Ir para conteúdo
Luís Silvares

UEFA vai decidir o futuro do campeonato e do Europeu de futebol

Posts recomendados

Citação

logoabola.png

UEFA VAI DECIDIR FUTURO DO EUROPEU E CAMPEONATO

Portugal e todas as outras Ligas europeias aguardam pela decisão da UEFA, na terça-feira, quanto ao Europeu e quanto ao desfecho do campeonato, onde estão apenas quatro cenários em cima da mesa.

A BOLA já traçara, há uns dias, todos os cenários em cima da mesa. O campeonato concluir-se, nos moldes normais, quando houvesse condições para isso; o campeão, os participantes e as descidas da Liga e subidas da Liga 2 serem encontrados através de um (vários, melhor dizendo) play-off; o campeonato não terminar e não haver campeão; ou o campeão ser quem estava em primeiro no momento em que as provas foram interrompidas. Nada mudou de há uns dias para cá. Todas as hipóteses continuam em aberto para Portugal, tal como para todos os campeonatos europeus que entretanto anunciaram a interrupção das competições. Opiniões há  muitas - em Itália fala-se em recomeçar as provas em maio, em Inglaterra há quem defenda acabar já a Premier League e entregar o título ao Liverpool -, certezas são zero. Até quando? Essa é a grande questão, sendo certo que a indecisão não se pode arrastar por muito mais tempo, tendo em conta o que está em jogo.

Segundo os dados recolhidos pelo nosso jornal ao longo do dia de ontem, a chave para terminar com a indefinição em torno do que acontecerá em Portugal (e muito provavelmente em grande parte dos países europeus) pode estar nas mãos da UEFA. A Direção do organismo que superintende o futebol do velho continente, presidido por Aleksander Ceferin, tem reunião marcada para amanhã e dela pode muito bem sair uma decisão que ajude as ligas a definirem de forma mais clara o que fazer ao que falta jogar da época. Falamos, é claro, da realização do Euro-2020 nas datas previstas (12 de junho a 12 de julho) ou do seu adiamento. Do que sair desse encontro dependerá o que cada país fará a seguir.

Falemos do caso português em concreto. A Comissão Permanente de Calendários da Liga Portugal tem reunião marcada para esta manhã - por videoconferência, respeitando portanto os cuidados que o momento exige. Benfica, FC Porto, Sporting, Gil Vicente, Mafra e Leixões (os clubes que compõem a Direção da Liga) irão conversar com Helena Pires, diretora executiva responsável pelas competições do organismo liderado por Pedro Proença. Será a primeira reunião depois de ser decretada a paragem das duas ligas profissionais. Todos os cenários de que se tem falado serão, é certo, abordados, mas ninguém deve esperar já uma conclusão sobre o que acontecerá em Portugal. Porque tal é, por enquanto, impossível.

Ainda ontem a ministra da Saúde, Marta Temido, avisou para que a linha ascendente dos infetados pelo Covid-19 dure até final de abril. Ou seja, confirmando-se a estimativa, será difícil que a vida dos portugueses, futebol e outros desportos incluídos, possa voltar ao normal. É fácil, portanto, perceber que no cenário mais otimista as competições poderiam regressar no início de maio. Ora, se a UEFA mantiver o Campeonato da Europa para as datas previstas não dará tempo para terminar campeonatos, pelo menos não nos moldes habituais. Algo que, pelo contrário, pode já ser mais exequível caso o Euro-2020 seja adiado para 2021, possibilidade de que se tem falado nos últimos dias.

Há, ainda, a possibilidade - e há muita gente a fazer força nesse sentido - para que seja a UEFA a decidir o que acontecerá, de uma forma global, aos vários campeonatos, em vez de cada país tomar a sua decisão, de forma isolada, o que levantará, sempre, resistência por parte dos clubes, dificultando a aceitação de uma posição, qualquer que seja. Por outras palavras: se for a UEFA a decidir... nada a fazer.

Percebe-se, portanto, as razões por que a Liga Portugal, e muitas das principais ligas europeias, ainda não tomaram qualquer decisão quanto ao futuro imediato. O que acontecerá ao Europeu deste ano irá determinar, pois, o que irá acontecer nas competições domésticas. Depois de a UEFA tomar uma decisão, seguir-se-ão as decisões das ligas - onde se inclui a portuguesa. E acabamos como começámos: todos os cenários continuam em cima da mesa. Dizer mais do que isso, neste momento, seria irresponsável.

