Ir para conteúdo

Takezo

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    1.712
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    0 [ Doar pontos ]

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Usando a expressão que adoram pegar, belo para mim é por exemplo isso. Mas é um expressão super negativa e detesto porque acho que nenhum treinador tem isso em mente quando treina uma equipa. Tem si em mente vários aspetos muito uteis que a malta adora rotular como belo e como se fosse algo mau. O que para mim não faz sentido.
  2. Para melhor? Eu digo já que não sou a melhor pessoa a expressar-me e que isso ainda me irrita mais quando vejo que do outro lado não me percebem.
  3. Ser incrível é tudo aquilo que vejo dito em muitos comentários ao jogo quer seja aqui ou noutro lado. "Fomos muito bons", mas tivemos para ir de sopa contra uma equipa que "não queria nada com o jogo", não jogou para o vencer nem teve qualidade para isso. Não se trata de ser negativo, trata-se de dizer como o vi. Como referi antes, ponto positivo foi terem deixado a pele em campo e terem feito tudo pela vontade do querer. Mas não estou nada high na nossa exibição que teve muitos problemas, mesmo nessa entrada avassaladora que era basicamente o Corona a partir tudo sozinho. E eu nem queria falar disso porque simplesmente não parecia grande altura para fazer comentários sóbrios. A única diferença entre ontem e o ano passado na mesma eliminatória é o adversário tbh. Muito medo do que possa vir aí, mas pelo menos o objetivo já foi alcançado.
  4. Sei que não foi para mim, mas isso é muito facilmente desmontável. O futebol e arte estão lado a lado, é impossível separar a estética do futebol e vice versa. O que é belo? Belo para mim é por exemplo um passe em profundidade que rasga uma defesa toda. Belo também é uma jogada veloz ao primeiro toque, entre muitas outras coisas. E a verdade é que são coisas muito uteis num desporto que bem se podia chamar espaço & movimento. Se a primeira beleza que falei é super útil para meter um jogador mais perto de marcar, a segunda é super útil para quebrar pressões e criar espaços para posteriormente serem aproveitados. Está tudo sempre muito bem relacionado. O futebol não é um fim, tem um fim, mas também tem um início e um meio de onde se obtém depois o resultado. E eu até detesto a expressão do bonito no futebol, porque acho que isso não existe. Só concordo contigo no ponto em que os resultados são o mais importante para avaliar um treinador.
  5. Desafio-te a ver um jogo do Vitória na altura. Como disse, contexto é zero.
  6. Contexto é que está quieto. Marcou 8 golos na liga. O Tello também fez um monte de assistências no Porto e foi o que foi. Ir por aí é falacioso que dói. E nem são números estonteantes.
  7. Vai lá pedir a opinião à malta do Vitória quando ele jogava lá. Se na 1ª época ainda servia e veio cotado da maneira que veio, na segunda passagem não tinha qualquer influência. Onde está a mentira? Vocês pegam com tudo. Só fiz um reparo e é verdade. Uma equipa que levou 7 há pouco tempo, venceu-nos da maneira que nos venceu a jogar muito pouco (e nós fomos ainda piores que eles) e anda a perder jogos do campeonato, está em cacos. Não é por nada que o treinado ontem nem apareceu na conferência e andava a admitir que estava em risco de ir de sopa do lugar. Fazem cavalos de guerra em relação a tudo e foram logo pegar na coisa mais minima do meu post. Argumentos é que é zero, é só invocar a velha parvoíce do "admiro-me como não estamos a lutar pela manutenção". És melhor que isso.
  8. Até acho estranho tu que és tão bom a interpretar fazeres essa interpretação. E não é hate como o outro boneco disse ao quotar-te. Estrategicamente a Roma não quis nada com o jogo, são factos. Foram artilhados defensivamente e a perder tempo desde do primeiro minuto em tudo que era reposições de bola. O guarda redes dele aos 5 minutos de jogo já devia ter lavado amarelo, por exemplo. E estavam tão mal preparados que a defender com 5 em linha mais outro trinco a fazer de tampão davam todo o espaço do mundo para se jogar na área deles. Isto é não querer nada com o jogo e acho que não é preciso ser super inteligente para perceber que não estou a falar literalmente em relação às motivação dos jogadores, é um comentário perfeitamente normal. E não esquecer que esta Roma está a cair aos bocados, a motivação deles é dúbia apesar de estarem nos oitavos.
  9. Opa, o Dzeko a cagar e a tossir de cadeirinha mais o Perotti iam nos f*dendo várias vezes. O Porto foi melhor principalmente por ter querido mais, mas tirando a primeira meia hora da primeira parte, não houve um momento em que realmente diga que fomos "incríveis", nem esse, se tivéssemos sido competentes tínhamos morto o jogo nesse período de tempo, o que não aconteceu e ainda nos vimos super f*didos com uma Roma que não lembra o diabo. Ainda assim passamos e é o que interessa. Para mim longe de ter sido incrível tho. Ponto positivo a entrega e querer da equipa, ponto negativo a nossa fase defensiva, o treinador ter andado a lutar contra ele próprio ainda antes do jogo começar, e termos estado por um fio contra uma Roma que sem nunca querer nada do jogo ou fazer por isso dificultou-nos e muito a vida.
  10. Os dois não serviam para qualquer equipa do meio da tabela e são peças úteis na cabeça do treinador.
  11. Não acho que tenhamos mais equipa, mesmo a nível de coletivo é ela por ela tbh. O problema é que o treinador achou por bem vir cá com 4 defesas, 2 trincos e a perder tempo desde do primeiro minuto. É bem feita. Vieram fiados que iam defender o resultado e tiveram uma exibição para lá de vergonhoso, o que também nos passa alguma vergonha porque tivemos bastantes dificuldades.
  12. O Hernani a correr parece uma princesa e depois só faz m*rda.
  13. Borrei-me, mas fiquei com muitas dúvidas.
×
×
  • Criar Novo...