Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Ticampos

EUA 2020 - Previsões

Publicações recomendadas

Os resultados serão atualizadas na primeira página, de preferência todas as semanas até ao dia das eleições. Sem stress. 

Projeção Atual:

IMG-20200905-140251.jpg

Editado por Ticampos

Compartilhar este post


Link para o post

A base do trabalho está feita e agora é só atualizar. O meu modelo depende de 3 componentes independentes que juntas resultam no que é apresentado. 

1-Sondagens Estatais oficiais. 

2-Resultados Históricos de cada estado. 

3-Análise Demográfica dos grandes grupos e sua distribuição estado a estado.

Demorei 5 horas a preparar todos os resultados, isto sem contar as horas dispendidas a aperfeiçoar o modelo. 

Vou deixar o mapa dos EUA também. Alguns resultados poderão não coincidir porque o mapa já foi feito ontem. 

Eh-Gpcll-Xs-AIdpwy.jpg

Editado por Ticampos

Compartilhar este post


Link para o post

tens alguma previsão sobre a possibilidade de haver guerra civil?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Rain Dog, há 23 horas:

tens alguma previsão sobre a possibilidade de haver guerra civil?

Não faço a mínima. 

IMG-20200906-173449.jpg

Previsão de hoje. 

Vou publicar também o mapa, realçando as mudanças e vou publicar as vantagens. 

Compartilhar este post


Link para o post

IMG-20200906-211831.jpg

Mudanças :

Pennsylvania e New Mexico passam de Ligeiramente Democratas para Moderadamente Democratas.

Montana passa de Fortemente Republicano para Certamente Republicano. 

South Carolina passa de Certamente Republicano para Fortemente Republicano. 

Oregon passa de Fortemente Democrata para Certamente Democrata. 

New Hampshire passa de Certamente Democrata para Fortemente Democrata. 

Editado por Ticampos

Compartilhar este post


Link para o post

IMG-20200908-220046.jpg

Algumas mudanças visíveis, uma que não é visível é a Florida que agora encontra-se apenas 0.1% a favor do Joe Biden. 

Editado por Ticampos

Compartilhar este post


Link para o post

Estou a construir um modelo completamente novo e diferente de tudo o que foi desenvolvido até hoje, tanto por mim como por outros. Tudo começou por Saber que o Ohio é um swing state que quem venceu foi presidente de 1964 a 2016, pensei analisar e procurar por dados de swing counties (subdivisões equivalentes a municípios) que fizessem o mesmo, de preferência com maior precisão que o Ohio. Fiz a descoberta de casos interessantes como Valência no New Mexico, que quem vence é presidente desde 1952. Estou a analisar o New Mexico e escolhi os 6 counties do estado mais swing para o lado do vencedor, incluindo claro, Valência. Sabendo que possuo há muito, modelos que permitem inferir quem será o vencedor em County X com mais de 90% de certeza, sabendo a percentagem nacional e se possível estatal, é só preciso somar 2+2 e chegar à conclusão que se eu perceber quem vence esses counties sei muito provavelmente responder à pergunta de 1 milhão de dólares. 

Já fiz a análise dos 6 counties do New Mexico, assumindo que quem os vence será o próximo presidente (vou conciliar com outros estados, já que basta as sondagens estatais darem um tiro ao lado no New Mexico para ir tudo pelo cano do esgoto). Usei as percentagens estatais do Fivethirtyeight.com, e obtive a vitória do Trump em Valência, e outros 2 counties, e a vitória do Biden nos outros 3. Significando que está tudo muito mais aberto do que aquilo que julgamos. Também analisei eleições passadas para testar as previsões:

1928 - Reps 4/6 counties ganhos segundo o modelo. Vencedor da maioria, vencedor presidencial. 

1932 - Dems 5/6 

1936 - Dems 5/6 

1940 - Dems 4/6 

1944 - Dems 4/6 

1948 - Dems 6/6

1952 - Reps 4/6

1956 - Reps 4/6

1960 - Dems 6/6

1964 - Dems 6/6

 

O resto ainda não testei, mas em todos os casos testados ao momento, quem venceu pelo modelo uma maioria simples destes counties foi eleito Presidente.

Vou continuar a testar nas eleições posteriores. 

Previsão para 2020 dos 6 counties:

IMG-20200919-144505.jpg

 

Editado por Ticampos

Compartilhar este post


Link para o post

Ou seja, concluíste que há condados que são uma amostra representativa dos USA e que, curiosamente, as sondagens nessea condados não conseguem prever vencedor

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de RAG, há 11 minutos:

Ou seja, concluíste que há condados que são uma amostra representativa dos USA e que, curiosamente, as sondagens nessea condados não conseguem prever vencedor

Exatamente, por enquanto não se consegue deduzir isso com apenas estes 6 condados. Tenho que juntar condados de outros estados que façam exatamente a mesma função. Penso atribuir um valor de importância a cada condado segundo a sua precisão no passado. Exemplificando, o condado de Valência será muito importante, mas o condado de Eddy que falhou 2008 e 2012 será muito menos importante (tem-se tornado muito republicano, mas antes era bastante swing). 

