Ir para conteúdo
cadete

[FM21] O Bancário

Publicações recomendadas

CS4it6X.png

 

xbBGdTT.png

Olá a todos. Meu nome é Fábio, mas sou conhecido como Cadete, devido ao antigo jogador de futebol do Sporting e Celtic (entre outros), Jorge Cadete. Sou natural do Funchal, Ilha da Madeira. Ou seja, sou da mesma cidade do Cristiano Ronaldo. 

Sempre fui fã de futebol e minha equipa favorita é o Arsenal. Muito novo comecei a jogar nas camadas jovens do CS Marítimo, e por lá fiquei até aos 17 anos. Pelo caminho, fui campeão regional várias vezes e cheguei a jogar contra o grande CR7, quando este ainda vestia as cores da camisola do CD Nacional. A melhor época que tive, foi nos sub-17, quando terminamos a época sem derrotas (20 vitórias e 2 empates). De seguida, disputamos a fase nacional, onde defrontei o Sporting CP, Barreirense e Campomaiorense. Estes dois últimos, já viveram dias melhores e o Campomaiorense, na altura, jogava no Tugão.

gQmWmcV.jpg

Nos sub-19, decidi sair do clube da minha infância e fui jogar no clube da terra da minha mãe, o CD Ribeira Brava, que tem como maiores rivais, o Pontassolense. Passei dois anos fantásticos no clube e vencemos o primeiro troféu do clube, nas camadas jovens, a Taça da Madeira. Na final, derrotamos o CF União. Lembro-me muito bem desse jogo. Marquei o primeiro golo e o resultado final foi 4-2. No final, festejamos imenso e levamos a Taça para a nossa "terrinha". Isto foi na primeira época. 

Na segunda época, fui chamado à equipa principal, para fazer a pré-época. O CD Ribeira Brava disputava o Campeonato Nacional de Séniores e ainda joguei um amigável contra a equipa B do Marítimo, uma casa que conhecia muito bem. Fiz a época nos sub-19 e fui o melhor marcador da equipa. Nos séniores, ainda fui emprestado ao São Vicente e comecei a época no Boaventura, mas infelizmente, devido a um problema de saúde no sangue, abandonei o futebol e a carreira de jogador.

4AvD6vw.jpg

A vida seguiu e comecei a trabalhar. Acabei os estudos à noite, onde conheci minha parceira. Passados 15 anos ainda estamos juntos. Mudou a minha vida para muito melhor e vivemos juntos na sua terra, o Jardim do Mar. Uma pequena vila no sudeste da Ilha da Madeira, com 200 habitantes. Mas não se deixem enganar pelo seu tamanho, pois é conhecida a nível mundial, devido ao surf. A modalidade chegou tarde à Madeira, nos anos 90. Começou então a ser divulgada e de repente, tínhamos surfistas do mundo inteiro a visitar a ilha, que rapidamente se tornou conhecida como  o "Hawai da Europa". 

Minha sogra tem uma Residencial a Casa da Cecília, que recebeu os primeiros surfistas na ilha e a minha parceira foi a primeira mulher a surfar na Madeira. Os mais famosos surfistas portugueses passaram por cá várias vezes, houve um Billabong Contest no final dos anos 90, Garrett McNamara também já esteve na Residencial da minha sogra e Grant "Twiggy" Baker, campeão mundial de ondas grandes, é um regular por aqui. Gosta de ir ao Jardim do Mar treinar, antes da etapa da Nazaré, em Portugal Continental.

MdOVmej.jpg

Em 2008, decidimos emigrar e passamos o Verão em Cagnes-Sur-Mer, no sul de França. Trabalhamos num camping e os donos tornaram-se na nossa segunda família. Sempre que podemos, fazemos uma visita e vice-versa. Aprendi a falar francês, o que é sempre bom no mundo do trabalho. Depois deste magnífico Verão, acabamos na Ilha de Jersey. Uma dependência da coroa Britânica. É uma ilha offshore, ou seja, um paraíso fiscal, que goza de uma certa independência e tem o seu próprio governo. No entanto, o poder supremo é a raínha de Inglaterra.

A comunidade portuguesa é grande e equivale a cerca de 10% da população local. Brasileiros tem poucos e só conheço 2. 

