Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Unclouded

[FM2023] With Hearts Aligned - Fortuna Düsseldorf (22/23)

Publicações recomendadas

Citação de Martini Branco, há 1 hora:

Depois de vencido o campeonato sub19, esta dupla de amigos (outrora adversários) começa a focar no futuro. Cinco Ligas, cinco Champions! Veremos até que ponto isso será (ou não) uma realidade 😉

Vamos ver! Obrigado 😉

Compartilhar este post


Link para o post

J0cgEZM.jpg

 

Capítulo 6: Requiem

 

 

 

A chuva caía incessantemente no cemitério norte de Krefeld. O amontoado de pessoas era tal que as forças de segurança tinham sido obrigadas a montar um perímetro de segurança para permitir que os familiares e pessoas próximas pudessem entrar para prestar a sua última homenagem.

As lágrimas corriam pelos rostos da maioria – ninguém tinha ficado indiferente à tragédia que abalara, dias antes, os seus corações. Os dois maiores prodígios da sua geração, envolvidos num acidente daqueles – o timing, o azar – tudo era como se fosse uma partida cruel do destino.

O camião desgovernado que atingira a pastelaria matara três pessoas. Feridos – dez. Alguns com gravidade extrema. O condutor, em choque, tivera de ser internado pois ficou demasiado abalado com a situação – apesar de não ter culpa nenhuma do rebentamento de um pneu, a pressão que sentia pelo término da vida de três seres humanos pesava demasiado na consciência.

Dirigentes do futebol alemão compareceram também eles, em peso, à última homenagem ao jovem. Não tinham palavras para descrever a tragédia, e ninguém se importava, ou lembrava, da época que aí vinha. A preocupação era apenas uma – proteger os companheiros de equipa, e ajudar a família e amigos mais próximos em tudo que necessitassem. Jürgen Klopp, apanhado por jornalistas à saída do funeral disse, cabisbaixo, que as tragédias não escolhem horas, nem locais. Restava a todos seguirem em frente para honrarem a sua memória. E que melhor maneira de o homenagear do que com os títulos que o Dortmund viria a conseguir, na época seguinte, da Taça Alemã e Liga?

À medida que a multidão dispersava, a chuva continuava a cair com força, como que se o céu chorasse, também ele, pela perda. Não havia gritos. As lágrimas eram camufladas pela chuva copiosa. Até que se ouviu uma voz. Uma voz de sofrimento, abalada com a perda do melhor amigo. Uma simples palavra, com o peso de uma vida.

“Desculpem.”

Aaron Schneider encaminhou-se para o jovem, sentado numa cadeira de rodas, e deu-lhe uma bofetada. O som alarmou os poucos que ainda se encontravam no cemitério, mas ninguém se mexeu.

“Nunca mais digas um disparate desses! Ouviste?? A culpa não é tua nem é de ninguém!”

“Se eu não o tivesse convidado-“

Agarrando-o com força pelo colarinho, Aaron cuspiu as palavras, olhos nos olhos.

“A culpa não é tua! Ninguém tem culpa!”

Acalmando-se, largou-o e ajoelhou-se em frente a ele. Continuou fixo nos seus olhos.

“O que acontece agora é contigo. Não assumas a responsabilidade de algo que não tiveste culpa. Luta, segue em frente!”

Olhando para ele tristemente, o jovem assentiu. O choro não parava de cair.

“De momento foca-te na tua recuperação. Nada mais importa. Depois, pensas no resto. Mas, nunca mais penses sequer por um segundo que isto foi culpa tua. Estamos entendidos?”

Levantou-se e sacou de um cigarro. Tentou acendê-lo, mas a chuva não deixava o isqueiro ter chama tempo suficiente. Deixou cair o cigarro ao chão. As lágrimas não paravam. Era impossível pararem. E, no entanto, sabia que o jovem ao seu lado estava imerso, de momento, na maior escuridão. Forçou-se a colocar uma mão no seu ombro e disse, como que em jeito de despedida.

