Ir para conteúdo

Poeira

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    43.730
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    1,440 [ Doar pontos ]

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

10.818 visualizações
  1. Tivemos um Kross x Lee como um segmento banal de uma Raw. Que luxo. O que se está a passar com o Kross é do mais surreal que têm feito nos últimos anos (e não é fácil dizer-se isto daquele booking). No NXT, foi construído como um mini-Lesnar. Na Raw, é o Mark Jindrak. Isto contado ninguém acredita.
  2. Provavelmente vamos. Do que fui lendo, os planos mudaram todos com o Ricardo Costa.
  3. A Worten deve ser um autêntico buraco negro (como qualquer grande cadeia de electrónicos, de resto). A maioria dos produtos electrónicos têm margens curtas (vou dar aqui de barato os electrodomésticos, porque não estou muito por dentro), e a empresa deve ter uma monstruosidade de investimento em stock, para as vendas que tem e para os clientes que atrai. Aliás, o facto deles continuarem a fechar e/ou redimensionar lojas é capaz de apontar nesse sentido.
  4. Stress pós-traumático "AD".
  5. Diria que é mais uma opção diferente para 8. A única opção que não queria ver ali era precisamente o Matheus, porque emperra imenso o jogo e se perde naquelas suas iniciativas de transporte de bola. Cada vez mais o vejo como um jogador útil mais para a frente, para certas circunstâncias (como as dos jogos contra o Porto na época passada, ou o jogo contra o Benfica em Alvalade). Tem drible, tem potência, tem pulmão, sabe guardar bem a bola. O Ugarte... deixa-o chegar e jogar. Ele tem muito valor precisamente por ser uma espécie de "híbrido" entre o 6 destruidor e o 6 que organiza e distribui com bola. Sabe jogar de cabeça levantada, mas também sabe varrer aquela zona do terreno e levar a melhor no choque e nas divididas. Será sempre uma boa adição. Concordo com isso. Aliás, este plantel está recheado de jogadores que considero bastante úteis para contextos mais específicos. O Tabata, o Jovane, o TT, o Matheus, até o Nuno Santos. Gostava era que, à frente desses jogadores na hierarquia, existissem mais um médio e um extremo/avançado de qualidade inegável, para assumirem lugar no 11 titular. Um deles tinha sido o JM, mas não deu. O outro, pode ser que ainda chegue.
  6. Não não, continua que eu ia escrever mas subscrevo integralmente o que disseste.
  7. Falta que o modelo fosse outro. Neste, não dá para ele brilhar no que é mais forte, que é a forma como faz o jogo andar entre sectores com fluidez. Não há constantes apoios próximos para isso, a equipa estica-se com facilidade. Mas falta também maturidade, claro. E a menos que seja algo que já vem por natureza, é difícil encontrar um substituto do JM que seja muito mais jovem que ele, precisamente por essa falta de experiência nestes pequenos detalhes. O Ugarte é um 6 que, de tão completo que pode ser, consegue entrar a 8 nesta equipa e encaixar bem. Mas é um 6. E um 6 com um potencial claramente superior ao do Palhinha. Vai assegurar que um dia isto não descamba, quando este sair. Em jogos de nível Champions (inclui-se alguns no contexto interno, também), será preferível ter ali o Ugarte. Nos restantes, dá perfeitamente para ter o Tabata. Não é por um 8 mais anárquico que vamos sofrer muito defensivamente, e pode ajudar a desbloquear jogos no plano ofensivo.
  8. Pode porque é mais dinâmico e posicionalmente rigoroso do que os outros, mas é apenas menos mau do que as restantes opções. Com bola, o 8 que mais gostei de ver foi o Tabata. Mas de longe. E só não o vejo no 11 titular porque há muito trabalho sem bola para fazer com ele. Mas faltará sempre alguém que pause o jogo, que o abrande sempre que o jogo se partir (e este modelo é propício a isso), que instaure um ritmo que sirva a equipa e que controle o do adversário. Isto não significa que seja alguém que jogue de cadeirinha ou que limite a velocidade dos ataques da equipa, mas antes alguém que dê segurança à posse, qualidade à circulação e que seja capaz de identificar e oferecer diferentes ritmos à equipa em função do que o jogo pedir. O JM, não sendo um portento neste último aspecto, era alguém que dava muita qualidade nos dois primeiros. E até agora, não temos ninguém que o possa replicar.
  9. + Pinho, calculo. Ou então vão fazer um favor aos adversários e tirar o Gonçalo da equação. De qualquer forma, não sei bem se haverá "colocação" para ambos, em pouco mais de um mês.
  10. O Benfica tem Seferovic, Carlos Vinícius, Darwin, Waldschmidt, Gonçalo Ramos e Rodrigo Pinho. Os primeiros dois estão no grupo de melhores marcadores da liga nas últimas épocas, o par seguinte custou 40M€ no total e o Gonçalo tem um potencial massivo e apresentou rendimento no (muito) pouco que jogou. Isto já dando o Pinho de barato para as comissões e os interesses do costume. Para que raio quereriam o Yaremchuk?
  11. Fiquei chocado ao perceber que ela tem quase o dobro dos seguidores do Punk no Twitter.
  12. O Ugarte vai custar o mesmo que o Pote, basicamente. Se depois vão jogadores para Famalicão ou não, isso é outra história.
  13. Que insanidade. 48-11-5 a abrir. É só o melhor registo de pontos de um europeu nos JO, o segundo melhor de sempre e um novo career high para ele.
  14. Obviamente. Mas ele também já não está muito para aí virado. Nota-se que não vive a vida de futebolista com a mesma "obsessão" de muitos outros.
×
×
  • Criar Novo...