Trabalhei vários anos na loja de um campo de golfe, e comecei a praticar este desporto. Tornou-se um dos meus passatempos favoritos e cheguei a fazer parte da equipa que se tornou campeã de Jersey, indo de seguida à ilha vizinha de Guernsey, jogar pelo título de campeão das Ilhas do Canal. Infelizmente perdemos.

Obj81Jo.jpg

Vida que segue (como diz um amigo meu cá do fórum), e como trabalhava aos fins-de-semana, não pude jogar futebol. Dediquei-me então ao Futsal, que por cá é amador. Aliás, em Jersey, a única equipa profissional que há, é o Jersey Reds. Uma equipa de râguebi que disputa o segundo escalão do râguebi inglês. No futsal, joguei em 2 equipas locais. Fui campeão duas vezes e venci a taça uma vez. O futsal aqui é diferente e as regras também. Tanto, que ainda chamam de 5-a-side, não podemos entrar na área do Guarda-Redes e a bola não pode subir acima da altura dos ombros. Coisas dos ingleses.

XxqsB21.jpg

Após vários anos no campo de golfe, consegui um emprego no HSBC, um dos maiores bancos a nível mundial. Sendo Jersey um paraíso fiscal, a sua economia é movida pelo mundo das finanças. Vários são os bancos que cá estão, incluíndo Royal Bank of Canada, Lloyds, Santander, CitiBank ou Natwest. Além destes, tem outros bancos privados e muito dinheiro passa por cá. De vez em quando, entra nas bocas do mundo por eventuais branqueamentos de dinheiro e abrem-se investigações. É um mundo à parte.

O HSBC Expat e o HSBC Channel Islands e Isle of Man, têm cá a sua sede e é lá que trabalho. Fui Product Manager e agora sou Operational Support Manager. 

YnnJrNm.jpg

Trabalhar no banco libertou-me os fins-de-semana, e voltei ao futebol de 11. Como ja estava a chegar aos 35 anos, decidi jogar nos veteranos. Fui convidado para jogar no St Paul's FC, que é o maior clube da ilha. Aceitei logo e na primeira época fomos campeões, só com vitórias. Não perdemos nenhum ponto. Época de sucesso e apenas não vencemos a Taça de Veteranos, pois esta foi cancelada devido ao Covid-19. Começamos a segunda época, e até ao momento nao perdemos nenhum jogo. Queremos ser bi-campeões, sem derrotas. 

Como ainda estou para as curvas, tenho feito alguns jogos pela equipa de reservas, onde a minha experiência é essencial para ajudar os mais jovens. Disputam a 3ª e última divisão de Jersey, e permite-me ir mantendo a forma ao jogar contra os mais novos.

dc7M2Vv.jpg

E por aquí fica a realidade do save. Daqui em diante, entraremos na ficção e na parte divertida do save. Adoro viajar e já estive em 5 continentes. Só me falta mesmo visitar a América do Sul. Trabalhando no HSBC, irei aproveitar esse facto para dar andamento a este save e irei baseá-lo nisso mesmo, a oportunidade de poder viajar pelo trabalho. 

 

6leXNxL.png

Para este save, o objetivo principal é divertir-me e espero que gostem. De resto, vou começar como amador e treinar equipas amadoras, dependendo de onde vou estar a trabalhar. Assim sendo, deixo aqui a pequena lista:

  • Divertir-me
  • Vencer ligas amadoras
  • Viajar o mais possível, por este belo mundo
  • Tornar-me treinador profissional
  • Vencer uma Liga nacional
  • Vencer uma Taça nacional
  • Vencer uma competição internacional (Libertadores ou Champions)
  • Acabar a carreira em Portugal

 

GKpqC5Z.png

fycj5u8.png

2020/21 - Vencedor da 4ª Divisão de Hong Kong

2021/22 - Vencedor da 3ª Divisão de Hong Kong

kWoiPZK.png

2022 - 4º classificado na 3ª Divisão da Nova Zelândia, região de Auckland

 

2022/23 - Vencedor da 3ª Divisão da Nova Zelândia, região de Auckland

59prmCN.jpg(equipa de reservas)

2023 - Último classificado da USLC Western Conference

Editado por cadete

Compartilhar este post


Link para o post

Grande Apresentação, a fazer marketing para a sogrinha, Cagnes-sur-mer é um destino a pensar e a ilha de Jersey idem aspas.

