Ir para conteúdo
What

Tópico da Política, Ambiente e Economia

Publicações recomendadas

ai mas o meu carrinho buaaaahhhhh buaaaahhhhh e depois como é que a minha avó de 147 anos sem pernas e sem braços consegue levar um sofá do ikea para casa?? e como é que faço para transportar os meus 31 filhos à escolinha sem o meu XC40 como????? qualquer dia é crime andar de carro, estes maluquinhos querem que toda a gente viva na miséria!!

Compartilhar este post


Link para o post

Na China podes alugar carros, estilo as trotinetas daqui

images?q=tbn:ANd9GcQbNamhMlVDBHbdm23WlFX

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de smashing_pumpkin , há 1 hora:

Ou então tu é que não percebes nada do assunto nem sabes nada sobre mecanismos e tipos de vício, tirando os lugares comuns que adoras debitar.

Não. Simplesmente tu é que queres decidir quais são os vicios que são ou não aceitaveis e devem ser permitidos a um ser humano. Todos os vicios são passiveis de destruir vidas, por isso é aconselhado moderação no uso ou avisos dos maleficios que podem trazer, seja jogo, tabaco ou alcool. Simplesmente esses tu achas que são aceitaveis, quem se agarrar que se f*da.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de SAS_Robben, há 1 hora:

SSP, Bugalho e João Avillez.

"Política" com discurso estilo Big Brother.

A CNN Portugal é o pior do Twitter ao vivo e a cores.

Esse programa

 

Statler_Waldorf_muppets_KYM.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de smashing_pumpkin , há 4 horas:

Com o álcool a questão é mais complicada do que queres fazer parecer pois já foi ilegalizado no passado e deu no que deu. Mas não é por isso que deixa de ser uma substância regulada, que para ser produzido precisa de autorização assim como para ser vendido. E que tem regras de venda e também quanto ao consumo.  E o álcool é um problema, ninguém o nega, mas a resolução do seu abuso não é tão fácil como queres dar a entender. E se o álcool é um problema e impossível de retirar simplesmente do mercado, não vejo porque é que a solução seja legalizar todas as outras porcarias que fazem mal.

Para quem percebe tanto de drogas, devias saber que o vício não tem nada a ver com saber ou não consumir. E isso é válido para qualquer vício, seja álcool, drogas, jogo...

Primeiro começas com uma mentira pois a cocaína e as anfetaminas entram nessa lista de drogas mais consumidas. Quanto a serem piores ou melhores que o álcool, o álcool tem a seu favor o facto do consumo com moderação ser algo viável. O que não quer dizer que não devesse existir uma política anti-álcool muito mais forte (por exemplo, acho aqueles anúncios a ligar a cerveja a bons momento algo inadmissível num país com tantos problemas de alcoolismo, ainda por cima passando a qualquer hora do dia).

De resto, não percebo onde é que consumir ou não drogas dá mais mais conhecimento sobre as mesmas. Pelo que leio aqui diria que não dá conhecimento. Apenas meio dúzia de ideias ocas e desfasadas do que é a realidade das substâncias e do mecanismos inerentes ao vício e às situações de abuso.

Ou então pode-se fazer o que se faz hoje em dia. Apoio no terreno, terapia de substituição, tentar melhorar a vida das pessoas em vez de rebentá-las por completo apenas porque é mais fácil (e pelos vistos até dá dinheiro).

O consumo de cannabis e mdma em moderação também é viável e agora? E sabes que mais? Viciam menos que o álcool… Vocês querem controlar a sociedade impondo aquilo que acham o que deve ou não ser aceitável como lazer, já eu e o liberblue podemos divergir em algumas questões mas nenhum de nós quer impingir as outras pessoas o que é bom ou e mau.. E o que eu digo, falam do Ventura mas tem a mesma mentalidade.

Para além disso não disse que os termos de regulação de cada substancia seria igual.. Provavelmente a cannabis seria vendida livremente como no Canadá, mas nas outras substâncias já teriam que ter uma abordagem mais cautelosa, porque por exemplo o mdma se tomado de forma constante trás uma data de efeitos secundários graves..