“Vive por ele. Vive pelo Thomas, Alexander!”

Editado por Unclouded
  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de XavalekeMorrison, há 12 horas:

Grande twist. Pensei que tinha sido Alexander a morrer

 

Citação de six_strings, há 1 hora:

Plot Twist. Sinto que vem aí mais...

PEACE

Logo se vê...

Obrigado a ambos!

Compartilhar este post


Link para o post

J0cgEZM.jpg

 

Capítulo 7: Levantar

 

 

 

A recuperação foi extremamente lenta e dolorosa. Aquando do acidente, Alexander ficara com o fémur direito bastante danificado, pelo que, apesar de ter sobrevivido, teve de terminar, precocemente, a sua carreira de futebolista. Era possível voltar a andar e a correr normalmente, diziam os médicos, mas era impossível fazer algo relacionado com um desporto tão físico.

No entanto, a maior perda não era a da capacidade de jogar futebol profissional, mas sim a do seu melhor amigo. Apenas tinha alguns vislumbres dos momentos antes do camião embater na pastelaria – Thomas apercebera-se uns segundos mais cedo e empurrara Alexander, sendo que este foi apenas atingido na zona da perna direita. Sentia-se devastado, e a saudade corroía-o por dentro. No entanto, as palavras de Aaron ecoavam dentro de si. Era ele quem estava pior, por ter perdido um filho, e no entanto tinha determinação e força suficiente para o apoiar.

“Vive por ele. Vive pelo Thomas, Alexander!”

A cada dia que passava, a cada passo que dava, a cada pequeno progresso na fisioterapia – essas palavras alavancavam o seu espírito, forçando-o a seguir em frente. Juntamente com as sessões no psicólogo, Alexander Nacht foi recuperando, física e mentalmente.

O caderninho de Thomas andava sempre consigo desde o dia do acidente. Tentara devolvê-lo aos pais, mas tanto Aaron como a sua esposa recusaram.

“É teu. O sonho é vosso, portanto isso é teu.”

E foi esse alento que permitiu que ele encontrasse um novo objectivo – não podia jogar futebol. Não tinha o seu melhor amigo ao seu lado. Mas podia continuar, abraçando a parte técnica do desporto que amava, a seguir o sonho conjunto que ele e Thomas haviam decidido naquela tarde fatídica.

Mas o percurso foi tudo menos fácil – sempre baseado mais no instinto do que na inteligência, foi complicado para Alexander aprender a visualizar o jogo como treinador. Ver o que faltava à equipa, analisar o adversário – foi difícil adaptar-se a essa nova realidade e maneira de pensar. Por partida do destino, o bloco de Thomas parecia ser feito especificamente por ele. Notava-se os apontamentos, mais imaturos, quando começara a treinar e a evolução destes à medida que ganhava experiência.

Esses passos de uma vida, construída a partir de tentativa e erro, serviram de alicerce à mudança de Alexander. Conseguiu concluir o curso desportivo de Ciências do Desporto na Universidade Hochschule Niederrhein, o instituto superior da sua cidade natal, Krefeld. Depois, aproveitou as conexões que tinha, ainda dos tempos do Borussia Dortmund, para começar a integrar equipas da terceira divisão alemã.

Os anos foram passando, e foi conquistando o seu espaço no futebol alemão. Até que, no final de Junho de 2022, recebeu uma carta. Rasgou o envelope e, atónito, soltou um berro. Saindo a correr de casa, só parou no cemitério norte de Krefeld. Avançou por entre o labirinto de lápides, até chegar à do seu melhor amigo. A foto de Thomas, a sorrir, ainda hoje o emocionava, mas forçou-se a falar.

“Thomas, consegui! Olha o que recebi!”

Virou a carta para a lápide, como que se de um troféu se tratasse. O símbolo vermelho, bem como a carta com a cópia do contrato para assinar – mostrou tudo, leu todas as alíneas e detalhes. E, Thomas não respondia. Sentiu uma lágrima a querer escorrer pela face, pelo que se voltou de costas para a campa.

