujo". "Não podemos vacilar, por mais que isso implique risco, desgaste e confronto", concluiu Frederico Varandas. Por resolver está ainda o abandono das suas sedes, após o Sporting ter dado ordem de despejo no dia 25 de outubro. Entre os efeitos da ilegalização das claques pelo APCVD, alguns deles já aplicados pelo clube após a resolução dos protocolos, está o facto de o seu material vir a ser barrado fora de casa, como já sucede em Alvalade (em Tondela exibiram faixas). EFEITOS PRÁTICOS Registos dos filiados já não são enviados O Sporting já não tem de enviar às entidades competentes o registo dos filiados das claques ilegalizadas, nem comunicar às forças de segurança os pormenores sobre as suas deslocações e estas passam a ser grupos organizados de adeptos sem privilégios. Sem acesso a espaço exclusivo na bancada Claques deixam de ter espaço reservado na bancada e têm de adquirir bilhetes como sócios normais. Com a resolução do protocolo, o clube já tinha cancelado os apoios financeiros, descontos em bilhetes, liberdade para coreografias e solicitado a saída dos espaços concedidos para armazenamento de materiais, onde se concentram antes dos jogos. Proibição vai para lá do José Alvalade À proibição de entrada de material (adereços como tambores, megafones ou tarjas/faixas com dimensões superiores a um metro de largura por um metro de comprimento) que o Sporting já tinha imposto em "casa" (estádio e pavilhão), segue-se a proibição nos restantes recintos (requer a aprovação conjunta do promotor do evento, das forças de segurança e dos serviços de emergência). Policiamento pode vir a ser reduzido O policiamento da bancada onde se situavam as duas claques pode ser reduzido, legalmente, embora as entidades competentes possam deliberar de forma diferente por questões de segurança, dado que continuam a agrupar-se e a ocupar os mesmos espaços. CRONOLOGIA 19 de outubro Incidente no Pavilhão João Rocha que desencadeia reação de força do Sporting. Bancada central foi invadida pelas claques e o presidente Frederico Varandas insultado, precisando de escolta policial para sair. Fora do recinto, vidro do carro de vogal da Direção foi partido. 20 de outubro Sporting anuncia a resolução do protocolo com dois GOA (Grupos Organizados de Adeptos), a Juventude Leonina e o Directivo Ultras XXI. 25 de outubro Leões dão ordem de despejo às duas claques suspensas, concedendo cinco dias para o efeito. 29 de outubro Sporting solicita legalmente à APCVD (Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto) a suspensão do registo dos dois citados GOA, com o objetivo de ter efeitos práticos a partir do dia seguinte. 11 de novembro As duas claques recebem a notificação da APCVD de que estão suspensas e ilegalizadas. https://www.ojogo.pt/futebol/1a-liga/sporting/noticias/claques-juve-leo-e-directivo-oficialmente-ilegalizadas-11504653.html
  9. Quaresma volta a declarar o amor ao FC Porto: "Muito orgulho nesta camisola" Jogador do Kasimpasa representou os dragões durante seis épocas. Ricardo Quaresma voltou a recorrer às redes sociais para deixar uma mensagem aos portistas, agradecendo todo o apoio e voltando a declarar o amor ao FC Porto, clube que representou durante seis épocas, de 2004 a 2008 e depois de 2013 a 2015. "Tenho muito orgulho nesta camisola. (...) Quem a veste não pode querer dar menos do que o seu máximo. Obrigado por todo o carinho que sempre me deram", pode ler-se na publicação do jogador português que concedeu uma entrevista ao Porto Canal, que será transmitida em breve. https://www.ojogo.pt/futebol/1a-liga/porto/noticias/quaresma-volta-a-declarar-o-amor-ao-fc-porto-muito-orgulho-nesta-camisola-11505286.html
  10. O perfil traçado e dois nomes apontados ao banco do Marítimo Dois nomes começaram a circular na Madeira logo após a saída de Nuno Manta. Nuno Manta Santos não resistiu aos maus resultados e o empate caseiro (1-1) na última jornada, diante o Portimonense, acabou por originar a rescisão amigável do contrato que era válido até ao final da presente temporada. A SAD maritimista está agora no mercado para encontrar o sucessor, que poderá ser anunciado ainda esta terça-feira . A escolha vai recair num técnico experiente e com currículo no principal escalão, segundo o perfil traçado a O JOGO, e especulações começaram de imediato. Os nomes de José Gomes e Daniel Ramos, que deixou boas recordações no clube e na massa adepta, eram os que circulavam ontem com mais força na Madeira. No final da tarde de ontem, após a reunião entre Nuno Manta e Carlos Pereira, o treinador recorreu às suas redes sociais para explicar a saída. "Face ao que foi acontecendo ao longo destes meses, para não pensarem que eu seria o problema, demonstro aqui que sempre fui a solução. Venho por este meio comunicar que coloquei o meu lugar de técnico principal à disposição do presidente Carlos Pereira", podia ler-se na publicação. Mais tarde, o clube insular também emitiu um comunicado a confirmar a saída e agradeceu "a forma dedicada" com que o técnico "encarou o projeto Marítimo", enaltecendo ainda "a elevação com que encarou a hora da saída, colocando os interesses do clube à frente de muitos outros". Nuno Manta Santos, de 41 anos, fez 15 jogos, com três vitórias, sete empates e cinco derrotas, tendo sido afastado da Taça de Portugal e da Taça da Liga. https://www.ojogo.pt/futebol/1a-liga/maritimo/noticias/o-perfil-tracado-e-dois-nomes-apontados-ao-banco-do-maritimo-11504616.html
  11. César Peixoto continua no comando da Académica Treinador, que esteve em risco por causa dos resultados negativos, deu esta terça-feira o treino matinal O plantel da Académica começou, esta manhã, a preparar a deslocação a Famalicão, jogo relativo à Taça de Portugal e que está agendado para 23 de Novembro, sendo que a sessão, realizada à porta fechada no Bolão, foi orientada por César Peixoto. Segundo O JOGO apurou, apesar dos resultados negativos que a Briosa tem tido no campeonato - soma nove pontos aos fim de 10 jornadas e está a 13 de distância dos lugares de subida -, a Direcção academista decidiu manter o treinador que foi contratado no início da época para conduzir o emblema academista até à I Liga. https://www.ojogo.pt/futebol/2a-liga/noticias/cesar-peixoto-continua-no-comando-da-academica-11506834.html