Editado por Ticampos

Compartilhar este post


Link para o post

Honestamente? Acho que essa abordagem não é a melhor. Não existe uma amostra de eleições suficiente e existe um número de condados suficiente para encontrares anomalias estatísticas (ie: condados que batem sempre certo com o vencedor).

Acho um condado uma peça demasiado pequena para conseguir extrapolar para o resultado final. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de NIkeL, Em 19/09/2020 at 15:54:

Honestamente? Acho que essa abordagem não é a melhor. Não existe uma amostra de eleições suficiente e existe um número de condados suficiente para encontrares anomalias estatísticas (ie: condados que batem sempre certo com o vencedor).

Acho um condado uma peça demasiado pequena para conseguir extrapolar para o resultado final. 

Sim, acabei por concordar, deixei a ideia de lado. 

Tenho-me focado num modelo que modifiquei para contemplar dados de voto demográfico desde 1976 e as tendências de voto efetivo das últimas 10 eleições realizadas (1980 até 2016),ou Seja, análise das percentagens dessas eleições. 

Obtive este mapa:

IMG-20200925-215016.jpg

 

Agora é misturar isto com um modelo à Nate Silver de análise das sondagens que vão saindo em cada estado e voila, tenho a previsão feita. 

 

Mas primeiro vou testar a qualidade do modelo realizando testes com todas as eleições de 1960 a 2016.

Editado:

No teste de 2016, sem utilizar a ''batota'' que tenho feito de colocar os valores nacionais corretos para extrapolar para os estados (+2.1 Clinton), coloquei os valores do FIVETHIRTYEIGHT.COM, (+3.6 Clinton) e aí o número de estados errados aumenta de 3 para 5. Iowa, Wisconsin, Michigan (aquele que nunca consegui pôr os republicanos a ganhar em nenhum modelo), Ohio e Pensilvânia. O Nate falhou também 5, pois errou na Florida e na North Carolina em vez de errar no Ohio e no Iowa. 

IMG-20200925-223139.jpg

 

2012:

IMG-20200925-233114.jpg

 

Falha de 3 estados segundo a vantagem de 0,7% de Obama do RCP sobre o Romney:

Florida, Ohio e Virginia. 

Editado por Ticampos

Compartilhar este post


Link para o post

80% DEM em Washington DC?? f*da-se alguma vez um seating president foi tão impopular na sua capital?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de IlidioMA, há 13 minutos:

80% DEM em Washington DC?? f*da-se alguma vez um seating president foi tão impopular na sua capital?

https://en.m.wikipedia.org/wiki/2004_United_States_presidential_election_in_the_District_of_Columbia

 

Sim, por exemplo o Bush em 2004. Para ser sincero, o Biden vai ter muito mais que 80% ali, é uma metrópole super urbana. O trump nem cheira aí ou numa Manhattan ou numa San Francisco, a sorte dele é que essas cidades não são estados. O modelo da só 80 por preguiça da minha parte, ele está feito para dar valores muito próximos da realidade em estados close mas peca nos estados sólidos, basicamente bastava aplicar pouco mais que elevar o valor estatal em todos os sítios e dividir por um valor próximo de 50% para ficar mais correto. Não tão simples (teria que recalcular a percentagem nacional em função disso entre outras coisas) , mas é só para explicar o que seria feito e então ele apareceria com valores muito superiores. 

Aliás já corrigi esse pormenor, neste momento ele aparece com 89,74% vs 4,52% do Trump em DC. 

 

Editado por Ticampos

Compartilhar este post


Link para o post

Testei nas legislativas de 2002,resultadoa muito satisfatórios naquela que foi a eleição mais disputada entre ps e psd de todos os tempos. Apenas 1 distrito errado, Coimbra, que o PS haveria de ganhar por 0,3%.

IMG-20200926-012902.jpg

Compartilhar este post


Link para o post

@Ticampos
os debates acabam por ter muita influência na votação final? Já agora, o próximo é esta terça-feira feira. tou a contar com grande shitshow

Editado por Apple

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Apple, há 2 horas:

@Ticampos
os debates acabam por ter muita influência na votação final? Já agora, o próximo é esta terça-feira feira. tou a contar com grande shitshow

 

Isto é uma questão que foi alvo de vários estudos e não, a influência dos debates é mínima e muito pouca gente muda o seu voto depois de ver um debate.

Há uns anos no primeiro debate das legislativas  de 2015 o Costa deu uma tareia descomunal ao Passos Coelho e uns dias depois saiu uma sondagem que dizia que apenas 2%(acho que nem chegava a isso) tinham mudado sentido de voto. O condutor de um.programa de política perguntou ao responsável dessa sondagem como é que depois de uma tareia tão grande só 2% terem mudado de opinião e o responsável duvida da propria sondagem e diz que o número real deve ser mais baixo.

Os debates de primárias podem ter mais importância porque podem dar a conhecer candidatos desconhecidos mas neste tipo de debates de partidos opostos o real potencial de influência da eleição é baixo.

