Ir para conteúdo

kurupted

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    2
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    6 [ Doar pontos ]

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Eu nunca fui fã do 442 no FM. Sempre fui adepto do clássico 4-3-3, talvez o 4-2-3-1, mas o 4-4-2 tenho ultimamente andado a explorar. Um 4-4-2 pode ser dar um poço de golos e de bom futebol como pode te enterrar num jogo se não usares os roles adequados, principalmente no meio campo e laterais. Num 442 por exemplo nem vale a pena usar por exemplo 2 Alas atacar ou até Alas Completos e no meio campo não teres ninguém em tarefa defensiva que és comido completamente. De qualquer das formas sim, tens de alterar alguns aspectos, principalmente o role do Grimaldo, Defesa Lateral nunca na vida. O Medio Recuperador de Bolas defensivo pode sim funcionar. Mas os laterais tens de alterar, e o papel do Félix também. Eu gosto mais de um Avançado Recuado ou até em alguns jogos um Falso 9. Depois diz alguma coisa se criares um dummy save.
  2. Boas malta, Sou o dono do tópico que foi colocado em cima. A minha análise tática do Bruno Lage na altura é um pouco diferente da que tenho hoje. Vamos começar pelo início. Guarda-redes para mim é Líbero com tarefa defensiva, e porquê, porque apesar do Vlacho não ser um prodígio com os pés, ele tenta muita vez o passe curto, muito mais do que o simples papel de Guarda-Redes. Grimaldo, ora bem, eu já cheguei a usar Ala Completo com a tarefa Atacar, não gostei nem desgostei, apenas ficava uma avenida completa sempre que eventualmente perdia a bola lá à frente, mas de resto gostei das movimentações, ele sobe muito, e sobe bem, o Grimaldo é à vontade dos melhores laterais ofensivos do jogo, senão mesmo o melhor e faz o papel muito bem. Ultimamente tenho usado o Ala com função de atacar. Faz basicamente o mesmo, projeta-se bem, com largura, e ataca muito bem o espaço, só que com a diferença que não fica tão desposicionado como ficava com a tarefa de Ala Completo. Quanto aos centrais, eu acredito que ambos podem ter o simples papel de Defesa Central, se virem bem, o Ruben Dias, tem o player trait de conduzir a bola, e o Ferro também acredito que tenha (posso estar enganado), com esse traço o Ruben Dias naturalmente vai pegar na bola e chegar-se à frente, pode fazer o passe ou não. Pode até ter um papel de defesa com bola, mas não acredito que seja necessário. O André Almeida, bom, esse também ja o cansei com tanto role, já usei ala completo, já usei Ala suporte, já usei defesa lateral atacar, o que eu gostei mais foi mesmo este último, porque acredito que os 2 laterais, apesar de vocês terem dito e bem que o Grimaldo é muito mais ofensivo e tem mais liberdade que o André Almeida, porém o Almeidinhos faz exatamente o mesmo que o Grimaldo faz, ataca o espaço e projeta-se, só que com menos liberdade, portanto gosto de usar a tarefa de defesa lateral em atacar. Quanto ao meio campo, outra dor de cabeça, já cheguei a jogar CJ-Apoiar com MC-Defesa, já cheguei a jogar com CJ-Defesa e MC-S (CJ Gabriel e Samaris a MC), já cheguei a jogar com CJ-Apoiar e MRB-Apoiar. Eu acredito que o Samaris independentemente do papel que tenha, tem de usar tarefa defensiva. Em primeiro lugar porque na questão do motor de jogo, não usar um médio com tarefa defensiva cria uma gap enorme nas costas dos médios, e não é por se usar uma tarefa defensiva no meio campo que ele não contribui para o ataque. Eu gostei particularmente do papel Médio Centro com tarefa defensiva, achei que se envolve mais na construção de jogo, muito mais que o Recuperador de Bolas. Quanto ao Rafa, para mim é simples, Extremo Invertido. Pizzi, para