Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
DonSk

Oficial: Marco Silva despedido do Everton

Posts recomendados

Citação de Black Hawk, há 27 minutos:

 

Aliás, julgo que o Marco Silva acaba por ser vítima das expectativas que cria. O trabalho no Estoril foi tão bom que depois, no Sporting, se esperava mais do que uma época tranquila com uma Taça de Portugal pelo meio.

O título na Grécia e aquele início no Hull criaram uma expectativa que depois não se concretizou, apesar de a despromoção ter sido sempre o cenário mais plausível para eles.

Evidentemente.

Mas não é só por isso que ele falhou no Sporting. Para além das expectativas criadas pelo excelente trabalho dele no Estoril, as expectativas para aquela temporada tinham obrigatoriamente de ser superiores àquelas que existiam para a temporada transacta, com o Jardim, meia equipa nova e um clube a lutar arduamente para subsistir, depois de uma das piores épocas da nossa história.

Apesar de só ter feito meia época de boa qualidade e ter cumprido com os mínimos na outra metade da época (segurando o 2º lugar), o Jardim deixou uma equipa completamente diferente. Estruturada, razoavelmente organizada e com uma base consistente, da casa e com alguma qualidade (Rui, Cédric, William, Adrien, André Martins, o próprio Mané). Existiam expectativas de que a equipa, com alguns reforços (não chegaram talvez todos os que eram necessários, mas a maioria das necessidades foi colmatada), pudesse crescer a partir dessa base e lutar pelo título com o Marco.

Ora, isso foi tudo o que não aconteceu. O Sporting nunca esteve próximo desse objectivo, nunca apresentou uma qualidade de jogo superior à dos tempos de marasmo do Jardim e não conseguiu a qualificação para a fase a eliminar da Champions (um objectivo perfeitamente realista tendo em conta o contexto do grupo). E se é verdade que nesta última foi assaltado no jogo com o Schalke, é igualmente verdade que o jogo frente ao Maribor, na Eslovénia, foi talvez a primeira de algumas exibições inenarráveis dessa época.

É que toda a gente se lembra do 3-1 no Dragão para a Taça (com uma senhora exibição do Nani), mas ninguém se lembra de que, cerca de 5 meses depois, o Sporting perde 3-0 no Dragão para a Liga, num jogo onde foi tudo tão mau, mas tão mau, que o Tello faz um hat-trick e mesmo assim deixa uma sensação de desilusão... porque podia muito facilmente ter feito mais 2 ou 3 golos, tal era a facilidade com que aparecia isolado na cara do Rui. E o mesmo aconteceu no jogo com o Chelsea em Alvalade, por exemplo, que só termina 1-0 porque o Rui faz uma exibição épica e salva 4 ou 5 lances escandalosos de golo.

O plantel era bem mais talentoso que o do Jardim, sobretudo do meio-campo para a frente, mas a verdade é que não retirou o melhor do Nani (de todo), piorou o rendimento do trio do meio-campo (fosse qual fosse o utilizado, e nunca utilizou o único "10" do plantel mesmo quando o 4x2x3x1 foi claro durante a grande maioria da temporada) e transformou definitivamente os laterais em rapazes que passavam 90 minutos a bater bombo para a frente ou para a área adversária (dependendo da zona do terreno). Teve mérito na gestão do Carrillo, porque lhe deu a confiança que o Jardim nunca conseguiu dar.

O que apresentou foi sempre muito escasso para aquilo que se esperava daquela época, e não existiam indícios de evolução (bem pelo contrário, a qualidade de jogo foi decrescendo). Tendo em conta que a oportunidade de ter o Jesus surgiu, a decisão era óbvia. Mas mesmo que o Jesus não existisse ali, despedi-lo continuaria a ser a melhor solução.

Compartilhar este post


Link para o post

Ainda antes do Natal, o Marco Silva já tinha o seu lugar em perigo porque já existia pressão por parte do BdC sobre o treinador. Acham que isso também beneficiou a restante época do Sporting? Pode vir o Guardiola ou o Klopp, que enquanto não existir paz no Sporting ninguém irá corresponder às expectativas, está sempre toda a gente sob enorme pressão.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Wincing Hálldor, há 12 minutos:

Como assim?


O Carrillo fez 7 jogos nessa temporada antes de ser encostado. Acho que também está a acontecer revisionismo aí.

Tens razão. Obrigado pela correção. 👍

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Mesut Ozil, há 3 minutos:

Ainda antes do Natal, o Marco Silva já tinha o seu lugar em perigo porque já existia pressão por parte do BdC sobre o treinador. Acham que isso também beneficiou a restante época do Sporting? Pode vir o Guardiola ou o Klopp, que enquanto não existir paz no Sporting ninguém irá corresponder às expectativas, está sempre toda a gente sob enorme pressão.

O lugar estava em perigo porque as expectativas eram altas e porque o BdC tinha aquele feitio "especial" e aquela antipatia específica pela profissão de agente desportivo, e chateou-se logo com o empresário dele aquando do caso Rojo. O Marco ficou do lado do empresário, não se esforçou propriamente para ser o "empregado do mês", choveram rumores de que tentavam convencer alguns jogadores a passar para a ProEleven... enfim, cedo se percebeu que a coisa só ia funcionar se o Marco virasse as costas ao empresário. Independentemente disso, o que se via em campo era pobre, muito pobre.

