Ir para conteúdo

Emanuel.Correia

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    202
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    341 [ Doar pontos ]

Últimos Visitantes

600 visualizações
  1. 29 de Novembro de 2020 A média dos novos casos confirmados nos últimos 7 dias (4863) desceu pelo sexto dia consecutivo, e está com o valor mais baixo desde 07 de Novembro (nessa data era de 4609). A média dos novos casos confirmados nos últimos 14 dias (5362) desceu pelo terceiro dia consecutivo e é o valor mais baixo desde 15 de Novembro (nessa data era 5211). O número de novos óbitos registado hoje (64) é o mais baixo desde 21 de Novembro (nessa data foram 62). O número de internos em cuidados intensivos registado hoje (536) é o mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado era 529, verificado ontem, 28 de Novembro. O número de novos casos confirmados hoje no Centro (444) é o mais baixo desde 17 de Novembro (nessa data eram 353). A média de novos casos confirmados nos últimos 7 dias nos Açores (30) é a mais alta desde o início da pandemia. O valor da média a 7 dias de novos casos confirmados no Norte registado hoje (2761) é o mais baixo desde 07 de Novembro (nessa data a média era de 2719). Esta está a descer há 4 dias consecutivos. O número de novos óbitos registados hoje no Norte (31) é o mais baixo desde 21 de Novembro (nessa data foram 24).
  2. 28 de Novembro de 2020 A média dos novos casos confirmados nos últimos 7 dias (4962) desceu pelo quinto dia consecutivo, e está pela primeira vez abaixo dos 5000 desde 08 de Novembro (nessa data era de 4998), e com o valor mais baixo desde 07 de Novembro (nessa data era de 4609). A média dos novos casos confirmados nos últimos 14 dias (5362) desceu pelo segundo dia consecutivo e é o valor mais baixo desde 18 de Novembro (nessa data era 5336). O número de novos óbitos registado hoje (87) é o segundo mais elevado desde o início da pandemia, apenas ultrapassados pelos 91 verificados a 16 de Novembro. A média de novos óbitos a 7 dias voltou a ultrapassar a média a 14 dias, após 5 dias consecutivos igual ou inferior. O número de recuperados registado hoje (6829) é o terceiro mais elevado desde o início da pandemia (excluindo acertos). O mais elevado até agora foi de 7406 a 24 de Novembro. O número de internos em cuidados intensivos registado hoje (529) é o mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado era 526, verificado ontem, 27 de Novembro. O número de novos casos registado hoje no Centro (775) é o quarto mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado foi de 964, verificado a 26 de Novembro. O número de novos casos registado hoje nos Açores (39) é o terceiro mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado foi de 48, verificado a 21 de Novembro. O valor da média a 7 dias de novos casos confirmados no Norte registado hoje (2847) é o mais baixo desde 07 de Novembro (nessa data a média era de 2719). O valor da média a 7 dias de novos casos confirmados em Lisboa a Vale do Tejo registado hoje (1224) é o mais baixo desde 07 de Novembro (nessa data a média era de 1197). O número de óbitos registados hoje em Lisboa e Vale do Tejo (29) é o segundo mais elevado desde o início da pandemia. O mais elevado foi de 33, registado a 16 de Novembro. O número de novos casos registado hoje na faixa etária dos 80+ anos (474) é o segundo mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado foi de 577, verificados a 15 de Novembro.
  3. 27 de Novembro de 2020 A média dos novos casos confirmados nos últimos 7 dias (5191) está no valor mais baixo desde 11 de Novembro (5033). Está também abaixo da média dos últimos 14 dias pelo terceiro dia consecutivo, o que não ocorria desde 10 de Agosto. O número de internos em cuidados intensivos registado hoje (526) é o mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado era 517, verificado a 25 de Novembro. O valor de novos casos confirmados registado hoje nos Açores (35) é o terceiro mais elevado desde o início da pandemia, igualando o valor registado ontem, 26 de Novembro. O valor mais elevado é de 48, registado 21 de Novembro. O número de óbitos registados hoje no Algarve (3) igualou o máximo registado a 19 de Novembro.
