Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Red Prince

Saúde

Posts recomendados

eu há para aí 1 mês que tenho sentido o ouvido entupido e quando como por exemplo sinto uma espécie de barulho no ouvido, assim como quando estou em ambientes silenciosos, como se tivesse vento. Já fui a otorrino e inclusive fiz uma TAC e de ouvidos pelos vistos está tudo bem, fui a alergologia e dessa parte também não parece que esteja relacionado. É possível que seja algo a ver com a parte dentária ou maxilofacial? 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Jimmy Shive Overly, há 41 minutos:

eu há para aí 1 mês que tenho sentido o ouvido entupido e quando como por exemplo sinto uma espécie de barulho no ouvido, assim como quando estou em ambientes silenciosos, como se tivesse vento. Já fui a otorrino e inclusive fiz uma TAC e de ouvidos pelos vistos está tudo bem, fui a alergologia e dessa parte também não parece que esteja relacionado. É possível que seja algo a ver com a parte dentária ou maxilofacial? 

Pode estar relacionado com articulação temporomandibular. Mas não te consigo ajudar muito mais. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Jimpo, há 3 horas:

Pode estar relacionado com articulação temporomandibular. Mas não te consigo ajudar muito mais. 

E achas que deva marcar consulta em que especialidade em específico? Dentária mesmo? 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Jimmy Shive Overly, há 6 horas:

eu há para aí 1 mês que tenho sentido o ouvido entupido e quando como por exemplo sinto uma espécie de barulho no ouvido, assim como quando estou em ambientes silenciosos, como se tivesse vento. Já fui a otorrino e inclusive fiz uma TAC e de ouvidos pelos vistos está tudo bem, fui a alergologia e dessa parte também não parece que esteja relacionado. É possível que seja algo a ver com a parte dentária ou maxilofacial? 

Eu tive o mesmo problema durante uns 2 ou 3 anos, até que antes do verão falei com uma amiga minha que é enfermeira, disse-me que podia ser do sistema nervoso e tal como disse o Jimbo, estar relacionado com articulação temporomandibular, eu quando estava em casa no sofá tinha por hábito de ter de estar sempre a morder alguma coisa, muito provavelmente por causa do sistema nervoso ou de ansiedade, algo que acho que sofro bastante, e comecei a deixar de o fazer e o "barulho" desapareceu desde aí nunca mais voltou, nem agora em que nunca estive pior psicologicamente.

Editado por Ricardo Pinto

Compartilhar este post


Link para o post

Boas,

Já desde há tempo que sinto um desconforto numa certa zona das costas, principalmente nos dias em que faço determinados exercícios no ginásio. Seria melhor consultar um osteopata ou um quiroprata? 

Editado por ComiC

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de ComiC, há 1 hora:

Boas,

Já desde há tempo que sinto um desconforto numa certa zona das costas, principalmente nos dias em que faço determinados exercícios no ginásio. Seria melhor consultar um osteopata ou um quiroprata? 

Bebe um copo de água que faz menos mal e é mais barato.

Compartilhar este post


Link para o post

Então como se tratam estes problemas?  Até hoje nunca tive necessidade de recorrer a um especialista na área, mas agora sinto que tenho.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de ComiC, há 2 minutos:

Então como se tratam estes problemas?  Até hoje nunca tive necessidade de recorrer a um especialista na área, mas agora sinto que tenho.

Para uma simples desconforto nas costas não há problema nenhum em ir ao osteopata. Se a situação parecer mais complicada podes ir a um fisioterapeuta.

Compartilhar este post


Link para o post

Desde que se procurem os quiropratas e os osteopatas para estes problemas comuns de dores e desconfortos e não para curar a leucemia, ok.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Duluoz-, há 17 minutos:

Se as hipóteses dele é recorrer a vendedores de banha de cobra...

Então a quem pode ele recorrer da melhor maneira na tua ótica?

Compartilhar este post


Link para o post

Osteopatas, quiropratas e coisas afins não têm validade científica, portanto é bom que isso fique assente desde já para início de conversa.

Depois, de certeza que há casos de pessoas que foram a esses "profissionais", à falta de melhor palavra, e tiveram melhorias. E portanto não digo a ninguém para não ir, até porque vivemos num país livre.

O @ComiC falou num "especialista na área". Ora, osteopatas/quiropratas não serão esses especialistas, certamente. O meu conselho do ponto de vista científico seria um ortopedista se for algo ósseo, sendo muscular talvez um fisioterapeuta, mas o @Jimpo esclarecerá melhor do que eu (é fisioterapeuta, e não vendedor de banha da cobra).

Acrescentar apenas uma sugestão: todas as "terapias" que tenham uma "filosofia" associada têm, em princípio, zero credibilidade.