Quem vai "ganhar" o debate será provavelmente o Biden. Por uma razão muito simples, os challengers têm sempre vantagem no primeiro debate contras os incumbentes. O Romney ganhou o primeiro debate contra o Obama, o Trump ganhou contra a Hillary(apesar de ter sido esquisito) o Obama contra o McCain, o Kerry contra o Bush, o Bush contra o Al Gore etc Se formos para exemplos de fora, do que me lembro podemos encontrar o Steinbruck ganhar o primeiro debate contra a Merkel e em Portugal o Costa e Passos ganhar respectivamente os seus primeiros debates.

 

Editado por ascom

Compartilhar este post


Link para o post

um debate só muda o sentido de voto em eleitorados menos polarizados que o que existe na América correntemente. o número de eleitores flexiveis nos EUA está num all time low. E o republicano tipo de hoje em dia está mais à Direita que o republicano tipo de há 25 anos, tal como o Democrata tipo está mais à esquerda que há 25 anos. Os vasos comunicantes entre partidos são hoje muito menores.

Editado por IlidioMA

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Apple, há 8 horas:

@Ticampos
os debates acabam por ter muita influência na votação final? Já agora, o próximo é esta terça-feira feira. tou a contar com grande shitshow

A meu ver mudam e muito, basta olhar para o debate do Rio contra o Costa, que correu bem para o 1' quando ninguem dava nada por ele, apesar de aparentemente ter sido um empate, foi uma vitoria relativa, pelas fracas expetativas iniciais, o que lhe fez subir nas sondagens nos dias seguintes, pois criou momentum. Ou os fracos debates do PAN que fizeram o Andre Silva perder muitos votos, o PAN foi abaixo, quando estava a frente do CDS. Ou os fortes debates da Catarina Martins em 2015, que a fizeram dobrar a votacao de um Bloco na altura moribundo.

Agora... o que o Ilidio diz e verdade, nos EUA nao vai quase fazer nenhuma diferenca na maioria dos estados, eleitorado extremamente polarizado, pouca gente mudara de opiniao, nem que o Trump diga a maior atrocidade do mundo, ou que o Biden cometa uma tradicional gaffe ou falha dos numeros de mortos com COVID. Pode mudar 1 ou 2%, mas 2% em swing states e muito. Pode fazer diferenca.

Há uns anos no primeiro debate das legislativas  de 2015 o Costa deu uma tareia descomunal ao Passos Coelho e uns dias depois saiu uma sondagem que dizia que apenas 2%(acho que nem chegava a isso) tinham mudado sentido de voto. 

No primeiro debate, sim, mas temos que nos lembrar que houve mais debates, a maioria deles nao correndo tao bem ao Costa (o da radio correu francamente mal), e que o PS ja ia em caminho descendente antes do primeiro debate, perdendo vantagem e deixando a PAF ir-se chegando sorrateiramente.


////////////////////////////////////////////////////
Entretanto a brincar a brincar, desenvolvi um brinquedo bastante engracado. Sabendo os resultados nacionais dos EUA e as percentagens de 17 estados fixos, ou de 16 estados , ou seja, 17 menos o pretendido, consigo calcular a percentagem de qualquer estado em qualquer eleicao, com 0,2% de erro medio, sem conhecer a percentagem final ou qualquer informacao sobre o estado pretendido.

Editado por Ticampos

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Apple, Em 26/09/2020 at 15:34:

@Ticampos
os debates acabam por ter muita influência na votação final? Já agora, o próximo é esta terça-feira feira. tou a contar com grande shitshow

Os estudos de Mitchell McKinney no Instituto de Comunicação Política da Universidade de Missouri concluem que os debates presidenciais mudam a opinião dos indecisos: "os debates têm demonstrado serem capazes de atingir aquela fatia muito pequena de indecisos, descomprometidos [com partidos políticos] e persuasíveis".

Entre os 5% que veem o debate sem uma opinião formada, mais de metade desses toma uma decisão depois dos debates, assegurou o especialista. Esse grupo é também, segundo Mitchell McKinney, um dos que se mobiliza e vota mais, depois da "exposição à mensagem" televisiva.

"O debate pode ser consequencial, até nos resultados da eleição", apesar de que ter uma melhor performance no debate não garanta a vitória na eleição.

Compartilhar este post


Link para o post

400px-ElectoralCollege1956.png

Resultados das presidenciais de 1956, e o resultado segundo o modelo (o unico dado pos eleitoral colocado foi o valor nacional de ambos os partidos). Vou continuar para 1960.

dodgy.png

1960 pelo contrario resulta num falhanco total. Nixon presidente ou quase presidente  segundo a distribuicao de delegados de 1960 (nao fiz as contas), 6 estados falhados . OBS. A Florida aparece a azul mas e red, pus mal a cor no mapa.

ElectoralCollege1960.svg

dodgy.png

Editado por Ticampos

Compartilhar este post


Link para o post

Junta-te à conversa!

Podes publicar um comentário agora e registar-te depois. Se tiveres uma conta, autentica-te agora para publicares o teu comentário de forma autenticada.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   O conteúdo anteriormente introduzido foi recuperado..   Limpar

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...