Ir para conteúdo

KO PrizeFighter

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    3.027
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    1,927 [ Doar pontos ]

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está a ser visualizado por outros utilizadores.

  1. Ah sim lutou, pensei que estavas a falar do CW. Desde a Wrestlemania os combates que tive pelo título mundial foram: Adam Cole vs Corbin Adam Cole vs Edge (duas vezes, na segunda o Roman fez cash in) Roman vs Cena Roman vs Owens Roman vs Cesaro O Seth chegou bem mais novo à WWE e foi escolhido para ser uma das caras da empresa durante 2 décadas. Naturalmente já fez mais. Ainda assim, com poucos anos de casa, o AJ já tem um palmarés de top. Essa fase da house that AJ Styles built foi no início da brand split e ele era heel. Depois disso, como face, foi campeão mundial por um ano inteiro. São os dois top, mas coloco o AJ um pouco acima do Rollins, e o Bryan um pouco acima dos dois.
  2. Cena? No geral o AJ está claramente acima. E olha que mesmo na WWE, se considerarmos que o Rollins até tem bem mais anos de casa que o AJ... Verificando na Wikipedia (e vou contar todos os que lá estão porque já é complicado distinguir quais os títulos que foram conquistados depois de começarmos o booking) e juntando o que já ganharam aqui, temos os seguintes resultados: Títulos mundiais - Rollins 6 - AJ 4 IC/ US - Rollins 3 - AJ 4 Tag team - Rollins 6 - AJ 1 A nível de títulos individuais estão bem equilibrados, e o Rollins tem mais 5 anos de casa que o AJ. Em comparação ao título mundial, o 21st será sempre de 2º plano, e tem mesmo que ser.
  3. Sim é verdade, mas neste momento também não ia fazer nada na CW division. Isto foi escrito bem antes do Smackdown ter dado uma volta de 180º com piruetas. Acho que nunca disse que um babyface não deve falar assim. Mas é diferente fazer uma promo destas cheia de paixão ou dizer "é uma grande honra estar aqui a inaugurar esta arena". Tipo são wrestlers, não são mascotes. Talvez um dia aconteça. Quero manter o Cena até à Mania. Se me mandares os que falámos, eu avanço. Não é essa a questão. Os Geniuses só estão frustrados porque nem entraram no torneio das tag teams. A esta altura acho que já ninguém acredita que o Rey ganhe alguma coisa. Mas com bom build, quem sabe o que pode acontecer. Mas para agora há planos já fechados e é o Finn que vai lutar com o Neville. Estão desde o draft, e já lutaram algumas vezes. Tendo em conta que a usaste dessa forma, despromovendo-a a esse spot, eu tenho que seguir a narrativa. Não ia passar aí um ano a perder para a Lacey e a Liv em shows semanais e chegar aqui e ser a máquina que era no NXT. Desceu o Sheamus, subiu o Riddle. Não gamou, ele viu o pé do Roman mas não conseguiu travar a tempo a contagem. No entanto assim que se apercebeu disse logo que não tinha acabado. Aqui nunca usei a parte do "Tribal" Clean demais? O Cesaro levou um superkick dum Uso e ainda levou um low blow do Roman. Ficaste picado XD Eu nem concordo que o CW seja o título com mais interesse como o Ilídio disse, mas este exercício não abona a favor do teu ponto. Bryan e AJ estão acima de qualquer um desses, seguidos de perto pelo Rollins. De seguida Big E, Keith Lee e Finn talvez no mesmo patamar. Não concordo. Pelo 21st lutam as Embers, Laceys, Naomis e Dakotas. Pelo título mundial as Biancas, as Tonis, as AJ Lees... nunca o primeiro grupo tem o mesmo star power. Se a Ember for lutar pelo título mundial, tem que fazer double duty no PPV, que nos meus PPVs os títulos são todos defendidos.
  4. Não, mas isto tem outro objetivo que vai ficar claro brevemente. O Metalik está junto com o grupo, o ataque inicialmente foi ao Kalisto e ao Lince. Neste momento também a CW division já tem combate marcado para o PPV, o Metalik não ia propriamente fazer grande coisa. Não é fácil bookar pai e filho sem ter o Rey sempre preocupado com ele. Talvez no futuro venha a ser heel, mas por agora preciso dele como babyface. Aguentaram 5 minutos, not bad. Leva mais tempo a ficar pedrado do que levou a ganhar o combate. O Heyman explica porque é que ele quer outro combate. Não quer avançar sem o vencer definitivamente, e o último combate foi um empate. Foi só um spear, é das manobras mais seguras de levar. Com cuidado é só um abraço que acaba no chão.
