Ir para conteúdo

MichaelAndrews

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    7.223
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    120 [ Doar pontos ]

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está a ser visualizado por outros utilizadores.

  1. Deve ter sido algo inédito com o FC Porto porque até ao momento actual nenhuma equipa na I Liga ou em outros campeonatos teve jogos menos conseguidos, nenhuma equipa perdeu campeonatos quando os liderou, nenhuma equipa provocou a surpresa de, sendo favorita, não alcançar a fase de grupos da LC ou qualquer outra fase. É algo realmente inédito!!! Foi frustrante com o Krasnodar ? Sim, foi, tal como o foi há 30 anos quando o FC Porto foi eliminado pelo Wrexham. Não há volta a dar, é uma nódoa a que SC e a equipa ficam associados. E então ? Pelas mesmas cabeças que por aqui andam, o modelo de jogo do Artur Jorge estava esgotado e devia ter sido despedido no momento. Chegou-se a declarar a necessidade vital de substituir o treinador num momento em que a equipa estava a disputar o acesso à LC, isto só mesmo por ignorância, por inconsciência ou por má fé! Também por ignorância (falta de compreensão na leitura) ou por má fé podes depreender que estou a tomar uma postura de que "eu é que tenho razão". Nem sequer cheguei lá perto: critiquei e critico quem se tem prestado a ter um não os discurso negativo para com o treinador e jogadores, mas fica calado quando fazem um bom jogo e acrescentam à exibição uma vitória clara em casa de um rival. Tão somente isto! O resto são questões técnicas, do foro do treinador, das suas decisões baseadas naquilo que acredita ser o melhor para a equipa, tanto táctica como estrategicamente. E estas são muito subjectivas, tão subjectivas que só demonstra o quão vazio as pessoas são quando afirmam liminarmente que "o modelo de jogo está esgotado". Nesta lógica que só pode ser da batata, todos os treinadores que não ganham têm os seus modelos esgotados. Francamente!!! Finalmente, mas ainda na subjectividade mencionada, não refuto aquilo que não tenho competência para refutar: não estou com os jogadores, não estou com a equipa técnica, não sei o que se passa no grupo de trabalho e não tenho habilitações que me permitam colocar em causa as decisões de um treinador de um clube como o FC Porto. Ainda bem que há tantas pessoas aqui que reúnem todas estas características, mas se assim é esperava um pouco mais que mandar o treinador pó crlo. Fiquem bem e continuem a trocar conhecimentos profundos sobre futebol.
  2. Não pedi, mencionei que seria interessante assistir (ler) isso mas, muito naturalmente, é algo que não me pareça acontecer (salvo as devidas excepções), é apenas a natureza humana. Depois, não ache que tenha de refutar o que foi escrito sobre o SC quando a maior parte do que foi escrito, ainda que opiniões e muitas delas pouco e/ou mal fundamentadas, estão feridas de competência para serem refutadas. São apenas isso, opiniões emocionadas e nem a isso chegam quando entram no insulto. Por outro lado, gosto que se concorde com o foi escrito no post do TD, porque afinal de contas um modelo de jogo totalmente esgotado, previsível, inconsequente e facilmente anulável por qualquer treinador do nosso campeonato serviu para dar um arraso na Luz. O que seria se o modelo de jogo não estivesse esgotado ?! Enfim, opiniões emocionadas.
  3. Não foi apenas um "ganhámos", foi uma demonstração de superioridade em toda a linha quando certas franjas de adeptos benfiquistas achariam que o seu clube iria dar mais 4 ou 5 e, por aquilo que se ia lendo entre adeptos do FC Porto, o Dragão vergado a uma profunda humilhação e, logo de seguida, a cabeça do treinador numa bandeja . Parabéns a todos os agentes em campo pelo bom espectáculo proporcionado aos adeptos no estádio e em casa, parabéns em especial aos jogadores do FC Porto pela enorme dedicação e pela excelente execução da estratégia delineada pelo treinador e, por fim, parabéns ao Sérgio Conceição como soube ler as forças e as fraquezas do Benfica, anulando as primeiras e explorando as segundas. Seria interessante ler por parte de quem tanto aqui se esforçou a desmontar a equipa e a criticar SC que também agora tivesse a capacidade e a honestidade intelectual para assumir que as palermices que escreveu ou que partilhou, como por exemplo o mais recente texto do blog Tribunal do Dragão (que nem sequer é da assinatura do autor original do blog, como é fácil de perceber pelo tipo de texto. Naturalmente que é pedir muito, mas deixa lá SC que são apenas cães que ladram enquanto a caravana passa. Nem o Benfica passou a 8, nem o FC Porto passou a 80 mas, afinal de contas, parece que temos campeonato.