Em relação ao save, fico à espera da mesma treta de sempre, pensas que percebes disto, mas não pescas nada 😄

PEACE

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de PequenoGenio, há 56 minutos:

Boa sorte... Tou a ver que as contas dos clubes por onde andares vão andar sempre "em dia"

Obrigado. Já me bastam as contas no trabalho 😁

Citação de six_strings, há 49 minutos:

Grande Apresentação, a fazer marketing para a sogrinha, Cagnes-sur-mer é um destino a pensar e a ilha de Jersey idem aspas.

Em relação ao save, fico à espera da mesma treta de sempre, pensas que percebes disto, mas não pescas nada 😄

PEACE

Sempre. Sul de França é lindíssimo e se vieres a Jersey, apita. Quanto ao save, é para pescar e muito 😁

Compartilhar este post


Link para o post

Excelente oportunidade de fazer marketing à família. Fazes bem em falar, que se um dia aí for, fico na dita senhora 😉

Contente por perceber a tua história e essa capacidade de ir em busca do desconhecido. Sim senhor. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Martini Branco, há 8 minutos:

Excelente oportunidade de fazer marketing à família. Fazes bem em falar, que se um dia aí for, fico na dita senhora 😉

Contente por perceber a tua história e essa capacidade de ir em busca do desconhecido. Sim senhor. 

Obrigado. Serás benvindo ao Jardim do Mar. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de CM.PT.85, há 4 horas:

Boa sorte na nova aventura  😉 

Obrigado

Citação de JonasThern, há 2 horas:

Boa sorte "Jorge" Cadete. Parece-me um save tranquilo.

Obrigado. Será tranquilo.

Citação de Burkina2008, há 50 minutos:

BS mas nao vas para o Arsenal depois!

Obrigado. Se chegar ao Arsenal será bem perto do final da carreira.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de LUIZ CESAR, há 1 hora:

Boa sorte e com novos saves o nosso cantinho sobrevive.

Obrigado. 

Compartilhar este post


Link para o post

CS4it6X.png

E cá estou eu de novo. Quanto a este save, selecionei as Ligas principais europeias, mais Portugal e Rússia. De resto, somente ativei a Nova Zelândia e ligas asiáticas. O HSBC tem uma forte presença no mercado asiático e é onde consegue o maior lucro. Aliás, a sigla HSBC quer dizer Hong Kong & Shanghai Banking Corporation. O banco foi criado no século 19, em Hong Kong, quando ainda era um território britânico. Daí que seja um banco britânico. As Ligas asiáticas selecionadas, mais a Nova Zelândia, têm todas sucursais do HSBC.

y9xGRGL.png

Quanto ao personagem, serei eu. Fábio "Cadete" é o treinador escolhido. Nascido no Funchal e adepto do Arsenal. Sempre fui futebolista amador e em Jersey, consegui tirar o primeiro nível de treinador. Tenho a Licença Nacional C e pretendo continuar a subir de nível, chegando a profissional. De momento, a minha carreira é no HSBC e o futebol é o meu passatempo favorito.  

P89LMqH.png

Ora já estou em Jersey há 12 anos, e agora que trabalho numa empresa internacional, decidi que era hora de viajar por esse mundo fora, através do trabalho. No início de 2020, comecei a procurar na secção interna do banco, por trabalhos noutros países. Surgiram vários na Europa, mas a maioria estava na Ásia. Desde Macau a Singapura, passando pela China e Hong Kong.

Vi as oportunidades de emprego e acabei por concorrer a cargos de Relationship Manager, em Hong Kong e China, mais precisamente em Shanghai. Tive a felicidade de ser selecionado para entrevistas para ambos os cargos, que foram feitas por video-chamada. 

Passadas duas semanas, recebi uma chamada de Shanghai a me oferecer o trabalho. Fiquei muito contente e telefonei logo à mulher...ou ia telefonar, pois meu telemóvel tocou outra vez. Era de Hong Kong e também queriam oferecer-me o cargo. Pedi a ambos para refletir e tomaria a decisão em 24 horas.