  4. Pelas médias dos novos casos confirmados nos últimos 7 dias, existe uma tendência de descida no Norte e de estabilização no resto do país.
  5. 26 de Novembro de 2020 O número de novos casos confirmados registado hoje (6383) é o sétimo valor mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado é de 6994, registado a 19 de Novembro (quinta-feira passada). O número de novos óbitos registados hoje (82) é o terceiro valor mais elevado desde o início da pandemia, apenas ultrapassado pelos 91 de 06 de Novembro e pelos 85 de 24 de Novembro. A média dos novos casos confirmados nos últimos 7 dias está abaixo da média dos últimos 14 dias pelo segundo dia consecutivo, o que não ocorria desde 10 de Agosto. Esta média dos 7 dias (5341) está no valor mais baixo desde 12 de Novembro (5237). A variação no número total de doentes hospitalizados verificada hoje (-59) corresponde à maior descida desde 12 de Maio (nessa data a variação foi de -96). Este número desceu pelo segundo dia consecutivo, o que já não acontecia desde 18 de Setembro. O valor de novos casos confirmados registado hoje no Centro (964) é o mais elevado desde o início da pandemia. O anterior máximo era de 812, registado a 17 de Novembro. O valor de novos casos confirmados registado hoje em Lisboa e Vale do Tejo (1782) é o terceiro mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado é de 1856, registado 07 de Novembro. O valor de novos casos confirmados registado hoje nos Açores (35) é o terceiro mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado é de 48, registado 21 de Novembro. Os 2 óbitos registados hoje nos Açores correspondem aos primeiros verificados desde 12 de Maio (nessa data foi registado 1). Iguala os dias 23 de 29 de Abril como os dias em que ocorreram mais óbitos nesta região.
  6. Eles anunciaram que vão devolver o dinheiro desta votação quando ontem a Sandra desistiu e ficou decidido as 2 concorrentes que iam voltar a entrar: https://www.instagram.com/p/CIBkRHEMNgS/?utm_source=ig_embed
  7. 25 de Novembro de 2020 A média dos novos casos confirmados nos últimos 7 dias está abaixo da média dos últimos 14 dias pela primeira vez desde 25 de Agosto. Esta média dos 7 dias (5428) está no valor mais baixo desde 16 de Novembro (5411). A média dos novos óbitos nos últimos 7 dias está abaixo da média dos últimos 14 dias pelo terceiro dia consecutivo, o que acontece pela primeira vez desde 30 de Setembro. O valor de internados em cuidados intensivos corresponde a um novo máximo desde o início da pandemia, ultrapassando o valor registado ontem. O valor de novos casos confirmados registado hoje no Alentejo (256) é o mais elevado desde o início da pandemia. O anterior máximo era de 243, registado 17 de Novembro. O valor de novos casos confirmados registado hoje na Madeira (30) é o mais elevado desde o início da pandemia. O anterior máximo era de 27, registado 17 de Novembro.
  8. 24 de Novembro de 2020 O número de novos casos confirmado de hoje (3919) é o mais baixo desde 10 de Novembro. Nessa data foram registados 3817 casos (tratou-se também de uma terça-feira, em que são registados os casos referentes à segunda-feira, que corresponde ao dia útil com menos testes efetuados). O número de novos óbitos registados hoje (85) é o segundo valor mais elevado desde o início da pandemia, apenas superados pelos 91 registados de 16 de Novembro. No entanto, a média dos novos óbitos nos últimos 7 dias continua abaixo da média nos últimos 14 dias. O número de recuperados registados hoje (7406) é o valor mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado era de 7290, registado a 17 de Novembro. Os valores dos totais de doentes hospitalizados e internados em cuidados intensivos são novos máximo desde o início da pandemia, ultrapassando os valores registados ontem. É a primeira vez que o número de internados em cuidados intensivos ultrapassa os 500. O número de óbitos registado hoje no norte (50) é o valor mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado era de 47, registados a 18 de Novembro. O número de óbitos registados hoje na faixa etária 60-69 anos (10) é o mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais elevado até aqui era de 9, verificados a 13 de Novembro.