“Thomas, juro que vou conseguir. Por ti. Pelo nosso sonho. Juro que vou conseguir.”

E sentiu um empurrão do ombro direito. Como os habituais empurrões que Thomas lhe dava antes de cada jogo. Soltou uma gargalhada e saiu, alegre. Estava na hora. Hora de conquistar tudo o que havia para ser conquistado no mundo do futebol.

 

Próxima Actualização: Apresentação do Clube.

Compartilhar este post


Link para o post

J0cgEZM.jpg

Apresentação do Clube e Pré-época 22/23

Apresentação do Clube:

CrFsAxG.jpg

Pois bem, está assim confirmado - o clube é o Fortuna Düsseldorf. Parece-me uma escolha interessante para começar a "aprender" a jogar. Vai ser diretamente para o clube, sem saves de teste nem nada!

ep2Nq2U.jpg

Daqui, o que interessa é que nos colocam no 3º lugar, em teoria. Espero bem que possa fazer melhor do que as expectativas, mas vai depender bastante dos orçamentos.

ANanXtu.jpg

Uma coisa que me chamou muito à atenção foi o "querer" apostar na juventude. Acho isto muito bom para um clube crescer, e sinceramente revejo-me bastante nesta abordagem. O esperado é que, em duas épocas, eu esteja com o clube na Bundesliga. Vamos lá ser sinceros - o objectivo é ir já nesta temporada!

9xwm7Uh.jpg

O plantel apresenta algumas lacunas que considero "graves" - a nível das alas chega a ser deprimente. Médios Centro? Que é isso?

O nível na baliza também é relativamente baixo para o que pretendo, mas lá está - vai depender dos orçamentos o quanto podemos reforçar e melhorar...

Mercado de Transferências:

Finalmente! O mercado! Uma das partes que mais me diverte! Qual é o orçamento?? 0 euros? Como? Nem uma sandes de torresmos e uma mini?

LDVyGWj.jpg

Não há magia, meus caros. No money, no funey (sim, eu sei que é funny que se escreve!). Vendi dois cones que tinha no armazém e, com esse dinheiro, tentei procurar algo que me agradasse. Ah, excedemos o limite de salários? Tenho de ajustar? Ah! Então desse milhão que fiz fiquei com... 200 mil? Ah bom! Roubar é de pistola!

Nicolas Janvier, Médio Centro, 23 anos

nVL2YkQ.jpg

Não dá para mais, mas já é muito bom. Tive de pagar por este empréstimo, com opção de compra no final da época. Acho que vem para ser titular - não tem grandes rivais, não é?

Victor Álvarez, Defesa Esquerdo, 29 anos

Dnv2abc.jpg

Gostei bastante deste negócio - adaptei o Gavory a defesa esquerdo e, mesmo assim, era muito curto. O Álvarez vem para lutar pelo lugar - e ainda foi a custo zero! Nicles! Rien de rien!

Táctica Principal:

mYShyJE.jpg

Ora, vamos lá ver se assim resulta. Tive dúvidas se iria utilizar médios ou extremos nas alas - mas isso vou adaptando e vendo. Preciso é de equilíbrio na equipa. A qualidade da equipa é baixa, mas por a liga também ser medíocre pode ser que dê para ir testando ao longo do caminho. Se não der, aí sim, teremos problemas...

Pré-época:

EludHmG.jpg

Começo a trabalhar dia 4 de Julho. Dia 17 é o 1º jogo oficial. Resultado - apenas 3 amigáveis para testar a táctica e modelar a mesma. Ai, que isto vai de mal a pior. Ao menos ganhámos. E o jogo contra o Bordéus não foi fácil - foi claramente o melhor teste que tivemos. Estou esperançoso - agora é começar a sério! Siga!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post

Bom clube para começar, deverás andar sempre no topo da classificação, o objetivo é claro: subir já à Bundesliga.