Tive a pensar muito no assunto e quando cheguei a casa, falei com a mulher...

-Olá querida. Tudo bem?

-Tudo. Que se passa? Estás muito pensativo.

-Olha, sabes as vagas que concorri para Relationship Manager, na China e em Hong Kong? Telefonaram-me hoje de ambas a oferecer o trabalho. Que faço.

-Parabéns amor. Que notícia fantástica. Mas já escolheste?

-Ainda não. Estou indeciso.

-É simples. quem ofereceu um salário melhor?

-Hong Kong

-Onde preferes viver?

-Shanghai.

-OK. Com esta cena toda deste Covid 19 ou lá o que é, não sei se é boa ideia ir para a China.

-Pois, mas em Hong Kong, andam com protestos pró-democracia e tal nas ruas.

-Olha, mas Hong Kong não é mais seguro?

-Sim,é.

-Então pronto. Pensa melhor mas agora vamos jantar que a comida está ficando fria...

E assim foi a conversa. Tive a pensar durante a noite e cheguei a uma decisão. Na manhã seguinte (já tarde na Ásia), tomei a minha decisão. Tive que ficar um mês em Jersey, no trabalho e a resolver papeladas e burocracias. Vendemos o apartamento, enviamos os nossos bens para a nova morada e fizemo-nos à vida.

Despedi-me dos amigos do trabalho e do futebol e partimos para a nova aventura. Quando me dei de conta, já estava no avião. 

E lá fomos nós para uma nova etapa no nossa vida.

kxqxcNo.jpg

Depois de várias horas a voar, com escala no Dubai para mudar de avião, chegamos ao nosso destino. A linda Hong Kong. Terra onde foi criado o HSBC e que me ofereceria uma excelente oportunidade para progredir na minha carreira. O contrato de trabalho é de 2 anos, com possibilidade de extender por mais 2. De momento, o nosso espírito é aventureiro e queremos conhecer o maior número de cidades possível. Dizendo isto, a estadia aqui deverá ser de apenas 2 anos.

3XXSRi3.jpg

Quando chegamos, estava tudo calmo e o motorista do táxi levou-nos para o apartamento que alugámos. Deu-nos as boas vindas a Hong Kong e disse que iríamos gostar de lá viver. Aproveitei e já pedi dicas para bons restaurantes e locais a visitar.

Nessa mesma noite, comecei a ouvir barulho, que parecia vindo de uma multidão. Fui à janela e era mesmo isso...uma multidão na rua a protestar. Hong Kong estava a passar por dificuldades e queria a indepedência ds China, devido a uma nova lei imposta pelo governo chinês e que não é do agrado dos locais.

Decidi ir à rua, pois nunca tinha estado num protesto. As pessoas foram igualmente simpáticas, e não houve carga policial, pois foi tudo muito pacífico. Minha mulher estava assustada mas cedo se sentiu mais tranquila e juntou-se ao protesto. Nada como estar do lado dos locais, principalmente quando acabamos de chegar.

SqB96RW.jpg

Lá nos instalamos e fui então trabalhar. O edifício é lindíssimo e vemos o orgulho que têm por cá. O povo, chama o HSBC de The Bank, pois ajudaram imenso após a segunda Guerra Mundial a restabelecer a economia, distribuindo dinheir pelo povo.

No meu trabalho, Relationship Manager, vou cuidar das contas pessoais e de investimento de clientes Premier, em Hong Kong. Terei a minha lista de clientes e estarei sempre disponível a ajudá-los, seja em transações bancárias, oportunidades de investir o dinheiro ou mesmo pedir empréstimos bancários. Só olharei pelas contas de clientes cuja língua materna é inglês, francês ou português.

Quando estiver adaptado e bem instalado, vou logo procurar informação sobre o futebol local e onde poderei começar a carreira de treinador. Ainda tenho idade para jogar nos escalões inferiores, mas não quero correr riscos e lesionar-me. O mais importante, ainda é o trabalho no banco.