  5. Quis mesmo fazer algo que mostrasse que esta era a noite dele, e esta parte inicial era para aumentar a crença de que realmente era hoje que ele lá chegava. Já têm problemas desde o Survivor Series. De qualquer forma, mais tarde a UE também atacou o Owens e o Sami, basicamente estão a bater em todos os que passam. É uma das feuds que se avançar com o Tuesday Blast, é lá que vão acontecer. Não gera muito interesse, mas quando acabar, pelo menos uma equipa do undercard terá uma vitória. Ou então pode acontecer algo diferente... Quem é que manda trazer os filhos para o trabalho? Tenho mais heels que faces nesta faixa do card, não faria grande sentido passar o Dijakovic a heel agora. Vamos ver, vamos ver... na semana passada pensavas que era a fingir. Alguém acreditava que os Ascension ganhavam? XD a brawl depois tinha mais storytelling para contar do que o combate, O Enzo até tem andado controladinho. Não é aquele nojentinho que era no início. Pôs-se com coisas que ia ganhar em 5 segundos e saiu-lhe o tiro pela culatra. Quis mostrar a diferença entre os dois rookies. O Steiner vem no fim do combate para cumprimentar o adversário, o Theory vem para o atacar. E a Sasha não veio. Se calhar é a sério... Isto ainda vai escalar, pode ser que comece a interessar-te mais. Também nem todas as feuds agradam. Foi só um spear para lhe mostrar que devia ter estado quieto. O Cesaro já era o #1 contender há um mês, se esperasse pelo PPV seriam dois meses de feud mas sem combate, e corria o risco de acontecer o que eu critico no NXT. Além de que o Cesaro não é gajo para carregar uma feud com promos, pelo que quis fazer o combate. Agora resta saber se o Cesaro tem outra hipótese ou se o Roman segue para outro desafio.
  6. WWE Monday Night Raw – 15 de Novembro de 2021 – Wells Fargo Arena, Des Moines, Iowa WWE Champion – Roman Reigns WWE World Women’s Champion – Bianca Belair Raw Tag Team Champions – Knights of the Law Raw Cruiserweight Champion – Neville Intercontinental Champion - Jacob Fatu 21st Century Champion – Ember Moon Tom Phillips: Welcome everybody, to Monday Night Raw. Tonight can change the entire landscape of Monday Night Raw, given that Cesaro is determined to win the WWE Championship and ending the domination of the Samoan Empire. Theme do Cesaro Cesaro vem para o ringue, mas ainda não é para combater. Cesaro: Everyone has been telling me all week: “Cesaro, next Monday will be your night. This is it”. I can certainly say one thing, I appreciate the love and support from everyone, but for the last 22 years, every single night that I could step in a ring was my night. For 22 years I busted my ass putting on the best performance I could, and it didn’t matter for who was it. Whether it was for 30 people in bingo halls, for 500 on other companies or for 15000 thousand every Monday for the last 11 years. It didn’t matter whether you were watching me from the front row, from the last row, or from home on TV, I’ve always put my body and my soul in every match, out of respect for every fan, out of respect for every opponent, and out of respect for myself. You see, I was always thought that if it’s not to be the best, there’s no point on doing this. And tonight, after 22 long years, I’ll finally get to say that I’m the best and I will be holding the WWE Championship over my head to prove it. Theme do Kassius Ohno Ohno junta-se a Cesaro no ringue e cumprimenta-o. Ohno: Cesaro, man, I’ve known you for longer than anyone else in this company. Long before either of us were in the WWE, I always knew that this was your dream and your destiny. And tonight, I’m blessed enough to see you achieving your life-long goal and becoming the WWE Champion. Theme do Tyson Kidd Para surpresa de todos, Tyson também está aqui esta noite. Ele vem para o ringue, cumprimenta Ohno e dá um sentido abraço a Cesaro. Tyson: Everyone can be sure of one thing, I fought side by side with this man for years and I can say without a doubt that there is no one that deserves this more than him. It took you longer than it should, my friend, but tonight you have your chance, and I know you will make the most of it. Now, we all know that Roman has his Empire by his side, and they will certainly all be in his corner for the match, so how about you have your own, let’s call it Cesaro Section, by your side, and me and Ohno are on your corner, to watch you fulfilling your destiny, and become WWE Champion? Cesaro: Sounds good to me. Cesaro volta a abraçar Tyson e Ohno, e não podia haver mais motivação para o main event. -- Vemos agora um vídeo de EC3. EC3: For over a month all I’ve been hearing is Dijakovic wanting a rematch against me. And do you know why I’ve been saying no? Because I’m a winner, and I defeated him already. And a winner doesn’t look back, he just gets the W and moves on. However, tonight I have to beat him again to reach the semi-finals of the tournament, and so I will do. And after that, Dijakovic will definetly be a closed chapter, I’ll go through Rex Steiner, win the whole tournament and