Ir para conteúdo

Pedro_Y2J

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    2.602
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    778 [ Doar pontos ]

Sobre Pedro_Y2J

  • Data de Nascimento 18-12-1992

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

1.305 visualizações
  1. Este tem potencial para bater o recorde negativo em vendas. Que coisa mais feia, fds.
  2. Supostamente já foi confirmado pelo Quill. Que venha a ser uma boa surpresa.
  3. Os chalupas de portugal aparecem nestes eventos. Seja do Vieira, seja do Sócrates, Isaltino ou anti covid.
  4. Se olharmos só para a pressa dela em dar os próximos passos, andei a enconar sem duvida. Não significa que não fosse dar esses passos. Aliás, tinha planeado pedir-lhe em casamento nas férias que íamos ter no próximo mês. Ela até sabe que eu até equacionei pedir-lhe a semana passada depois de ter caído a bomba (enorme erro que ia cometer, eu sei). A mudança para casa dela já estava em marcha. Comprei uma cama nova (não me dava com a que ela tinha) e como estivemos de férias a semana passada, tinha planeado já ficar lá a dormir a semana toda para me adaptar. Podia até não correr bem como os exemplos que o @EasyGoing deu, mas nem cheguei a ter essa oportunidade. O pedido de casamento fazia sentido ser uma surpresa e quando ela me questionava sobre quando é que eu queria dar esse passo, acho normal que lhe tenha dito que podia ser daqui a 1 mês (verdade), como daqui a meio ano ou um ano. Era suposto ser uma surpresa. Longe de eu pensar que era quase um ultimato. Sem duvida. O que eu sei, até através de outras pessoas, é que quando ela sentiu que já não dava tomou a iniciativa de acabar tudo. Podia ter-me deixado na prateleira na eventualidade das coisas com o outro não darem. Também sei que posso ter sido encornado na mesma. Sem duvida. E até esta situação ter acontecido, ela contava-me essas abordagens. Também acho, mas a vida é dela. Obrigado a todos pelo apoio. Um dia de cada vez e isto vai passar. Tenho-me focado em procurar ajuda e arrumar as coisas que me ainda ligam a ela.
  5. Mais depressa o Vieira tinha ido buscar o Rui Vitória do que o Noronha Lopes. Pontos para a criatividade desta gente.
  6. Próximo passo concluído, venham de lá elas!
  7. OBRIGADO a todos. Fico de coração cheio e com dicas para o futuro. Também é essa a minha opinião. É um passado mal resolvido, uma pseudo história de longa data que ela ficou com a sensação de que fruto do destino nunca tiveram a oportunidade de estar juntos a 100% (seja pela mãe dela não ir à bola com ele e não ter deixado nos tempos de escola, seja porque algum deles estava numa relação). Aliás, ela chegou-me a dizer isto quando falamos em ex relações, fui grande otário ao não ter visto aí as red flags. O gajo conhece-a, tocou no ponto fraco da nossa relação (o facto de eu adiar a mudança para casa dela e de ela estar "desesperada" por ter filhos e casar) e enrolou-a. Muito provavelmente daqui a umas semanas vai-lhe cair a ficha, como aconteceu no passado. Tudo farei para não permitir que ela abra a "minha porta" novamente. Só tenho de agradecer aos 2 por me terem feito ver o tipo de pessoa com que estava. As relações são feitas de bons e maus momentos (e eu fiz o mea culpa em relação aos últimos tempos), mas acima de tudo lealdade e compromisso. O compromisso vai muito para além de fixar datas para casamento e ter filhos. Ela não quer estar numa relação, quer alguém que lhe dê o que ela quer, nos prazos dela. O meu especial agradecimento ao @Naitch por me ter feito ver isto. Enorme lição que levo para a vida.
  8. Também não entendo e disse-lhe isso. Se eu soubesse que era uma rapariga de relações passageiras ou que não tivesse nada na cabeça, até entendia, mas é tudo o oposto disso. Eu sei que a gratidão vale zero quando se trata de sentimentos, mas eu tenho a certeza que estive lá como mais ninguém vai estar. Ela mesma disse isso mais do que uma vez e que tem receio de estar a cometer o maior erro da vida dela. Voltar acho praticamente impossível. Se há coisa que eu dou valor é poder andar descansado. Até à uns dias atrás confiava cegamente nela, é impossível que isso volte a acontecer.
  9. Venho desenterrar o tópico com más notícias. A minha ex namorada decidiu acabar com a nossa relação ao final de +3 anos. Dói para crl, além de ter sido a minha relação mais longa, foi a relação mais promissora ao ponto de ter estado na fase de começar a pensar em lhe pedir em casamento e de já ter começado a mudar-me para casa dela (ela vive sozinha). Foram muitos momentos bons, viagens, celebrações de conquistas com a sensação de que era a tal, até porque sempre tivemos uma enorme cumplicidade e feitios idênticos. Eu por ser um pancado de primeira em relação ao facto de não me adaptar bem a dormir fora de casa, deixei que a mudança definitiva para a casa dela se arrastasse. Talvez tenha sido o meu maior erro, até porque ela já vinha falando em casar, ter filhos e mudar-me para lá de vez há algum tempo. Analisando bem as coisas, também não lhe vinha dando tanta atenção nos últimos tempos, mas o sentimento continua lá (infelizmente tive a certeza disso da pior maneira). No entanto, o que levou à decisão dela foi alguém do passado dela (passado mal resolvido, pelos vistos) ter dado sinais de vida. O gajo supostamente acabou ou vai acabar com a namorada e quer voltar para ela, por a namorada dele não querer casar e ter filhos. De notar que o tipo nem mora aqui perto, provavelmente veio com a cantiga do bandido para dar umas pinadelas e voltar depois para a namorada (já o fez antes, quando a minha ex terminou a relação anterior). Ela sente que a nossa chama acabou e em vez de continuar a insistir na nossa relação e a estar com o gajo ao mesmo tempo, preferiu acabar comigo. Teve a atitude correta, por esse motivo resolvemos as coisas a bem. Sempre fui um gajo com dificuldades em lidar com os sentimentos e por ter receio de me vir a enfiar num buraco de onde não consiga sair, já procurei ajuda profissional. Quero que esta experiência sirva para me tornar uma pessoa mais forte.
  10. Está tão escrito nas estrelas que vamos arrumar com o Spartak do Rui Vitória
  11. Vamos combinar uma coisa. Está proibido dizer "memória curta", pode ser? Uma coisa não invalida a outra. O Ody tem motivos para estar desconte, mas a partir do momento em que torna público esse descontentamento e vontade de abandonar o clube fica complicado defender a continuidade do mesmo.
  12. Depois de dar uma entrevista a dizer que quer sair, fica difícil dar créditos ao Ody. E eu sou dos que criticou a mudança na baliza.
×
×
  • Criar Novo...