Ir para conteúdo

Martini Branco

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    2.991
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    1,160 [ Doar pontos ]

3 Seguidores

Sobre Martini Branco

  • Data de Nascimento 22-04-1993

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está a ser visualizado por outros utilizadores.

  1. Sim, sem dúvida!! Queremos estar firmes e andar na luta pelo top4! O mau momento do Real, dá-nos algum alento. Vamos ver Deus te ouça Muito obrigado aos três
  2. A época começou a correr-nos de feição e o balanço que é feito até então é tremendamente positivo. Conseguimos resultados bastante satisfatórios, mas a realidade é que sentimos ainda algumas dificuldades perante equipas mais fortes e que joguem de igual para igual connosco. Procurei tornar a equipa mais coesa através de alguns ajustes táticos e chegamos ao Natal numa posição tranquila e que nos deixa orgulhosos. Meses de novembro e dezembro: Fomos sérios e competentes! Começamos mal o mês de novembro frente ao Maiorca. A jogarmos em casa, permitimos que os forasteiros conseguissem um empate. No entanto, brilhámos nos dois jogos fora de portas realizados neste mês; primeiro vencemos por 2x0 no terreno do Levante e depois (no derby do País Basco) fomos a Bilbao, vencer o Athletic também por 2x0, naquele que foi um dos nossos melhores jogos até então. Já no mês de dezembro conseguimos duas vitórias e uma derrota para a La Liga. Vencemos por 4x3 na receção aos madrilenos do Getafe, vencemos por 3x2 fora (num verdadeiro jogaço) o Villareal e consentimos uma derrota perante o Espanhol de Barcelona. Para a Taça do Rei iniciamos a prova com uma vitória expressiva (em tons de goleada) no terreno do Lealtad! Cumprimos, obviamente, com as expetativas e com o favoritismo que nos apontavam. Como dito anteriormente, chegamos ao Natal numa posição confortável. Queremos manter esta toada na segunda volta do campeonato, pois sabemos da qualidade que temos!
  3. Sem dúvida! A lesão do Iriarte é o ponto mais negativo, ao passo que a vitória em Madrid foi épica. Temos capacidade para conseguir o top4 e é nisso que iremos trabalhar Sim, há que abrir a pestana! Vamos lutar de forma acérrima pelo top4, disso podes ter a certeza. Muito obrigado a ambos
  4. Após uma pré-temporada extremamente interessada e pautada de excelentes apontamentos, era chegada a hora de começar a rolar a bola e de pormos em prática as boas ideias e o futebol positivo que desde cedo quisemos incutir. O objetivo é claro: queremos tentar inserir-nos na luta pelo top4 e pelo consequente apuramento direto para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Não será fácil, mas vamos dar a cara à luta! Meses de agosto, setembro e outubro: Os primeiros três meses acabam por ser francamente positivos! Começamos muito mal a época com uma derrota em Madrid perante o Atlético (muito pesada para aquilo que foi o jogo jogado, diga-se de passagem). Melhorámos e conseguimos um score de quatro vitórias consecutivas. Goleámos o Celta de Vigo, vencemos confortavelmente em Tenerife, goleámos o Málaga e vencemos de forma inteligente na receção ao Almería. Nestas cinco primeiras jornadas, mostramos uma capacidade ofensiva muito interessante. Na sexta jornada caímos com estrondo. Fomos até Valencia e vimos os locais vencerem-nos com facilidade por 3x0. Fomos impotentes e demonstramos algumas debilidades defensivas. Mais uma vez era importante ter uma reação positiva e conseguimos golear por 7x1 em Gijón, naquele que foi o nosso melhor jogo da época até então. No entanto, a jornada seguinte em Barcelona mostrou-nos que há equipas que estão claramente num patamar superior. Os blaugrana dominaram-nos e venceram-nos com toda a naturalidade. Reagir era muito difícil e montei a equipa de forma extremamente defensiva na deslocação a Madrid para o confronto com o Real Madrid. Sofremos muito durante os noventa minutos e vimos o nosso guardião Róbson fazer uma exibição fenomenal, mas conseguimos vencer por 1x0. Que orgulho nestes homens! Finalizamos esta série de resultados com dois jogos em casa: cedemos um empate perante o Sevilha (num jogo onde fomos superiores) e vencemos o Osasuna. Estamos na luta pelo top4 e até ao momento, apresentamos um score positivo. Queremos continuar nesta senda, de modo a nos demonstrarmos como uma certeza na luta que queremos travar! Lesão grave: Tivemos o infortúnio de ver um dos nossos jovens valores a contrair uma lesão extremamente grave e que nos prejudica, até porque estava a assumir-se como titular no centro da defesa.
  5. Veremos se sim. Penso que com uma boa época conseguiremos esse objetivo Não será assim tão linear, mas queremos complicar as contas às equipas mais fortes Muito obrigado a ambos