  9. 23 de Novembro de 2020 A média de novos casos confirmados nos últimos 14 dias desceu pelo terceiro dia consecutivo, o que acontece pela primeira vez desde 09 de Agosto. A média dos novos óbitos nos últimos 7 dias está abaixo da média nos últimos 14 dias pela primeira vez desde 30 de Setembro. Os valores dos totais de doentes hospitalizados e internados em cuidados intensivos são novos máximo desde o início da pandemia, ultrapassando os valores registados ontem. O número de novos casos registos hoje no Algarve (126) é o segundo valor alto registado desde o início da pandemia, apenas ultrapassado pelos 156 verificados a 06 de Novembro.
  10. 22 de Novembro de 2020 Este é o primeiro domingo desde 27 de Setembro em que não é batido o recorde de casos registado a um domingo (o máximo atual é de 6035 verificado a 15 de Novembro, sendo o segundo valor mais elevado de 5784, verificados a 08 de Novembro). A média de novos casos confirmados nos últimos 7 dias desceu pelo terceiro dia consecutivo, o que já não se verificava desde o dia 21 de Agosto. A média de novos casos confirmados nos últimos 14 dias desceu pelo segundo dia consecutivo, o que acontece pela primeira vez desde 28 de Setembro. O número total de doentes hospitalizados registado hoje (3151) é o mais elevado desde o início da pandemia. O anterior máximo era de 3079, registados a 20 de Novembro. A variação no número total de hospitalizados de hoje (+126) corresponde ao sexto maior aumento desde o início da pandemia. O maior aumento foi de +316, verificado a 02 de Abril. O número de internados em cuidados intensivos registado hoje (491) é o mais elevado desde o início da pandemia. O anterior máximo era de 485, registados ontem, 21 de Novembro. O número de novos casos registos hoje em Lisboa e Vale do Tejo (844) é o valor mais baixo registado a um domingo desde 25 de Outubro (nessa data foram registados 492).
  11. A lista contém todos os 287 concelhos de Portugal Continental. Para os concelhos em Risco Moderado aplica-se o que está indicado para todo o território continental, para além do que já estava definido desde foi decretado o estado de emergência a partir de 9 de Novembro: https://covid19estamoson.gov.pt/medidas-covid19-ambito-nacional-v2/ Essa foi uma situação curiosa. Foram anunciados 17 concelhos a retirar à lista de risco elevado, mas Golegã e Caldas da Rainha nunca estiveram nessa lista, nem na original, nem na atualização da semana passada, pelo que na verdade só foram retirados 15 concelhos.
  12. Risco Moderado: Aguiar da Beira, Alandroal, Alcoutim, Aljezur, Aljustrel, Almodôvar, Alpiarça, Alter do Chão, Alvaiázere, Alvito, Arraiolos, Avis, Barrancos, Beja, Bombarral, Borba, Caldas da Rainha, Carrazeda de Ansiães, Carregal do Sal, Castanheira de Pêra, Castelo de Vide, Castro Marim, Castro Verde, Ferreira do Alentejo, Ferreira do Zêzere, Figueiró dos Vinhos, Fornos de Algodres, Fronteira, Góis, Golegã, Gouveia, Loulé, Lourinhã, Mação, Marvão, Mértola, Moimenta da Beira, Monchique, Moura, Mourão, Óbidos, Odemira, Olhão, Oliveira do Hospital, Ourique, Pedrógão Grande, Pinhel, Portel, Santa Comba Dão, Santiago do Cacém, São Brás de Alportel, Sernancelhe, Sertã, Silves, Sousel, Tábua, Tabuaço, Tavira, Vendas Novas, Vidigueira, Vila de Rei, Vila Flor, Vila Real de Santo António, Vila Velha de Ródão, Vouzela Risco Elevado: Albufeira, Alcácer do Sal, Alcobaça, Alcochete, Alenquer, Almeida, Almeirim, Anadia, Ansião, Arronches, Arruda dos Vinhos, Barreiro, Batalha, Benavente, Cadaval, Campo Maior, Castelo Branco, Castro