Fb1s6nR.jpg

Editado por cadete

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de six_strings, há 9 minutos:

Hong Kong? Sempre gostaste de viajar e em Classe executiva. 😄

BS

PEACE

Nem mais. Fui para a "casa" de origem do HSBC. 

Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post

CS4it6X.png

Ora lá comecei a trabalhar, mas algo que me faltava era jogar futebol. Ia correr de vez em quando e fiz amizade com vários locais no trabalho. Logo começamos a falar sobre futebol e na vontade de jogar. Convidaram-me para jogar futebol de 5 e escusado será de dizer que aceitei logo. Todas as quartas-feiras, lá estava eu a jogar. 

Ainda vi algum talento e palavra puxa palavra, veio à tona o facto de ter o curso de treinador e o meu interesse em começar a minha carreira. Alguns dos rapazes que jogavam comigo, também jogavam nos clubes amadores e um deles era dirigente num dos clubes locais. Ficou agradado com a minha paixão e com as minhas ideias.

Jg4TZBi.jpg

Depois de acabar um dos jogos na quarta-feira, veio falar comigo e convidou-me para conhecer o presidente do clube onde ajudava e era dirigente. No dia seguinte, mal acabei o trabalho, fui às instalações do clube e sem me aperceber, estava numa sala a ser entrevistado.

-Olá Cadete, tudo bem? O Chan falou muito bem de ti e que tens curso de treinador?

-Olá. Tudo bem obrigado. Sim, tirei o 1º nível quando estava em Jersey.

-E tens experiência?

-Ainda treinei os sub-15 de um clube local, o St Peters, mas depois abandonei. Comecei a jogar, mas o meu objetivo é treinar uma equipa principal.

-E como vês o futebol? Gostas mais do Mourinho ou do Guardiola?

-Bem, como português aprecio e respeito o trabalho feito pelo Mourinho, mas os meus ideais são mais como os do Guardiola. Gosto de futebol ofensivo e quero golos. Futebol é emoção, é paixão...e para isso são precisos golos. Quero ganhar jogos porque marco mais golos que a outra equipa e não porque sofro menos. Percebe?

-Percebo muito bem. E estarias pronto a trabalhar sem ser pago?

-De momento não esperaria outra coisa. Quero começar. Ter esta experiência de ser treinador. É meu sonho.

-E tens disponibilidade para treinar?

-Tenho. Acabo sempre às 5 da tarde e estou livre aos fins-de-semana. 

-Fantástico. Muito obrigado. Gostei de te conhecer. O nosso clube foi despromovido na época passada para o 4º escalão do futebol de Hong Kong e o treinador saíu. Queremos subir outra vez de divisáo mas queremos que os jogadores disfrutem do jogo. Vou falar com o Chan e depois digo-te qualquer coisa.

-Obrigado. Foi um prazer. Até à próxima.

xRjYPMT.png

A entrevista correu bem e no mesmo dia, recebi uma chamada. Não conhecia o número, mas econheci a voz. Era o Chan. O presidente gostou muito da minha entrevista e apesar de não ter experiência, queriam dar-me a hipótese de treinar o clube. Estavam na última divisão e era um risco mínimo apontar um treinador desconhecido.

Disse logo que sim e tornava-me assim treinador do Wing Go Fu Moon FC. Contrato amador e sem receber ordenao ou prémios. Um clube que desconhecia por completo mas que me dá a hipótese de ser treinador de futebol, pelo menos por agora. Sei que o meu contrato no HSBC é de 2 anos e se tiver sucesso no clube, não ficarei mais que duas épocas também.

Excusado será dizer que ficaram surpresos com a minha nomeação, pois sou um desconhecido português, a viver em Hong Kong.

cw8cP0D.png

O clube é amador, e está na Third Division League, que é o 4º escalão do futebol honconguês. O Mong Kok está designado como o estádio, mas raramente vamos lá jogar. Estamos num país pequeno e os complexos desportivos são utilizados para os jogos das várias divisões. 

Sendo amador, tem más condições de treino para a equipa principal e camadas jovens. Algo que já esperava. Terei de trabalhar com o que me for dado.

