Ir para conteúdo

Joao Pereira

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    18.168
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    1,392 [ Doar pontos ]

Sobre Joao Pereira

  • Data de Nascimento 26-08-1994

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Origem
    Porto

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está a ser visualizado por outros utilizadores.

  1. só mesmo para quem está totalmente a leste da modalidade é que isso é surpresa. um dia profundamente triste para a modalidade, provavelmente a melhor mente que o jogo já conheceu em Portugal. individuo cuja atitude nunca refletiu o carácter de outros pacóvios que representam o Porto em posições de liderança. talvez por isso seja contestado. se entrasse no exercício de apontar o dedo, de arranjar subterfugios e de defletir responsabilidade, talvez fosse valorizado de outra forma. já é cultural, dificilmente muda. acompanharei o seu trabalho para onde quer que vá, podendo apreciar sem ter de ler/ouvir postas de pessoas que não entendem conceitos básicos do desporto. ganhamos todos. acrescento apenas que ao contrário do que alguns artistas andam a perpetrar, não são 2 campeonatos em 13. são 2 em 9. 2 anos passados na Proliga, outro nem isso, com o Dragon Force a recuperar uma secção em extinção e outro campeonato cancelado devido ao COVID.
  2. não encontro a gama de recondicionados da globaldata. podes enviar url? obrigado. oops, talvez estivesses a responder ao outro jovem.
  3. o que é anda a bater nos recondicionados? queria comprar 2, se tiver de mandar vir do estrangeiro talvez compense as taxas.
  4. há rumores de que havia problemas internos e como se sabe, quando se perde o grupo, dificilmente há volta a dar. a própria sequência de vitórias que mudou o figurino da temporada é enganadora. fora a vitória sobre os Titans, todas as outras eram "obrigatórias". não apaga o início catastrófico. junta-se a isso o constante reboliço de coordenadores e começa-se a compreender. e quem são esses jogadores insubstituíveis? NFL é top heavy, substitutos aparecem e desaparecem consoante o vento. profundidade é util, mas quando se drafta nas 5 primeiras rondas, pensa-se em escolher titulares. a incógnita do QB acaba por ser o mais dificil de prever. Tua teve momentos. muito bons, muito maus. o problema é que a incógnita advem não necessariamente apenas da sua performance, mas da envolvencia. vejamos o ano passado. jogo em corrida? nem ve-lo. agora há Edmonds, Mostert e linha melhorada. tempo para deixar desenvolver jogadas e alargar playbook? 0 e 0. uma das piores linhas da liga (lol jesse davis, lol austin jackson). agora tem um dos melhores LT da liga e um LG novo. receivers? tinha Waddle e Gesicki. Fuller, Parker e Williams quase a epoca toda no estaleiro. agora tem um WR de elite e dois dos outros 3 de volta. portanto agora sim, reitero, make it or break it. e como tu bem dizes, se não produzir o expectável, atacam um veterano creditado e tem mais 1 ou 2 anos com este core. reitero também que a base da equipa é a defesa. caso a produção dessa fase se mantiver nos tramites da época passado, se o ataque produzir 20 pontos, em teoria estarão na discussão de qualquer jogo. e isso até um tipico QB estilo game manager consegue se tiver armas. vide Goff.
  5. não querendo ser fanboy, nem necessariamente discordando do que disseste, vou contrariar a ideia por trás do teu take. efetivamente não se pode dizer que esteja a um WR do título. no entanto, tendo em conta que a base da equipa é a defesa, tendo em conta que há grande expetativa por detrás do novo coaching staff, tendo em conta os investimentos no backfield (Edmonds), linha ofensiva (Armstead) e retenção de talento, tendo em conta que o QB ainda está em rookie deal (e em ano de make it or break it), a timeline é agora. picks podem ou não dar em alguma coisa. mais a mais, tendo em conta os ultimos 20 anos, há prontidão em voltar aos playoffs. subir a expetativa é positivo e para isso é preciso criar condições.
×
×
  • Criar Novo...