Ir para conteúdo
IlidioMA

An Alternative WWE

Publicações recomendadas

Citação de IlidioMA, há 9 horas:

320px-Whatculture_logo.svg.png

Fans leaving the arena tonight were surprised with a shower of cryptic flyers. Whatculture got our hands in one and it reads like this:

kldhM43.png

What does it mean? We tried reaching WWE but the Fed officially denied any involvement in the stunt and says it will open a inqury to the matter.

 

Até tenho medo XD é uma stable de gente rica que vem aí? 

Citação de IlidioMA, há 2 horas:

Se em causa está algo heelish que o Kurt tenha feito, ela tem de entrar como face, ou algo assim. tem de ser quem vem right the wrongs. De outro modo, se viesse um heel ainda pior, mais valia estar quieto. Agr isso é o ponto de entrada.

Eu fiquei do lado do Kurt, conseguiu ser engraçado. A Stephanie face não funciona nem que fosse contra o maior heel da história.

Citação de IlidioMA, há 2 horas:

 

O titus foi desenterrado pq vou ter varios combates de apuramento para os dois Elimination Chamber matches e portanto vou precisar de gente.

Ya mas nesse spot contra o Aldis teria usado alguém mais credível, pelo menos um Corbin. É que não é por ganhar ao Titus que fico a achar que o Aldis terá mais hipóteses num possível rematch contra o Orton.

Citação de IlidioMA, há 2 horas:

 

Os Brazilian Bruisers desta vez ganharam sem méritos nenhuns. Foi por invenção dos Canuckleheads que os preferem como adversários dos que os AoP.

É pena que Canucas contra Brazucas não vai ter interesse nenhum.

E porque é que o Seth não ajudou os dois bisontes de estimação? And where the fuck is Jesse Ventura? Foi raptado e nunca mais ninguém quis saber dele? E onde é que está o Barrett? Mete esse gajo a lutar.

Citação de IlidioMA, há 2 horas:

 

o Roman diz brother só ao Seth, por razoes evidentes. E claro que ele agr tem de estar mais calminho pq sabe o backfire que a sua power play teve. Está walking on thin ice, tudo contra ele, já aí estão os McMahons e tudo, conseguiu o objectivo que queria, mas as consequencias estão a ser maiores do que ele esperava. O bluff dele foi called e afinal o seu discurso no Fastlane era mais bluff que outra coisa.

Está a gerir as coisas para não se f*der. Se calhar ja ligou para Hollywood e afinal não há assim tantas propostas a choverem.

Mais uma vez estás a cortar as pernas às tuas próprias personagens. Deixa-os crescer, acabaste de tirar a única coisa que fazia do Roman especial. De que lhe serve agora saber podres sobre o Kurt, se basta aparecer a Steph e ele já não tem poder nenhum? É um major angle que deixa de ter importância.

Compartilhar este post


Link para o post

Mesmo que o teu objetivo seja a Stephanie vir "meter ordem" na casa tem que vir como heel. A Stephanie irl rasgava o Kurt todo, mas à heel.

Depois ela não veio fazer grande coisa. O próximo PPV é o Elimination Chamber era normal que pelo menos o World Heavyweight fosse defendido lá. Ela só disse que o Roman era o 1º a entrar e adicionou mais 1 Elimination Chamber para o US. Ah, e veio dar uma title shot à Nikki Cross porque ela tentou um boicote ao show? Recebe-se prémios? Porque a causa é nobre? A Nikki Cross que perdeu para a Sonya Deville no nº1 contenders match antes da Sonya vencer o título?

Os Canuckleheads são o maior flop dessa tag team division. Não ganharam os títulos no Fastlane passou a oportunidade. Isto não são dois jovens a quererem entrar na scene, são dois veteranos a repetir o que fizeram há 20 anos e que nem na altura foi bom.

Titus O'Neil? Mas quando eu tive o Breeze num 4 Way para ter acesso a outro 4 Way para o nº1 contender era mau porque quem é o Breeze.

Aposto que o Ciampa perde para a semana.

Não precisas de meter (tenta jogos psicológicos) tipo que somos burros e não percebemos pela promo xD

Que feud sem sal esta do Rollins e do Roman. E agora o poder do Roman foi-se, passados 2 meses, se tanto.

O vencedor da Rumble a perder combates à caminho da Wrestlemania, gosto tanto.

Cada vez percebo menos o teu booking, praticamente nada faz sentido. E tu dizes que é porque temos gostos ou definições diferentes mas isso não é verdade. Até concordo com muita coisa que tu dizes no tópico geral, ou mesmo quando criticas o Raw ou o NXT aqui. Mas ontem fazes uma critica ao NXT e hoje fazes 10x pior no Smackdown (ex).
Se tu próprio visses o teu Smackdown "de fora" aposto que tinhas mil criticas para fazer, mas depois fazes isso nos teus show. Só não percebo porque, qual é o objetivo, se afinal quem tá em ácidos és tu, se és tu que pensas "vou fazer as coisas mais crazys!", ou se é só troll mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post

Uma das coisas piores para mim é que passado 10 meses o show continua a ser sobre o Kurt, ele é a única verdadeira estrela da brand. O @Ruas que me diga se concorda, mas acho que o Kurt é o único que eu podia ler uma promo sem ver o nome dele antes, e saberia que é ele. É o único com maneirismos próprios, o único com traços de personalidade únicos... 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de KO PrizeFighter, há 14 horas:

E porque é que o Seth não ajudou os dois bisontes de estimação? And where the fuck is Jesse Ventura? Foi raptado e nunca mais ninguém quis saber dele? E onde é que está o Barrett? Mete esse gajo a lutar.

estava a vir de Full Sail ainda! Da florida até ao Minesota é atravessar a américa! De carro são dois dias. Pelo caminho tenho a certeza que passou pelo Iowa para dar um beijinho aos pais e tal, chegou mesmo, mesmo àquela hora. Minutos depois dos seus parceiros perderem.

Jesse Ventura está perdido algures em Barcelona. Ou nem isso. Nunca se saberá dele.

O Barrett não vai lutar; não aqui, pelo menos. Ele reformou-se praí há uns 5 anos, mesmo irl agr voltou foi para comentador, não estou para metê-lo no ringue, pelo menos a full time. Tenho um projecto para ele, mais a manager.

Citação de Ruas, há 12 horas:

Os Canuckleheads são o maior flop dessa tag team division. Não ganharam os títulos no Fastlane passou a oportunidade.

não vejo pq. se os personagens/gimmicks/wreslters se gastassem asism tão rápido (surgem, têm um title shot, perdem, arredam) isto era uma fábrica de salcichas, não uma promotion.

Citação de Ruas, há 12 horas:

Que feud sem sal esta do Rollins e do Roman. E agora o poder do Roman foi-se, passados 2 meses, se tanto.

ainda nem começou propriamente a feud.

Mas o Roman continua a ter poder sobre o Jurt. não contava era que viesse alguem acima do Kurt. Agr tem de gerir esse duplo poder na WWE.

Citação de Ruas, há 12 horas:

O vencedor da Rumble a perder combates à caminho da Wrestlemania, gosto tanto.

vencia-os antes disso? Venceu a Rumble? Estou a ser consequente com a gimmick/o personagem. Ele agr sem o seu grupo coeso, vê-se grego. 

 

Citação de KO PrizeFighter, há 2 horas:

Uma das coisas piores para mim é que passado 10 meses o show continua a ser sobre o Kurt, ele é a única verdadeira estrela da brand. O @Ruas que me diga se concorda, mas acho que o Kurt é o único que eu podia ler uma promo sem ver o nome dele antes, e saberia que é ele. É o único com maneirismos próprios, o único com traços de personalidade únicos... 

já não é mau.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de IlidioMA, há 20 minutos:

estava a vir de Full Sail ainda! Da florida até ao Minesota é atravessar a américa! De carro são dois dias. Pelo caminho tenho a certeza que passou pelo Iowa para dar um beijinho aos pais e tal, chegou mesmo, mesmo àquela hora. Minutos depois dos seus parceiros perderem.

 

Podias pelo menos separar mais os segmentos, é que foram literalmente um a seguir ao outro.

Citação de IlidioMA, há 20 minutos:

 

não vejo pq. se os personagens/gimmicks/wreslters se gastassem asism tão rápido (surgem, têm um title shot, perdem, arredam) isto era uma fábrica de salcichas, não uma promotion.

Nisso concordo contigo, mas acho piada que me moeste o juízo por os FS não terem ganho os títulos logo na primeira vez que lutaram por eles.

Mas agora tens um problema, para o qual foste avisado, é que os Canucas acabaram de lutar pelos títulos e perderam, e agora vão lutar outra vez, qual é o interesse? Por isso é que fazer combates com tanta gente pelos títulos se torna um problema, porque de uma assentada perdes contenders credíveis para o futuro próximo, a menos que tenham sido protegidos pelo booking do combate.

E depois olha só para as duas equipas, é suposto acreditar que num combate de tags 2 vs 2 os Canucas conseguem ganhar aos Viking Raiders?

Citação de IlidioMA, há 20 minutos:

 

Mas o Roman continua a ter poder sobre o Jurt. não contava era que viesse alguem acima do Kurt. Agr tem de gerir esse duplo poder na WWE.

O Roman não tem poder nenhum. Esquece isso, já estragaste o angle todo, não invistas mais na história do Roman ter poder sobre o Kurt porque já não interessa para nada. De que é que serve o contrato do Kurt ter para lá umas cláusulas que lhe conferem proteção contra os McMahons, se afinal também há umas cláusulas que permitem à Stephanie vir e assumir o controlo total do show?

Citação de IlidioMA, há 20 minutos:

vencia-os antes disso? Venceu a Rumble? Estou a ser consequente com a gimmick/o personagem. Ele agr sem o seu grupo coeso, vê-se grego. 

Acho que estás a confundir o booking que se dá a um Mr. Money in the Bank vs vencedor do Rumble. Um Mr. Money in the Bank "pode perder" porque a mala basicamente lhe garante o título, mesmo que esteja sem grande credibilidade. Agora o gajo que vai ao main event da Wrestlemania? Qual vai ser a parte boa de teres um gajo no main event do maior evento do ano que perde contra toda a gente?

Citação de IlidioMA, há 20 minutos:

já não é mau.

Não é mau porque tens uma boa personagem aí, mas é péssimo porque só tens uma personagem que é distinta das outras, e ainda por cima nem wrestler é.

Compartilhar este post


Link para o post

É o que eu digo, o Ilidio critica certas coisas (seja irl, seja os nossos produtos) e depois faz igual ou pior. Não percebo, nem quero, já não tenho paciência.