  4. É tão fácil criticar atrás de um ecrã, como é fácil estar num grupo de 10 a dar uns "encostos" a quem tenta criticar presencialmente e achar que é um grande herói.
  5. Se a lógica de marcar muitos golos é apenas ter um alto atributo de finalização, então nunca vai haver um FM que deixe o pessoal satisfeito.
  6. Nem estava para comprar, mas do pouco que joguei ontem fiquei agradado: melhorou bastante as movimentações dos jogadores - para quem joga em 3d - os treinos fazem muito mais sentido, mas de início pode ser complicado geri-los (no fórum da SI já há um tutorial).
  7. Tens a táctica esquematizada nesses 3 momentos que são os pilares de toda e qualquer equipa, ainda por cima quando a transição era algo desconhecido no FM até agora. Além disso, podes manipular a equipa ofensiva e defensivamente tanto vertical como horizontalmente. Por fim, tens várias ideias de jogo logo pré-definidas. Esperar mais só mesmo formas de pressionar o adversário diferenciadas, em vez de continuarem apenas com a intensidade. Gostei bastante mesmo sendo ainda a versão beta, com várias correcções a fazer. FM18 a anos-luz de distância, aliás, já estou convencido que os FM nos anos pares são meros tubos de ensaio, de má qualidade, dos anos FM dos anos ímpares: fm13 muito melhor que o 12, fm15 muito melhor que o 14, fm17 muito melhor que o 16 e o mesmo agora.
  8. Como a versão beta deve sair dia 18 ou 19, mantém-se essa tradição.
  9. Melhor utilizar o termo "transições". Cá por mim ainda não é possível estipular diferentes tipos de pressão, continuamos agarrados ao mais e ao menos.
  10. Em teoria sim, faz muito mais sentido. Resta saber se a prática corresponde, por isso, vou ficar a aguardar pela crítica. Já estou é a ver o pessoal a escolher jogar Tiki-Taka e depois queixarem-se que a equipa não tem 70% de posse de bola O mesmo que no post anterior: vou esperar pela crítica. Screenshots e vídeos é mero marketing, o pessoal vai atrás disso e depois, estando o jogo disponível, as expectativas saem furadas.
  11. Depende do contexto, há treinadores que, partindo da mesma ideia de jogo, optam por dois esquemas tácticos; outros optam por manter o esquema, mas dar outras dinâmicas aos jogadores (no caso do FM, outras funções, tarefas e instruções). Passa, isto sim, mais pela observação e compreensão do que se passa ao longo dos 90 minutos. O PA é indicativo do potencial que o jogador pode vir a atingir, mas, tal como em tantos casos no mundo do futebol, não quer dizer que o jogador venha a concretizá-lo. Pessoalmente, prefiro jogadores com atributos mentais mais fortes de acordo com a premissa que um jogador mentalmente mais forte, também o poderá ser táctica, física e tecnicamente, ou seja, um jogador que decide melhor, joga melhor.
  12. Nada feito, este ano, se comprar, só mesmo depois de ver bem as apresentações das novidades e a crítica dos utilizadores. Já chegou o fm18 para queimar € 30-
  13. O 433 ( com os laterais no "slot" dos alas" há muitos anos que funciona bem, um pivô defensivo (MD) ou cjr / trinco (consoante o adversário use 1 ou 2 avançados / dois ou três médios), alas com tarefa de ataque, avançados interiores com tarefa de apoio (e posicionados mais por dentro, precisamente para dar a superioridade numérica no meio-campo), há muitos anos que vai fazendo as delícias da casa. Mentalidade Normal (porque deseja-se equilíbrio entre risco e proveito / processo ofensivo e defensivo) e "team shape" flexível (para potenciar as tarefas dos jogadores e não serem diluídas em outras actividades).
×
×
  • Criar Novo...