Plantel curto de opções, como dizes faltam médios centro com chegada à área e malta das linhas, é tudo extremo invertido... A ver como é que a equipa joga. 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de F. Mota, há 4 horas:

Bom clube para começar, deverás andar sempre no topo da classificação, o objetivo é claro: subir já à Bundesliga.

Plantel curto de opções, como dizes faltam médios centro com chegada à área e malta das linhas, é tudo extremo invertido... A ver como é que a equipa joga. 

 

O problema é que é curto e não tenho dinheiro para ir buscar tudo o que falta. Pode complicar um pouco por aí, mas sim - o objectivo é subir já este ano.

Quanto à malta das linhas - até gosto que sejam invertidos. Vai mais de encontro ao que pretendo.

Obrigado 😉

Compartilhar este post


Link para o post

J0cgEZM.jpg

Julho a Novembro de 2022: Bom Começo!

Calendário de Jogos:

KVgJFl7.jpg

Quase sem treinos e amigáveis, iniciámos esta campanha ainda a conhecer os cantos à casa - que diabo, nem sequer a táctica está afinada! Mas deu para ir testando aqui e ali, e no geral diria que estamos mais do que bem.

Começámos Julho da melhor maneira possível, com 3 vitórias (uma delas que equivalia a agradar à direcção e adeptos que era a de passar na 1ª Eliminatória da Taça), com uma delas a ser arrancada a ferros - o Kownacki, bastante bom jogador, conseguiu marcar mesmo em cima do apito final, senão podíamos ter perdido dois pontos fáceis num encontro que até dominámos...

Se há coisa que gosto é que aqui o calendário não é muito sobrelotado. Dá tempo para recuperar os jogadores. Me gusta. Fomos ao Sandhausen golear - um bom indicador de que estamos no caminho certo. Mas o primeiro teste vinha aí:

ugkwI38.jpg

O Greuther Fürth é sempre candidato à subida. Portanto, é um rival para nós. Simples. Meti isso na cabeça aos jogadores e deixei que fossem para campo dominar completamente - é que foi uma categoria! O Ampomah é um jogador muito rápido, trapalhão até dizer "Chega!", mas bom rapaz para estas andanças. Foi fácil para ele entrar em desmarcação após enorme passe do Ginczek e dar um chute para o fundo da baliza! 1-0! Mas calma! Controlámos sempre a partida e, a meio da segunda metade, o Ginczek decidiu abrir o livrinho e distribuir chocolate - o recém entrado Appelkamp faz um passe de 30 metros, rasteiro, e ele dá de primeira, cruzado. 2-0!!! Logo de seguida, o nosso velhote, Hennings, faz uma operação rápida e delicada aos rins do defesa esquerdo do Fürth e mete na área, onde Ginczek aparece a encostar e a bisar! 3-0! Sem espigas!

Continuámos o nosso percurso, com o jogo contra o Jahn Regensburg a ser virado nos momentos finais. Mas a seguir - ai que elas aparecem - perdemos contra um rival à subida. Fomos nós que controlámos, mas eles é que marcaram. Limpámos a mente em casa, contra o Hansa Rostock, e fomos ao sempre difícil Hamburg sacar um empate - nada mau!

Outubro foi um pouco mais apertado em termos de calendário, e isso notou-se logo num plantel tão deficitário como o nosso - vencemos pela margem mínima, em casa, o Arminia Bielefeld, mas fomos ao Darmstadt 98 perder logo de seguida - nem rivais são, porra... Dei um chá aos jogadores - não se admite perder pontos assim. E fez efeito. Pelo menos a curto prazo! Goleámos o Nürnberg com um poker do Ginczek e, de seguida, não conseguimos contrariar as probabilidades - perdemos na 2º ronda da Taça contra o Mainz 05, equipa da Bundesliga. Enfim, esta não é de chorar! Mas perder com uma equipa banal como Karlsruhe é! E que azia me deu... Parece que os jogadores desligam a ficha, às vezes. Vá lá que ainda conseguimos ir ao Holstein Kiel vencer, senão podia ter sido um mau mês. Assim, é só razoável.