at Armaggedon I will become the new Intercontinental Champion, because I deserve it. -- Passamos ao ringue para o primeiro combate da noite. Hardy Boyz vs No Longers Jeff começa o combate com Ricochet, e na fase inicial a experiência leva a melhor, e Jeff consegue ter mais ofensiva sobre Ricochet. Eventualmente Matt entra em combate e a certa altura Ricochet vira o jogo a seu favor, e os No Longers encurralam Matt no canto. Ricochet e Aleister vão fazendo alguns tags e durante algum tempo castigam Matt. Pouco depois Aleister prende Matt num anti-cross, e este vai-se esforçando para resistir à dor, mas acaba por começar a perder as forças e fica de joelhos. Jeff incentiva Matt para não desistir, e começa a puxar pela crowd, e Matt aproveita o apoio para reunir forças, consegue levantar-se e vai tentando chegar ao canto. Não consegue, mas deixa-se cair para trás o que obriga Aleister a largar a manobra. Matt continua a arrastar-se para o canto e chega ao tag ao mesmo tempo que Aleister faz o tag com Ricochet. Eles entram no ringue e Jeff vem com tudo, acerta uma clothesline, um front dropkick e aplica um sit-out jawbreaker. O combate segue mas pouco depois, graças a uma distração de Daniel Bryan, os No Longers assumem o controlo. A certa altura Ricochet está legal com Matt, e Matt consegue aplicar o side effect. Ele vai para fazer o tag com Jeff mas Aleister entra no ringue. Rapidamente o árbitro sai ao caminho de Aleister para o impedir de fazer algo, mas é só para o distrair, pois fora do ringue, Bryan puxa o pé de Jeff e este cai para o ringside, batendo com a cara na apron. Matt vê isto e sai do ringue, e começa a discutir com Bryan. Mas de repente Ricochet e Aleister vêm a correr do ringue, e Ricochet acerta um suicide dive em Matt e Aleister um triangle moonsault plancha em Jeff. Ricochet mete Matt de volta no ringue, sobe ao canto superior... 630 senton. 1...2....3 os No Longers vencem e avançam no torneio, onde vão enfrentar os Usos. Os No Longers celebram a vitória, e estão um passo mais perto do Armageddon. Eles saem depois do ringue, mas do meio da crowd saltam três encapuzados que os atacam. Com vários socos e pontapés, Bryan, Aleister e Ricochet ficam estendidos no chão, e rapidamente vêm vários seguranças para afastar os atacantes. Eles não resistem, e até pedem calma aos seguranças. Retiram as máscaras e revelam ser... Cole, Fish e O’Reilly. A Undisputed Era a mandar uma mensagem forte aos No Longers. -- Passamos ao backstage com Charly Caruso e a Lucha Party. Charly: Gentleman, last week after your match against the Undisputed Era, you were viciously attacked by the Geniuses, any idea why? Antes que eles consigam responder, Ryder e Hawkins aparecem por trás e empurram Metalik de cabeça contra a televisão que estava ao lado deles. Kalisto e Lince partem para cima deles e temos aqui uma brawl de 2 vs 2. Após uma troca de socos, são os Geniuses que levam a melhor, e voltam a deixar os membros da Lucha Party estendidos no chão. -- Voltamos ao ringue para o segundo combate da noite. Finn Balor vem primeiro para o ringue, e segue-se Rey Mysterio, acompanhado por Dominik. Rey Mysterio vs Finn Balor Começa o combate e Rey sai logo ao ataque, com vários low kicks e nota-se claramente que quer castigar Balor. Rey começa bem o combate mas eventualmente Finn dá a volta à situação, ao puxar Rey pela máscara e atirando-o contra a turnbuckle. Finn assume o controlo e o combate segue. Dura uns bons 15 minutos, com ofensiva de parte a parte, e algumas near falls. Ao longo do combate é Finn que está por cima durante mais tempo. A certa altura Rey acerta-lhe um dropkick nas costas e Finn cai para as cordas. Rey apanha balanço, todos sabem o que aí vem... 619. Rey sobe ao canto superior, lança-se para cima de Finn... mas ele desvia-se e Rey fica em dificuldades. Estão os dois no chão, e Dominik puxa por Rey para este se levantar primeiro. Rey acaba mesmo por se levantar primeiro, mas quando vai virado a Finn este surpreende-o com um small package, 1,2... Rey safa-se, levantam-se os dois e Finn acerta um Pele kick. Rey rebola para fora do ringue e Dominik ajuda-o a levantar-se. Só que entretanto Finn vem a voar do ringue e acerta um tope con hilo sobre os dois. Finn agarra em Rey e atira-o para o ringue, mas vê que Dominik se está a levantar, e corre virado a ele a toda a velocidade, acertando um shotgun dropkick que atira Dominik violentamente contra os degraus de aço. Rey viu isto e enerva-se, aproxima-se das cordas e usa-as para acertar um assai moonsault para fora do ringue em Finn. Rey está muito enervado e pontapeia repetidamente Finn, e empurra-o contra o poste do ringue. Rey vai depois verificar como está Dominik, e enquanto isto, Finn regressa ao ringue, já que o árbitro está a fazer a contagem. Ao ver que Dominik está bem, Rey também regressa depois ao ringue, mas é supreendido por Finn que vai virado a ele e acerta o slingblade. Finn agarra em Rey... 1916. Ele vai agora ao canto superior, Rey está em posição... COUPE DE GRACE. 