8W5NgEB.png

Para um primeiro trabalho, nada como começar com a pressão de ser o favorito a vencer a divisão. São 14 equipas e jogaremos 26 jogos. Que saiba, não iremos disputar nenhuma taça e o foco principal estará em vencer a liga. o Sun Hei também foi despromovido connosco, mas o Wofoo deverá ser o adversário mais complicado.

De resto, estou curioso para conhecer as outras equipas e podemos ver a influência que os britânicos ainda têm por cá, ao ver clubes como o Lansbury, Islands, Ornaments ou Gospel. Afinal, Hong Kong foi uma colónia britânica até finais dos anos 90.

fVoF1vS.png

A equipa técnica e todos os membros da infra-estrutua do clube, são de Hong Kong. Já conhecia o Chan e o Presidente, o Yeung e fiquei agora a conhecer os elementos da equipa técnica. São poucos mas confio nas suas capacidades. Temos um adjunto e um treinador para as reservas e sub-18. Temos ainda um fisioterapeuta e um olheiro.

Mh1MkC4.png

O plantel, é típico de um clube amador. Para começar, são todos locais e têm os seus empregos, com exceção dos jovens Or Hoi Kin e Lee Chun, que ainda estão na escola e são os únicos que recebem uma quantia am fim do mês, para os ajudar nos estudos.

De resto, temos vários jogadores experientes e com uma certa idade. Lai Chun Kit com 38, Ng Ka Ming com 40, Kwok Yue Hung com 45 e Hung Tak Leung com 51 anos, são os mais experientes. Quando conheci o Hung, fiquei surpreso. 51 anos e tem uma condição física invejável. Irá concerteza jogar e não espero que o nível das outras equipas seja superior ao nosso.

IPXz5Bn.png

jMGJwRm.png

n349ZKy.png

PX5dwK0.png

Editado por cadete

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Burkina2008, há 1 hora:

Wing Go, so o nome ja é de vencedor!

Ora nem mais. Thanks

Compartilhar este post


Link para o post

CS4it6X.png

E lá pus mãos-à-obra. Começaram os treinos e nem sempre tinha os jogadores todos. Isto de ser amador tem estas coisas. Treinos normalmente são às Terças e Quintas-Feiras, dependendo se há jogo durante a semana ou não. Outras vezes, temos que treinar em campos de futebol de 7, pois os campos de 11 estão ocupados. O que vale, são as belas paisagens que temos com os prédios todos iluminados. Ás vezes, vemos as pessoas em casa a cozinha ou mesmo na sala a ver TV.

cZAotRD.jpg

O Happy Valley Recreation Groung, é um complexo desportivo com vários campos de futebol de 11, campos de futebol de 7, campo de rugby, pista para correr e mesmo uma pista para corridas de cavalo (tradição trazida pelos ingleses e que ficou cá).

Muitos dos jogos são aqui, tal como em outros complexos desportivos. Equipas amadoras raramente têm o seu próprio campo ou estádio e a federação de futebol de Hong Kong organiza tudo aqui. Pelo menos uma vez por semana treinamos aqui, trazendo um problema grande, pois as outras equipas também treinam aqui. Assim sendo, não posso ensair jogadas diferentes. Por outro lado, também posso ver as outras equipas a treinar e tiro os meus apontamentos.

Aos fins-de-semana, jogamos quase sempre todos aqui, ao lado uns dos outros. É a tarde toda com jogos de futebol, rugby ou pessoas a correr à volta. É uma boa atmosfera. Adoro o futebol amador.

PmIsehY.jpg

lJjjCxg.jpg

O que há de negativo no futebol amador, é que os melhores jogadores nunca ficam aqui. Aparecem sempre equipas de divisões superiores, a oferecer prémios de jogo e outras condições que não podemos oferecer. Não os censuro. 

O Guarda-Redes titular, Li Ho Fai assinou pelo Kwai Tsing e o extremo Ho Ka Kin, assinou pelo Sparta de Hong Kong, uma sucursal do Sparta de Roterdão.

A 4ª divisão é a mais baixa de Hong Kong e a direção quer o título, pois o clube acabou de descer de divisão. Vou trabalhar para isso e já disse aos jogadores que esta época é para ser campeão. Estamos todos de acordo e o que vale é que em Hong Kong, toda a gente fala inglês e não preciso de tradutor.