Para acabar esta primeira volta, e devido ao Mundial do Dinheir - do Catar! - conseguimos duas boas vitórias em Novembro, e uma derrota causada pelo nosso médio Janvier - o puto manda uma trancada num adversário aos 20 minutos e é expulso! Com 10, fomos incapazes de, em casa do Hannover, de fazer estragos. E perdemos mesmo!

Mas, olhando para a perspectiva geral, está bom! Das 4 equipas rivais à subida, vencemos duas, empatámos com uma e perdemos com outra. Not bad. Not bad at all!

Classificação da 2.Bundesliga:

ZWHvTMC.jpg

Para já, em 1º lugar com metade do campeonato realizado - somos a melhor defesa, mas em ataque ainda estamos atrás de outros candidatos à subida. Sem ovos não dá para fazer omeletes, correcto? Mas é muito, mas mesmo muito bom, o percurso que estamos a fazer.

Estatísticas de Jogadores:

cULQfEp.jpg

O Ginczek, para esta divisão, é bastante bom avançado. No entanto, e embora nas estatísticas apenas apareça como o rapaz com mais cartões amarelos da equipa, tenho de destacar o Sobottka - que trabalho desgraçado que o homem faz! Cão de caça em campo - varre tudo!

Mundial:

HtaFbH0.jpg

Uma pequena bolachinha - Portugal ia ser campeão! Ai Nandinho, se tivesses aberto os olhos...

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de cadete, há 1 hora:

Que início fantástico e vamos Portugal.

Qual é a skin que usas?

Obrigado!

Não estou em casa, mas acho que é a Fusion DB - Evolution.

Compartilhar este post


Link para o post

A Noite instalou-se em Dusseldorf e já anda a fazer estragos. Grande começo.

Portugal em final com o Uruguai!!!!! LINDO 

❤️ Coates

PEACE

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post

Grande arranque, dominador, em primeiro lugar e com 5 pontos de margem. Está a correr bem! O Ginczek é muito bom para essa divisão, marca muito e é bastante regular 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de six_strings, há 42 minutos:

A Noite instalou-se em Dusseldorf e já anda a fazer estragos. Grande começo.

Portugal em final com o Uruguai!!!!! LINDO 

❤️ Coates

PEACE

Titular absoluto!

Citação de F. Mota, há 38 minutos:

Grande arranque, dominador, em primeiro lugar e com 5 pontos de margem. Está a correr bem! O Ginczek é muito bom para essa divisão, marca muito e é bastante regular 

É muito bom mesmo.

Obrigado a ambos 😉

Compartilhar este post


Link para o post

J0cgEZM.jpg

Dezembro a Março de 2023: Passeio

Mercado de Transferências:

Contratação da época, claramente vai vir charters:

3kX4jiw.jpg

"Sócio, vai vir charters!". Precisávamos de um Director Desportivo. Para levantar a moral à equipa, foi o nosso Futre o escolhido (Viagra não falta!).

jNbkZwS.jpg

Não foi muito mexido, mas tivemos três entradas e três saídas neste defeso de inverno. O Kownacki sai porque não queria renovar contrato, então mais vale algum dinheiro do que a zero no final do ano. O Hendrix não tinha espaço na equipa e o Krattenmacher, acabado de entrar, sai por empréstimo para ganhar andamento e evoluir um pouco.

Loris Karius, 29 anos, Guarda-Redes

T5QB7GY.jpg

220m euros! Que pechincha por uma categoria de Guarda-Redes. Claro, é excêntrico, e está sempre marcado pela final que o Liverpool perdeu frente ao Real - mas é uma grande aquisição da nossa parte!

Francisco Geraldes, 27 anos, Médio Centro/Ofensivo

S1uJYp4.jpg

Era preciso um maestro para a equipa - o Janvier joga bem, mas era preciso algo mais. E surgiu a oportunidade de trazer o Geraldes - vem para ser titular absoluto e traz consigo um nível de jogo bem acima do praticado nesta liga. Espero grandes coisas!