 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Che, há 30 minutos:

Na China podes alugar carros, estilo as trotinetas daqui

images?q=tbn:ANd9GcQbNamhMlVDBHbdm23WlFX

E no teu novo amor Europeu(Polonia) também é possível

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Liberblue, há 22 minutos:

Não. Simplesmente tu é que queres decidir quais são os vicios que são ou não aceitaveis e devem ser permitidos a um ser humano. Todos os vicios são passiveis de destruir vidas, por isso é aconselhado moderação no uso ou avisos dos maleficios que podem trazer, seja jogo, tabaco ou alcool. Simplesmente esses tu achas que são aceitaveis, quem se agarrar que se f*da.

 

953208940_Screenshot2022-05-23at13_49_41.png.7c00635f88ca8e4694785a4ec2fa1784.png

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Plagio o Original, há 1 minuto:

953208940_Screenshot2022-05-23at13_49_41.png.7c00635f88ca8e4694785a4ec2fa1784.png

Tu e o @Sumudica by Night bem que podiam meter um ácido sempre que postavam, aposto que os vossos posts teriam mais conteúdo 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de D'artagnaN, há 1 minuto:

Tu e o @Sumudica by Night bem que podiam meter um ácido sempre que postavam, aposto que os vossos posts teriam mais conteúdo 

... é um macaquinho ao telefone

  • Like 10

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de D'artagnaN, há 25 minutos:

O consumo de cannabis e mdma em moderação também é viável e agora? E sabes que mais? Viciam menos que o álcool… Vocês querem controlar a sociedade impondo aquilo que acham o que deve ou não ser aceitável como lazer, já eu e o liberblue podemos divergir em algumas questões mas nenhum de nós quer impingir as outras pessoas o que é bom ou e mau.. E o que eu digo, falam do Ventura mas tem a mesma mentalidade.

Para além disso não disse que os termos de regulação de cada substancia seria igual.. Provavelmente a cannabis seria vendida livremente como no Canadá, mas nas outras substâncias já teriam que ter uma abordagem mais cautelosa, porque por exemplo o mdma se tomado de forma constante trás uma data de efeitos secundários graves..

 

Olha afinal queres ver 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Black Hawk, há 2 horas:

As reacções do Bugalho ainda são a coisa mais surreal desse vídeo. O gajo parece que está no Couraça a trocar opiniões entre baldes de finos. Inacreditável.

nope, as da mulher que está ao lado são bem piores.

Compartilhar este post


Link para o post

O pior desta cultura de entretenimento político é que em vez de se estar a discutir os méritos ou demérito da proposta discute-se as reacções de gente que é paga exactamente para gerar reacções. É uma boa forma de nunca se discutir nada.

  • Like 9
  • Concordo! 6

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de smashing_pumpkin , há 5 horas:

Até podia ser engraçada a discussão se não partisses de uma premissa errada. O facto do álcool e do jogo serem altamente viciantes. Quanto ao tabaco, julgo que é óbvio que os efeitos do vício são bastante diferentes em relação ao resto, nomeadamente a nível social.

Tendo em conta que vivemos em sociedade, que temos entidades cujo objectivo é cuidar dos cidadãos, protegê-los, colocar na mão das pessoas a decisão sobre o consumo de substâncias altamente nocivas, cujo efeitos negativos podem ir muito além do vício, é querer brincar com a estabilidade da sociedade e com o bem estar geral da população. 

De resto, mais uma vez voltas a falar do que não sabes, com expressões infelizes como "pessoas que não conseguiram controlar o consumo". Aliás essa tua conversa, é a típica conversa de quem já caiu ou está prestes a cair na espiral negativa da droga pois achar que se tem algum controlo sobre a coisa é o primeiro passo para o fim.