1....2......3 Finn Balor vence e vai defrontar Neville no Armageddon. Finn celebra a vitória com muita arrogância antes de se ir embora. Depois disso, Dominik regressa ao ringue para ajudar Rey, e este fica ali um pouco sentado no ringue, pensativo e desiludido. Intervalo Dom Dijakovic vs EC3 Aqui temos um combate muito físico, com muita raiva à mistura e dois lutadores a meterem a sua máxima força em cada golpe aplicado. Dijakovic começa melhor, e depois de alguns socos, aplica um sidewalk slam. Eventualmente EC3 recupera e também consegue ter muita ofensiva. Os dois vão dividindo o controlo do combate, e durante cerca de 10 minutos vão-se atacando, plantam-se no chão com spinebusters, powerbombs, suplexes... ambos ficam perto da vitória aqui e ali, mas o final do combate chega quando EC3 coloca Dijakovic nos seus ombros para o TK3, mas Dijakovic desliza-lhe pelas costas, mete-lhe a mão ao pescoço para um chokeslam, mas EC3 dá-lhe um pontapé no estômago, saca um roll-up e agarra-lhe os calções sem que o árbitro veja. 1...2.... Dijakovic safa-se. Os dois levantam-se rapidamente, EC3 tenta mais um pontapé, mas Dijakovic apanha-lhe a perna e abana a cabeça a dizer-lhe que desta vez não. Dijakovic mete-lhe a mão no pescoço... chokeslam. Agarra agora em EC3, mete-o nos seus ombros... FEAST YOUR EYES. 1...2.....3 Dijakovic finalmente vence EC3 e segue em frente no torneio. Dijakovic festeja a vitória, até que toca a música de Rex Steiner. Os dois vão-se enfrentar na próxima semana, Rex vem para o ringue e fica frente a frente com Dijakovic. Há alguma tensão, mas Steiner estende-lhe a mão para o cumprimentar. Dijakovic olha para ele e cumprimenta-o, e Steiner mostra aqui sinais de respeito pelo seu próximo adversário. -- Passamos para o backstage onde vemos Bayley a andar pelos corredores. Ela anda à procura de Sasha Banks e vai perguntando a alguns membros da produção se a viram. Eventualmente lá a encontra. Bayley: Sasha, I’ve been looking for you. I couldn’t talk to you all week. What was that about last Monday? Sasha: Hey I’m sorry Bayley, last week I wasn’t in a good mood and I ended up taking it on you. Bayley: So we’re good? Sasha: Yeah we’re good. But listen, I stand by what I said. When it comes to the WWE Women’s World title I don’t have any friends. I will win it at Armaggedon, and there’s no Money in the Bank contract that will take it from me. Bayley: We don’t have to worry about that now. We have a bigger problem, Toni Storm is still nagging me to get a match. Sasha: I’m sorry Bayley, but that’s not our problem, it’s yours. I have to be totally focused on my match at Armaggedon if I want to come out of there as champion. -- Voltamos ao ringue para mais um combate do torneio de tag teams. Kevin & Sami vs The Ascension Este combate não é muito longo, durante apenas uns 4/5 minutos. Os Ascension surpreendem na fase inicial ao atacarem Sami assim que a campainha toca, mas após um pequeno período de dominio sobre este, Sami conseguiu recompor-se e chegar ao tag com Owens. Após alguma troca de manobras, a vitória chega naturalmente para Kevin & Sami após um stunner de Owens em Konnor. Kevin & Sami festejam a vitória que lhes assegura a passagem à próxima fase, onde vão enfrentar a Undisputed Era. Mas não festejam por muito tempo, porque do nada, aparecem atrás deles Adam Cole, Kyle O’Reilly e Bobby Fish, todos com olhar de stalkers. Quando Kevin e Sami se apercebem já é demasiado tarde e os membros da Undisputed Era partem para cima deles. Kevin e Sami resistem mas estão em desvantagem numérica e a Undisputed Era leva a melhor. Mas de repente vêm os No Longers a correr rampa abaixo. Ricochet usa as cordas e lança-se logo num slingshot crossbody sobre Bobby Fish, ao passo que Bryan e Aleister partem para cima de Cole e Kyle. Há alguma troca de golpes, Ricochet ajuda Bryan a livrar-se de Kyle e atiram-no para fora do ringue, mas assim que se viram, Bryan come um helluva kick de Sami Zayn que regressou ao ringue. Entretanto Aleister acertou um black mass em Cole, mas Owens também regressou ao ringue e acerta-lhe um stunner. Ricochet, por sua vez, começa a trocar socos com Sami, mas este consegue empurrá-lo na direção de Owens, que o atira ao ar e aplica um pop-up powerbomb. Kevin e Sami deixam assim todos os outros no chão, e vão rampa acima, perante os olhares tanto da Undisputed Era como dos No Longers, que estão espalhados pelo chão no ringue e no ringside. Chegados ao topo da rampa, Kevin e Sami olham para todos eles, e fazem o gesto com as mãos indicando que em breve terão os títulos nas suas cinturas... DOUBLE SUPERKICK. Os Usos aparecem por trás e mostram que quem ri por último, ri melhor, e são eles a ficar por cima. -- Passamos ao escritório de Renee Young, onde chega Enzo Amore. Renee: Enzo, what can I do for you? Enzo: Renee, honey... Renee: We’ve talked about that Enzo, watch out your manners. Enzo: Right, sorry. You see, I was just talking to some guys in the production truck, and they showed me the poster of Armageddon and Asuka is not in it. What I fail to understand