Compartilhar este post


Link para o post

CD5hW8e.jpg

WWE Roadblock – Preview 

 

Este domingo o Raw tem a última paragem antes da Wrestlemania. No Tacoma Dome, em Washington, todos os títulos serão defendidos, mas não teremos apenas combates válidos pelos títulos. Aqui temos todos os combates de amanhã: 

Montez Ford © vs Cesaro – Intercontinental Championship Match

tHmhMbL.jpg

Montez Ford venceu o seu primeiro título individual há 5 semanas, vencendo Roderick Strong no Raw após o Royal Rumble. Desde então seguiu na tentativa de conquistar os títulos de tag team com Angelo Dawkins, e enquanto isso houve um torneio para definir quem seria o seu adversário neste evento. 

Montez e Dawkins não tiveram sucesso na busca do ouro, mas mantêm-se como uma equipa unida. Quem também faz parte de uma equipa unida é Cesaro, o líder dos FUSION que venceu o torneio, após ultrapassar Mustafa Ali, Rey Mysterio e o King of the Ring, Daniel Bryan. No último Raw os dois tiveram o primeiro confronto, com o campeão a lutar lado a lado com o seu parceiro para enfrentar os dois amigos de Cesaro, Sheamus e Ohno. O combate acabou por não correr bem aos Street Profits, na medida em que Angelo Dawkins foi prematuramente removido do combate devido a lesão, e provavelmente nem poderá estar no canto de Montez neste combate. Ainda assim Montez mostrou um grande espírito, prosseguiu na luta e conseguiu ir até ao fim e vencer Sheamus e Ohno, numa demonstração de que o campeão quer manter o título na sua cintura.  

Nesta que vai ser a primeira vez que Montez Ford vai defender o seu título, conseguirá ele mostrar que tem o que é preciso para continuar a ser um campeão a solo, ou irá Cesaro conquistar o Intercontinental Championship pela primeira vez na sua carreira, e o seu primeiro título individual em 8 anos e meio? 

 

Daniel Bryan vs Aleister Black

ySiBPXE.jpg

Ainda há muita especulação sobre o motivo que levou Aleister Black a atacar Daniel Bryan, custando-lhe um combate que lhe daria uma oportunidade pelo Intercontinental Championship. O próprio Aleister ainda não se mostrou interessado em explicar as suas ações, mas Daniel Bryan sem dúvida já tentou obter respostas. 

Perante a recusa de Aleister em explicar-se, Bryan desafiou-o para este combate, o que parece que era o objetivo de Aleister. Irá o novo King of the Ring levar a melhor, ou será que este novo Aleister vai capitalizar na sua recente mudança de atitude e mostrar que não deve continuar a ser deixado na prateleira? 

 

Kevin & Sami open challenge for the Raw Tag Team titles

A3ZKcfC.jpg

Destinados a lutar para sempre, seja lado a lado ou um contra o outro, Kevin Owens e Sami Zayn têm estado do mesmo lado desde há cerca de 4 meses. Há duas semanas, em Montreal, conseguiram finalmente conquistar os Raw Tag Team titles pela primeira vez. Eles querem claramente ser campeões com valor, e garantiram que vão defender os títulos sempre que possível, começando (e talvez terminando) no Roadblock.  

Quem será que vai aceitar o desafio? E será esta equipa misteriosa capaz de terminar prematuramente o primeiro reinado de Kevin e Sami como campeões? 

 

Drew McIntyre vs Samoa Joe

689j7tX.jpg

Depois de finalmente se ter livrado de Shane McMahon, Drew quis corrigir o que Shane tinha feito. Recordado de que Shane lhe custou o combate frente a Brock Lesnar no Survivor Series, Drew decidiu então desafiar “A Besta” para mais um combate, na Wrestlemania, para poderem desempatar e decidir de uma vez por todas quem é o melhor. 

Brock Lesnar não parece estar muito interessado nisto porque até agora ainda não respondeu, mas há uma nova besta na WWE, e o seu nome é Samoa Joe. Ele tem estado com grande ímpeto nas últimas semanas, vencendo todos os que lhe aparecem pelo caminho e resolveu colocar-se no caminho de Drew McIntyre. Joe não quer deixar dúvidas de que é a nova força dominante do Raw, e qual é a melhor maneira de o fazer do que vencendo o último homem que derrotou Brock Lesnar? 

Neste duelo de titãs, quem sairá vitorioso? 

 

Ronda Rousey © vs Toni Storm – WWE Raw Women’s Championship Match

pbNcRcn.jpg

Tendo-se estreado a 5 de Outubro, Toni tem feito jus ao nickname de Unstoppable Storm. Ainda ninguém encontrou forma de parar Toni, e muitas têm tentado. Tendo já vencido uma grande rivalidade frente a Shayna Baszler, só nas últimas 3 semanas Toni venceu Bayley, Charlotte Flair e Alexa Bliss. Pelo meio teve uma grande prestação no Royal Rumble, tendo sido a última eliminada. Toni chega a este combate com todo o ímpeto, tendo destronado vários obstáculos para aqui chegar. 

Mas a pessoa que ela vai enfrentar não é uma qualquer, pois também Ronda é uma força para a qual ninguém tem encontrado forma de parar. Desde que Ronda regressou e recuperou o título ao vencer Becky Lynch, ninguém a conseguiu vencer. A única derrota de Ronda remonta a um tag team match, onde não foi ela a sofrer o pin, mas coincidência ou não, a pessoa que conquistou a vitória nesse combate foi Toni Storm, na noite da sua estreia. Quem também era suposto fazer parte deste combate era Shayna Baszler, que finalmente se rebelou contra Ronda no Royal Rumble, mas a própria Ronda fez questão de garantir que isso não acontecia, ao ter atirado Shayna abaixo do stage com um F5, deixando-a fora de ação durante várias semanas. 

Becky Lynch ocupou o seu lugar no combate, mas quis o destino (e uma lesão causada por Charlotte e Alexa) que este combate fosse apenas entre Toni Storm e Ronda Rousey, a mais adorada contra a mais odiada do roster. Será este o momento da coroação de Toni Storm, e a proclamação oficial de que este é, sem dúvida, o tempo da Toni? Ou iremos ter Ronda Rousey a ultrapassar mais uma adversária, cimentando-se como uma das campeãs mais dominantes da história da WWE? 

 

Kyle O’Reilly © vs Adam Cole – WWE Championship Match

joilliE.jpg

Durante anos Adam Cole liderou a Undisputed Era, e ao lado de Kyle O’Reilly, Bobby Fish e Roderick Strong, dominaram o NXT. Há 10 meses os quatro chegaram ao Raw com o objetivo de dominar a red brand, e esse era um objetivo que estavam a alcançar, passo a passo. No entanto, no No Mercy, após Adam Cole vencer AJ Styles e se tornar WWE Champion, juntando esse título ao Intercontinental Championship que já havia conquistado meses antes, Roderick Strong e Bobby Fish decidiram que Adam Cole já não servia como líder, para choque de Kyle O’Reilly e de todo o mundo. 

Após um violento ataque, Adam teve que se ausentar durante mais de um mês, e não sendo capaz de defender os seus títulos, teve que abdicar deles. O Intercontinental Championship foi parar ao ombro de Roderick Strong, e o WWE Championship foi conquistado, de forma surpreendente, por Kyle O’Reilly no Royal Rumble, quando venceu um Triple Threat Match onde estavam também Edge e Brock Lesnar. Nessa mesma noite Adam Cole regressou com o objetivo de se vingar de Roderick Strong, e na noite seguinte ficámos a saber que Kyle só se manteve por perto de Roderick e Bobby para também se vingar, por terem quebrado a que era não só uma stable dominante, mas também um elo de amizade entre os quatro. 

Kyle tinha dito que se conquistasse o título iria dar a Adam Cole a oportunidade de o conquistar, e assim o fez. Mas Kyle tem sentido que Adam considera que ele apenas é campeão até o próprio Adam reconquistar o título, e não está satisfeito com isso. Kyle exige respeito, pois agora é ele o campeão, e é ele a cara do Raw, e não vai aceitar continuar a ser visto apenas como o amigo de Adam Cole. Os dois já tiveram as suas desavenças tendo mesmo chegado a trocar alguns murros (com o vencedor do Royal Rumble, Seth Rollins, à mistura) mas no último Raw mostraram o respeito que têm um pelo outro, depois de Adam ter vencido Roderick e ter completado a sua vingança sobre o homem que destruiu tudo o que Adam levou anos a construir. 

Quem sairá do Roadblock como campeão? 

Compartilhar este post


Link para o post
Publicado (editado)

Acho que o Cesaro ganha e na Mania vai ser Cesaro (c) vs Montez vs DB vs Aleister.

Ganha o Aleister. Voltar para perder era meio caminho andado para ficar já morto e enterrado. Sim, eu sei que é contra o KotR but still.

Acho que vai ser a UE contra o Sami e Owens. Mas não vão perder já os títulos.

Curtia que ganhasse o Joe e o Drew "conquistasse" a nova beast na Mania.

IT'S TONI TIME!!

ADAM COLE BAYBAY!!

Editado por Ruas

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de KO PrizeFighter, há 3 horas:

Mas agora tens um problema, para o qual foste avisado, é que os Canucas acabaram de lutar pelos títulos e perderam, e agora vão lutar outra vez, qual é o interesse? Por isso é que fazer combates com tanta gente pelos títulos se torna um problema, porque de uma assentada perdes contenders credíveis para o futuro próximo, a menos que tenham sido protegidos pelo booking do combate.

nao vejo isso assim. pq um combate 1-on-1 é muito diferente de um combate com 3 ou 4, ou mais candidatos.

Se perdes um one-on-one, sim, podeis alegar isso: já lá foste, perdeste, vai te embora.

Mas perder com mais candidatos não diria o mesmo. Nem toda a gente emerge desse combate com o mesmo nivel de derrota.

Citação de KO PrizeFighter, há 3 horas:

De que é que serve o contrato do Kurt ter para lá umas cláusulas que lhe conferem proteção contra os McMahons, se afinal também há umas cláusulas que permitem à Stephanie vir e assumir o controlo total do show?

nao é isso que é transmitido. o que se disse é que são poderes de emergência quando a continuadidade normal da brand esteja ameaçada. Ora, um roster em greve é uma ameaça à continuidade normal das actividades né. Ele vem para por fim à greve. E a maneira como o fez foi marcando dois combates de grau elevado de dificuldade para os dois campeões/terroristas, como forma subtil de punição, mais determinando que eles os dois não podem interferir em combates, sob pena de perder os títulos. Foi um exercicio de soft power.

Não teve controlo sob o show, nem total nem parcial. Veio acabar com a greve, fazendo-o sem fazer grande coisa; o estritamente necessario para que o show voltasse ao "normal".