5vikJFl.png

eRhphfZ.png

O primeiro jogo oficial estava à porta e o adversário foi o Sun Hei. Quando comecei a trabalhar, já tinham disputado o 3 amigáveis e não houve tempo para mais. Foi mesmo chegar, apresentar-se e preparar a equipa para o primeiro jogo, com apenas 2 treinos. 

Num dia de sol e com 72 pessoas a assistir ao jogo, fomos superiores e Li Chi Cheung teve um jogo memorável. Estivemos muito fortes e gostei da performance dos jogadores. Ganhamos 4-1 e enviamos uma mensagem forte para as restantes equipas, que não estamos aqui para brincadeiras. 

Neste escalão e como os campos ficam longe dos balneários, ao intervalo ficamos mesmo na linha lateral. É outro mundo.

S8XZ9Bv.png

Neste primeiro jogo, também batemos dois recordes. Hung Tak Leung, nos seus belos 51 anos, tornou-se o jogador mais velho de sempre a jogar, mostrando que velhos são os trapos e ainda está para as curvas. Por outro lado, Or Hoi Kin, lateral direito de 16 anos, é agora o mais novo de sempre a jogar neste escalão.

A experiência é importante para a equipa e a juventude é essencial devido à irreverência que nos trás. É sempre bom ter jovens destemidos e que tomam mais riscos, que às vezes é mesmo o que necessitamos...por outro lado, também pode dar errado .

iaZHN0h.png

Nos restantes jogos, fizemos 4 no Happy Valley Sports Ground e vencemos todos. O Sai Kung não teve argumentos para nos fazer frente e o placar final assinalava 3-1 a nosso favor. De seguida, goleamos o Kui Tan por 5-1. Jogo de sentido único e o golo que sofremos foi inesperado. Estamos fortes e confiantes.

No 3º jogo seguido no Happy Valley, ganhamos por 3-0, sendo este o primeiro jogo que não sofremos golos. A vítima foi o Gospel. No jogo contra o Lansbury, jogamos no belo Mong Kok Stadium. Uma prenda para os jogadores deste escalão e pena foi mesmo apenas ter 40 pessoas nas bancadas. Tudo familiares de jogadores de ambas as equipas, que estavam mais preocupados em beber cerveja e colocar a conversa em dia, do que ver o jogo. O mais importante, foi que vencemos 2-0.

Contra o Lung Moon, empatamos 2-2. Perdemos os primeiros pontos da época e jogamos pela primeira vez no Morse Park. Um dos atletas teve o aniversário no dia anterior e celebraram em grande à noite. No dia do jogo, ainda sentia o hálito a alcóol nalguns jogadores e obriguei-os a tomar banho de água fria, antes do apito inicial. Mesmo assim não deu os frutos que queriam, pois não vencemos o jogo. Mas enfim, sendo amadores, pûs-me a pensar se estava sendo demasiado árduo com os atletas, mas se queremos ser campeões, temos que ter prioridades e encarar os jogos com seriedade.

Para acabar esta série, voltamos ao Happy Valley e voltamos a ser felizes no vale. Vitória convincente por 3-1 contra o KCDRSC. Sinceramente, nem sei o que as inicias querem dizer, mas também não me importo.

AgybQcf.png

Como seria de esperar e depois de um belo arranque onde só empatamos um jogo e vencemos os restantes, estamos em 1º. Temos 4 pontos de avanço para o Tsuen Wan e um jogo a menos, podendo assim aumentar a vantagem. Já o 3º classificado, o Gospel, está também a 4 pontos mas com 2 jogos a mais.

Esta é uma liga com 14 equipas e jogada a duas voltas. São 26 jogos para apurar o campeão e no final, queremos ser nós a celebrar.

f3i0tzl.png

Editado por cadete

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de six_strings, há 3 horas:

Excelente início, muito forte a marcar desde já ao que vais.

Excelentes condições de treino.

PEACE

É o que há. Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post

Junta-te à conversa!

Podes publicar um comentário agora e registar-te depois. Se tiveres uma conta, autentica-te agora para publicares o teu comentário de forma autenticada.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   O conteúdo anteriormente introduzido foi recuperado..   Limpar

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Criar Novo...