Depois veio o Jesus, que correspondeu totalmente na primeira época porque já tem muitos anos disto (e porque tinha margem de manobra tendo em conta o contexto, o que também ajudou) e manipulou o BdC como quis. Não chocou de frente com ele, exigiu o habitual para assinar (liberdade e investimento) e nem precisou de se esforçar muito para fazer e desfazer na estrutura desportiva e nas ligações do mercado (trouxe a equipa técnica, o brasileiro das palestras motivacionais, o Octávio e foi trabalhando com o Costa Aguiar, que lhe deve ter dado bom dinheiro a ganhar no negócio do Alan Ruíz, por exemplo).

Curiosamente, se o BdC tivesse metido um travão no Jesus após a primeira época, as coisas hoje podiam ser bem diferentes. Mas ele sempre demonstrou estar "verdinho" nestas andanças, e foi dando liberdade com medo que o Jesus abandonasse o barco e o deixasse de mãos a abanar.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Descartes, há 1 hora:

Não. Aquela ordem para não convocar o Rojo.

O BdC que se lembrasse de exigir algo semelhante ao Jardim ou ao Jesus e logo veria o que lhe aconteceria de diferente... Aliás, com o Jesus andou a fazer o mesmo braço de ferro no último ano mas aí não foi corajoso ao ponto de o despedir por justa causa por causa de um fato. Doía muito mais na carteira...

Quase 2020 e ainda se diz que o Marco Silva foi despedido por não usar um fato. Depois não querem que se ache que tem boa imprensa.

E a ordem foi ao contrário. Alguém com interesses externos próximo do Marco Silva não queria que o Rojo fosse convocado, e o Sporting não foi na cantiga.

 

Citação de IlidioMA, há 1 hora:

não sabia qual a ordem. seja como for a direcção não existe para dar esse tipo de ordens, de cariz técnico-táctico. Isso é assunto do treinador.

Mas estou a denotar um certo revisionismo, ou saudosismo do BdC a permear este tópico. Uma espécie de "O BdC pode ter feito muita coisa mal, mas no que toca ao Marco Silva pá..."

A ordem não era de cariz técnico-táctico.

 

Citação de Descartes, há 1 hora:

Sempre foi assim. Não é revisionismo. O Abel sofre do mesmo problema. Entra naquela lógica de que o BdC só fez coisas boas no 1º mandato e só se passou da marmita depois do jogo em Madrid e daquele post em que insultava os jogadores.

É a desculpa natural que muitos (imensos) usam para se justificarem do apoio incondicional que prestavam ao indivíduo seguida pela crítica aberta. A explicação possível para terem passado de aprovação na ordem dos 90% na Assembleia Geral de assalto ao poder e alteração de estatutos para 71% a deliberar a sua destituição num espaço de meros 6 meses.

Não contou com ele desde o início. Nem o Carrillo se treinava com o plantel. O Rojo foi completamente diferente. Queriam usar o Marco Silva para pressionar o Rojo a aceitar uma transferência que ele não desejava.

Ele não desejava? Não vi o Rojo a queixar-se que não queria ir, sendo que a transferência poderia ter perfeitamente caído caso fosse do seu interesse.. Aliás, o Rojo queria ir, o Sporting é que não estava virado para que ele fosse sob os moldes que a Doyen desejava, daí a rescisão unilateral do contrato entre o clube e o fundo, e todo o imbróglio jurídico que se seguiu.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de doom_master, há 14 horas:

A ordem não era de cariz técnico-táctico.

exacto! por não ser de cariz técnico-táctico é que é alheia ao Marco Silva. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de IlidioMA, há 6 minutos:

exacto! por não ser de cariz técnico-táctico é que é alheia ao Marco Silva. 

Mas ele ignorou essa instrução, é o que quero dizer.

Compartilhar este post


Link para o post
logoabola.png

ANCELOTTI COM SALÁRIO PRINCIPESCO EM GOODISON PARK

Carlo Ancelotti e o Everton já têm tudo acordado para que o técnico italiano se torne no sucessor de Marco Silva no comando dos toffees.

Segundo o The Sun, o contrato do antigo treinador do Nápoles prevê um salário verdadeiramente milionário, na ordem dos 12 milhões de euros por época. No vínculo está ainda previsto um bónus de 2,5 milhões de euros caso Ancelotti consiga manter o Everton na Premier League no final da temporada.

lol

Editado por Kaz

Compartilhar este post


Link para o post

Costumo fazer isso no FM16, tipo treinar o Bayern ou o PSG e meter uma clausula de 450 mil euros caso consiga o apuramento para a Liga dos Campeões via Liga ou chegar aos oitavos da LC.

🤣

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Longineu, Em 09/12/2019 at 19:51:

Porque o Jardim pegou num plantel que vinha de um 7º lugar, com jogadores mancos (sdds gerson magrão, weldinho), completos desconhecidos  e gajos vindos de empréstimos e sacou um 2º lugar com uma primeira volta a dar chocolate onde quer que fosse. Mau era se não fosse adorado por cá.

8 jogos é um bocado diferente de uma primeira volta.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de doom_master, Em 10/12/2019 at 01:08:

Aliás, o Rojo queria ir, o Sporting é que não estava virado para que ele fosse sob os moldes que a Doyen desejava, daí a rescisão unilateral do contrato entre o clube e o fundo, e todo o imbróglio jurídico que se seguiu.

os moldes que a Doyen queria ou os moldes que estavam no contrato?

Compartilhar este post


Link para o post

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   O conteúdo anteriormente introduzido foi recuperado..   Limpar

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...