Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Samaris

[Benfica] Away Days

Publicações recomendadas

Que situação surreal 😮

Mas achas que pelo menos vais conseguir a devolução do dinheiro que gastaste na alteração do voo? Ainda tiveste bastante presença de espírito numa situação como essa, se fosse eu fritava a pipoca.

Eu conheço uma história relativamente parecida, que aconteceu com o meu primo, que também fazia este estilo de vida há uns anos atrás, então calhámos como BATE Borisov e ele marcou tudo para ir à Bielorrúsia, tinha visto para a Bielorrúsia mas o avião fazia escala em Moscovo e ele não se lembrou de que precisava também de visto para fazer a escala, resultado foi que não o deixaram mudar de porta na Rússia, sendo que ele disse que a distância da porta de onde ele estava até onde ele tinha de ir eram cerca de 20m, e ficou retido uma noite no aeroporto, no dia seguinte foi metido num avião de regresso a Portugal.

Compartilhar este post


Link para o post

Há cada destino mais lindo agora que caímos para a Liga Europa, mas estou mesmo a ver que com a sorte que tenho, vamos calhar com algum dos meus repetidos, ou com algum dos poucos que não suscitam aquele interesse.

Sei que não tenho actualizado este tópico, mas tenciono fazê-lo. A última viagem que fiz e que está aqui documentada foi a de Zagreb na época passada, mas depois disso já fui à Alemanha duas vezes, Frankfurt e Leipzig, e nem deixei aqui nenhuma partilha. Vou corrigir isso, num futuro próximo.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Samaris, há 4 minutos:

Há cada destino mais lindo agora que caímos para a Liga Europa, mas estou mesmo a ver que com a sorte que tenho, vamos calhar com algum dos meus repetidos, ou com algum dos poucos que não suscitam aquele interesse.

Sei que não tenho actualizado este tópico, mas tenciono fazê-lo. A última viagem que fiz e que está aqui documentada foi a de Zagreb na época passada, mas depois disso já fui à Alemanha duas vezes, Frankfurt e Leipzig, e nem deixei aqui nenhuma partilha. Vou corrigir isso, num futuro próximo.

Copenhaga, Cluj, Roma, Wolverhampton, Glasgow, Brugge e Nicosia? assim por exemplo? 

Editado por Kawhi Leonard

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Kawhi Leonard, há 1 minuto:

Copenhaga, Cluj, Roma, Wolverhampton, Brugge e Nicosia? assim por exemplo? 

Esses todos interessam. E muitos mais. Na verdade, só digo que não a Olympiakos (fui a Atenas na época passada, não preciso de regressar tão cedo), Leverkusen, Frankfurt e Wolfsburg (estou farto da Alemanha) e AZ (já lá fui na caminhada para a final da Liga Europa em Turim).

Ao resto digo que sim a tudo, com especial destaque para Brugge, Copenhaga, Cluj, Rangers, Ludogorets e Roma.

Compartilhar este post


Link para o post

Já estou como tu @Samaris com a sorte que temos, vamos mamar com um cromo repetido. 

Meu top3:

- Ludogorets

- Rangers

- Cluj. 

Mas vamos levar uma m*rda qualquer sem sabor 🙂 

Compartilhar este post


Link para o post

E viajar à quinta é mais fácil, com o bonus do fim de semana.

Tinha dito que não voltava a uma deslocação europeia na Liga Europa, mas já começo a mudar essa ideia :lol: 

Quero Brugges. Quero muito lá voltar, especialmente pela minha namorada. Nunca lá foi e vai adorar a cidade. Assim juntava o bónus de ver o Benfica 😄 

Editado por Almeno

Compartilhar este post


Link para o post

Não foi um dos meus destinos de eleição, tendo em conta todas as possibilidades em aberto, mas a Ucrânia é um país ao qual eu já algum tempo queria ir, por isso acho que é uma boa oportunidade para riscar do mapa.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Samaris, Em 16/12/2019 at 14:32:

Não foi um dos meus destinos de eleição, tendo em conta todas as possibilidades em aberto, mas a Ucrânia é um país ao qual eu já algum tempo queria ir, por isso acho que é uma boa oportunidade para riscar do mapa.

Para complementar, acabei por marcar os voos ontem. Primeira vez que vou à Ucrânia, mais um país para riscar na lista, e no scratch map. Nunca pensei que um dia iria a Kharkiv, mas lá estarei nesse fim do mundo. As expectativas estão altas... Obrigado, Benfica!

Compartilhar este post


Link para o post

Não sabia bem onde colocar isto, por isso vai mesmo aqui, no meu tópico.