 

wtf? Explica esta sff

Citação de a.lopes, há 51 minutos:

E no teu novo amor Europeu(Polonia) também é possível

E aqui também era até há uns anos. Usei bastante o da BMW/Mini.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de NIkeL, há 2 minutos:

wtf? Explica esta sff

 

O risco de dependência do álcool para homens é de 10% e para as mulheres entre 3 a 5% (segundo a página dos lusíadas). Se formos comparar com uma heroína, uma toma apenas pode ser suficiente para ficares agarrado para a vida (o mesmo para outras como a cocaína). Dizer que o álcool é altamente viciante é querer ignorar toda uma panóplia de substâncias em que o uso regrado (ausente de vício) é quase impossível. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Che, há 1 hora:

Na China podes alugar carros, estilo as trotinetas daqui

images?q=tbn:ANd9GcQbNamhMlVDBHbdm23WlFX

 

Citação de a.lopes, há 1 hora:

E no teu novo amor Europeu(Polonia) também é possível

 

Citação de NIkeL, há 13 minutos:

wtf? Explica esta sff

E aqui também era até há uns anos. Usei bastante o da BMW/Mini.

A Brisa/Via Verde tem (ou tinha?) uma cena de aluguer de carros através do telemóvel, também.

Compartilhar este post


Link para o post
Publicado (editado)
Citação de smashing_pumpkin, há 19 minutos:

O risco de dependência do álcool para homens é de 10% e para as mulheres entre 3 a 5% (segundo a página dos lusíadas). Se formos comparar com uma heroína, uma toma apenas pode ser suficiente para ficares agarrado para a vida (o mesmo para outras como a cocaína). Dizer que o álcool é altamente viciante é querer ignorar toda uma panóplia de substâncias em que o uso regrado (ausente de vício) é quase impossível. 

Dizer que algo é viciante, é completamente independente de outras substâncias. Óbvio que a heroína causa dependência física muito mais facilmente, mas o álcool é uma substância viciante, e muito, e quando falo de vício não é apenas uma dependência física. O que não falta é gente (incluíndo muitos jovens) que têm um estilo de vida que gira à volta do álcool. Todo o conceito de grande parte das pessoas que saem à noite gira em torno de consumir álcool. Muita gente só se encontra com os amigos se for em torno de umas cervejas. Não precisam de estar com tremores por um copo de vinho para o álcool ter uma influência na vida de muita gente. Se te destrói a vida? Depende da tua noção de "destruição", muitas vezes não causa desemprego e ruína financeira, mas pode facilmente causar ausência em casa e da família por exemplo, estilo de vida pouco saudável, só fazer atividades se estas incluírem o consumo... A quantidade de pessoas que conduz sob o efeito do álcool é assustadora. 

O que quero dizer é que vício não é apenas o vício físico. Quanto às percentagens que indicas, não sei interpretar isso. 10% de risco? Significa o quê? Que em cada 10 pessoas que bebem álcool, uma fica viciada? Se assim for, isso para mim é uma percentagem assustadora, visto que uma percentagem monstruosa da população consome álcool.

O jogo idem. Dizer que o jogo não é altamente viciante... 

Editado por NIkeL

Compartilhar este post


Link para o post

Ainda assim estamos a comparar a legalização das drogas pesadas e da "hipocrisia" de quem não as põe no mesmo patamar que o álcool, jogo, tabaco etc... É daí que vem esta discussão toda.

 

Eu quando vou almoçar fora com os meus colegas de trabalho bebo um copo de vinho ou uma imperial e à tarde sigo com o meu trabalho. Se for preciso passo semanas sem tocar numa bebida e não me faz falta nenhuma. Como eu existem muitos. Agora imaginem fazer uma vida normal depois uma dosezinha de heroína a seguir à sobremesa.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de joe, Agora:

Ainda assim estamos a comparar a legalização das drogas pesadas e da "hipocrisia" de quem não as põe no mesmo patamar que o álcool, jogo, tabaco etc... É daí que vem esta discussão toda.