is why, given that she will win the WWE Women’s World title there. Renee: Well I admire the confidence, but Asuka is not even on the event yet. Enzo: Yeah let’s talk about that. When will she have her match to qualify for the Elimination Chamber? Renee: That will be next week. Enzo: Perfect... all is good now. You can start putting my client’s face on every single piece of advertising for Armageddon. Enzo começa a abrir a porta para ir embora, mas volta-se para Renee. Enzo: Oh by the way, who is Asuka facing next week? A câmera afasta-se e vemos que à porta estava... Ember Moon. Ember: Well well well, we meet again. You can let your client know that she won’t go to Armageddon, because I will. There I will make history and become the first ever 21st Century AND WWE Women’s World Champion. -- Voltamos ao ringue para mais um combate. O vencedor deste irá enfrentar Austin Theory na próxima semana. Theme do Sheamus Sheamus vem para o ringue, muito sorridente e confiante. Segue-se Matt Riddle, que vem bem disposto como sempre. No ringue, Sheamus vai avisando-o “Smile all you want, Riddle. I’m gonna beat you in 5 seconds.” Matt Riddle vs Sheamus Ding ding ding, toca a campainha, Sheamus corre virado a Riddle para o brogue kick... mas Riddle desvia-se, roll-up, 1...2....3. Choque total de Sheamus, Riddle é que o venceu em 5 segundos. Riddle está extasiado e Sheamus nem quer acreditar no que aconteceu. Enquanto Riddle festeja a vitória, Sheamus manda vir com o árbitro, tentando alegar alguma coisa que permita recomeçar o combate, mas sem sucesso. Sheamus enerva-se, vê Riddle a celebrar no canto superior e ataca-o pelas costas, fazendo com que caia para o ringside. Riddle deu uma queda feia e Sheamus fica contente com isto. Ele sai também do ringue, começa a bater no peito enquanto espera que Riddle se levante, corre virado a ele... BROGUE KICK. MAS RIDDLE BAIXOU-SE E SHEAMUS ACERTOU NO POSTE DO RINGUE. Sheamus fica cheio de dores e Riddle escapou, volta a tocar a música dele e ele vem rampa acima a celebrar, mas a demonstrar sinais de estar com dores devido à queda. Riddle chega ao stage e levanta os braços virado para a crowd, mas atrás dele surge Austin Theory... LOW BLOW. Theory agarra depois em Riddle, mete-o nos ombros... unproven cutter. Theory deixa assim o seu próximo adversário estendido no chão, e lá aparecem as suas duas amigas, ele agarra-se a elas e vai-se embora. Intervalo Theme da Toni Storm Toni vem para o ringue com o seu guarda-chuva. Toni: Bayley, Bayley, Bayley... you know I’m not done with you, right? So if you’re done faking discussions with Sasha, why don’t you get your ass in this ring and we solve this once and for all? Theme da Bayley Bayley vem a falar a caminho do ringue. Bayley: So much hostilty. Toni, that’s not how you get what you want. If you want a match against me, you gotta tell me what’s in it for me. Toni: To be perfectly honest, there’s nothing in for you, but you have everything to lose if you keep dodging to this match. Bayley: Oh yeah? How so? Toni: Fight me, I kick your ass once and we’re done. Keep dodging, and I’ll keep chasing you everywhere you go, until that clock on your money in the bank contract runs out. Bayley: Or... I can just be the one putting you out for good. Bayley tenta acertar com a mala em Toni, mas esta desvia-se e acerta-lhe com o guarda-chuva, uma e outra vez. E outra, e outra... Toni usa depois o guarda-chuva para prender um crossface em Bayley, que grita desesperadamente: “SASHAAAA, WHERE ARE YOU? HELP MEEEE”. Mas sem sucesso, Sasha não aparece e Toni simplesmente prende a manobra e aplica pressão em Bayley até esta parar de espernear. -- Passamos ao backstage onde vemos Lacey Evans num corredor, a desinfetar as mãos e aparentemente enojada só de olhar para as paredes. Liv Morgan entra em cena. Liv: Hey Lacey, I was just talking to Renee and I thought you should know that next week we’re gonna face each other for a spot at Armageddon. Lacey: Oh really? Liv: Yes, it will be some LLC action, but this time on different sides of the ring. Lacey: Well that’s ok, may the best woman win. Lacey estende a mão a Liv, que vai para a cumprimentar mas Lacey acerta-lhe a woman’s right e deixa Liv estendida no chão. Lacey: Oh dear, you spent so much time under my wing and you didn’t learn anything. I am the best woman, that’s the way it is and that’s how it will always be. See you next week, nasty. -- Theme do Alex Hammerstone Hammerstone vem para o ringue acompanhado por Paul Heyman. Heyman: Ladies and gentleman, my name is Paul Heyman, and I stand here tonight in front of you, humbling serving this mountain of a man, the Goliath, ALEX HAAAAAAAMMERSTOOOOOONE. I’m here as a request for my Goliath, whom wants me to deliver a message to a man... no scratch that, to a monster, the Monster Among Men, Braun Strowman. So Braun Strowman, listen very carefully. Alex Hammerstone respects the hell out of you, that’s why he chosed you as his first opponent. That’s also why he accepted your request for a second match, this