Maurice Krattenmacher, 17 anos, Ponta de Lança

Wm3WdcW.jpg

Vocês devem estar a perguntar - quem? Pois, também não sei. Os olheiros vieram com um relatório a dizer "Prioridade para Contratar". E eu assim fiz. Não paguei muito por um jogador que, segundo a equipa técnica, tem potencial elevado, mas que ainda está verde para isto - saiu por empréstimo para ver se ganha caparro!

Calendário de Jogos:

94IveHW.jpg

Finalmente tenho tempo para ter amigáveis! Quem diria que a pré-época ia ser em Dezembro/Janeiro! Tive bons testes e boas oportunidades de mexer aqui e ali, com o foco a ser o controlo de jogo, sem correr grandes riscos - um pouco pragmático, é verdade, mas com a qualidade apresentada tem de ser assim. Acabei, assim, a alterar a táctica principal de um 4-4-2 para um 4-5-1.

6GGfsQQ.jpg

Acabámos bem o mês a golear, já oficialmente, com um hat-trick do Ginczek (<3). No mês seguinte, e com dois encontros frente a rivais pela subida, o balanço é positivo - fomos empatar fora com o Paderborn (merecíamos tanto ter ganho, não têm noção!), e em casa conseguimos duas vitórias fáceis. Mas a deslocação ao Greuther Fürth foi uma derrota - e podia ter sido por mais. Simplesmente não entrámos em campo.

Março ia ser curto em termos de jogos, sendo que tivemos duas deslocações teoricamente fáceis mas nas quais apenas trouxemos a vantagem mínima. O grande jogo foi entre essas partidas, frente a um rival à subida:

y1FSwFN.jpg

Entrámos mal no jogo. O Weißhaupt comeu a nossa defesa toda e sozinho (!!!) passou por tudo e todos. E marcou golo! E nós a vê-la passar! O jogo continuou e, embora controlássemos, não conseguíamos acertar no terço final. Fiz as alterações que achei necessárias - mais verticalidade com o Ampomah pelo Peterson, o Janvier pelo Geraldes (completamente apagado) e a passagem do Zimmermann para defesa direito e entrada do Sobottka. E foi o que bastou para nos relançarmos. Ganhámos o miolo do terreno e rapidamente vimos o Ampomah a ganhar em velocidade na linha e a bola, depois de uma confusão na área, sobra para Appelkamp que faz o empate. 1-1! Minutos mais tarde, o Janvier mete uma bola picada nas costas da defesa e o Ginczek, de primeira, fuzila as redes. 2-1!!! E, para acabar bem a partida, vimos o Sobottka meter um passe em desmarcação que o Ampomah ganhou em velocidade - enche o pé, remata cruzado e faz o 3-1 final! É bem, meninos!!!

Classificação da 2.Bundesliga:

iBIcm8N.jpg

Vai bem, o passeio. Melhor defesa, estamos a alguma distância do melhor ataque mas, acima de tudo, estamos consistentes e em primeiro lugar com 7 pontos de vantagem. Está muito acima do que esperava - pensei que iria ser mais renhido, mas afinal... Passeio é passeio!

Dados dos Jogadores:

3llT5qZ.jpg

O Ginczek continua a ser um jogador impressionante para este nível - joga bem marca regularmente e carrega a equipa. O resto da equipa está a um bom nível, também, com Zimmermann e Sobottka a fazerem exibições consistentes e a revelarem-se como os pilares deste conjunto. E, na defesa, tenho de destacar o Klarer - que defesão! E a entrada do Karius é notória - que upgrade monstro!