Daire, Chamusca, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Cuba, Elvas, Entroncamento, Estremoz, Évora, Faro, Gavião, Grândola, Idanha-a-Nova, Lagoa, Lagos, Leiria, Lousã, Mafra, Marinha Grande, Melgaço, Mesão Frio, Mira, Miranda do Douro, Moita, Monção, Monforte, Montalegre, Montemor-o-Novo, Montemor-o-Velho, Montijo, Mortágua, Nelas, Palmela, Paredes de Coura, Penalva do Castelo, Penedono, Peniche, Peso da Régua, Ponte da Barca, Ponte de Sor, Portimão, Porto de Mós, Redondo, Ribeira de Pena, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santarém, São João da Pesqueira, Sardoal, Serpa, Sesimbra, Sobral de Monte Agraço, Soure, Terras de Bouro, Tomar, Tondela, Torres Novas, Torres Vedras, Trancoso, Viana do Alentejo, Viana do Castelo, Vila do Bispo, Vila Nova da Barquinha, Vila Nova de Cerveira, Vila Nova de Poiares, Vila Viçosa, Vimioso, Vinhais, Viseu Risco Muito Elevado: Abrantes, Águeda, Albergaria-a-Velha, Alijó, Almada, Amadora, Arcos de Valdevez, Arganil, Armamar, Aveiro, Azambuja, Baião, Boticas, Bragança, Cabeceiras de Basto, Cantanhede, Cartaxo, Cascais, Chaves, Constância, Coruche, Covilhã, Esposende, Estarreja, Figueira da Foz, Fundão, Guarda, Ílhavo, Lamego, Lisboa, Loures, Macedo de Cavaleiros, Mangualde, Mealhada, Mêda, Miranda do Corvo, Mirandela, Mogadouro, Mondim de Basto, Mora, Murça, Murtosa, Nazaré, Nisa, Odivelas, Oeiras, Oleiros, Oliveira de Frades, Oliveira do Bairro, Ourém, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penamacor, Penela, Pombal, Ponte de Lima, Proença-a-Nova, Reguengos de Monsaraz, Resende, Sabrosa, Sabugal, Santa Marta de Penaguião, São Pedro do Sul, Sátão, Seia, Seixal, Setúbal, Sever do Vouga, Sines, Sintra, Tarouca, Torre de Moncorvo, Vagos, Valpaços, Vila Franca de Xira, Vila Nova de Foz Côa, Vila Nova de Paiva, Vila Pouca de Aguiar, Vila Real, Vila Verde Risco Extremamente Elevado: Alcanena, Alfândega da Fé, Amarante, Amares, Arouca, Barcelos, Belmonte, Braga, Caminha, Castelo de Paiva, Celorico da Beira, Celorico de Basto, Cinfães, Crato, Espinho, Fafe, Felgueiras, Figueira de Castelo Rodrigo, Freixo de Espada à Cinta, Gondomar, Guimarães, Lousada, Maia, Manteigas, Marco de Canaveses, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Ovar, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel, Portalegre, Porto, Póvoa de Lanhoso, Póvoa de Varzim, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, São João da Madeira, Trofa, Vale de Cambra, Valença, Valongo, Vieira do Minho, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Gaia, Vizela Para todo o território continental: Proibição de circulação entre concelhos nos seguintes períodos: Entre as 23h00 de 27 de novembro e as 5h00 de 2 de dezembro; Entre as 23h00 de 4 de dezembro e as 5h00 de 9 de dezembro; Tolerância de Ponto e suspensão da atividade letiva e apelo à dispensa de trabalhadores do setor privado nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro; Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho. Para os concelhos do nível de risco “elevado”, além das medidas aplicadas a todo território continental: Proibição de circulação na via pública entre as 23h00 e as 5h00; Ação de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório; Manutenção dos horários dos estabelecimentos (22h00, salvo restaurantes e equipamentos culturais às 22:h30). Para os concelhos dos níveis “muito elevado” e “extremamente elevado”, além das medidas aplicadas a todo o território nacional, aplicam-se também: Proibição de circulação na via pública entre as 23h00 e as 5h00 nos dias de semana; Proibição de circulação na via pública aos sábados e domingos entre as 13h00 e as 5h00; Proibição de circulação na via pública nos dias 1 e 8 de dezembro entre as 13h00 e as 5h00; Nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro, os estabelecimentos comerciais devem encerrar às 15h00; Ação de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório; Manutenção dos horários dos estabelecimentos (22h00, salvo restaurantes e equipamentos culturais às 22h30). https://covid19estamoson.gov.pt/renovacao-do-estado-de-emergencia/
