Ir para conteúdo
What

Tópico da Política, Ambiente e Economia

Publicações recomendadas

Citação de Ghelthon, há 19 horas:

É esse o meu ponto. Porque faz sentido e é fácil de fazer no caso que o lordbifana descreveu, mas também é igualmente fácil de fazer para o filho do amigo.

EDIT: Sendo que, lá está, em ambos os casos podem ficar de fora pessoas tão boas ou melhores.

Quando é o para o filho do amigo claro que está errado

Na outra situação e tendo trabalhado num laboratório acho perfeitamente aceitável isso. Uma pessoa faz a tese lá, Às tantas até publicou um artigo, o laboratório quer que ele continue lá a desenvolver o trabalho e quiça seguir com ele para doutoramento

a unica opção para isto pelo menos até 2020 ( penso que uma houve uma alteração na forma das bolsas funcionarem ) é mesmo abrir bolsa a concurso público

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de lordbifana, há 10 minutos:

Quando é o para o filho do amigo claro que está errado

Na outra situação e tendo trabalhado num laboratório acho perfeitamente aceitável isso. Uma pessoa faz a tese lá, Às tantas até publicou um artigo, o laboratório quer que ele continue lá a desenvolver o trabalho e quiça seguir com ele para doutoramento

a unica opção para isto pelo menos até 2020 ( penso que uma houve uma alteração na forma das bolsas funcionarem ) é mesmo abrir bolsa a concurso público

Isso e mesmo o "autoplagio". Quantas e quantas vezes estou a escrever um artigo sobre um estudo diferente na mesma área e tenho aquele paragrafo introdutivo que é quase a mesma coisa porque se aplica a todos os estudos. Se calhar faço um esforço maior que ela por reescrever tudo de forma diferente, mas o conteúdo é quase igual.

A questão das bolsas com destinatário são uma porcaria, mas é compreensível que existam. Os laboratórios deviam era de ter mais poder em "promover" pessoal que esteja a fazer um bom trabalho, mas estes deviam ter que produzir relatórios à fct com frequência e com a fct realmente a avaliar os relatórios e a verificar que está a valer a pena.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de lordbifana, há 13 minutos:

Quando é o para o filho do amigo claro que está errado

Na outra situação e tendo trabalhado num laboratório acho perfeitamente aceitável isso. Uma pessoa faz a tese lá, Às tantas até publicou um artigo, o laboratório quer que ele continue lá a desenvolver o trabalho e quiça seguir com ele para doutoramento

a unica opção para isto pelo menos até 2020 ( penso que uma houve uma alteração na forma das bolsas funcionarem ) é mesmo abrir bolsa a concurso público

eu saí desse mundo na altura da implementação dessa nova legislação. o que acontece é que para a malta mais jovem para teres bolsa tens que estar lá a aumentar o teu grau académico.

O que pode acontecer é teres dinheiro de projetos europeus para financiar bolsas de investigação e aí abres um concurso público com os critérios que quiseres mas acho que agora a legislação limita isso ao máximo de 1 ano. Ou seja, tens mesmo de ter bolsa FCT o que acaba por ser uma batalha a nível nacional na tua área de interesse. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de fns, há 1 minuto:

eu saí desse mundo na altura da implementação dessa nova legislação. o que acontece é que para a malta mais jovem para teres bolsa tens que estar lá a aumentar o teu grau académico.

O que pode acontecer é teres dinheiro de projetos europeus para financiar bolsas de investigação e aí abres um concurso público com os critérios que quiseres mas acho que agora a legislação limita isso ao máximo de 1 ano. Ou seja, tens mesmo de ter bolsa FCT o que acaba por ser uma batalha a nível nacional na tua área de interesse. 

pois eu sai tb da investigação tb por essa altura

mas mesmo assim é possível então ter bolsas temporarias ate entrar para doutoramento..os laboratorios nao têm vida fácil, assim como os investigadores sempre com vida precária

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de fns, há 1 minuto:

eu saí desse mundo na altura da implementação dessa nova legislação. o que acontece é que para a malta mais jovem para teres bolsa tens que estar lá a aumentar o teu grau académico.

O que pode acontecer é teres dinheiro de projetos europeus para financiar bolsas de investigação e aí abres um concurso público com os critérios que quiseres mas acho que agora a legislação limita isso ao máximo de 1 ano. Ou seja, tens mesmo de ter bolsa FCT o que acaba por ser uma batalha a nível nacional na tua área de interesse. 

E nem é só nacional. Lembro-me que na bolsa que tive em PT fui a concurso com dois brasileiros (a bolsa já me tinha como "destinatário"). Um deles ainda ficou com outra bolsa do mesmo lab uns meses mais tarde.