time giving you the chance to prepare, knowing who your opponent was. And Braun Strowman, last week you may have not lose, but you didn’t win either. WWE officials decided that there were no conditions to finish the match after the ring collapsed, and therefore that was a draw and Alex Hammerstone is undefeated. But, and this is an important but, Alex Hammerstone doesn’t want to move on knowing that his last match against Braun Strowman or anyone else had an outcome any different that absolute destruction and a win for him. So first round, the Goliath won, second round, the Goliath and the Monster broke the ring and nobody won. Therefore, round three is in order, the Goliath wants to go one on one with the Monster one more time. And this time, Braun Strowman, you don’t get to survive to the Goliath. The Goliath will beat you with such violence that you’ll have to go back to your times wearing a mask, but this time it will be to hide your desfigured face. -- Passamos ao backstage com Charly Caruso e o Raw Cruiserweight Champion, Neville. Charly: As we are about to see the WWE Championship match on our main event, we will know get to talk to another champion on Raw, Neville. Neville, earlier tonight Finn Balor defeated Rey Mysterio, thus assuring a match against you at Armageddon for the Raw Cruiserweight Championship. Neville: Charly, Finn Balor is one hell of a competitor, one of the very best in the world. But this title on my shoulder tells me that I’m better than him. I’m the one to beat, I’m the one on the top and I guarantee that it will remain this way after Armageddon. -- Agora é hora do main event. O campeão é o primeiro a vir para o ringue, acompanhado por Fatu e pelos Usos. Há um compasso de espera para aumentar a expectativa, até que toca a música de Cesaro, e aí vem ele, acompanhado por Kassius Ohno e Tyson Kidd. Roman Reigns © vs Cesaro – WWE Championship Match Assim que toca a campainha, Cesaro corre virado a Roman e acerta uma running uppercut que o atira contra o canto. Cesaro acerta várias chest chops, depois atira Roman para o outro canto, mas Roman reverte e é ele que o atira, Cesaro embate com força contra a turnbuckle, e Roman apanha-o com um tilt-a-whirl powerslam. Cesaro levanta-se a cambalear, e Roman vai virado a ele e acerta um big boot que o atira para fora do ringue. Roman sai do ringue e atira Cesaro com violência contra a barricade várias vezes, e depois mete-o na apron, corre virado a ele... drive-by. Voltam a entrar no ringue, Roman faz o pin, mas Cesaro safa-se. Roman segue o combate no controlo durante algum tempo, e a certa altura vai para mais um drive-by, mas Cesaro consegue recuar a tempo e Roman cai na apron, Cesaro dá-lhe um pontapé para o fazer cair para fora do ringue, apanha balanço nas cordas e atira-se para fora do ringue para cima de Roman. Cesaro mete Roman de volta no ringue, encosta-o a um canto e acerta-lhe várias uppercuts, depois apanha balanço... corner running uppercut, mas uma corner running uppercut e mais uma... Cesaro começa a sentir a confiança, acerta-lhe umas joelhadas nas costelas e senta-o na corda superior. Cesaro está disposto a arriscar, também ele sobe ao canto, vai para um superplex... mas Roman trava-o, começa-lhe a dar alguns socos para obrigar Cesaro a largá-lo... mas Cesaro resiste, dá-lhe algumas cotoveladas, volta a meter Roman em posição.... SUPERPLEX. 1...2........ ROMAN SAFA-SE NO ÚLTIMO MOMENTO POSSÍVEL. Cesaro não quer acreditar, esteve tão perto aqui. Os dois ficam no chão durante algum tempo, e quando se levantam começam a trocar murros, mas Roman está a conseguir acertar com bem mais força, e um dos murros atira Cesaro para fora do ringue. Roman quer ir atrás de Cesaro, mas o árbitro diz-lhe que o combate deve ser feito no ringue. Roman sai pelo outro lado do ringue, começa a correr a toda a velocidade, vai para um spear, mas Cesaro desvia-se e Roman acaba por acertar o spear mas em Tyson Kidd, que fica partido ao meio no chão. Ohno revolta-se com isto e começa a discutir com Roman, e isto faz com que Jimmy e Fatu se intrometam e começam a discutir com Ohno. Esta discussão prende a atenção do árbitro, que não vai aturar mais isto e expulsa toda a gente no ringside. Mas enquanto isto acontece, Cesaro já estava no ringue, e como a atenção do árbitro está centrada cá fora, Jey Uso aparece atrás de Cesaro no ringue e acerta-lhe um superkick, sem que o árbitro se aperceba. Jimmy e Fatu vão-se então embora e Jey também se junta a eles para não levantar suspeitas. Ohno ajuda Tyson a levantar-se e também têm que sair dali. Roman aproveita que Cesaro está no chão, faz a cover, 1...2... Cesaro levanta o ombro. Roman mete-se em cima de Cesaro e começa a dar-lhe vários socos, mas Cesaro acaba por lhe apanhar o braço e consegue prender um triangle choke. Roman está em apuros e Cesaro está a aplicar muita pressão. Roman não aceita desistir e esforça-se para se conseguir levantar, e acaba por conseguir começar a levantar-se, mesmo com Cesaro agarrado a si, e atira-o ao chão numa espécie de powerbomb que obriga Cesaro a largar a manobra. Roman ficou com dores, mas ao mesmo tempo está ainda mais irritado. Ele volta a agarrar em Cesaro, mete-o nos ombros para mais um powerbomb, mas Cesaro reverte com um hurricanrana que atira Roman de cara contra a turnbuckle. Cesaro vai depois virado a Roman e acerta-lhe um big boot. Roman rebola por baixo da corda e fica na apron, mas Cesaro agarra nele, fá-lo passar por cima das cordas e aplica um grande vertical suplex. Roman está estendido, Cesaro sente que pode acabar com isto, agarra nele... NEUTRALIZER. 