 

Eu quando vou almoçar fora com os meus colegas de trabalho bebo um copo de vinho ou uma imperial e à tarde sigo com o meu trabalho. Se for preciso passo semanas sem tocar numa bebida e não me faz falta nenhuma. Como eu existem muitos. Agora imaginem fazer uma vida normal depois uma dosezinha de heroína a seguir à sobremesa.

Certo, não é a mesma coisa, não são comparáveis. Mas o álcool e o tabaco são duas "drogas" que estão normalizadas na nossa sociedade mas que têm um impacto profundo na mesma.

  • Concordo! 3

Compartilhar este post


Link para o post

Já agora que tipo de ajuda se daria se uma pessoa ficasse agarrada/viciada na droga?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Che, há 1 hora:

Na China podes alugar carros, estilo as trotinetas daqui

images?q=tbn:ANd9GcQbNamhMlVDBHbdm23WlFX

na belgica tambem

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Jimpo, há 2 horas:

Brejeiro. 

Mas a verdade é que as medidas propostas não alteram em nada as alterações climáticas. 

Se fosse banir todos os carros no perímetro X, criar estacionamentos não pagantes para as pessoas chegarem, estacionar o carro, e deslocarem-se com transportes comuns eléctricos ou bicicletas/trotinetes pela cidade, estava de acordo. 

A proposta do Livre como ele a caracterizou, é ridícula sim. Mas lá está, estou a ouvir através de um brejeiro que está a gozar com a proposta. 

Ai não altera? Dizes que não baseado em quê?

Já agora, a reportagem que o deputado estava a falar é esta: https://m.facebook.com/cnnportugal/videos/670268610706385

Claramente afecta de CRL a redução na velocidade. Imagino como será na hora de ponta

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de smashing_pumpkin , há 33 minutos:

O risco de dependência do álcool para homens é de 10% e para as mulheres entre 3 a 5% (segundo a página dos lusíadas). Se formos comparar com uma heroína, uma toma apenas pode ser suficiente para ficares agarrado para a vida (o mesmo para outras como a cocaína). Dizer que o álcool é altamente viciante é querer ignorar toda uma panóplia de substâncias em que o uso regrado (ausente de vício) é quase impossível. 

Tu das uma graça, comparas sempre o álcool com as piores, suponho que para ti a normalização do mdma cannabis psilocybin ou lsd seria aceitavel portanto?9FC6CABC-3A29-4052-A640-184C3D2A94F5.jpeg.ad629e5dfb53e0240b531688f605fab0.jpeg

Citação de joe, há 15 minutos:

Ainda assim estamos a comparar a legalização das drogas pesadas e da "hipocrisia" de quem não as põe no mesmo patamar que o álcool, jogo, tabaco etc... É daí que vem esta discussão toda.

 

Eu quando vou almoçar fora com os meus colegas de trabalho bebo um copo de vinho ou uma imperial e à tarde sigo com o meu trabalho. Se for preciso passo semanas sem tocar numa bebida e não me faz falta nenhuma. Como eu existem muitos. Agora imaginem fazer uma vida normal depois uma dosezinha de heroína a seguir à sobremesa.

Mais um ignorante, o álcool e uma droga pesada, CULTIVEM SE 

Compartilhar este post


Link para o post

Dartanhao, ninguém daqui é contra a ganza. Apesar dos possíveis impactos no desenvolvimento cognitivo de jovens sub-23. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de D'artagnaN, há 12 minutos:

Tu das uma graça, comparas sempre o álcool com as piores, suponho que para ti a normalização do mdma cannabis psilocybin ou lsd seria aceitavel portanto?9FC6CABC-3A29-4052-A640-184C3D2A94F5.jpeg.ad629e5dfb53e0240b531688f605fab0.jpeg

Mais um ignorante, o álcool e uma droga pesada, CULTIVEM SE 

Podes partilhar a fonte desse gráfico pf?

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa de ser membro desta comunidade para poder comentar

Criar uma conta

Registe-se na nossa comunidade. É fácil!

Criar nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Autentique-se agora

×
×
  • Criar Novo...