  12. Este tópico está protegido por uma palavra-passe!
    Deverá introduzir a palavra-passe correta para desbloquear o tópico. Por favor certifique-se que tem a funcionalidade de cookies seguros ativa no seu browser.
  13. O avançado cabo-verdiano Hélio Silva, conhecido por Papalele, é reforço da equipa b. Assinou até ao final da época e só pode começar a jogar em Janeiro. Actuava mo Mindelense.
  14. FC Porto vai ao mercado: "Estamos a ver se encontramos alguém que possa vir ajudar-nos" Tanner McGrew tem uma paragem estimada em cinco meses e o técnico dos dragões, Moncho López, confirmou que vem aí nova contratação. Já operado e a assistir ao triunfo sobre o Esgueira (76-70) no banco e de muletas, o norte-americano Tanner McGrew, que fraturou a tíbia e o perónio da perna esquerda no duelo da ronda anterior, contra o Lusitânia, vai desfalcar o FC Porto nos próximos tempos, levando os dragões a ir ao mercado com a temporada em andamento, conforme confirmou a O JOGO o técnico Moncho López. "No basquetebol, um jogador do cinco inicial é mais do que 20 por cento numa equipa. McGrew tirava uns seis ressaltos por jogo, cinco assistências... Temos de encontrar isso fora e dentro da equipa. Estamos no mercado e a ver se encontramos alguém que possa vir ajudar-nos. Não procuramos um Tanner McGrew, porque não há. Já foi muito difícil trazê-lo. Foi uma contratação muito, muito complicada, não em termos financeiros, mas para o convencer a jogar aqui", afirmou o espanhol, adiantando que o extremo-poste de 26 anos tem pela frente "uma paragem nunca inferior a cinco meses". "Daqui a dois meses vai ser reavaliado. Falou-se de que não pode ter atividade física por cinco meses. Portanto, estamos a falar da probabilidade de não voltar a jogar mais esta época", acrescentou sobre o antigo jogador dos Salt Lake City Stars, satélite dos Utah Jazz na NBA, e que começou na Liga Placard com médias de 14,4 pontos, 10,4 ressaltos e 4,8 assistências, além de ter sido o MVP na conquista da Supertaça. Dentro da equipa, Moncho López espera "encontrar jogadores que consigam fazer mais alguma coisa do que aquilo que estão a fazer". "Os outros homens grandes têm de ganhar mais ressaltos, fazer mais trabalho ofensivo. Os jogadores exteriores, sobretudo os bases, têm de ajudar na criação do jogo como o Tanner McGrew. Era um excelente passador. Na classificação dos melhores 20 passadores da Liga, há 20 bases e ele. Ou seja, entre os 20 melhores passadores do campeonato está... um poste", exemplificou. Enquanto um novo reforço não chega ao Dragão, será o compatriota Noah Starkey (22 anos), da equipa B, a preencher a vaga, ainda que sejam "jogadores muito diferentes", para o técnico dos azuis e brancos. "Está a ajudar-nos muito a treinar. Já tinha sido assim na vitória da Supertaça. Não jogou, mas tinha sido importante no trabalho de pré-época, porque o Sasa Borovnjak esteve quatro semanas lesionado e perdeu cinco jogos de preparação." https://www.ojogo.pt/modalidades/basquetebol/noticias/fc-porto-vai-ao-mercado-estamos-a-ver-se-encontramos-alguem-que-possa-vir-ajudar-nos-11504498.html
  15. Académica está longe do esperado e César Peixoto em análise Nove pontos no campeonato deixam o treinador com o futuro incerto. A Direção da Académica deverá pronunciar-se publicamente sobre o futuro de César Peixoto, numa altura em que a Briosa soma nove pontos, está próxima da zona de despromoção e registou duas derrotas consecutivas, estando bem longe do objetivo traçado no início da temporada. De resto, durante esta terça-feira, altura em que o plantel academista começa a preparar a deslocação a Famalicão para a Taça de Portugal, jogo agendado para 23 de novembro, é bastante provável que o presidente Pedro Roxo se reúna com o treinador. Entretanto, a Direção tinha previsto, ontem à noite, apresentar na reunião do Conselho Académico, o projeto SAD que pretende implementar em detrimento da atual SDUQ. O referendo para os sócios tomarem uma decisão deverá acontecer ainda durante este mês. Noutro contexto, o extremo Filipe Chaby lesionou-se no tornozelo esquerdo na primeira parte do jogo com o Farense e é caso para reavaliar nos próximos dias. https://www.ojogo.pt/futebol/2a-liga/noticias/academica-esta-longe-do-esperado-e-cesar-peixoto-em-analise-11504431.html
×
×
  • Criar Novo...