  13. https://covid19estamoson.gov.pt/lista-de-concelhos-nivel-de-risco/
  14. Nos óbitos anteriores referiram nas conferência de imprensa que existiam comorbilidades associadas, embora nem sempre sejam referidas quais. https://www.dn.pt/pais/mortes-em-jovens-e-criancas-por-covid-19-sao-raras-portugal-regista-primeira-vitima-abaixo-dos-30-anos-12156342.html https://www.noticiasaominuto.com/pais/1499024/covid-19-acompanhe-aqui-a-conferencia-de-imprensa-da-dgs https://www.tsf.pt/portugal/sociedade/terceira-morte-devido-a-covid-19-registada-entre-os-20-e-os-29-anos-em-portugal-12960864.html
  15. 21 de Novembro de 2020 O número de novos casos confirmados de hoje (6472) é o sexto valor mais elevado desde o início da pandemia. O valor mais alto é de 6994 casos, registados a 19 de Novembro. A média de novos casos confirmados nos últimos 7 dias desceu pelo segundo dia consecutivo, o que já não se verificava desde o dia 25 de Agosto. A média de novos casos confirmados nos últimos 14 dias desceu hoje, o que acontece pela primeira vez desde 28 de Setembro, se forem excluídas as situações em que ocorreu a substituição dos dados de um dia útil pelos de um feriado ou em que deixaram de ser contabilizados os dados de um dia em que foram efetuados acertos no número de casos. O número de novos recuperados de hoje (6379) é o segundo valor mais elevado desde o início da pandemia (excluindo os dias em que foram efetuados acertos). O valor mais elevado foi de 7290, verificados a 17 de Novembro. O número de internados em cuidados intensivos registado hoje (485) é o mais elevado desde o início da pandemia. O anterior máximo era de 481, registados ontem, 20 de Novembro. A variação no número total de hospitalizados de hoje (-54) corresponde à maior descida desde 12 de Maio (nessa data verificou-se uma variação de -96). O valor de novos casos confirmados verificado hoje no Norte (4070) é o terceiro valor mais elevado desde o início da pandemia (excluindo o valor de 5183 resultante do acerto efetuado a 04 de Novembro). O valor mais elevado é de 4415, registado a 19 de Novembro. O valor de novos casos confirmados verificado hoje no Açores (48) é o valor mais elevado desde o início da pandemia. O anterior máximo era de 40, registados a 19 de Novembro. O número de novos óbitos registado hoje no Norte (24) é o mais baixo desde 05 de Novembro (nessa data foram registos 17). O número de novos casos registados hoje na faixa etária dos 70-79 anos (402) é o segundo valor mais elevado desde o início da pandemia, apenas superados pelos 413 registados a 19 de Novembro. O número de novos casos registados hoje na faixa etária dos 80+ anos (425) é o terceiro valor mais elevado desde o início da pandemia, apenas superados pelos 577 registados a 15 de Novembro e pelos 464 verificados a 07 de Novembro. Foi hoje registado um óbito de uma mulher na faixa etária dos 20-29 anos, que constitui apenas o quarto óbito neste grupo etário cdesde o início da pandemia. O último óbito nesta faixa etária verificou-se a 25 de Outubro.
×
×
  • Criar Novo...