 

Por exemplo a questão da Nikki ir ao ElimChamber lutar pelo titulo tb se insere nisso, pq a Nikki, lider grevista, não estava muito disposta a acabar com a greve. Deixá-la pendente seria deixar a porta aberta a que a greve se renovasse. Assim, a Stephanie dá lhe isso, quase como suborno - o que prova que ela tb n é assim tão face.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de IlidioMA, há 2 minutos:

nao vejo isso assim. pq um combate 1-on-1 é muito diferente de um combate com 3 ou 4, ou mais candidatos.

Se perdes um one-on-one, sim, podeis alegar isso: já lá foste, perdeste, vai te embora.

Mas perder com mais candidatos não diria o mesmo. Nem toda a gente emerge desse combate com o mesmo nivel de derrota.

Mas para isso convinha que eles tivessem sido protegidos no booking do combate para agora serem vistos como uma ameaça, mas não, eu acho que eles tinham mais hipóteses antes do que como têm agora num combate normal.

Olha dou-te um exemplo que aconteceu irl há uns anos: fatal 4-way entre Brock, Braun, Roman e Samoa Joe. O Brock reteve o título, mas a forma como o combate aconteceu permitiu que no PPV seguinte fosse Brock vs Braun e que houvesse a real possibilidade do Braun vencer o Brock.

Citação de IlidioMA, há 2 minutos:

nao é isso que é transmitido. o que se disse é que são poderes de emergência quando a continuadidade normal da brand esteja ameaçada. Ora, um roster em greve é uma ameaça à continuidade normal das actividades né. Ele vem para por fim à greve. E a maneira como o fez foi marcando dois combates de grau elevado de dificuldade para os dois campeões/terroristas, como forma subtil de punição, mais determinando que eles os dois não podem interferir em combates, sob pena de perder os títulos. Foi um exercicio de soft power.

Não teve controlo sob o show, nem total nem parcial. Veio acabar com a greve, fazendo-o sem fazer grande coisa; o estritamente necessario para que o show voltasse ao "normal".

Abres aí um precedente perigoso, porque eu por exemplo considero que um wrestler chantagear o GM é uma situação de emergência que não permite que o show se desenrole normalmente. Mas mesmo sem ligar a essa tecnicalidade, mantenho a opinião que a intervenção da Steph só veio arruinar o Roman. Na semana passada disse que estava a achar piada às interações entre o Roman e o Kurt, e achava que tinhas aí potencial para algo interessante, mas esta semana arruinou isso completamente.

Citação de IlidioMA, há 2 minutos:

Por exemplo a questão da Nikki ir ao ElimChamber lutar pelo titulo tb se insere nisso, pq a Nikki, lider grevista, não estava muito disposta a acabar com a greve. Deixá-la pendente seria deixar a porta aberta a que a greve se renovasse. Assim, a Stephanie dá lhe isso, quase como suborno - o que prova que ela tb n é assim tão face.

Então as últimas semanas têm sido a construir a Nikki como a maior babyface da brand, e agora queres que vejamos que ela não é assim tão face?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de KO PrizeFighter, há 3 minutos:

Então as últimas semanas têm sido a construir a Nikki como a maior babyface da brand, e agora queres que vejamos que ela não é assim tão face?

ela, a Steph

Compartilhar este post


Link para o post
Publicado (editado)
Citação de Ruas, há 33 minutos:

Acho que o Cesaro ganha e na Mania vai ser Cesaro (c) vs Montez vs DB vs Aleister.

Pagava para ver esse combate irl.

Citação

Ganha o Aleister. Voltar para perder era meio caminho andado para ficar já morto e enterrado. Sim, eu sei que é contra o KotR but still.

Acho que vais markar com este combate...

Citação

Acho que vai ser a UE contra o Sami e Owens. Mas não vão perder já os títulos.

Quem sabe, quem sabe...

 

 

Já escrevi 5 combates, e vou correr o risco de elevar demasiado as expectativas, mas foram 5 dos combates que mais gostei de escrever e estou com muito hype para este PPV.

 

Citação de IlidioMA, há 7 minutos:

ela, a Steph

Mas a Nikki aceita o suborno.

Editado por KO PrizeFighter

Compartilhar este post


Link para o post

CD5hW8e.jpg

WWE Roadblock – Kickoff

 

Vemos Reneé Young com o General Manager Paul Wight, no cenário habitual dos kickoffs dos PPV’s do Raw. 

Reneé: Welcome everyone, to the last stop before Wrestlemania. We’re kicking off WWE Roadblock and with me, as always, is the General Manager of Monday Night Raw, Paul Wight. 

Paul: It seems that just yesterday I became Raw’s General Manager, that was the night after Wrestlemania and now we have Wrestlemania around the corner again. 

Reneé: And what a night this will be. Whatever happens tonight will without a doubt affect the Wrestlemania card. I’d like to start to talk about our brand new Raw Tag Team Champions, Kevin Owens and Sami Zayn. 

Paul: Those guys deserve everything, and I’m happy to see them having success as a team. They are the kind of champions I like, because they want to defend their titles every chance they got, and they will start tonight. Given the quality of our tag team division, I can’t wait to see who will step up to the challenge. 

Surgem os retornados American Alpha. 

Gable: Wait no more. 

Reneé: Hey guys, it’s good to see you. We haven’t seen you in a while. 

Jason: After we lost the Raw Tag Team titles we needed some time to recover. We couldn’t just be anxious to get the titles back, because there are no automatic rematches anymore. We were hoping that we could be the ones who took the titles back from the Undisputed Era, but Kevin and Sami did it first. 

Gable: But now we have a new chance to win the titles again, and to do it, we are ready, willing... and Gable. 

Os American Alpha vão embora. 

Reneé: Well we already know who will face Kevin and Sami, and that will certainly be a great match between four talented wrestlers. Now let’s talk about the match that will probably be the most brutal of the night, Drew McIntyre vs Samoa Joe. 

Paul: What can I say about this one? Having people as driven and focused as Drew and Joe only makes my job easier. They are two men who know exactly what they’re worth and what they want, and I’m sure tonight it’s gonna be about who wants the most to be the most feared man on Raw. 

Reneé: Talking about driven people, what do you think about the new attitude of Aleister Black? 

Paul: I can’t say much about that, becuase I have to be impartial. Only Aleister knows why he did what he did, but he picked a big bone to chew, and let’s see if he can get the job done in the ring. 

Surgem agora Sheamus e Kassius Ohno. 

Sheamus: What the hell was that earlier? Didn’t we said that we wanted to face Kevin and Sami tonight? Why does the American Alpha get to do it? 

Paul: Guys it’s an open challenge, anyone can step up. And honestly I didn’t knew if you still wanted to fight tonight for the titles, since last Raw you lost to the Street Profits. Well, you basically lost to Montez Ford, alone. 

Ohno: The match of last week has nothing to do with this. It seems to me that you just want to do your pal Kurt Angle a favor and give his son a title match. 

Sheamus: Why are you doing that? So he can do you a favor on the next draft? 

Paul: Listen, I didn’t made your match official, just like I didn’t made official the match for American Alpha. Whoever gets to the ring first will have the match. I do my job and I don’t have favorites here, my job is just to make sure everyone gets fair opportunities. In fact, that reminds me that Angelo Dawkins can’t be here tonight, so Montez Ford will be alone when he defends the Intercontinental Championship against Cesaro, so to be fair, Cesaro should be alone too. So you two are hereby banned from ringside tonight. 

Sheamus: WHAT? Are you insane? 

As coisas estão perto de descambar, Sheamus e Ohno berram muito, mas aparece Cesaro. 

Cesaro: Relax guys, that won’t make a difference. Tonight I’m leaving this place as the Intercontinental Champion. It took more than 8 years, but tonight I’ll become a singles champion again. 

Os FUSION vão-se embora. 

Reneé: Now let’s talk about the WWE Championship Match. Kyle O’Reilly will defend the title for the first time against the former champion, Adam Cole. 

Paul: I’m proud of having two men like them fighting for the biggest prize of our industry. Adam made his return after his injury and immediately showed that he is ready to reclaim the title that he never lost, and Kyle is a champion of his word. He promised that if he won the title he would defend it against Adam and as soon as he won it he told me the same. 

Reneé: And what about our main event? Ronda Rousey will defend the WWE Raw Women’s title against the Unstoppable Storm, Toni Storm. Do you think this is Toni Time? 

Paul: I think it is a great time for women’s wrestling. Ronda and Toni couldn’t be more different, but they represent the best qualities of every women in the locker room, they are both fearless, tenacious and very talented, and tonight I’m sure they’re gonna have a great match. 

Surgem as IIconics. 

Billie: Hey there, mates. 

Peyton: Tonight won’t be just great, it will be... IIconic. Everybody knows that Toni is a good friend of ours, and tonight she will take that title away from Ronda and we will finally get a champion that represents all of us. 

Reneé: And that is it for the kickoff of Roadblock. 

Paul: Enjoy the show, everybody. 

Compartilhar este post


Link para o post

CD5hW8e.jpg

WWE Roadblock – 21 de Fevereiro do 2021 – Tacoma Dome, Tacoma, Washington

 

Vic Joseph: Good evening everyone, and welcome to Roadblock. 

Uma descarga de pirotecnia é libertada no stage, onde já está Maggie Lindemann para tocar a música oficial do evento, Crash and Burn. 

 

Theme de Kevin & Sami 

Os campeões de tag team recebem uma grande ovação e esperam pelos seus adversários.  

Theme dos American Alpha  

Vic Joseph: It seems that the American Alpha are really gonna be the ones to accept the challenge.  

A música continua a tocar, mas eles não aparecem.  

Byron Saxton: But where are they?  

A música para de tocar e continua sem aparecer ninguém.  

Theme dos Forgotten Sons 

Vic Joseph: Well I guess this is gonna be the match then.  