Tinha esta camisola em casa, desde a época 2013/2014. Há dois anos que conheço uma pessoa que é familiar do Bernardo Silva, e nunca me tinha lembrado de lhe pedir para fazer chegar esta camisola até ele. Curiosamente, esta camisola, é também da última época em que o Bernardo esteve no Benfica.

Finalmente há umas semanas atrás essa ideia veio-me à cabeça. O Bernardo veio passar a noite de 24 a casa com a família, e aqui está a minha prenda de Natal.

 

DnyIR05.jpg

Editado por Samaris
Mudança de foto

Compartilhar este post


Link para o post

Raptavas o gajo e metias-o numa cave. Só saía para treinar e jogar com o manto sagrado.

Compartilhar este post


Link para o post

Não gostei de Kharkiv. Depois faço um post mais pormenorizado sobre a experiência de ter lá ido, mas esta deslocação não fica na memória, ou melhor, até fica só que não é pelos melhores motivos. Para mim, das piores deslocações europeias de sempre.

Compartilhar este post


Link para o post

UEFA EUROPA LEAGUE

Shakhtar Donetsk [2-1] Benfica

Confesso que por altura do sorteio apenas desejava que não tivesse de repetir nenhum destino. Bafejado pela sorte, o sorteio ditou uma ida a Donetsk, ou melhor dizendo à casa emprestada, localizada em Kharkiv. Do Estádio da Luz ao terreno do Metalist são mais de 4500km. Desde o momento do sorteio que percebi que Kharkiv seria apenas uma bandeira no mapa, pois o grande interesse do país estaria em Kiev. Dessa forma, e considerando as condicionantes dos dois amigos que me acompanharam, voámos na quarta-feira de Lisboa para Munique onde, após uma breve escala, voámos até Kiev. De Kiev para Kharkiv tínhamos duas opções: de carro ou de comboio. Confesso que a ideia de atravessar parte da Ucrânia me seduziu, mas, felizmente, os meus amigos têm um pouco mais de juízo e acabámos por nos deslocarmos de comboio (daqueles noturnos). 

jP9R5Mk.jpg

4:21 marca o relógio. Nós, outros 2 benfiquistas e aquela senhora. Do interior do comboio um cheiro a fossa, mas pelo Benfica um gajo sujeita-se a tudo.

Viajamos durante toda a noite e, a espaços, ia acordando com uns quantos barulhos sinistros vindos de demais compartimentos. Fiz aqui uma parte do interrail que nunca fiz 😄

Anyway. Kharkiv é uma cidade horrível. Não há rigorosamente nada de jeito e, como disse no início, servia apenas um propósito. Chegar, ver o jogo, descansar umas horas e arrancar para Kiev. E assim foi. Chegámos, descansamos um pouco, almoçámos e ainda tentámos passear um pouco. Confesso que antes do jogo não me cruzei com nenhum Benfiquista e rapidamente me apercebi que, uma vez mais, não existiria meeting point. Na verdade, a indicação dada seria a de sairmos na estação de metro do estádio. 

QONJbTe.jpg

aYFds9i.jpg

O estádio tem um aspecto simpático por fora. Porém, ao nível de conforto, é fracote. Aquilo que estão a ver do lado esquerdo é mesmo neve. O frio que se fazia sentir dentro do estádio é indescritível, ainda assim vi adeptos do Benfica em tronco nu. Relativamente ao jogo não me vou alongar, basta ver os posts relativos a outras deslocações. Quanto ao ambiente, tenho a salientar que os adeptos da casa são piores que os nossos em nossa casa. Se nos queixamos da falta de ambiente na Luz, então nem imaginem o ambiente que (não) existia neste Estádio. Pré-jogo (lá fora) fraco. Durante o jogo péssimo. No setor visitante não éramos mais de 50, mas de uma forma ou de outra sempre fomos cantando, mesmo a perder. Sinal mais para o facto de, desta feita, a malta ter feito um esforço para estar mais ou menos junta. O que preocupa é que não existe 'regeneração', isto é, são sempre as mesmas caras (bem sei que é caro ir ver o clube fora e que esta viagem era, logisticamente, um pesadelo). Será um sinal de uma falta de convicção na equipa nos jogos fora? Ouvi algumas pessoas, que costumam ir muitas vezes, dizerem que seria a última deslocação até começarmos a tratar com seriedade a Europa. Não censuro. 