Editado por Unclouded

Compartilhar este post


Link para o post

J0cgEZM.jpg

Final da Época 22/23

Calendário de Jogos:

E7aa8sM.jpg

Os dois meses decisivos correram mais do que muito bem - foram praticamente perfeitos, apesar do infortúnio ter batido à nossa porta. Mas adiante, um passo de cada vez!

ed9ANlM.jpg

Iniciámos este bimestre da melhor maneira possível - recebemos o Hamburg e, logo no início, um livre do Victor Álvarez, marcado ao 1º poste, é desviado pelo Peterson para o primeiro da partida! 1-0! Estávamos claramente superiores no jogo e, por ordem minha e da táctica exigida, não era para carregar no acelerador - controlem. Fizemos um jogo à Sporting - entregar a bola ao adversário e tentar sair ao fechar muito bem os espaços para a nossa baliza. O Hamburg só conseguia trocar a bola no seu meio campo, estando completamente sem ideias. Mas, no início da 2ª parte, sentenciámos o encontro - Janvier mete na área, e Fernandes sai da baliza e sacode a bola, acabando a mesma nos pés de Peterson. Este cruza e Ginczek ganha nas alturas ao Heyer, fazendo o 2-0! Imparáveis! E bastou continuar a controlar até ao final - e ainda vi o Geraldes meter um balázio, do meio da rua, no poste esquerdo. Mas está óptimo!

Acontece que a seguir vamos a um jogo ainda mais desequilibrado que este - e eles, num lance de sorte, conseguem mesmo marcar e ganhar! Perdemos com o Arminia - injustiça! A vitória frente ao Darmstadt foi graças aos treinos - Klarer nas alturas a mostrar que os cantos são, efectivamente, decisivos para ganhar encontros. Mas, frente ao Nürnberg, e apesar da vitória, a primeira contrariedade - Ginczek sai lesionado. 4 semanas de baixa. Praticamente o resto da época... Vá lá que o Hennings, que o substituiu, nos trouxe os 3 pontos. Mas mesmo assim... Claro que depois, no jogo seguinte, não fomos capazes de quebrar o bloco baixo do Karlsruhe. Porra.

E Maio começou da melhor maneira, em termos de época, possível - ao golear o Holstein Kiel, em casa, garantimos matematicamente o título - CAMPEÕES, crl!!!!

A partir daí foi ver jogar - o empate no St Pauli acabou por ser justo, assim como as vitórias frente ao Hannover (excelente controlo de jogo da nossa parte) e, para acabar, ver o regresso do Ginczek à competição e logo com um golito. E o Appelkamp a mostrar serviço! Está um belo jogador, este jovem nipónico!

Classificação Final da 2.Bundesliga:

ZW5gLpB.jpg

Aí estamos nós! Vencedores da segunda divisão alemã! Subimos à primeira com bastante distância para o 2º classificado. No geral foi bastante fácil, se bem que o plantel mostrou bastantes "problemas" ao longo da época que têm de ser resolvidos com alguma urgência. Fomos de longe a melhor defesa, mas no ataque ficámos atrás de dois rivais que, por coincidência, irão ficar nesta divisão - o Heidenheim acabou a perder o playoff de subida com o Werder Bremen. Temos de estar orgulhosos, claro, mas pensar já na próxima temporada - melhorar o plantel, acima de tudo! Temos praticamente 6M para o fazer - não é muito, claro, mas deve dar para fazer uns bons ajustes.

 

Próxima Actualização: Análise da Época 22/23

Compartilhar este post


Link para o post

Ui, isto é que é atualizar!!!

Época realizada e subida de divisão conquistada, tal como seria mais do que previsível. Reforçaste-te muito bem no mercado de verão e conseguir reforços como o Geraldes e o Karius no inverno, é sintomático de que o clube está e vai crescer ainda mais. Dominaste a teu belo prazer a Bundesliga 2 e agora será de especular um mercado de transferências relativamente movimentado, pois parece-me que quererás ter capacidade para bem mais do que aquela "retórica" luta pela manutenção.

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa de ser membro desta comunidade para poder comentar

Criar uma conta

Registe-se na nossa comunidade. É fácil!

Criar nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Autentique-se agora
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...