Kevin & Sami vs The Forgotten Sons – Raw Tag Team Championship Match

A3ZKcfC.jpg

Sami Zayn começa o combate com Wesley Blake. Sami começa melhor conseguindo manobras como o rolling arm drag, push-off dropkick e o running crossbody. Eventualmente Sami faz o tag com Owens que continua no controlo ao aplicar um jumping senton e prendendo o crossface. Blake acaba por conseguir rebolar por cima de Owens e soltar-se, chegando ao tag com Jaxson Ryker. Ryker entra em ringue com força bruta e aplica o running choke hold, seguido de um snap suplex e de um back body drop, 1,2... Kevin safa-se. Os Forgotten Sons assumem agora o controlo durante algum tempo, com tags constantes e a segurarem Kevin no seu canto. A certa altura Blake consegue um chokeslam, e sobe ao canto para um diving moonsault, mas Owens consegue levantar os joelhos. Com isto ficam os dois no chão, a rastejarem cada um para o seu canto, e ambos fazem o tag ao mesmo tempo. Sami e Ryker entram no ringue e correm virados um ao outro, Ryker vai para uma clothesline mas Sami baixa-se, vai às cordas e aplica um springboard moonsault e depois um sunset flip powerbomb, 1,2... Ryker safa-se. Sami está com ímpeto, agarra em Ryker para um corner exploder suplex, mas Ryker dá-lhe várias cotoveladas e obriga-o a largá-lo. Sami corre novamente virado a ele mas Ryker apanha-o com um spinebuster, 1,2... Sami safa-se agora. É a vez de Ryker prender um crossface em Sami para o desgastar, e ainda mantém a manobra presa durante cerca de um minuto, até Sami se conseguir começar a levantar de forma incrível com Ryker nas suas costas, deixa-se cair para trás e obriga Ryker a largá-lo. Sami rasteja agora para chegar ao tag com Owens, está quase a chegar... Blake tenta entrar no ringue, mas o árbitro impede-o, e enquanto estão a trocar argumentos, Steve Cutler aproxima-se de Owens e puxa-lhe o pé, fazendo assim com que Sami não possa fazer o tag. Owens dá-lhe alguns murros e aplica um stunner, mas quando está para voltar à apron é Blake que corre até lá e o surpreende, aplicando um chokeslam. Sami já se conseguiu levantar e está no canto de costas para o ringue a perguntar a Owens como está, mas neste momento Ryker corre virado a ele e acerta o stinger splash. Ryker agarra em Sami e aplica um turnbuckle powerslam, Sami fica combalido mas em pé, Ryker corre para as cordas para apanhar balanço... spear. Ryker faz o pin, 1...2.... SAMI LEVANTA O BRAÇO. 

Os campeões mantém-se em combate, e Ryker não acredita que Sami se safou. Ryker continua a castigar Sami durante algum tempo, e a certa altura faz o tag com Blake, vão para aplicar um double chokeslam... mas Sami consegue reverter para um double DDT. Ficam agora todos no chão, Sami e Ryker são os primeiros a levantarem-se. Apesar de Ryker não estar legal troca alguns murros com Sami, mas este acerta-lhe um calf kick que o atira contra o canto. Blake agarra em Sami por trás, mas Sami reverte e consegue aplicar um corner exploder DDT, atirando Blake contra Ryker. Sami depois levanta os dois no canto, apanha balanço... e acerta o helluva kick nos dois ao mesmo tempo. Owens está a recuperar e sobe à apron, faz o tag com Sami, sobe ao canto... swanton em Blake, 1...2...3 e a vitória é para Kevin e Sami, que conseguem reter os Raw Tag Team titles na primeira defesa. 

 

Os campeões estão esgotados, mas celebram esta vitória, enquanto os Forgotten Sons estão a tentar recuperar e bastante irritados por terem perdido.  

 

Vemos agora um vídeo do que aconteceu no Raw há duas semanas, quando Aleister Black atacou Daniel Bryan, o que originou o próximo combate.  

Daniel Bryan vs Aleister Black

ySiBPXE.jpg

Aqui temos um combate muito estratégico, ambos sabem claramente qual é o plano. No início do combate ninguém arrisca muito, os riscos são calculados, ambos sabem que um erro pode ser fatal. Arranca o combate a um ritmo lento, com ambos a tentarem manobras de submissão e desgaste, e quando têm a hipótese de acertar um murro ou pontapé, fazem-no com a maior força possível. É numa dessas situações que pela primeira vez há um erro, com Bryan a perder um pouco o equilíbrio e a falhar um murro, o que permite a Aleister prender um anti-cross. Bryan não desiste e deixa-se cair para trás para obrigar Aleister a largar, mas Aleister continua entrelaçado com Bryan e faz o pin através de uma espécie de backslide. Bryan safa-se mas Aleister continua agarrado ao seu braço e prende agora o fujiwara armbar. Bryan esperneia bastante e acaba por conseguir chegar às cordas. Aleister assume agora um maior controlo sobre o combate, conseguindo aplicar algumas manobras como o german suplex e o kitchen sink. A certa altura Aleister sobe ao canto e lança-se para um diving meteora, mas Bryan desvia-se e consegue um tilt-a-whirl facebuster. 

Agora é Bryan que fica por cima, ele levanta Aleister e acerta algumas chop blocks junto ao canto e aplica um cravate suplex. Bryan depois aplica multiple stomps e prende o Danielson special para desgastar Aleister. Ele depois prende o heel hook, mas em pouco tempo Aleister também consegue chegar às cordas. Bryan agora levanta Aleister, senta-o no canto superior, vai para um back superplex... mas Aleister aterra de pé, Bryan levanta-se, Aleister vai para o black mass... mas Bryan baixa-se e varre-o com um leg sweep, acerta 3 yes kicks, vai para o quarto mas Aleister baixa-se, saca um roll-up, 1...2... Bryan safa-se, os dois levantam-se e Aleister acerta-lhe um bicycle kick que atira Bryan para fora das cordas. 

O árbitro começa a contar enquanto Bryan está fora do ringue, este começa-se a levantar, mas Aleister corre virado ao canto e aplica o triangle moonsault plancha. Aleister atira Bryan de novo para dentro do ringue, sobe à apron... mas pensa melhor, volta a descer e puxa uma mesa de debaixo do ringue. Aleister quer começar a montar a mesa, mas o árbitro avisa-o que neste combate isso não é legal e manda-o regressar ao ringue. Aleister não lhe liga nenhuma e o árbitro sai do ringue a discutir com ele. Aleister continua sem querer saber, mas neste momento no ringue Bryan está-se a levantar, vê que Aleister está cá fora, vai às cordas apanhar balanço e começa a correr para um suicide dive... 

Vic Joseph: WHAT IS THIS? 

Booker T: THE RECOIL! THAT’S RICOCHET! 

Ricochet surpreende todos, entra no ringue e trava Bryan a meio do caminho aplicando o Recoil, está toda a gente em choque. Ricochet rebola para fora do ringue antes que o árbitro o veja. E agora Aleister larga a mesa e entra no ringue, o árbitro segue-o. Aleister olha de alto para Bryan, mete-lhe o pé debaixo do queixo e vai-o levantando... Black Mass. 1...2...3 Aleister Black consegue a vitória sobre Daniel Bryan. 

 

O choque é geral, Ricochet entra no ringue, nem ele nem Aleister dizem uma palavra, mas acenam um ao outro em concordância, mostrando que tudo isto foi planeado. 

Ricochet and Aleister Black Have Final NXT Match at Takeover: New York;  Triple H 'Concerned' During Finish

 

Passamos ao backstage onde Montez Ford está quase a entrar para o ringue. 

Charly Caruso: Montez, tonight it’s gonna be your first title defense, how do you feel about going to this match without the support of Angelo Dawkins? 

Montez: Dawkins supports me even if he’s not here. He got injured fighting by my side, and tonight, TONIGHT, this victory will be for him. 

Theme dos Street Profits 

Montez Ford faz uma grande entrada, saltando a barricade e correndo pelo meio da crowd, enquanto milhares de copos são largados do teto da arena. Segue-se o desafiante Cesaro, que vem para o ringue também ele sozinho, já que Sheamus e Kassius Ohno estão banidos do ringside

Montez Ford © vs Cesaro – Intercontinental Championship Match

tHmhMbL.jpg

Cesaro começa melhor este combate, ele quer acabar com o longo jejum de mais de 8 anos sem nenhum título individual e usa a sua maior força e experiência para dominar o jovem campeão numa fase inicial do combate. Cesaro vai aplicando manobras como o belly to back suplex e o overhead belly to belly suplex. A certa altura Cesaro encosta Montez a um canto, apanha balanço e acerta uma corner running uppercut, e mais uma... e vai para a terceira... mas Montez reage e dá um grande salto para cima dele acertando uma enorme jumping lariat. O campeão finalmente dá sinal de vida, tenta recuperar algum fôlego e aplicar alguns golpes. Ele começa por acertar um spinal kick nas costas de Cesaro, depois levanta-o, atira o às cordas e na volta acerta um dropkick

Montez continua ao ataque durante algum tempo, a certa altura sobe ao canto, vai para um front missile dropkick mas Cesaro consegue apanhá-lo pelos pés. A crowd entusiasma-se pensando que pode vir aí o Cesaro swing. Cesaro percebe isto... mas não lhes dá o que querem, e acaba por pisar a barriga de Montez e prende depois o sharpshooter. A manobra está bem presa e nota-se que está a aplicar muita pressão. Montez tenta rastejar, está claramente com dores, estica o braço para chegar à corda... mas Cesaro arrasta-o para o meio do ringue e volta a prender a manobra. Parece que Montez não tem para onde ir, terá que desistir... mas ele não desiste. Consegue arranjar forças sabe-se lá onde e começa a rastejar. Cesaro não percebe o que está a acontecer, tenta contrariar o movimento mas Montez continua a rastejar virado às cordas... e acaba por conseguir lá chegar. Cesaro tem que largar a manobra mas Montez está muito mal tratado. 

Cesaro segue no controlo do combate, e a certa altura vai para o neutralizer, mas Montez usa a força do seu tronco para fazer Cesaro passar por cima de si. Este aterra de pé, eles viram-se um para o outro... e Montez consegue um pop-up cutter. 1...2... Cesaro safa-se. Montez está em dificuldades, mas luta através da adversidade. Ele aplica um basement dropkick e um standing moonsault. Depois vê Cesaro estendido no meio do ringue, começa a entusiasmar a crowd, faz aquela dança que era característica de Rock... people’s elbow. 1...2... Cesaro safa-se. Montez está esgotado, mas arrasta-se até ao canto, começa a subir à corda superior, vai-se lançar para um frog splash... mas de repente Cesaro levanta-se, salta também para a corda superior e consegue um incrível superplex. Mas Cesaro não larga Montez, e imediatamente volta a agarrar nele... jackhammer. 1...2.... MONTEZ METE O PÉ NA CORDA. De forma incrível Montez consegue escapar-se desta sequência de superplex + jackhammer, os comentadores nem querem acreditar, e Cesaro idem. 

Mas o Swiss Superman não se deixa abater, agarra em Montez pelas pernas e agora sim, ele começa a girar e a girar e a girar... um grande Cesaro swing que dura cerca de 40 segundos, depois agarra em Montez... neutralizer

Vic Joseph: That’s gotta be it. 

1...2...3 Cesaro vence e é o novo Intercontinental Champion. 

