Ir para conteúdo

BFC=Trincos_Everywhere

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    2.466
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    610 [ Doar pontos ]

Últimos Visitantes

905 visualizações
  1. Perda de bola é o maior culprit do Boavista. A penalização é muito pesada neste esquema tático.
  2. Completamente desnorteada e desmotivada a equipa. Nesta era damage control, a equipa não tem capacidade de reação.
  3. Não percebo bem a panca com os jogadores da nova geração da Holanda. O Semedo foi queimado, nunca foi potenciado com as características ofensivas que tem com um meio campo raramente capaz de lhe providenciar apoio defensivo. O esquema tático do NES e o ambiente tuga vai ser excelente para voltar em grande.
  4. https://twitter.com/LusRochaRodrig1/status/1308133665986301952?s=20 Diretor de comunicação do ZeroZero. Alguém perguntou se era um central ou avançado e ele respondeu que nenhum dos dois. EDIT: fdx...vá, fico interessado mas este clickbait..
  5. Via o Funhaus e Angry Joe por uns anitos enquanto o promeiro tinha a equipa inteira e o último fazia reviews engraçadas. Andei a explorar o twitch à pala do FFVII Remake e foi giro durante um par de meses até deixar de ver tb. Ah yeah, crit1kal (aka penguinz0) vale a pena, tem sentido de humor bom, tem sentido crítico sobre atrasados mentais e é genuinamente uma boa pessoa.
  6. Vai dar profundidade que falta no centro do meio campo. Já agora o Chidozie não pode jogar contra o FCP. Ou seja, estamos jodidos. Se o Seabra achar que o Gómez tem de ir porque sim, então é um buraco a juntar-se possivelmente mais um se o Rami estiver todo comido. Ou podemos deparar-nos com uma dupla entre Rami e Javi/Show. Isso ou chega um central com alguma experiência já na segunda-feira. Mas isto tem tudo para correr mal seja qual for o cenário.
  7. O começo deixou-me mesmo a pensar que iam fazer uma cena à El Patrón xD
  8. O que disse não é preto e branco, é claro que importa, mas se esperas que um ala faça o mesmo papel que um defesa lateral mais recuado então não sei como te explicar melhor. Que faz diferença, faz. O esquema tático do Seabra permite que os extremos e os defesas laterais tenham mais oportunidades de golo, é uma questão de equilíbrio para perceber que a tua análise de um defesa lateral "normal" derrotava o propósito do esquema tático. A compensação defensiva ocorre de outra forma, mas deixo a ti se quiseres realmente perceber como é feita...não vou explicar tudo. Mas isso depende se queres estar bem informado ou não. Eu gosto de analisar estes momentos, até porque só assim é que percebo se as deficências vêm do jogador ou do treinador. O jogo não é assim tão simples quanto isso e isso de análises de café infelizmente há demais até. É nessa perspetiva que se criam injustiças e má leitura. Mas daí não te peço que entendas, não é o teu clube, só te quis apresentar uma descrição bem informada se estivesses interessado mas já percebi que já formaste a tua opinião num único jogo, ironicamente.
  9. Discordamos em relação ao Mangas então, até porque o papel defensivo dos laterais neste esquema tático não é tão preponderante quanto isso. O Cannon foi excelente no seu flanco nesse aspeto, mas ofensivo foi quase nem ver. Parte pelo Sauer que descai muitas vezes para o interior, e por outro porque a equipa não estando carburada, acaba por perder vários momentos em que poderia integrar-se nas jogadas ofensivas. A posse de bola é o aspeto mais importante neste esquema tático, mas se há um buraco na defesa a cada bola longa e as rotinas não estão completas, então deixas de ver o Mangas com o papel que devia ter neste esquema tático (em que é mais ala que outra coisa qualquer) e passas a analisá-lo como um defesa esquerdo que é descompensado várias vezes. Se tiveres curiosidade, investiga aí o esquema tático do Seabra para perceberes porque é que digo isto. O Boavista também passou muito tempo no meio campo do Tondela, isto não é tática de contra-ataque. Apesar de tudo em comparação com o Famalicão e o VSC achei que o Boavista está mais adiantado nesse processo coletivo. O meio campo funciona, mesmo que tenha as suas falhas aqui e ali. Se não fosse o Gómez jogar, que provavelmente nem vai ser o 4º defesa central, e nem estávamos a falar disto. É que foi tão óbvio, que fingir que existem mais problemas sérios seria injusto para o resto da equipa. Ainda estão longe do ideal, e isto nem vai ser suficiente contra as equipas de topo, mas contra este Nacional um Rami em boas condições ganhava-se confortavelmente. O problema que se segue são as próximas jornadas e este problema grave no centro da defesa que vai condicionar a percepção da equipa do exterior para dentro e a própria motivação da mesma. Sem falar se o clube vai arranjar uma solução em concreto a curto prazo e de forma eficaz.
  10. Mangas é mais no aspeto ofensivo e vai ser assistências e golos garantidos, mas o único responsável daquele buraco é só um jogador. Escorregou 3 vezes, falhou marcações, posicionou-se mal, cortou mal...fez tudo que podia fazer de mal à exceção de duas alturas em que fora intervenções muito simples. Existem rotinas a afinar, o 3º golo foi erro da 2º linha defensiva no centro até, mas quando a defesa é insegura e o Nacional aplica pressão do mesmo lado (inclusive todos os golos vem sempre com o Gómez como oposição) então isso mexe com o lado psicológico da equipa. E digo isto sem querer queimar o rapaz, espero bem que o Boavista esteja atento a isso com ele porque quem o colocou nessa posição foi a equipa técnica e os demais. Se fosse o Mangas o nosso maior problema e estava felicíssimo com isso...
  11. A sensação que dá é que o Boavista ganhava fácil se não fosse o Gómez, é pena, mas boas indicações coletivas nesta altura.
×
×
  • Criar Novo...