Citação de lordbifana, Agora:

pois eu sai tb da investigação tb por essa altura

mas mesmo assim é possível então ter bolsas temporarias ate entrar para doutoramento..os laboratorios nao têm vida fácil, assim como os investigadores sempre com vida precária

É uma porcaria, é dificil encarar investigação como um trabalho "normal". Só ficas como investigador académico caso gostes mesmo muito do projecto ou tenhas a ambição de subir para prof.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Sandes., há 2 minutos:

E nem é só nacional. Lembro-me que na bolsa que tive em PT fui a concurso com dois brasileiros (a bolsa já me tinha como "destinatário"). Um deles ainda ficou com outra bolsa do mesmo lab uns meses mais tarde.

É uma porcaria, é dificil encarar investigação como um trabalho "normal". Só ficas como investigador académico caso gostes mesmo muito do projecto ou tenhas a ambição de subir para prof.

a minha PI ficou com posição permanente na carreira aos 47anos! isto pq não é prof de licenciatura..só dá aulas de mestrado e doutoramento no instituto

rever a carreira cientifica é algo que por este andar nunca vai acontecer e os sucessivos governos continuam a ignorar isto infelizmente

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de lordbifana, há 7 minutos:

a minha PI ficou com posição permanente na carreira aos 47anos! isto pq não é prof de licenciatura..só dá aulas de mestrado e doutoramento no instituto

rever a carreira cientifica é algo que por este andar nunca vai acontecer e os sucessivos governos continuam a ignorar isto infelizmente

Isso e o sindicato nao faz barulho nenhum. Tem havido algumas coisas melhores, que eu saiba (contratos para doutoramentos em vez de bolsas), mas o fulcral não existe. Mas não é só problema em Portugal, no UK vejo a mesmo situação. A diferença é que aqui há muitas mais universidades e chegar a lecturer não é impossivel para pessoal com um ou dois posdocs no bolso. Aliás, aqui existem vagas de lecturer -teaching focused para pessoal que quer ir mesmo só para prof sem investir muito na investigação, e conheço uma rapariga que chegou a uma posição assim diretamente a seguir ao doutoramento.

Para alguém que queira só fazer investigação ou ficar a viver no mesmo sitio é dificil, é preciso estar sempre a escrever projectos de posdoc, fellowships, artigos para reforçar o curriculo e estar sempre à cuca de alguma osição mais permanente. É muito precário, já estou a ver se salto para o privado que só quero é ter alguma estabilidade e segurança profissional.

Editado por Sandes.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Alonso., há 15 horas:

Acho que desconheces completamente a personagem do Zemmour e sim podes ler uma ou outra notícia dele na imprensa mas qu está habituado a levar com ele diariamente há anos, sabem perfeitamente que o homem é quase lunático. Por vezes um gajo até pode concordar com uma ou outra coisa que ele diz mas a punição ou o restante é um absurdo completo.

O que diz o @antifa é um exemplo. Mas existe dezenas de outros.

como por exemplo?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Puto Perdiz, há 8 minutos:

como é que é ppl, prontos para pagar mais 4 euros/ano por serviços de streaming?

Faz sentido, os drinks estão a ficar caros

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Puto Perdiz, há 10 minutos:

como é que é ppl, prontos para pagar mais 4 euros/ano por serviços de streaming?

A Netflix era 14€, passou a 16€. São mais 24€ por ano.

Não acho inocente que o tenham feito neste verão.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Mica, Agora:

A Netflix era 14€, passou a 16€. São mais 24€ por ano.

Não acho inocente que o tenham feito neste verão.

já sabiam que o estado ia meter uma taxa sobre eles?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Cannonball, há 12 horas:

A extrema direita francesa é de uma esquizofrenia bonita tb. Apanhei há 2 ou 3 anos um video de uma rapariga num discurso em França para o  Union Populaire Républicaine, a pedir a saida da França da União Europeia, o fecho das fronteiras, etc. Tudo bonito, não fosse o facto de isto ser meses depois de ela ter saido da empresa em que estou cá em Lisboa, e de ter trabalhado cá em Portugal durante mais de 2 anos, tudo por causa da União Europeia...

França, os franceses e quem cá mora são esquisitos. 

Mas o que gosto mais são os racistas/anti imigração que se chamam.... Lopez, da Costa, Giuliano, Kaszprzak. 

É de uma filha da mãe de falta de consciência que me deixa parvo. Lá os vou ouvindo e acabo sempre por perguntar, "então e o seu nome vem da parte de quem?" E a resposta invariavelmente acaba por ser que os avós/pais vieram pra França. 

A França é feita de pessoas que se instalaram aqui, espanhóis, italianos, alemães, belgas, ingleses, portugueses, polacos, até russos já apanhei que cá estão desde o tempo das invasões do Napoleão que os ascendentes vieram como presos de guerra e preferiram cá ficar que voltar pra Rússia. 

No entanto há que fechar as fronteiras para impedir que venham pessoas que no futuro possam ter as mesmas oportunidades que eles tiveram. 

E felizmente 99% desta malta ainda nem se deu conta que o problema da imigração ainda não começou porque praticamente ninguém neste momento é refugiado climático...

 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Puto Perdiz, há 1 minuto:

já sabiam que o estado ia meter uma taxa sobre eles?