 

Assim que acaba o combate, Sheamus e Ohno correm rampa abaixo, e levantam Cesaro nos seus ombros enquanto este levanta o título bem alto. É uma vitória muito festejada, tanto pelos FUSION como por parte da crowd, pois apesar de Cesaro atualmente não ser um dos bons da fita, a verdade é que também não é mau de todo e é alguém que sempre foi um dos favoritos dos fãs. Enquanto os festejos decorrem, Montez vai-se tentando levantar mas cai, não se conseguindo aguentar de pé. Ao ver isto, Cesaro pede a Sheamus e Ohno que o coloquem no chão, aproxima-se de Montez... e estende-lhe a mão. Cesaro reconhece o esforço de Montez e este aceita a ajuda para se levantar. O público aplaude este gesto de desportivismo de Cesaro, tornando a celebração da sua vitória ainda mais bonita. 

 

Vemos agora um vídeo que resume a rivalidade entre Drew McIntyre e Samoa Joe. 

Drew McIntyre vs Samoa Joe

689j7tX.jpg

Pois bem, aqui esqueçam as rest holds, esqueçam a estratégia, esqueçam o calculismo, pois este combate foi um festival de porrada pura e dura desde o primeiro segundo. Assim que a campainha tocou Drew e Joe foram virados um ao outro a trocar murros que parecia que queriam arrancar a cabeça um ao outro. Quando se cansaram dos murros, começaram a trocar chops à vez, até se notar que o peito de ambos estava já bem vermelho. Apenas dois minutos deste combate parecem ter sido mais intensos que um treino de crossfit. 

Os dois continuam a ter as mesmas ideias e acertam ambos uma clothesline, que deixa ambos no chão. Samoa Joe é o primeiro a levantar-se, mas Drew não fica atrás e levanta-se com um kip up, agarra em Samoa Joe e consegue aplicar um suplex toss. Drew segue ao ataque com um vertical suplex e um gutwrench powerbomb, e é nesta altura que Samoa Joe decide que o melhor é sair do ringue para se tentar recompor. Mas Drew não lhe dá tempo para recuperar, segue-o até ao ringside e continuam ao murro. Eventualmente Joe consegue empurrar Drew contra a apron, e atira-o com toda a força contra a barricade. Joe consegue agora alguns segundos para recuperar, entra no ringue e volta a sair para quebrar a contagem, agarra em Drew e aplica um snap scoop powerslam. Joe levanta Drew, este dá-lhe algumas cotovelas mas Joe acaba mesmo por o voltar a empurrar contra a apron, e mete-o de novo no ringue. 

Já no ringue, Joe tenta prender o coquina clutch, mas Drew agarra-se às cordas com toda a força que tem e Joe não consegue completar a manobra. Joe dá então um murro nas costas de Drew, e aplica um sleeper suplex. Joe vai para o pin, 1...2... Drew safa-se. Joe continua no ataque, com manobras como o knee strike, vários chest kicks no canto, e snap suplexes, volta a tentar o pin mas Drew volta a safar-se. Joe decide levar as coisas ao nível seguinte, e atira Drew contra o poste do ringue, e este até acaba por cair para o ringside. Joe vai atrás dele e aplica um uranage slam em cima da mesa dos comentadores estrangeiros. O árbitro vai contando e Joe volta a entrar no ringue para quebrar a contagem. Ele volta a sair do ringue, mas Drew reage e pontapeia-o para impedir Joe de o voltar a atacar. Drew depois vai virado a Joe e acerta-lhe o Glasgow kiss. Joe fica encostado aos degraus de aço, Drew corre virado a ele... mas Joe desvia-se e Drew embate nos degraus de aço. Enquanto isto o árbitro vai contando, mas agora Joe parece não estar muito preocupado com isso. Ele levanta Drew e atira-o contra a barricade, apanha balanço, corre virado a ele... e aplica um incrível running crossbody e os dois atravessam a barricade. A crowd vai ao rubro e grita “HOLY SHIT” HOLY SHIT”. Mas enquanto isto acontece o árbitro está a fazer a contagem, já vai em 8.... 9..... 10. 

O árbitro manda soar a campainha e o combate termina com um double count-out. 

O combate pode ter terminado, mas a luta parece que vai continuar. Joe levanta Drew e continuam a lutar pelo meio da crowd. Joe está melhor e vai dando mais murros, mas Drew vai reagindo, e a certa altura passam por um caixote de lixo e Drew atira-o contra Samoa Joe. Os dois já estão muito cansados, mas com esforço Drew levanta Joe e consegue aplicar um spinning future shock. Joe fica estendido ali no meio da crowd, e Drew começa a sair dali para se ir embora. Chegado ao stage, Drew está visivelmente cansado e com as mãos nos joelhos, mas Joe não se deixou ficar no chão e aparece a correr atacando-o pelas costas. Joe também está esgotado, mas está determinado a levar a melhor sobre Drew. Ele aproxima-se dele para prender o coquina clutch, mas Drew não o deixa prender a manobra, vira-se para ele e aplica o Glasgow kiss. Joe está a cambalear e vai-se levantando, Drew corre virado a ele... Claymore

Drew acaba por ficar por cima depois de uma grande batalha, mas o resultado oficial foi o empate. 

 

Vemos um vídeo que resume a história da Undisputed Era desde que se estrearam no NXT, levando até este momento, em que Kyle O’Reilly e Adam Cole vão lutar pelo título máximo da WWE. 

Kyle O’Reilly © vs Adam Cole – WWE Championship Match

joilliE.jpg

Começa o combate e durante uns segundos eles não se atacam, ficam apenas a olhar um para o outro, mas depois partem logo para socos violentos no meio do ringue. Adam parece estar a levar a melhor mas Kyle atira-o ao chão e dá-lhe dois murros, e prende logo o armbreaker, que Cole consegue reverter e safa-se rapidamente. Kyle corre virado a Adam mas este atira-o para fora do ringue. Kyle sobe à apron mas Cole vai virado a ele, só que Kyle agarra-lhe no braço e prende novamente o armbreaker. Estando nas cordas Kyle tem que o largar rapidamente, mas puxa depois Adam para fora do ringue e atira-o contra a barricade. É um começo muito forte por parte do campeão, que depois vai para atirar Cole novamente contra a barricade, mas este reverte e é ele que atira Kyle. Cole corre depois virado a Kyle mas este consegue atirá-lo ao ar e Cole cai em cima da barricade. Enquanto isto o árbitro tem estado a contar, então Kyle traz Cole de volta para o ringue, atira-o às cordas e acerta o kitchen sink, 1...2... Adam safa-se. Kyle senta Adam e acerta-lhe o spinal tap. Kyle depois levanta-o e tenta prender o sleeper hold, mas Cole baixa-se fazendo Kyle passar por cima de si e atira-o contra o canto, corre virado a ele mas Kyle levanta o pé acertando em Adam, Kyle rapidamente começa a subir à corda superior mas Adam reage e acerta-lhe um superkick que faz Kyle cair para fora do ringue. 

Kyle não fica nada bem depois desta queda, e no ringue Cole parece estar um pouco preocupado. Eventualmente Cole traz Kyle de volta para o ringue, encosta-o a um canto e dá-lhe alguns pontapés, antes de o atirar violentamente contra o canto oposto. Kyle vai-se levantando e Cole vai para lhe acertar um superkick, mas Kyle bloqueia-o e acerta-lhe o forearm smash, fazendo Cole cair para fora do ringue. Kyle passa das cordas para a apron, corre virado a Adam para o penalty kick, mas Adam desvia-se e puxa a perna de Kyle, fazendo-o cair. Cole depois mete Kyle de volta no ringue, tenta aplicar um german suplex, Kyle dá-lhe algumas cotoveladas, mas Cole acaba por conseguir mesmo aplicar o german suplex. Cole depois levanta Kyle e acerta-lhe algumas knife edge chops, mas Kyle bloqueia uma delas e acerta-lhe um enorme chest kick. Kyle depois levanta-o e aplica um belly to back suplex, 1...2... Adam safa-se.  

Kyle mostra sinais de algum cansaço, sobe à corda superior, mas antes que consiga saltar Cole levanta-se e dá-lhe um murro, e começa também a subir á corda, e consegue um superplex. Os dois ficam estendidos no meio do ringue, Adam coloca o braço por cima de Kyle, 1...2... Kyle safa-se. Os dois demoram algum tempo a levantarem-se, trocam alguns murros, Kyle consegue meter Adam em posição para um DDT, mas Cole mete Kyle nos seus ombros... kneecap brainbuster. Corre virado às cordas... last shot. 

Vic Joseph: That’s gotta be it. 

1...2......... Kyle levanta o braço no último momento possível. Adam não quer acreditar, cânticos de “This is awesome” começam a ecoar no Tacoma Dome. Adam pensa no que pode fazer, afasta-se, prepara o superkick, Kyle começa a levantar-se... Cole vai virado a ele para o superkick, mas Kyle bloqueia o ataque e consegue o belly to back suplex, e imediatamente prende o cross armbreaker. Adam está no meio do ringue, não tem para onde ir.... ele esperneia por todo o lado, e eventualmente consegue rebolar para cima de Adam e dar-lhe alguns murros com o outro braço para o obrigar a largar a manobra. 

Os dois estão exaustos, estendidos no ringue a olhar um para o outro. Adam diz-lhe “I love you like a brother, but I want that title back” Kyle responde “Not this time, Adam. This time I’m leaving this place as the champion” Os dois levantam-se, correm virados um ao outro... e Adam acerta um superkick ao mesmo tempo que Kyle acerta um big boot. Os dois ficam estendidos no chão, enquanto a crowd volta aos cânticos “This is awesome”. 

Theme da Undisputed Era 

Roderick Strong aparece, e caminha lentamente para o ringue com cara de desconfiado, debaixo de um enorme coro de assobios. Roderick pára ao lado do ringue, e olha para Kyle e Adam estendidos no chão, e começa a sorrir. Ele procura debaixo do ringue e tira uma cadeira de aço. Roderick depois entra no ringue de cadeira na mão.... ZÁS ZÁS ZÁS. Ele começa a disparar cadeiradas nos dois como se não houvesse amanhã, o árbitro imediatamente termina o combate por no contest e a crowd eclode a assobiar Roderick Strong. Após umas 20 cadeiradas em cada um Roderick pára, coloca a cadeira no meio do ringue e senta-se a olhar para eles enquanto esperneiam com dores. Eles agarram-se às pernas de Roderick a olhar para ele enquanto se tentam levantar, mas Roderick não lhes dá hipótese, levanta-se e volta a enfiar mais umas 10 cadeiradas em cada um. Roderick finalmente sai do ringue, e caminha todo convencido rampa acima, onde aparece agora Bobby Fish à sua espera, que parece que lhe está a dizer que não era necessário chegar tão longe. Roderick simplesmente ri-se, parece estar a adorar os assobios, vira-se para a crowd, levanta os braços e grita bem alto. 