Duas pequenas notas quanto à (in)segurança. Antes da partida, e apesar das centenas de polícias e militares, um dos meus amigos ficou sem o cachecol. A situação foi algo absurda, mas estávamos à porta do Estádio e uns tipos pediram-nos para trocarmos autocolantes. Tentámos explicar que não tínhamos. Eles iam insistindo, falando sempre em ucraniano, e nós respondíamos como podíamos. Entretanto, por estar de frente, apercebi-me que atrás dos meus outros dois amigos estavam a chegar-se 3-4 tipos. Ainda lhes disse "atenção que estão a fechar-nos" e conforme digo isto um deles saca do cachecol e começa a correr. Não foi pelo valor, mas pela estupidez, ainda por cima ele tinha trazido aquele para trocar 😄 . 

No final a coisa foi um pouco mais chata. Saímos para apanhar um Uber mas a rua à frente do estádio encontrava-se fechada. Estávamos sem net e a andar nessa rua que daria acesso a uma rua "principal". Nisto lá apanhamos um WiFi qualquer. Por nós passaram cerca de 10 casuais dos nossos. Passados uns minutos um deles vem a arrancar para trás à procura de polícia. Os restantes surgiram rapidamente depois, uma vez que um grupo de 30 ou 40 ultras deles andam escondidos nessa rua (carros/prédios) para nos atacar. Por sorte estava a passar um grupo do corpo de intervenção. Chamámos o nosso Uber e lá fomos. No dia seguinte lemos sobre as cenas de pancadaria. 

Bem, ainda na noite do jogo (5am) arrancámos (comboio) para Kiev, para aquilo que foram três dias bem passados. Kiev é uma cidade ao estilo soviético. Como tinha estado na Rússia não estranhei o que encontrei. Bastante menos fria que Kharkiv, padece de todos os males das cidades de leste. Existe uma certa animosidade (masculina) face aos estrangeiros (homens). E o inverso no feminino. 

z1bxL5R.jpg

Ficámos num Airbnb bastante bom, mesmo em cima da avenida principal (ali do lado esquerdo da imagem). É uma cidade boa para se passear e para andar a pé durante o dia. Acabámos por conhecer todos os must-see da cidade. Destaque para uma subida de 220 degraus que nos permitiu ver um por do sol diferente.

GoJAhwF.jpg

b65hZjD.jpg

À noite o centro e os bairros históricos iluminam-se. Sempre muito à volta das cores do país (azul e amarelo) e, ainda, do dourado dos monumentos religiosos.

MKDOPW0.jpg

Como disse, a cidade é bastante agradável para se passear. Presumo que com temperaturas mais quentes seja ainda mais agradável. Ainda assim, andei bastante a pé. Só para ir jantar e noite é que tendencialmente íamos de Uber. Como devem calcular têm muitas heranças bélicas - praças de independência, monumentos que honram os soldados caídos, etc.

No sábado tentámos ir ver o jogo do Dinamo contra o Poltava. Fomos para as imediações do estádio e, até 30 minutos antes do jogo, tudo parecia calmo. Tentámos saber onde podíamos comprar bilhetes, mas a barreira linguística não estava a facilitar. Ainda assim, duas miúdas, que perceberam que estávamos meios perdidos, vieram perguntar se precisávamos de ajuda. Lá explicámos o que queríamos e lá encontramos a bilheteira. Novo filme. Perguntámos pelo jogo e a tipa de lá respondeu em Ucraniano e apontou para um papel em...Ucraniano. Tirámos fotografia, levámos às miúdas e pronto: ficámos a saber que o jogo seria à porta fechada. Que balde de água fria. Ainda assim acabamos por dar uma volta pelo estádio e ver alguns dos troféus mais emblemáticos (notem o estilo dos ditos troféus).

3svcRK8.jpg

Q9ho5Wo.jpg

Relativamente ao que mais vos (me) interessa ( 😄 ). A primeira palavra que me ocorre é absurdo. Absurda a quantidade de mulheres bonitas com quem te cruzas durante o dia e a noite. Arrisco-me a dizer que 99% são loiras e todas elas têm olhos lindos. Muitas delas têm um olhar penetrante. Agora tempo de histórias. Um dos meus amigos, solteiro e bom rapaz, colocou-se logo em campo, fazendo recurso a tudo quanto a tecnologia permitia. Ao final de alguns minutos os matches iam-se sucedendo. Papinho vem, papinho vai, e tinha uns quantos dates marcados. Como éramos três, e só ele pode andar nestas vidas, nós combinámos que iamos com ele até aos lugares marcados - mas sempre à distância, estilo Mossad nos anos 70 - para garantir que não era um esquema ou assalto ou afins. Senti-me um verdadeiro agente secreto, a colocar em prática anos e anos de filmes sobre a CIA, Homeland, o Jason Bourne, e afins.