1............2.................3. NÃO! O árbitro começa logo a dizer que não, e vemos na repetição que ele reparou que Roman tinha o pé na corda mesmo no momento em que estava a bater a terceira pancada da contagem. Cesaro leva as mãos à cabeça, não é possível chegar mais perto do que isto. Cesaro pensa no que pode fazer, agarra nas pernas de Roman e tenta arrastá-lo para o meio do ringue. Ele quer o Cesaro swing, mas Roman agarra-se à corda para impedir que Cesaro o arraste, e começa a espernear para se tentar soltar. Roman consegue obrigar Cesaro a soltá-lo e dá-lhe um pontapé no joelho, e os dois ficam de joelhos e começam a trocar socos à medida que se levantam. Acertam à vez, cada vez com mais força, até que Roman acerta um que atira Cesaro contra as cordas, e ele na volta acerta um big boot em Roman e é este que vai às cordas, na volta tenta acertar o superchief punch, mas Cesaro desvia-se, tenta meter Roman em posição para outro neutralizer, mas Roman consegue atirar Cesaro ao ar só que ele aterra de pé. Cesaro vai às cordas, usa-as e lança-se para um springboard swiss uppercut... SUPERCHIEF PUNCH. Roman apanhou Cesaro mesmo quando este vinha no ar. 1....2....... CESARO SAFA-SE. Roman está furioso, ele vai para o canto, manda Cesaro levantar-se, corre virado a ele para o spear... mas Cesaro antecipa-se, atira-o ao ar e acerta o Swiss death. 1......2....... Roman levanta o ombro. Cesaro fica no chão a queixar-se, e na repetição vemos que quando Roman levantou o ombro, acertou-lhe com o braço mesmo no meio das pernas. O árbitro não percebe o motivo de Cesaro estar a queixar-se, mas Roman não perde tempo e prende o guillotine choke. Cesaro está em grandes dificuldades, Roman está a aplicar muita pressão. O árbitro pergunta-lhe se quer desistir, mas ele já mal consegue responder. O árbitro levanta-lhe o braço uma vez, duas... e Cesaro reage. Ele vai buscar forças para se tentar soltar, mas Roman não o larga. Cesaro consegue começar a levantar-se mesmo com Roman a apertar-lhe o pescoço. Ele já está praticamente de pé, mostrando uma grande resiliência, mas Roman salta e aplica uma espécie de DDT, sem nunca lhe largar a cabeça. Roman continua a apertar, Cesaro não está a responder. O árbitro levanta-lhe o braço uma, duas... três vezes. Cesaro está inconsciente, e o árbitro manda soar a campainha. Roman Reigns continua a ser o WWE Champion. O árbitro entrega o título a Roman, que está tão esgotado que mal consegue festejar. Ainda assim, o show termina com o campeão a levantar o seu título, e a mostrar que continua a ser o Chief.
  7. Preview do Monday Night Raw - 15 de novembro de 2021 - A noite de Cesaro Haverão dois combates do torneio para definir os próximos contenders aos Raw Tag Team titles: Hardy Boyz vs No Longers e Kevin & Sami vs The Ascension; Haverão também dois combates para definir o próximo adversário de Jacob Fatu pelo Intercontinental title: Dom Dijakovic vs EC3 e Matt Riddle vs Sheamus; Rey Mysterio e Finn Balor vão finalmente lutar, e o vencedor lutará com Neville pelo Raw Cruiserweight Championship no Armageddon; Pela primeira vez na carreira, Cesaro terá a oportunidade de conquistar o WWE Championship, lutando contra o atual campeão, Roman Reigns.
  8. A ideia realmente era ficar junto, como se o Tuesday Blast fosse a continuação do Raw. Se for tipo à quinta acaba por monopolizar a programação. Fica a parecer que o Raw é 50% da semana.
  9. Olha que se mandas a Alexa embora, o @Ruas é bem capaz de te dar um tiro. Considerando que atualmente o nosso calendário já tem andado tão atrasado, acho que acaba por não fazer grande diferença. Mas até lá isso também se vê.
  10. Brock Orton AJ Lashley Gargano Rusev Morrison Eddie Kingston Jay Lethal Dunne Bate Ciampa Priest Aldis Thatcher + 1 Becky Shayna Candice Deonna Rhea Charlotte Alexa Raquel Willow +1 Diria que vai ser isto. Não há grande aumento na carga. Se considerares que os 100% do Raw passam a 80%, os restantes 20% passam para a Tuesday Blast e há talvez um incremento de + 20%. No final de contas, será apenas mais um combate e 2 segmentos semanalmente.
  11. O show acaba por não ter grande coisa a comentar, dado que foi tudo à volta do mesmo. Todos os vencedores foram os previsíveis. Ficou engraçada a parte da Rhea estar sem aliadas e finalmente em perigo. Já agora, como é que vais filtrar o roster todo em tão poucos combates? Há malta que já está definitivamente fora mesmo sem combater, não? Os No Way Joses, Vin Quades, Slaters...