Roderick: RODERICK STRONG BAYBAY! 

Bobby parece um pouco surpreendido a olhar para Roderick. 

 

Vemos agora um vídeo que resume a rivalidade entre Toni Storm e Ronda Rousey, que começou logo no dia em que Toni se estreou no Raw, em Outubro. 

Ronda Rousey © vs Toni Storm – WWE Raw Women’s Championship Match

pbNcRcn.jpg

Arranca o combate e só se ouve “TONI TIME, TONI TIME”. As duas fazem um lock up no meio do ringue, sem que nenhuma consiga levar a melhor inicialmente. Voltam a fazer lock up, e desta vez Toni leva a melhor, prende a cabeça de Ronda junto ao seu corpo e consegue aplicar um bulldog. Imediatamente Ronda rebola para fora do ringue, mas Toni vai atrás dela e trocam alguns murros no ringside, que Toni mais uma vez leva a melhor. Ela atira Ronda para dentro do ringue, mas quando entra, Ronda levanta-se rapidamente e pontapeia-a. Ronda parece surpreendida pelo forte início de Toni e não lhe quer dar grandes hipóteses, e apressa-se a prender um guillotine choke. Toni acaba por conseguir chegar às cordas em poucos segundos, mas Ronda puxa-a, atira-a contra as cordas do outro lado e aplica um samoan drop, 1,2... Toni safa-se. 

O combate segue por alguns minutos com Ronda a controlar, até que vai para um leg hook belly to back suplex mas Toni consegue impedi-la e reverte ela para um belly to back suplex. Isto permite a Toni ganhar algum tempo para recuperar. Ela depois agarra em Ronda e acerta-lhe duas uppercuts, mas quando vai para a terceira Ronda agarra-lhe no braço, vai para prender o armbar mas Toni resiste e reverte para um small package, 1...2...2,99 e Ronda safa-se. Ronda percebe que esteve muito perto de perder aqui. 

Toni não desarma e vai logo virada a ela acertando-lhe uma joelhada na cara, 1,2... Ronda volta a safar-se. O controlo agora é de Toni durante algum tempo, o que está a irritar bastante Ronda porque por mais que tente não está a conseguir impedir as manobras de Toni. Já com mais de 15 minutos de combate Ronda tenta agarrar em Toni para um gutwrench powerbomb, mas Toni escapa-se da posição e aplica um DDT. Toni depois encosta Ronda ao canto, sentada, todos sabem o que vem aí, ela apanha balanço para o corner running hip attack... mas Ronda sai dali e rebola para fora do ringue, tentando-se recompor. Toni não lhe dá tempo, apanha balanço e lança-se para um suicide dive, que atira Ronda contra a mesa dos comentadores. Mas Ronda não cai, Toni entra no ringue, volta a apanhar balanço... mais um suicide dive, mas Ronda continua sem cair. Entusiasmada pelo público, Toni vai para o terceiro suicide dive... mas desta vez Ronda apanha-a no ar e aplica um fantástico overhead belly to belly suplex que atira Toni para cima da mesa dos comentadores. Toni fica maltratada, e Ronda está claramente em dificuldades, mas entra dentro do ringue e manda o árbitro fazer a contagem enquanto Toni está estendida no chão, atrás da mesa dos comentadores. O árbitro começa a contar, 1...2...3...4... e Toni sem reação. 5...6... Toni começa a mexer-se. 7...8... ela rasteja até ao ringue. 9... 9,5... e Toni consegue entrar no ringue. 

Ronda está muito frustrada, mas não dá tempo a Toni de recuperar, agarra nela e aplica um gutwrench powerbomb. 1...2... Toni safa-se. Ronda coloca-a nos seus ombros... Samoan drop, 1...2... Toni volta a safar-se. Ronda abana a cabeça, até se ri por Toni não desistir, senta-se em cima dela e desfere vários murros violentos na cabeça de Toni até esta deixar de reagir e o árbitro ter que a tirar de cima de Toni. Mas Ronda não quer saber, agarra agora em Toni, coloca-a nos seus ombros... F5. 1...2... 

Vic Joseph: TONI KICKS OUT! 

Byron Saxton: NO ONE HAS EVER KICKED OUT OF RONDA’S F5. 

Agora é que Ronda não acredita mesmo, como é que é possível que Toni se tenha safado? A crowd está ao rubro, e os gritos por Toni fazem-se ouvir cada vez mais. Ronda grita com Toni “JUST LET IT GO, BITCH. THIS IS NOT YOUR TIME”. Perante uma Toni que mal se mexe, Ronda agarra-lhe no braço, mas Toni surpreende-a com um small package, 1,2... Ronda safa-se. As duas levantam-se, Toni parece ter um novo fôlego, correm viradas uma à outra mas é Ronda que consegue acertar uma clothesline. Ronda não perde tempo e agora sim consegue prender o armbar. Toni grita de dores, esperneia, tenta resistir... ela arrasta-se... o árbitro pergunta-lhe se quer desistir... mas ela consegue meter um pé na corda. O árbitro manda Ronda largar a manobra, mas parece que ela não quer saber e não larga. Ronda aplica cada vez mais pressão, o árbitro conta até 4... e manda soar a campaínha. Ronda foi desqualificada mas nem quer saber e continua a aplicar pressão no armbar, até que passado uns segundos finalmente larga a manobra, deixando Toni em muito mau estado. 

Mike Rome: The winner of this match by desqualification... TONI STORM. However, still your WWE Raw Women’s Cham... 

Theme do Paul Wight 

Surge o GM no stage, interrompendo Mike Rome. 

Paul: Hold on, Mike. I will not have my two world title matches ending this way tonight. So Toni, if you think you can still go, this match will be restarted as a No-Disqualification Match. 

Esta decisão é muito aplaudida. O árbitro pergunta a Toni se consegue continuar, e esta mostra uma enorme resiliência e diz que sim. O combate recomeça e Toni praticamente só consegue lutar com um braço, e Ronda aproveita isto e acerta-lhe logo uma rolling thunder clothesline. Ronda atira Toni para fora do ringue, e cá fora atira-a repetidamente contra as barricades, quer claramente castigá-la. Ela depois tira um kendo stick de debaixo do ringue, e acerta várias vezes nas costas de Toni, e depois atira o kendo stick para dentro do ringue. Ronda está no controlo total, e olha agora para a mesa dos comentadores... e decide arrancar tudo de cima. Ela depois mete Toni em cima da mesa, coloca-a nos seus ombros para o F5... mas Toni consegue deslizar pelas costas dela, de forma surpreendente agarra nela e consegue um incrível air raid crash neckbreaker através da mesa. A crowd vai ao rubro, só se ouve “HOLY SHIT! HOLY SHIT! HOLY SHIT!”

Toni demora algum tempo para se conseguir levantar, mas finalmente consegue, e agarra em Ronda para a trazer para o ringue. 

Vic Joseph: I don’t think we have ever seen Ronda Rousey in this condition. 

Já no ringue, Toni continua agarrada ao braço cheia de dores, tenta agarrar em Ronda e metê-la em posição para o Storm Zero, mas demora algum tempo e Ronda consegue reagir, e dá-lhe um murro no braço, o que deixa Toni em agonia. Ronda depois vê o kendo stick que há pouco atirou para dentro do ringue, agarra nele e acerta duas vezes no braço de Toni. Ronda depois parte o kendo stick no seu joelho, vira o lado por onde partiu para Toni, corre virada a ela... mas Toni consegue-lhe acertar um big boot. Toni está cheia de dores, de lágrimas nos olhos, mas consegue agarrar em Ronda praticamente só com um braço... Storm Zero. Vai para o pin... 1....... 2........ 3. 

Vic Joseph: TONI STORM IS THE NEW WWE RAW WOMEN’S CHAMPION. 

Booker T: Unbelievable... unbelievable. 

Vic Joseph: The Unstoppable Storm proved that she is, indeed, unstoppable. This is the first time ever that Ronda Rousey lost an 1 on 1 WWE match. 

O árbitro entrega o título a Toni, que o levanta só com um braço, muito emocionada. A festa da crowd é enorme, Ronda Rousey foi finalmente vencida e Toni Storm é a nova campeã. Toni ajoelha-se no meio do ringue a chorar a olhar para o título, todos os anos de trabalho árduo e sacrifício finalmente compensaram. 

Byron Saxton: No what is this? 

Vic Joseph: IT’S SHAYNA BASZLER, SHAYNA BASZLER IS HERE. 

Shayna entra de rompante no ringue por trás de Toni e prende o kirifuda clutch. A crowd não perdoa e vaia Shayna como se não houvesse amanhã. Shayna deixa a nova campeã inconsciente. Ela depois agarra no título de Toni, vê que Ronda se está a começar a levantar... corre virada a ela e acerta-lhe com o título em cheio na cara. Não satisfeita, Shayna prende o kirifuda clutch em Ronda e também a deixa a dormir. O evento termina com Shayna Baszler de pé no meio do ringue, a segurar o título perante a nova e a antiga campeã, estendidas no ringue. 

Compartilhar este post


Link para o post

Quando vi que eram os Forgotten Sons vi logo que nunca na vida iam ganhar e que iam ser só filler. Tou curioso para ver quem os vai desafiar na Wrestlemania mas este combate não puxou por mim. Resultado demasiado previsivel.

Ricochet e Aleister? Hmm. Não sei se gosto porque já quando isso aconteceu irl não achei muita piada. O Aleister não é um gajo particularmente carismático nem tem assim tanto jeito para cortar promos, só dentro daquele estilo dele mais dark. O Ricochet não é nada disso e parecem um par "estranho". Mas isso foi irl e aqui pode ser que seja diferente. Pelo menos são heels e só por ai já têm mais hipoteses do que tiveram irl enquanto faces.
Ah e o Aleister ganhou como devia. Aleister e Ricochet vs Sami e Owens na Mania? I like it!

CESARO!!!1 AJAHJAHDWJHKHFK!! LET'S GO!!
Face turn? Let's Go!! Cesaro para WWE Champion!!

Empate? Em PPV? Tinhas aqui uma oportunidade de fazer do Joe A besta. Depois o Drew podia-lhe ganhar na Wrestlemania para acabar a feud. Assim empataram, o Drew ficou por cima no post match fight e agora já não tenho hype para ver mais nada entre eles.

Ah, come on KO. Duas DQ's back to back? O Ilidio pegou-te alguma doença?