mim é um Organizador Aberto. Lá na frente, já usei bastantes, o Félix faz praticamente todos os roles. Já usei o simples Ponta de Lança com F9, com Avançado Recuardo Apoiar e Atacar, N10 bla bla bla. O Seferovic, eu acredito que ou é um Ponta de Lança simples ou um Avançado trabalhador. O João Félix, derivado aos seus stats ele pode ser usado praticamente com qualquer papel. O que eu gostei mais foi o de Avançado Recuado, pelo simples facto de que ele cai menos no espaço, principalmente quando falamos do Falso 9, sempre que vi jogar o Félix com esse papel vi-o sempre demasiado no meio campo, e muitas vezes ele nem chega à área para finalizar e acaba por ser menos 1 que ataca a área. Com o papel de Avançado Recuado, seja ele Apoiar ou Atacar, ele fica muito mais envolvido no ataque e ataca as zonas de finalização. Outra coisa que tem-me sempre remoído a cabeça é a mentalidade e as instruções. Para mim, tem de ser mentalidade positiva, mas a maior dor de cabeça é o usar ou não usar o Passar no Espaço. No FM as coisas são um pouco estúpidas, quando se usa essa instrução, muitas vezes vê-se os jogadores a mandarem bolas para o espaço quando não devem, e eu não gosto disso, no estilo de jogo do Benfica, o passar no espaço só é usado quando é mesmo possível faze-lo, ou quando há uma desmarcação, isto via-se principalmente do Félix para o Sefero, ou do Gabriel para o Grimaldo, e eu acredito que a instrução de jogador "Correr mais Riscos" deve ser usada ao invés do Passar para o Espaço. Quanto à largura, outra dor de cabeça. Em teoria, o Benfica como joga com ambos os laterais encostados à linha, devia-mos usar largura máxima, mas no FM, novamente, as coisas são estúpidas, quando se usa largura máxima observa-se que os jogadores ficam muito longe uns dos outros. Eu uso com a largura no meio, Razoavelmente Largo. Vejo os 2 laterais quase encostados à linha e os jogadores continuam relativamente perto uns dos outros. Acredito que também pode ser usada a instrução da Sobreposição do lateral esquerdo. Quanto à questão do estilo de passe sim, o Benfica joga muito com passe direto, mas no FM as coisas não são assim. Quando um jogador tem a instrução de "correr mais riscos" no passe, é muito comum ele fazer o tal passe direto sem ser necessário usar essa instrução de equipa. Porque se usarmos essa instrução de equipa, TODOS os jogadores começam a adotar esse comportamento, e o que vemos no Benfica é que eles são pacientes na construção. Basicamente é isto. É preciso notar que é impossível copiar qualquer tática de qualquer treinador da vida real para o FM porque na vida real há sempre nuances táticas impossíveis de replicar no FM. Um dos exemplos é o famoso tiki-taka do City do Guardiola. Em teoria é possível usar a formação que o Guardiola usa, o problema são aqueles micro ajustes comportamentais dos jogadores. De qualquer das formas a tática que foi postada não vai muito longe daquilo que o Benfica joga. Aquilo que menos gostei foi usar o Félix a numero 10, ele pode jogar nesse papel, mas eu não gostei da forma como ele não ataca e pressiona os jogadores, porque com bola é muito bom, ele já tem bons stats de passe e visão de jogo mas o Avançado Recuado e Numero 10 são muito parecidos. Uma das coisas que sempre me fez pensar, quando se usa mentalidade positiva, é mesmo os papeis de ataque o suporte, e isto refiro-me aos extremos e laterais. Já cheguei a usar ambos os laterais e extremos com tarefa de Atacar, com tarefa positiva, e para envolver todos os jogadores na construção de jogo e principalmente nas zonas de finalização, é necessário usar a tarefa de atacar, mas fica co ritério de cada um. Cumprimentos.
×
×
  • Criar Novo...