Partilhem a vossa opinião.

Podem votar na opção que julgam ser a mais adequada usando o tópico com votação aberto para o efeito:

 

Compartilhar este post


Link para o post

Play-off no Tugão?

Aquela malta que quer a Liga reduzida a 6 equipas já deve estar a delirar no seu bunker. :8_laughing:

Compartilhar este post


Link para o post

O que diz os regulamentos, alguma coisa para campeonatos suspensos?

é injusto campeonatos que ainda está tudo em aberto declarar já um campeão. Em Inglaterra é diferente, já ninguém apanha o Liverpool. Mas e o resto das posições, quem desce? Quem vai a Europa?

Talvez o mais justo seja tudo ficar em suspenso, e assim que possível reatar. Se não for possível reatar, continuar para o ano desportivo ou civil todos com os pontos que estão neste momento. Parece-me ser o mais justo, o desporto tem de ser sempre decidido dentro do campo.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de JP_, Agora:

O que diz os regulamentos, alguma coisa para campeonatos suspensos?

é injusto campeonatos que ainda está tudo em aberto declarar já um campeão. Em Inglaterra é diferente, já ninguém apanha o Liverpool. Mas e o resto das posições, quem desce? Quem vai a Europa?

Talvez o mais justo seja tudo ficar em suspenso, e assim que possível reatar. Se não for possível reatar, continuar para o ano desportivo ou civil todos com os pontos que estão neste momento. Parece-me ser o mais justo, o desporto tem de ser sempre decidido dentro do campo.

A realidade é esta, e apesar de ter apresentado outras propostas no tópico do FC Porto, a melhor é realmente reatar tudo como está agora, mesmo que seja em setembro ou outubro. Vai-se deixar de fazer isso pelo capricho dos campeonatos começarem sempre em agosto e acabarem sempre em maio? Acho que não faz sentido nenhum. Nem que a próxima época começasse em dezembro, a seguinte em novembro e por aí adiante até voltar às tradições, com vontade tudo se arranja.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Mica, há 16 minutos:

A realidade é esta, e apesar de ter apresentado outras propostas no tópico do FC Porto, a melhor é realmente reatar tudo como está agora, mesmo que seja em setembro ou outubro. Vai-se deixar de fazer isso pelo capricho dos campeonatos começarem sempre em agosto e acabarem sempre em maio? Acho que não faz sentido nenhum. Nem que a próxima época começasse em dezembro, a seguinte em novembro e por aí adiante até voltar às tradições, com vontade tudo se arranja.

Não esquecer que na altura do Mundial de 2022 o campeonato já terá que ter um calendário diferente, porque não fazê-lo já? Começava-se o restante em Julho/Agosto e terminava em Novembro/Dezembro. E iniciava-se de novo em Fevereiro por exemplo.

Editado por Kiko17

Compartilhar este post


Link para o post

Situação complicada, obviamente quero puxar a minha sardinha à brasa.

Não concordo com um playoff, o SCP ou o SCB poderiam vir a ser campeões sem o merecer.

Que se faça uma final entre Porto e Benfica

Compartilhar este post


Link para o post

Tendo em conta que tão cedo isto parece que não se vai resolver acho que um playoff seria o mais ajustado.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post

É muito descabido não haver época 2020/21 e prolongar esta até ao próximo ano? Sei que ia dar muitos prejuízos do ponto de vista financeiro, mas para encher o calendário até se podia criar uma competição nova a nível europeu, conjugada nacionalmente, extraordinária. Parece-me o mais justo, mas difícil de pôr em prática. 

Compartilhar este post


Link para o post

Não há campeões para ninguém. Apuramentos para competições europeias é como estiver o campeonato atualmente ou, no limite, como estava ao fim da primeira volta para deixar todos em "igualdade" e siga a marinha. 

Não justifica, de todo, o risco de voltarem a jogar

Compartilhar este post


Link para o post

As pessoas que votaram em concluir o campeonato nos moldes normais estão à espera que se faça o quê, exatamente? É que não haverá tempo para concluir o campeonato. A não ser que se façam jogos de três em três dias. Até pode ser possível, mas o campeonato português deve estar no mesmo barco que as outras ligas, por isso duvido que isto aconteça (porque nas outras ligas há equipas em competições europeias - outro problema - e até taças internas).

A decisão do vencedor ser o que está, neste momento, no primeiro lugar ou o que estava lá, ao fim da primeira volta, é também bastante injusta, para não dizer absurda.