1º combate -> filler
2º combate -> interferência
3º combate -> nada a dizer
4º combate -> double dq
5º combate -> no contest
6º combate -> dq outra vez (depois corrigido but still)

IT'S TONI TIME!!!!! ADHFJSHJFHJFHJGHKGJ!! Mas não gostei do booking do combate. Muitas shenanigans num PPV cheio delas. E se a Shayna tá boa para atacar no post match também estaria boa para tar no combate não?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Ruas, há 37 minutos:

Quando vi que eram os Forgotten Sons vi logo que nunca na vida iam ganhar e que iam ser só filler. Tou curioso para ver quem os vai desafiar na Wrestlemania mas este combate não puxou por mim. Resultado demasiado previsivel.

Não lhes ia estar a tirar o título logo na primeira defesa (já bastou o Montez) e qualquer equipa que fosse, à partida ia para perder. Os FS pelo menos tinham o fator de ter um terceiro homem, de serem heels detestáveis e de ninguém querer mesmo vê-los a ganhar, pelo que acho que a vitória do Kevin e do Sami, depois de os outros chegarem muito perto da vitória, acaba por ser melhor do que se tivessem vencido de novo por exemplo a UE.

Citação de Ruas, há 37 minutos:

Ricochet e Aleister? Hmm. Não sei se gosto porque já quando isso aconteceu irl não achei muita piada. O Aleister não é um gajo particularmente carismático nem tem assim tanto jeito para cortar promos, só dentro daquele estilo dele mais dark. O Ricochet não é nada disso e parecem um par "estranho". Mas isso foi irl e aqui pode ser que seja diferente. Pelo menos são heels e só por ai já têm mais hipoteses do que tiveram irl enquanto faces.
Ah e o Aleister ganhou como devia. Aleister e Ricochet vs Sami e Owens na Mania? I like it!

Eu também não gostei de quando aconteceu irl porque sinceramente nem percebia porque raio é que dois gajos tão diferentes estavam juntos, e nunca foi dada uma explicação. Mas já que aconteceu, vou aproveitar esse elo e fazer as coisas a ter mais sentido desta vez.

Citação de Ruas, há 37 minutos:

 

Empate? Em PPV? Tinhas aqui uma oportunidade de fazer do Joe A besta. Depois o Drew podia-lhe ganhar na Wrestlemania para acabar a feud. Assim empataram, o Drew ficou por cima no post match fight e agora já não tenho hype para ver mais nada entre eles.

O Drew passava de querer um combate contra o Brock para simplesmente perder contra o Joe? O plano que há tanto para um como para o outro não permitia que hoje houvesse um resultado definitivo. 

A brutalidade entre os dois acabou por ser tão grande que nem se importaram de ser um combate oficial e já ter acabado, continuaram simplesmente a lutar, e agora está visto que um combate normal não é suficiente para os dois resolverem as coisas.

Citação de Ruas, há 37 minutos:

Ah, come on KO. Duas DQ's back to back? O Ilidio pegou-te alguma doença?

Novamente, tem a ver com os planos futuros. E terem sido back to back foi propositado para começar de certa forma a chatear para quando o GM aparecesse a mandar recomeçar o main event tivesse mais impacto. São situações em que faz sentido que o DQ aconteça, e não apenas para o 50/50 booking com que somos bombardeados na realidade.

Citação de Ruas, há 37 minutos:

1º combate -> filler
2º combate -> interferência
3º combate -> nada a dizer
4º combate -> double dq
5º combate -> no contest
6º combate -> dq outra vez (depois corrigido but still)

Porque é que o primeiro combate classificado como filler está incluído no mesmo saco que interferências. Lá por teres considerado que era filler não significa que foi desinteressante, senão para isso todos os combates em que não se troquem títulos são fillers.

Citação de Ruas, há 37 minutos:

IT'S TONI TIME!!!!! ADHFJSHJFHJFHJGHKGJ!! Mas não gostei do booking do combate. Muitas shenanigans num PPV cheio delas. E se a Shayna tá boa para atacar no post match também estaria boa para tar no combate não?

Aqui não considero propriamente que tenha havido shenanigans. O combate tinha terminado em DQ e simplesmente foi recomeçado para ter um final a sério. Não houve interferência, não houve armas a serem usadas de forma ilegal...

A Shayna podia estar bem para vir prender um kirifuda clutch, não significa que os famosos médicos da WWE lhe permitissem competir.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de KO PrizeFighter, há 6 minutos:

Porque é que o primeiro combate classificado como filler está incluído no mesmo saco que interferências. Lá por teres considerado que era filler não significa que foi desinteressante, senão para isso todos os combates em que não se troquem títulos são fillers.

A ideia não era meter todo no mesmo saco mas sim "classificar" todos os combates do PPV.

E não podia concordar menos com essa última frase. Um combate não é filler porque não se trocou de título, para mim este combate foi filler porque mal vi que eram os FS já sabia que iam perder. Foi por ai que não me gerou interesse nenhum e foi por ai que foi desinteressante, não foi porque os títulos não mudaram, isso não tem nada a ver.

Citação de KO PrizeFighter, há 9 minutos:

Aqui não considero propriamente que tenha havido shenanigans. O combate tinha terminado em DQ e simplesmente foi recomeçado para ter um final a sério. Não houve interferência, não houve armas a serem usadas de forma ilegal...

A partir do momento em que acaba por DQ e tem que vir o GM recomeçar o combate não são shenanigans? Então é o que?

Em 6 combates tiveste 2 sem "m*rda" e foram logo os 2 pelos títulos menos importantes.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Ruas, há 2 horas:
 

A ideia não era meter todo no mesmo saco mas sim "classificar" todos os combates do PPV.

E não podia concordar menos com essa última frase. Um combate não é filler porque não se trocou de título, para mim este combate foi filler porque mal vi que eram os FS já sabia que iam perder. Foi por ai que não me gerou interesse nenhum e foi por ai que foi desinteressante, não foi porque os títulos não mudaram, isso não tem nada a ver.

Mas qual é que era a equipa que podia aceitar o desafio e tu ias dizer "ok, estes vão ganhar e acabar com o reinado do Kevin e do Sami logo na primeira defesa"?

Óbvio que os campeões seriam sempre os favoritos, mas também não podes dizer que os FS simplesmente não tinham hipóteses, porque estão muito longe de ser uma equipa sem credibilidade, e isso viu-se no combate.

Filler achava eu que ia ser a Sonya para a Rhea ou o Riddle para o Kross.

Citação de Ruas, há 2 horas:

A partir do momento em que acaba por DQ e tem que vir o GM recomeçar o combate não são shenanigans? Então é o que?

Ele veio garantir que o combate tinha um final limpo, para impedir a campeã de ter uma saída fácil provocando a desqualificação. Não é de todo uma shenanigan tipo interferência ou algo que afeta diretamente a decisão sobre quem ganha. Foi um simples recomeçar de combate para não ter 3 combates seguidos a acabar sem vencedor.

Citação de Ruas, há 2 horas:

Em 6 combates tiveste 2 sem "m*rda" e foram logo os 2 pelos títulos menos importantes.

A cena é que tu olhas e dizes "DQ aqui, no contest ali" e acabou. Parece que pouco importam os motivos pelos quais aconteceu, se encaixa na história ou não.

Vamos por partes:

  • Interferência do Ricochet: é algo que faz sentido que aconteça, o gajo nunca foi heel na WWE, e acaba a fazer o turn num momento importante contra um dos favoritos dos fãs. Além de que ajuda outro heel a ganhar o combate, não gostas? Bem agora são heels, o objetivo é não gostar. Além de que a trama se adensa, se já havia mistério sobre o turn do Aleister, ainda mais há agora com o Ricochet a juntar-se.
  • Samoa Joe vs Drew: Dizes que o Joe devia ter ganho e como empataram não tens interesse em mais nada desta feud. Então e se já tivesse tido um vencedor é que ias continuar a ter interesse? São duas bestas, um combate normal não foi o suficiente, só fez o build para algo maior.
  • Roderick a provocar o no contest: mas alguém achava mesmo que ele simplesmente se ia deixar ficar depois de tudo o que aconteceu? Dropava os títulos de tag team, o IC à custa daqueles dois e ficava sossegado na dele? Claro que não. Não gostam que ele tenha estragado o combate? Ele é heel, não está interessado que gostem. E que melhor momento para ele atacar do que a meio de um combate daqueles válido pelo título?
  • No main event, lá está, não considero isto propriamente como shenanigan. Foi grande parte do show a alimentar o momento, os tainted finishes e tudo, e depois a Ronda tenta escapar com uma daquelas ao ver que está a ter dificuldades contra a Toni. Mas vem o grande Paul Wight e diz "não não, isto tem que acabar como deve ser". Recomeça-se o combate e a Toni acaba por conseguir ganhar, dando um final satisfatório ao PPV, isto pelo menos até aparecer a Shayna A MOSTRAR AO ILÍDIO QUE NÃO É BABYFACE.

 

Opah entendo a crítica, em PPV não costumo fazer disto (é o primeiro no contest e o primeiro empate que tenho) mas este PPV para mim é basicamente um setup para a Wrestlemania, um ponto de partida, pelo que é normal que não esteja a fechar tudo com combates a acabarem de forma limpa e a finalizar aqui rivalidades.

Compartilhar este post


Link para o post
Publicado (editado)
Citação de KO PrizeFighter, há 20 minutos:

Mas qual é que era a equipa que podia aceitar o desafio e tu ias dizer "ok, estes vão ganhar e acabar com o reinado do Kevin e do Sami logo na primeira defesa"?

Tava na esperança que viesse ai uma equipa nova, uma surpresa qualquer. O Owens turnar no Sami talvez. Tava à espera de algo diferente e não ser só "mais um combate". Se tu pensas "que equipa é que seria credível contra eles que acabaram de ganhar o título?" mais valia não haver combate porque.. não há motivo para haver combate. Porque haver a dúvida de quem vai ser e depois serem os FS é igual a uma montanha a parir um rato. Era algo que aceitava bem se fosse num Raw, para um PPV? Meh. É só a minha opinião.

Citação de KO PrizeFighter, há 20 minutos:

Mas qual é que era a equipa que podia aceitar o desafio e tu ias dizer "ok, estes vão ganhar e acabar com o reinado do Kevin e do Sami logo na primeira defesa"?

Err.. Não é algo que afeta diretamente a decisão de quem ganha mas ele veio garantir que o combate tinha um final limpo? Lê lá isso outra vez. Ele recomeçou um combate que se tivesse acabado em DQ mantinha a Ronda como campeã, recomeçando o combate ganhou a Toni. Não está a afetar diretamente a decisão de quem ganha? Se ele não aparecesse era a Ronda campeã e não a Toni. Acho que isto se enquadra em shenanigan. Se é uma decisão boa/face ou má/heel já é outra coisa, mas teve interferência direta no resultado do combate, se isso não é uma shenanigan então não sei o que é.

