Ir para conteúdo

fornix

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    2.198
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    515 [ Doar pontos ]

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está a ser visualizado por outros utilizadores.

  1. O problema é que o Nani já deixou de ser extremo há largos anos. Tirando isso, é tranquilo.
  2. Eu apenas constatei que era uma inevitabilidade termos casos infetados, e que teriam acontecido bem antes ao caso do Sepulveda devido às circunstâncias que já expliquei. Não estou a dizer que se fez bem ou mal (aliás, posso já dizer que concordo com grande maioria da atuação e recomendações da DGS). Mas admiro-me também de se ter querido tapar o sol com a peneira durante tanto tempo. O país teve que tomar as medidas que estiveram ao seu alcance na prevenção, sem nunca se entrar em alarmismo e radicalismo. Porque não há razoes para isso e só iria ser contraproducente. Por exemplo, Macau declarou praticamente os serviços minimos publicos, cancelaram as festividades do Ano Novo Chinês, fecharam a industria dos Casinos, foi instalada videovigilância térmica nas fronteiras e aeroporto de HK desde o inicio. Bem ou mal, fizeram-no, mas foi porque se calhar tinham razões para isso e capacidade para tal. A industria dos casinos tem um peso tão elevado na economia de Macau que eles podem dar-se ao luxo de estar 2, 3, 4 meses parados e mesmo assim ela não regride. Nunca na vida o nosso país teria condições e necessidade de fazer o mesmo.
  3. Achas mesmo que o Sepulveda foi o 1º infetado a passar pelo nosso país? É certinho que já cá tinhamos esta estirpe há bem mais tempo. Devido ao fenómeno da globalização era impossivel que não o tivéssemos. Toda a Europa já estava praticamente com casos de infeção e nós éramos os unicos a não o ter? Não andamos a comer gelados com a testa. Da mesma maneira que temos bem mais que 13 casos infetados. Oficialmente declarados podem ser 13, mas como tem sucedido com as diferentes epidemias em epidemiologia, isto é apenas uma parte dos verdadeiros números. Para se ter uma noção, nas primeiras semanas a triagem de doentes nas unidades de saúde com sintomas de gripe / respiratórios era feito apenas baseado no facto de eles terem vindo da China/Itália ou não. Em caso negativo, eram convidados a ir para casa. Como se fosse preciso uma pessoa ter vindo de um desses países para se ser infetado com o virus, nem há outras formas nem nada... Trata-se de um virus sobretudo respiratorio (embora não exclusivo), e como tantos outros do mesmo género, é caracterizado por uma grande morbilidade e baixa mortalidade, com um índice mutacional relativamente baixo (se o compararmos com o influenzavirus i.e. gripe comum/sazonal), pelo que enquanto não houver uma imunidade de grupo alta, as previsões é de que continue a alastrar-se e a criar vitimas mortais aqui e ali, exatamente da mesma forma que a gripe A evoluiu e se auto-limitou. Esta imunidade de grupo, por exemplo, é quase irrelevante quando falamos do influenzavirus, que tem um indice mutacional astronómico e baixa imunidade cruzada entre as sucessivas estirpes ao longo dos anos. Em 2019, a gripe comum originou no nosso país perto de 2000-3000 mortes, um numero que tem sido mais ou menos constante ao longo dos anos (quando o Ticampos ler isto vai fritar de vez).
  4. Só assim de repente lembro-me de Heldon, Jefferson, Vitor, Evaldo, Zeegelar, Gazela (duvido que o pessoal se lembre sequer deste), Battaglia, Lumor e Eduardo. E certamente estou-me a esquecer de muitos mais. Jogadores na sua grande maioria medíocres, que não se destacaram nas temporadas prévias às suas transferências, mas que nos jogos contra o Sporting ao serviço dos seus clubes fizeram umas gracinhas.
  5. Não, não foi só isso que ele fez. Mas o meu comentário foi bastante explicito quanto a esta estratégia em especifico do clube nos últimos anos.
  6. Mais uma vez decide-se ir buscar alguem que tenha batido o pé quando defrontou o Sporting. Desta feita foi um treinador, mas já vimos este filme demasiadas vezes com jogadores. Isto está quase ao nivel da politica de copiar as estratégias de Porto e Benfica. Já só dá pena.
  7. Mas já não tem interesse falar-se no assunto. Se tivéssemos em 2009 talvez ainda desse para uns clickbaits
  8. É preciso ter algum cuidado na interpretação das estatisticas. Convém sempre tentar compreender o contexto socio-económico e cultural de qualquer epidemia. Como pessoa ligada à saude animal, e com familia ligada à Medicina e Enfermagem, venho deixar apenas um spoiler desconhecido por grande parte da população: a gripe A não está erradicada do nosso país e ocasionalmente continua a gerar fatalidades.
  9. Claro que o Demba Ba se deixa cair e força ao máximo o penalty... mas porque crls é que o Neto foi-se encostar nas costas dele? Obvio que ao minimo toque, naquela situação em que o PL está isolado, o arbitro vai assinalar penalty. Ele so tem é de colocar-se entre o PL e a baliza. Burro do crl
  10. Tenho cá para mim que o Jorge Sousa ainda tem qualquer coisa encravada com o Sporting depois daquele processo há uns tempos pela equipa B(?). Explicaria muita coisa...
  11. Por momentos tive um dejá vù, tambem de 7 milhoes, dos ucranianos pelo jefferson ha uns anos. Se queda!
  12. Este clube é um riso autêntico. É so bonecos...
  13. Oh Ilidio... Chaves e noite na mesma frase? A malta de Chaves dá toda à cassoleta para Vila Real. Quanto muito iria para o casino, e com aquelas bonitas temperaturas tenho sérias duvidas disso . E na altura até veio um técnico do staff do Chaves referir publicamente que ele teve um periodo de adaptação mais complicado (os primeiros 3 meses), mas que após isso foi dos jogadores mais profissionais com quem trabalhou. E agora, como é que ficamos? O Poeira tem vindo a dizer uma coisa com alguma razão: o Sporting tem sempre muitos casos de indisciplina ao longo dos anos...
×
×
  • Criar Novo...