Se calhar não, já sou eu a conspirar. Mas se a taxa é de 4€ e aumentaram 24€, só têm é de diluir esse aumento na fatura existente.

O Spotify também aumentou 12€/ano, pelo menos no plano família. É streaming de música, não sei se se enquadra.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Mica, há 2 minutos:

Se calhar não, já sou eu a conspirar. Mas se a taxa é de 4€ e aumentaram 24€, só têm é de diluir esse aumento na fatura existente.

O Spotify também aumentou 12€/ano, pelo menos no plano família. É streaming de música, não sei se se enquadra.

falam de streaming por televisão, deve ser o OPO, Netflix, Disney +, etc... não sei se o RTP Play se enquadra aqui ou não.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Jimpo, há 8 minutos:

França, os franceses e quem cá mora são esquisitos. 

Mas o que gosto mais são os racistas/anti imigração que se chamam.... Lopez, da Costa, Giuliano, Kaszprzak. 

É de uma filha da mãe de falta de consciência que me deixa parvo. Lá os vou ouvindo e acabo sempre por perguntar, "então e o seu nome vem da parte de quem?" E a resposta invariavelmente acaba por ser que os avós/pais vieram pra França. 

A França é feita de pessoas que se instalaram aqui, espanhóis, italianos, alemães, belgas, ingleses, portugueses, polacos, até russos já apanhei que cá estão desde o tempo das invasões do Napoleão que os ascendentes vieram como presos de guerra e preferiram cá ficar que voltar pra Rússia. 

No entanto há que fechar as fronteiras para impedir que venham pessoas que no futuro possam ter as mesmas oportunidades que eles tiveram. 

E felizmente 99% desta malta ainda nem se deu conta que o problema da imigração ainda não começou porque praticamente ninguém neste momento é refugiado climático...

 

Olha, a de que falava tem apelido italiano...

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Puto Perdiz, há 47 minutos:

como é que é ppl, prontos para pagar mais 4 euros/ano por serviços de streaming?

Nnc gastei um tostão em serviços de streaming 😎

Não compensa/fica sempre mais caro ao fim do mês. Se n está na netflix/um serviço q já estejas a pagar, tens de fazer subscrição a outro

Isso começou para prevenir a pirataria mas tá a tornar pior e mais acessível

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Mica, há 51 minutos:

A Netflix era 14€, passou a 16€. São mais 24€ por ano.

Não acho inocente que o tenham feito neste verão.

que contas sao essas? é 4 euros por ano a taxa do governo.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Sandes., há 7 minutos:

que contas sao essas? é 4 euros por ano a taxa do governo.

Nenhumas, não tem nada a ver uma coisa com a outra. Só estou a dizer que já aumentaram 24€ por ano este ano, não me parece que voltem a mexer nos preços nos próximos 2 anos só porque apareceu uma taxa de 4€ anual.

EDIT: Sim, insinuei que já soubessem deste aumento e aproveitassem o lanço, mas não passa disso mesmo, uma insinuação.

Editado por Mica

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de antifa, há 21 horas:

ou que a França devia proibir que se pudesse dar nomes árabes às crianças

Vai trocar o dele também?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Grillo, há 32 minutos:

Vai trocar o dele também?

Complicado. A origem é berbere. 

Mas sim, tal como disse no meu comentário, tem o seu quê de hipócrita. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Vaart10, Em 10/10/2021 at 21:29:

Haveria muitíssimo a dizer sobre este tema na generalidade, infelizmente. 

Era interessante que se gerasse um debate em torno destas situações que têm vindo a público. 

Imagino que seja extremamente generalizado. Na minha área (em que precisamos de Mestrado para entrar na Ordem), é super frequente ver os orientadores a direcionarem os temas de dissertação de Mestrado dos seus orientandos ao encontro dos temas que eles próprios andam a desenvolver. Seja para Doutoramento, artigos ou mesmo para projectos de arquitectura em que estejam envolvidos.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Lip McBoatface, há 6 horas:

como por exemplo?

pessoas não francesas que sejam reincidentes em crimes graves devem ser expulsas,  questões de terrorismo etc

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Alonso., há 11 minutos:

pessoas não francesas que sejam reincidentes em crimes graves devem ser expulsas,  questões de terrorismo etc

E fazes como no caso dos argelinos que a França quer enviar e a Argélia não os quer receber?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de joe, há 36 minutos:

Imagino que seja extremamente generalizado. Na minha área (em que precisamos de Mestrado para entrar na Ordem), é super frequente ver os orientadores a direcionarem os temas de dissertação de Mestrado dos seus orientandos ao encontro dos temas que eles próprios andam a desenvolver. Seja para Doutoramento, artigos ou mesmo para projectos de arquitectura em que estejam envolvidos.

O que pode ser visto através de dois prismas, ainda que antagónicos, ambos me fazem sentido. 

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa de ser membro desta comunidade para poder comentar

Criar uma conta

Registe-se na nossa comunidade. É fácil!

Criar nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Autentique-se agora

×
×
  • Criar Novo...