O mais sensato, dado o impacto que isto tudo vai atingir é suspender esta época. Ou seja, não haveria nem vencedor da TdP nem campeão português. Em relação à qualificação para as provas europeias da próxima época: quanto muito, as equipas que estão nesses lugares, neste momento, ou então uma espécie de play-off ou de eliminatórias. 

Qualquer decisão nunca vai ser consensual, nem nunca vai ser algo compreensível ou que vá entrar assim à primeira nas nossas cabeças. Porém, deve imperar o bom censo. Muita gente ainda não percebeu que estamos perante uma pandemia, uma catástrofe mundial. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Jpa, há 5 minutos:

As pessoas que votaram em concluir o campeonato nos moldes normais estão à espera que se faça o quê, exatamente? É que não haverá tempo para concluir o campeonato. A não ser que se façam jogos de três em três dias. Até pode ser possível, mas o campeonato português deve estar no mesmo barco que as outras ligas, por isso duvido que isto aconteça (porque nas outras ligas há equipas em competições europeias - outro problema - e até taças internas).

A decisão do vencedor ser o que está, neste momento, no primeiro lugar ou o que estava lá, ao fim da primeira volta, é também bastante injusta, para não dizer absurda.

O mais sensato, dado o impacto que isto tudo vai atingir é suspender esta época. Ou seja, não haveria nem vencedor da TdP nem campeão português. Em relação à qualificação para as provas europeias da próxima época: quanto muito, as equipas que estão nesses lugares, neste momento, ou então uma espécie de play-off ou de eliminatórias. 

Qualquer decisão nunca vai ser consensual, nem nunca vai ser algo compreensível ou que vá entrar assim à primeira nas nossas cabeças. Porém, deve imperar o bom censo. Muita gente ainda não percebeu que estamos perante uma pandemia, uma catástrofe mundial. 

Percebo o que queres dizer, mas é uma incoerência.

É um assunto complicado e qualquer decisão tomada será injusta, mas uma decisão terá de ser tomada.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Sumudica by Night, há 18 minutos:

O vencedor da Taça decide também o vencedor do campeonato.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Slade, há 17 horas:

Yep. Mesmo a recomeçar em setembro, final de outubro já esta tudo terminado. Euro logo a seguir, e nova época em janeiro e é sempre a abrir para tentar acabar em meados de julho.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Sumudica by Night, há 1 hora:

O vencedor da Taça decide também o vencedor do campeonato.

Ou então o vencedor da Supertaça decide o vencedor da taça e do campeonato.

Megataça!

Compartilhar este post


Link para o post

A minha opinião vai de encontro ao que disse no tópico da nba. Acabar os campeonatos mais tarde, e depois ajustar o nº de jogos das competições no próximo ano de forma a equilibrar o calendário.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Shai, há 44 minutos:

A minha opinião vai de encontro ao que disse no tópico da nba. Acabar os campeonatos mais tarde, e depois ajustar o nº de jogos das competições no próximo ano de forma a equilibrar o calendário.

Podia-se fazer, como excepção, a próxima epoca a começar em Janeiro/Fevereiro, mas dividir em 2 séries de 9 equipas (em Portugal) e uma final four ou rondas a eliminar até a uma final. Conseguia-se provavelmente encurtar o calendário em bastante de modo a caber entre Janeiro/Fevereiro e Maio/Junho.

Depois no ano a seguir voltava tudo à normalidade.

Editado por rcoelho14

Compartilhar este post


Link para o post

Imagino que a ideia seja, se possível, "estragar" apenas um campeonato e estancar os impactos apenas neste. Não me parece que soluções que mexam com as competições do próximo ano façam grande sentido.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Thierry Henry, há 3 minutos:

Imagino que a ideia seja, se possível, "estragar" apenas um campeonato e estancar os impactos apenas neste. Não me parece que soluções que mexam com as competições do próximo ano façam grande sentido.

Isso é porque não conseguem imaginar uma época fora dos moldes tradicionais, ou seja de agosto a maio. Bastava um reajuste aí e reconfigurar uma temporada desportiva para 11 meses e rapidamente voltava tudo ao normal.

Mas isto vale o que vale, depende sobretudo de quando esta situação irá passar, o que ninguém sabe de verdade.

Compartilhar este post


Link para o post

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   O conteúdo anteriormente introduzido foi recuperado..   Limpar

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Criar Novo...