O primeiro date não aconteceu. A tipa disse "eu vou ter contigo, mas tens de pagar o táxi". Nope. Next. O segundo date durou 2 minutos. Combinaram num centro comercial. Nós ficámos no piso 1 e ele no piso 0. Entretanto eles vão a uma banca e puff...cada um para seu lado. No final ele explicou que lhe disse "vamos tomar um copo" e ela disse que sim. Mas depois ela perguntou se ele gostava de chocolate e ele retorquiu que claro. Então ela foi à dita banca pedir mais de 20 ou 30 euros em bonbons e chocolates e depois tanto ela como a empregada ficaram à espera que ele pagasse. E ele disse que não e ela disse "ok, bye". 😄 

Mas como não há duas sem três, o terceiro já correu melhor. Encontraram-se, foram a um bar (voltei a esse bar nessa noite) e ainda jantaram. Porém a tipa mal falava inglês e era desinteressante. Mas pronto, ninguém perdeu um rim e assim cai um pouco o mito.

A noite lá é muito à imagem do leste profundo (ali o leste mais militar e/ou soviético). Pouca simpatia por estrangeiros, para colocar as coisas num tom mais simpático. A modos que as primeiras duas noites foram algo sem sabor. Depois daquele terceiro date que correu menos mal, fomos ter com esse nosso Don Juan e ainda pensámos em ir sair, mas cedo percebemos que todos os caminhos levavam a casa. Note-se que ao lado de qualquer bar e/ou discoteca há um puteiro. A indústria do sexo é pesadíssima e a cada esquina oferecem-nos 40 mulheres (literalmente ouvi isso umas 10x por noite). É efetivamente um estigma para a sociedade.

E eis que chegamos a um momento curioso, que funcionou como cereja no topo da nightlife ucraniana. Confesso que até então senti que as saídas à noite estavam um pouco abaixo do esperado, em especial porque havia mesmo um sentimento brutal contra os estrangeiros. Ora na noite do dito 3º date do meu amigo, chegámos a casa e, perto das 01:30, o sono não vinha. Quando eles decidiram que queriam ir dormir eu optei por ir dar uma volta. Queria esticar as pernas e aproveitar a tranquilidade que se fazia sentir. Porém, ao chegar à rua principal vejo uma cabeça loira a sair de um táxi e, imediatamente, o táxi arranca e um sujeito - com algo na mão - a ir ter com ela. Começo como que a ouvir sons de aflição e acerquei-me daquelas duas almas. Apercebi-me, então, que ele estava a meter-se (vá, o termo era já a tentar agarrar na rapariga) e disse meia dúzia de palavras, umas em inglês (que ele não parecia entender) e as míticas "então crl, larga a miúda". Se as entendeu? Não sei. Mas rapidamente abalou. 

Papinho vem, papinho vai, ela explicou-me que há muitos turcos em brita infinita naquelas ruas. Perguntei-lhe se morava ali perto e se precisava que a acompanhasse. Disse-me que não, que tinha tido um "momento de criatividade [n.d.r mais tarde viria a saber que ela escreve nas horas vagas] e que gostava de passear à noite na rua". Eu pensei "fine, outra maluca", mas não pude deixar de reparar no inglês perfeito dela (nisso e em tudo o resto. Digamos que a Yulia era, grosso-modo, aquilo que vocês podem imaginar: alta, loira, olhos meios azuis-esverdeados, muito fit mas com curvas). Quando me preparava para abandonar perguntou-me se já conhecia os bares de Kiev. Disse-lhe que tinha estado num e que tinha gostado. Perguntou-me se queria ir beber um copo a outro. E lá fui. Acabamos por ir a mais outro bar e tive a oportunidade de ter uma verdadeira experiência local, pois entrei em sítios onde, por norma, não entram estrangeiros. Ela tinha vivido no estrangeiro, o que explica a qualidade do inglês e o facto de dar para ter conversas interessantes. Foi uma coincidência muito engraçada. Só foi chato o facto de ter ficado sem bateria e quando cheguei a casa eles estarem a achar que teria sido raptado 😄  

Em suma (ignorando Kharkiv):

  • Relação qualidade preço (restaurantes: 4/5)
  • Relação qualidade preço (Airbnb😞 3.5/5
  • Custo de vida (médio): 3.5/5
  • Quantidade/qualidade de pontos de interesse: 4.5/5
  • Overall: 3.8 (recomendo!)

E agora, como já tem sido um clássico, deixo-vos com a história mirabolante da deslocação.