  12. Presumo que isso é uma aprovação do conceito XD
  13. Pegando só nisto, acho que te estás a deixar influenciar pelos últimos anos em que a WWE de vez em quando lá se lembra, pega numa pilha de contratos e vai tudo para o desemprego. Qualquer roster precisa de jobbers, gente do undercard. Não tenho assim tanta gente que possas dizer que já devia ter sido cortada. Gosto que cada divisão (masculina, feminina e tags) tenha sempre 2/3 jobbers, entre faces e heels, para quando for preciso fazer alguma coisa com eles. Do lado dos homens tenho o Tucker como heel, o Bennett como face e o Moss de quem sou fã e estou só à espera da ideia e momento certo para lhe dar mais destaque. Há ainda gajos como o Shelton ou o Otis que não sendo jobbers per se, também são gajos do undercard e regularmente tenho algo para fazerem. Na divisão feminina tenho a Tamina, e também a Mandy e a Luna que estão associadas à campeã. É uma divisão mais curta, convém mesmo ter malta que possa simplesmente perder porque senão é um problema na altura em que houver combates qualificatórios ou algo do género. E nas tags há os Colons, Ascension e Geniuses, sendo que com duas destas equipas até estou a fazer algo atualmente.
  14. Epah eu li tudo mas acho que não consigo responder a tudo. Concordo na generalidade com tudo o que o @Ruas diz. No SD as mudanças são sempre radicais. Mudam-se logos, o show é hijacked, já foi SmackDown, SmackDownew, agora vai ser SmackDown Redux... o próprio show tem uma gimmick, não tem identidade. Acima de tudo, se o @IlidioMA acha que desta forma vai ficar mais motivado, go for it. Vai ser estranho, mas pronto, a qualquer momento se se arrepender pode ir buscar mais gente. Pode é ter o problema de depois já muito do talento ter sido escolhido. Aproveito para abrir o jogo convosco e também perceber qual é a vossa opinião caso avance com isto. É uma possibilidade que trabalhei durante a noite porque as insónias às vezes não deixam mesmo dormir. Disto tudo o que mais me deixou com pena foram os FS, e estou disponível para acolhê-los juntamente com o título de trios. No entanto, isto vai depender de qual é o talent que fica disponível, porque não quero estar a destapar a divisão de tags para ter trios. Mesmo que não avance para os trios, vou certamente aproveitar alguns dos que saiam, e até já dei dibs nos Good Brothers. Posto isto, @IlidioMA, acho que até percebes que estes próximos shows se vão ser só à volta desta redução não vão propriamente ter grande interesse, se quiseres spoilar quem fica realmente disponível para eu e o @Ruas podermos tomar decisões, força. Senão, esperamos e depois logo vemos. Mas agora vamos então ao que estive a pensar. Se eu ficar com o título de trios, fico com 7(!) títulos. É muito titulo para um show, dado que quero também ter sempre feuds extra-títulos. Portanto, caso avance com isto, apresento-vos o... (logo em desenvolvimento) Ponto prévio, não é uma nova brand, apenas uma extensão do Raw. Com a inclusão de mais uma divisão e o natural consequente aumento do roster, a red brand iria expandir-se. Passaria a haver o Monday Night Raw e o Raw: Tuesday Blast. A ideia não passa por ter dois shows distintos, mas reduzir um pouco o Monday Night Raw (costumo ter em média 6 combates/15 segmentos, passaria a ter 4/5 combates/12 segmentos) e o Raw: Tuesday Blast seria uma versão mais curta (2/3 combates/ 5 segmentos). Não haveria portanto um graaande aumento no conteúdo, mas deixaria de ser apresentado todo no mesmo dia. A ideia seria que no Raw: Tuesday Blast os títulos de midcard, tags e trios pudessem ter um destaque que não conseguem ter no Monday Night Raw. Raramente veríamos os campeões mundiais à terça feira, deixando os main events para as Embers, Fatus, Nevilles... e ao mesmo tempo, deixaríamos de ter feuds tipo Lucha Party vs Geniuses às segundas, passando este tipo de feuds secundárias para o Tuesday Blast. O Monday Night Raw seria portanto um show um pouco mais curto apenas com must see content, ao passo que o Tuesday Blast seria um show mais curto e direto, fácil e rápido de ler, e um complemento aos shows de segundas feiras. O staff também seria diferente (comentadores e entrevistadores), mantendo-se a Renee como GM, mas penso que no Tuesday Blast raramente apareceria. Thoughts? Claro que se não for libertado talent que eu considere suficiente para ter boas divisões de tags e trios, esta ideia fica na gaveta, e o Raw continua como o conhecemos até hoje.
  15. Eu acho é que dava perfeitamente para fazer esses combates interessantes sem ter que despedir dois terços do roster. Podiam acontecer por opção e não por obrigação. Nunca percebi essa ideia que tinhas de guardar os combates para mais tarde. Eu no próximo Raw por exemplo vou ter Finn vs Rey, No Longers vs Hardy Boyz, Roman vs Cesaro, EC3 vs Dijakovic e Riddle vs Sheamus. Não são nenhum Rock vs Austin, mas estão longe de ser Jinder vs Gallagher.
×
×
  • Criar Novo...