  6. Pré-temporada de grande nível realizada e com indicações muito interessantes a serem transmitidas. É certo que estou longe de ter o plantel que quero ou que penso poder ter no futuro, ainda assim, temos alguma qualidade e globalmente um plantel bastante razoável. Pois bem, vou apresentar-vos (portanto) o nosso elenco: Temos um total de 24 jogadores. No geral, procurei ter duas opções razoáveis por cada posição, de modo a evitar que lesões ou castigos nos possam prejudicar muito. Depois há alguns jokers no plantel, e tenho ainda o caso de Janderson (que é estrangeiro e não está inscrito para a La Liga, uma vez que Róbson, Morato e Ayling ocupam essas vagas). Na Baliza: Róbson foi o nosso reforço mais caro e será dono e senhor do lugar. Para suplente chegou o veterano (experiente) Unai Simón. Na lateral direita temos o nosso melhor jogador. William Martinéz será titularíssimo e um dos pilares da nossa equipa. O emprestado Gabril Núñez será o seu suplente natural. Na lateral esquerda temos dois jogadores de idade avançada, mas que oferecem experiências. Wijndal parte como favorito para a titularidade, ao passo que Poulsen se apresenta como um suplente de qualidade razoável. No centro da defesa, Martín Campa e Morato partem como favoritos, contudo Iriarte é um jovem de valor que terá as suas oportunidades. Cantero será quarta opção. No lado direito do meio campo, Azzouzi (que já foi meu jogador em Bérgamo) será o provável titular. Fran Pérez é o suplente natural e Muñoz poderá também fazer esta posição. No lado esquerdo do meio campo, Petar Stojkovic será titularíssimo e verá Kolici ser o seu suplente. No centro do meio campo temos bastantes opções. Cléber será o nosso número 8, tendo Caqueret como seu suplente. Na posição número 10, jogará Jorge Contreras, no entanto, temos ainda a excelente opção chamada Oyzarzábal (será sempre uma espécie de um 12º jogador). Janderson poderá ser opção em jogos da Taça do Rei (uma vez que não conseguimos terminar o seu empréstimo). Para a frente de ataque temos cinco opções credíveis. Fausto Muñóz parte como favorito para fazer dupla com Alan Ayling. No entanto, Jorge Goti tem muito potencial e será várias vezes chamado à titularidade. Evanílson e Iker Mártin (está descontente no clube) serão opções de recurso).
  7. Procurei realizar uma pré-época com várias jogos e perante equipas de diferentes valias, de modo a poder perceber quais as nossas capacidades e acima de tudo quais as nossas debilidades e as arestas que existiriam por limar. No total foram agendados oito jogos e tivemos um saldo tremendamente positivo (uma vez que vencemos esses mesmos oito jogos). Começamos por golear à moda antiga o Olympiakos. Depois realizamos um amigável contra uma equipa dos escalões mais baixos de Espanha e conseguimos um resultado muitíssimo volumoso. Numa segunda fase da pré-época, procuramos defrontar equipas espanholas: primeiro batemos o Almería e depois o Celta de Vigo (equipa da nossa divisão). O amigável mais nostálgico foi jogado perto do final de julho. Fomos até Frankfurt e consegui bater a minha ex-equipa num excelente jogo de futebol. Vencemos também o Gent, o Lask Linz (de foma estrondosa) e a Lazio. Estão deixadas excelentes indicações daquilo que poderá ser a nossa época, contudo, sabemos que teremos rivais de peso que nos vão complicar (e muito) as nossas contas. A capacidade financeira do Barcelona é uma coisa abismal. Os blaugrana gastaram uma exorbitância no reforço do plantel e são os principais candidatos ao título. Real Madrid e Atlético de Madrid são igualmente clubes que abrem cordões à bolsa. Nós fizemos um mercado calmo e inteligente, até porque não dava para entrar em grandes (ou nenhumas loucuras).
  8. Muito obrigado parceiro @Tuckius E também pelo jeitinho na banner. As coisas aos poucos irão compôr-se! Tenho a certeza de que sim
  9. Sim O Unai vem em fim de carreira com 35 anos, ao passo que o Morato está com 31 (mas ainda com qualidade para ser o nosso patrão no eixo defensivo). O lateral Martinéz já cá estava e é um senhor jogador Muito obrigado a ambos
  10. Nantes e Nimes complicaram (e de que maneira) as tuas contas, mas a realidade é que não existem equipas perfeitas, muito menos sem perderem pontos. Para já, está tudo equilibradíssimo e tens o PSG à perna! Será (com toda a certeza) um campeonato extremamente duro e decidido nos detalhes. Espero sinceramente que consigas ser mais forte! Na Liga dos Campeões, excelente trabalho e excelentíssima postura! Estás nos oitavos de final e agora será permitido (e absolutamente normal) sonhar!
  11. As coisas não começaram nada bem e confesso que quando vi a primeira série de resultados, temi o pior. Contudo, estão já a haver claras melhorias e isso traduz-se numa subida considerável na tabela classificativa Será importante manter esta regularidade para conseguir (quem sabe) chegar às posições de acesso ao play-off.
×
×
  • Criar Novo...