Dia de regressar a casa. Todos atrasados - típico. Chamámos o Uber e entrámos sem ver (note-se que os ubers lá, na sua maioria, são carros que cá nunca passariam). Entramos e só passados uns minutos damos conta que ele tem o vidro da frente todo rachado, mas tudo bem. Ele está ao telefone (alta voz) mas parece pouco incomodado. Fala pouco ou nada inglês e pergunta-nos "where from?". Perante a nossa resposta o interlucotor do outro lado começa a gritar "Luis Figo, Cristiano Ronaldo, I love you". Ele desliga o telefone e oferece-nos cigarros enquanto gesticula algo que entendemos como "não se importam que fume". Na Ucrânia chegámos à conclusão que todos se metem, se atiram, conduzem em excesso de velocidade e vão às 6.000 ou 7.000 rotações. O Rasul não era exceção. Pormenor. Fazia-o apenas com uma mão no volante, pois a outra alternava entre o cigarro e o whatsapp ou tik-tok. 

0DueoaM.jpg

Nisto dá-se o momento. Na estrada rumo ao Aeroporto reparamos que a polícia está a mandar parar carros e, logicamente, o nosso foi mandado parar. Eu que ia com o meu amigo da Rússia só pensamos "here we go again". Arroz, outra vez. Eles pedem-lhe os documentos e ele sai do carro. Fica uns bons 10 a 15 minutos a falar com a polícia.

5fD5DAq.jpg

Neste momento os cenários que nos passavam pela cabeça eram múltiplos, mas todos com o mesmo desfecho: ou ficamos apeados ou vamos com a polícia para algum lado. A conclusão era sempre a mesma, lá íamos perder o avião. 

E eis que ele surge. Entra no carro, tira umas notas e começa a olhar para nós, a bater com uma mão (de lado) na palma da outra e a dizer "money, money". Como quem diz "amigos, vamos lá rachar isto". Ao que dissemos "no money". Percebemos que não era para pagar uma multa, mas sim para rachar um suborno. E aí sim pensámos: ardeu.

w3Jqp0J.jpg

Porém ele surge a correr triunfal, chegamos a tempo ao aeroporto e pronto. Fim de mais uma aventura. Que a segunda mão nos traga mais uma viagem.

Editado por w0

Compartilhar este post


Link para o post

És um rei @w0, a tua paixão pelo Benfica é incrível! Pá um dia gostava de fazer uma deslocação destas contigo e malta aqui do burgo, uma viagem cmptiana mas num jogo de Portugal num Europeu/Mundial 💪 

Tu e o @Samaris  estiveram juntos na bancada?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de FabioK, Agora:

Não sei quem é esse joao pedro que citaste oh Fajo, o homem agora é Samaris 😂

E eu já lhe tinha dito da outra vez. Ele até disse "estás sempre atento".

 

Aiii, aiiiii, sr, Fajo. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de w0, há 2 horas:

@Samaris como é? Já há adeptos no estrangeiro?

Eu penso que não, agora em Eindhoven foi decidido por todas as partes que não podia ir gente de Portugal, mas assim que souber algo mais concreto digo.

Estás a pensar em ir onde?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Samaris, há 1 hora:

Eu penso que não, agora em Eindhoven foi decidido por todas as partes que não podia ir gente de Portugal, mas assim que souber algo mais concreto digo.

Estás a pensar em ir onde?

 

Aos 3. Eu acredito que talvez as primeiras jornadas não seja possível, mas espero que mude. 

Compartilhar este post


Link para o post

UEFA CHAMPIONS LEAGUE

FC Dynamo Kyiv [X-X] Benfica 

A última deslocação - acho - europeia tinha sido para a Ucrânia (Kiev/Kharkiv). Quis o destino que no regresso aos estádios a primeira fosse, novamente, à Ucrânia. O desafio logístico para chegar lá foi curioso (tinha restrições de dias para voltar, e para ir só havia um voo direto que chegava às 3am). Resultado?

Lisboa - Roma (domingo à noite)

Roma - Kiev (Segunda)

Kiev - Colónia (quarta à noite)

Colónia - Lisboa (quinta às 6am).

Que seja o início de uma jornada europeia épica. Entretanto Munique e Barcelona estão marcados, agora é caçar os bilhetes quando for altura!

Compartilhar este post


Link para o post

Junta-te à conversa!

Podes publicar um comentário agora e registar-te depois. Se tiveres uma conta, autentica-te agora para publicares o teu comentário com a tua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   O conteúdo anteriormente introduzido foi recuperado..   Limpar

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...