Citação de KO PrizeFighter, há 20 minutos:

A cena é que tu olhas e dizes "DQ aqui, no contest ali" e acabou. Parece que pouco importam os motivos pelos quais aconteceu, se encaixa na história ou não.

A mim não me interessam os motivos porque o que tou a discutir não é isso. Tou apenas a dizer que eu não gosto quando há 4 combates em 6 que têm coisas "de fora" a acontecer. Com ou sem motivos, para mim é overkill, não gosto disso por mais que faça sentido. Porque todo o sentido do mundo não tira o sabor agridoce da minha boca e a sensação de "é too much".

Até podes ter razão nisso tudo, mas aconteceu tudo no mesmo show. Da mesma forma que as "tretas" do Ilidio tiram valor às coisas porque acontecem muitas vezes, aqui acontece o mesmo. Podes conseguir justificar 1 ou mesmo 2 combates, mas aqui foram 4. Há motivos? Há, mas nem todos os fins justificam os meios. Pareces o Ilidio a justificar as coisas dele por causa disto ou daquilo. As justificações não tornam as coisas melhores nem mais suportáveis. E isto é só o tipo de wrestling que eu gosto, ninguém tem razão aqui. Basta veres como eu booko o NXT, raramente acontecem coisas dessas mesmo quando tenho motivos para o fazer, são preferências.

Ah e só mais uma coisa. Tens algum problema com as pessoas a festejar títulos? xD

Adam Cole campeão, leva na boca e lesiona-se. Toni Storm campeã, leva na boca e fica a dormir. Deixa as pessoas festejar crl xD

Editado por Ruas

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Ruas, Agora:

Tava na esperança que viesse ai uma equipa nova, uma surpresa qualquer. O Owens turnar no Sami talvez. Tava à espera de algo diferente e não ser só "mais um combate". Se tu pensas "que equipa é que seria credível contra eles que acabaram de ganhar o título?" mais valia não haver combate porque.. não há motivo para haver combate. Porque haver a dúvida de quem vai ser e depois serem os FS é igual a uma montanha a parir um rato. Era algo que aceitava bem se fosse num Raw, para um PPV? Meh. É só a minha opinião.

Turnar o Owens tão cedo?  

Aqui era muito difícil eles perderem os títulos, mas quero fazer deles bons campeões, e tentei bookar um bom combate, que ajudasse a elevar quem perdesse, mesmo perdendo. E isso acho que foi alcançado.

Citação de Ruas, Agora:

Err.. Não é algo que afeta diretamente a decisão de quem ganha mas ele veio garantir que o combate tinha um final limpo? Lê lá isso outra vez. Ele recomeçou um combate que se tivesse acabado em DQ mantinha a Ronda como campeã, recomeçando o combate ganhou a Toni. Não está a afetar diretamente a decisão de quem ganha? Se ele não aparecesse era a Ronda campeã e não a Toni. Acho que isto se enquadra em shenanigan. Se é uma decisão boa/face ou má/heel já é outra coisa, mas teve interferência direta no resultado do combate, se isso não é uma shenanigan então não sei o que é.

Não afeta na medida de que o que o GM fez não decidiu se ganhava a Ronda ou a Toni, só fez com que houvesse uma vencedora definitiva.

Citação de Ruas, Agora:

A mim não me interessam os motivos porque o que tou a discutir não é isso. Tou apenas a dizer que eu não gosto quando há 4 combates em 6 que têm coisas "de fora" a acontecer. Com ou sem motivos, para mim é overkill, não gosto disso por mais que faça sentido. Porque todo o sentido do mundo não tira o sabor agridoce da minha boca e a sensação de "é too much".

Até podes ter razão nisso tudo, mas aconteceu tudo no mesmo show. Da mesma forma que as "tretas" do Ilidio tiram valor às coisas porque acontecem muitas vezes, aqui acontece o mesmo. Podes conseguir justificar 1 ou mesmo 2 combates, mas aqui foram 4. Há motivos? Há, mas nem todos os fins justificam os meios. Pareces o Ilidio a justificar as coisas dele por causa disto ou daquilo. As justificações não tornam as coisas melhores nem mais suportáveis. E isto é só o tipo de wrestling que eu gosto, ninguém tem razão aqui. Basta veres como eu booko o NXT, raramente acontecem coisas dessas mesmo quando tenho motivos para o fazer, são preferências.

Sim eu entendo que foram muitas coisas no mesmo show, e não é normal acontecer. Mas pronto, foi o pontapé de saída para a Wrestlemania, precisava que as coisas acontecessem desta forma. E as shenanigans pronto, fazem parte de um show de wrestling, e isto não foi propriamente interferências à balda e sem sentido. Houve uma interferência que afetou o vencedor, outra que terminou com um combate e o outro acabou em double count-out, o que é raro, mas é um resultado 'limpo'.

Não estou a justificar para te fazer mudar de opinião, mas sim para mostrar o meu ponto de vista, porque há coisas que podem não ficar logo esclarecidas ao ler o show.

Compartilhar este post


Link para o post

Tabem mas olha, na Mania deixa as pessoas festejarem os títulos xD

Compartilhar este post


Link para o post

A Toni chorou de alegria mas a Shayna pensava que ela tava a fazer birra e meteu-a a dormir. No final de contas o Ilidio é que tem razaão e a Shayna é babyface xD

Compartilhar este post


Link para o post

Não percebi bem o conceito do primeiro combate, pq raio num ppv haveria um open challenge, mas o combate foi fixe. Mas tb so serviu para lançar uma feud entre os Strom the Capitol e o All American Heroes. E já é bom, vá

 

Ricochet afinal sempre é um super heroi: o Flash Gordon XD. Ng o vê. Bom, continuo sem saber nada dessa história entre o Alister e o Daniel Bryan e agora ainda acrescentas mais um elemento e confusão. Espero que isto venha a fazer sentido. mas há potencial aqui. Três workers solidos; acho que o Bryan vai arranjar um amigo tb, para enfrentar os Vince's Rejects.

 

Welly, well....olha quem tb anda a "controlar a crowd" (whatever the fuck that is XD), aí a explicar pq é que a crowd celebra o titulo do Cesaro. é a mesma razão pela qual celebram o titulo da Natalya? Ou não?

Mas o combate foi fixe. E aleluiua que o Cesaro ganha algo!

 

Meh, não fui fã do finish do combate entre o Samoa Joe e o Drew. Apenas e só pq me parece que tu simplesmente não quiseste/conseguiste escolher um vencedor. Ou seja, bookaste o angle, parece fixe, dois top guys, mas depois ganhas um certo cold feet na hora de "oh diacho, alguem agora tem de perder porra!"

é que se terminasse num não finish por uma shenanigan que abrisse um novo angle, por exemplo um interferencia de alguem externo, epá, yá, pelo menos percebia-se que haveria um motivo ulterior para esse false finish. Assim, parece que é só mesmo "epá, não quero que nenhum dos dois perca. vão empatar". Prefiro fazer o meu 50/50 booking que não querendo que ng perca, não há finish.

Mas é para haver rematch na Mania né? Com Lesnar, talvez, à mistura. Se sim, poderias ter feito esse false finish com o Lesnar a intervir e a desancar os dois.

 

Vic Joseph é o maior spoiler de todos. Sempre que ele diz "that's gotta be it", significa que quem ganha é precisamente o que gajo nesse momento está para perder XD. SEEEEEEEEEMPRE XDXD Vamos ver se a regra se mantém.

Ah não espera lá aparecem os Undisputed Era - Continuation; isto vai dar empate tb XD

E foi.

Epá tens ppvs espaçados no tempo, e um ppv com poucos combates, em dois não há finish.....eu se pagasse 200 dolares para ver 6 combates, e deois nao têm finish, pedia refund.

Eish que a Tonicha está forte pa chuchu! Bela performance

Ah shit, outro empate...KOPF pifou no parâmetro da imaginação XDXDXDXD. Olha, VOLTA A TOMAR OS ÁCIDOS XDXDXDXD, sempre te dá outra genica pá XD. Três false finishes seguidos é dose meu caro.

 

Ah pera aí que o "TRAIDOR" entrou. 

Meh é random a decisão dele. pq decide isso para este combate e não para o anterior?

Ui que a Toni agr está super mulher. Aqui tb há Hulk Hogan a distribiur as suas vitamins, brother!!!!!

 

vou te dizer uma cena: esse combate exactamente como foi, foi muito bom. Porém. ter acontecido neste dia foi mau.

Se esse combate fosse na Mania, epá, excelente, terias um main event de dar sopa; teve de tudo, e tem aquele feel good omento que uma Mania sempre pede. Mas no ppv antes da Mania...Epá, a Ronda deveria dropar na Mania. pq mesmo que haja rematch na Mania, ela não vai gnahar, não é a mesma coisa.

Ademais o combate teve esse false finish a meio que numa Mania, sem outro false finishes, seria mais esbatida, que neste ppv que teve tres false finishes seguidos.

Optimo combate; mau timing. Percebes a ideia?

 

 

 

 

Citação de KO PrizeFighter, Em 06/03/2021 at 20:35:

Mas a Nikki aceita o suborno.

nao. só pode ser qualificado como suborno, do lado de quem oferece. Do lado de quem aceita, não é nenhuma ilegalidade que ela aceita; é uma title shot, que ela anda há meses a dizer que merece e que só nao a teve pq a actual campeã cheatou sobre ela a caminho da sua title shot. é, do ponto de vista de quem aceita, um reposição de justiça, long overdue.

Ou seja, se tu pedires um subsídiio ao qual tu tenhas direito e sem razao atendivel a autoridade te o negar - ou não responder - e finalmente alguem aparece a conceder-te apenas para tu não chateares mais, tu aceitares esse subsidio não fazes nenhum ilegalidade. Já quem concede, se não cumprir o procedimento decisório proprio, se calhar sim. Percebes a diferença.

 

Citação de Ruas, Em 07/03/2021 at 17:35:

Ah, come on KO. Duas DQ's back to back? O Ilidio pegou-te alguma doença?

calma. eu sou todo a favor de false finishes em shows semanais. Aí, caga, é para encher tv time que ja está pago.

Mas em ppv, têm de ser usados muito amiude.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de IlidioMA, há 11 minutos:

calma. eu sou todo a favor de false finishes em shows semanais. Aí, caga, é para encher tv time que ja está pago.

Não foi por causa dos false finishes que disse aquilo. É porque teve demasiadas shenanigans para um PPV só. Não digo que tu o faças em PPV mas come on, és o gajo das shenanigans xD

Compartilhar este post


Link para o post

Junta-te à conversa!

Podes publicar um comentário agora e registar-te depois. Se tiveres uma conta, autentica-te agora para publicares o teu comentário de forma autenticada.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   O conteúdo anteriormente introduzido foi recuperado..   Limpar

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Criar Novo...