Citação de Bashir, há 56 minutos:

@Ghelthon anda defender os osteopatas (e afins), eu sei q gostas.

Opá, essa m*rda enerva-me porque, tendo background relacionado com a Ciência, sei bem o que custa fazer investigação. E depois virem charlatões da treta venderem coisas sem validade científica alguma, só porque se faz assim na China há trezentos mil anos, e ainda por cima tentar equiparar isso às prácticas da Medicina actual, que passa mais crivos do que as pessoas sequer sonham, revolta-me completamente.

Infelizmente, o Governo, a Ordem dos Médicos e os media andam a prestar um péssimo trabalho à sociedade, porque têm uma postura que de certa forma contribui para essa equiparação, como se fossem opções equivalentes. Quando não é, o Steve Jobs (e outros tantos) que o digam.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Hammerfall, há 10 minutos:

@Ghelthon Concordas que a medicina atual tenta sempre curar os sintomas e não a causa?

Obviamente que não concordo. Dizes isso com base em quê?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Ghelthon, há 2 horas:

Obviamente que não concordo. Dizes isso com base em quê?

Hum.. ideias generalizadas, do género, já se saber a cura para certas doenças mas a indústria farmacêutica não a lança para o mercado, é mais na base disso. Eu pergunto-te se achas se são ideias fantasiosas ou realmente pode haver aí algum pingo de verdade.

Num exemplo mais concreto, o meu prof de fisiologia disse que uma colega dele andava muito mal com depressão, vários problemas seja profissionais, seja pessoais e que o médico receitou um medicamento para tratar epilepsia porque o side efect disso seria sonolência/cenas que um antidepressivo faz. Resultado, a mulher andava constantemente a ter blackouts e não sabia porquê. Mau profissional? Com certeza. Agora, há médicos que receitem exercício físico, por exemplo, para combater depressão, em vez de os encherem com compromissos?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Hammerfall, há 3 horas:

 Agora, há médicos que receitem exercício físico, por exemplo, para combater depressão, em vez de os encherem com compromissos?

 

compromissos para uma pessoa com depressão tem tudo para correr bem.

caro amigo, comprimidos por outro lado, resolvem os problemas da sociedade.

Dói-me a cabeça, toma uma aspirina

Dói-me a garganta, toma um hidroticin

Dói-me a barriga, toma um rennie

Dói-me isto, toma um brufen

Dói-me aquilo, toma um adalgur

Tenho insónias, toma um xanax

A patroa diz que tá mole, toma um viagra

As dores crónicas nas cruzes estão a bater? Toma um vicodin

 

Podia continuar, mas já não vejo dr.House .

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Hammerfall, há 3 horas:

Agora, há médicos que receitem exercício físico, por exemplo, para combater depressão, em vez de os encherem com compromissos?

Sei que não és mal intencionado, mas não é assim que as coisas funcionam e os casos não são todos iguais. Isso é quase como dizer que a solução é só ser feliz.

Compartilhar este post


Link para o post

Quis dizer comprimidos xd

Citação de El Shafto, há 3 minutos:

Sei que não és mal intencionado, mas não é assim que as coisas funcionam e os casos não são todos iguais. Isso é quase como dizer que a solução é só ser feliz.

Percebo o que queres dizer. Mas a solução também não pode passar por encher a pessoa de químicos não é?

Compartilhar este post


Link para o post

Já agora. Tenho um amigo que anda num período mau. Está com uma depressão e parece que foi-lhe diagnosticado um transtorno bipolar. Ainda por cima acabou com a namorada este fim de semana. Eu queria perguntar-vos se acham que comprimidos são aconselháveis para estes casos. I mean, não acho muito saudável andar-se a tomar a tomar comprimidos diariamente para a ansiedade, para dormir, wtv, que é o caso dele neste momento. Não querendo soar demasiado romântico, mas questões de índole psíquica não seria mais recomendável serem ultrapassadas através de introspeção, da análise interior? 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Hammerfall, há 2 minutos:

Percebo o que queres dizer. Mas a solução também não pode passar por encher a pessoa de químicos não é?

Não dá para falar de forma generalizada, mas, normalmente, a ideia é permitir que a pessoa consiga ser funcional e gradualmente reduzir a dosagem. O processo em si já tem demasiadas nuances para ser discutido de forma binária.

Assumindo que estamos a falar de psiquiatras, é por isso que também é normal que uma pessoa com depressão não seja só acompanhada por um psiquiatra mas também por um psicólogo/terapeuta/opções.

Compartilhar este post


Link para o post

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   O conteúdo anteriormente introduzido foi recuperado..   Limpar

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...