Ir para conteúdo

Koper

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    10.648
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    1,073 [ Doar pontos ]

Sobre Koper

  • Data de Nascimento 13-11-1992

Métodos de contacto

  • Website URL
    http://

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Origem
    Almada

Últimos Visitantes

5.605 visualizações
  1. Que raio de sentido faria pagar uma taxa adicional por se trabalhar de casa... lembro-me de ter ouvido falar há uns meses dessa ideia também, dum estudo dum banco qualquer.
  2. Eu ganhei 5000e (numa de 3e, nunca me tinha saído nada de jeito) numa raspadinha há uns 3 anos. Fui à Santa Casa na Av da Liberdade levantar, aquilo é tudo bem organizado e depois sais pelas traseiras. Depois há aqueles casos que se vai conhecendo, de um em Almada que ganhou 500k (100k contos na altura) num casino, depois andou a comprar carros, viajar de helicóptero em Las Vegas, voltar ao casino e puf, passado uns anos andava a pedir dinheiro empresado.
  3. Ora boa, mas eu disse o que eu achava que se devia fazer :mrgreen: a Santa Casa normalmente encaminha a pessoa para a ajuda que precisar, quer seja psicológica ou financeira em casos de prémios elevados (acima de 1M acho).
  4. O truque seria sempre diversificar os investimentos, e pagar a alguém (consultor financeiro de uma empresa com créditos firmados) para que isso aconteça. Propriedades, fundos de mercado monetário, espalhar depósitos fixos com o valor máximo de 100k por cada, certificados do tesouro, etc. etc.
  5. Meh, só falaram os clichés habituais - trabalhar para ti, sair da caixa, impactar vidas, bla bla. Mas gostei do facto de trabalharem em Forex e dizerem que o curso mais barato são 225 dólares, "o que dá cerca de 220 euros". Falando de investimento a sério, uma das coisas que me custaram mais a sair da minha antiga empresa foi não ir a tempo de receber a primeira tranche de RSU. Mais uns 4 meses e já recebia algumas.
  6. Eu estou tremendamente curioso para ver as apresentações desses grupos. Portanto hoje que não tenho nada para fazer, arranjei o Zoom link duma meeting deles para me entreter e ver aquele mindset poderoso às 20h.
  7. Um portátil básico para Excel, ligar à TV e jogar um LoL de vez em quando? O que aconselham da Powerplanet, PCdiga, ou algo do género nos 300/400/500e? Quanto menos possível, umas vez que tenho um Macbook Pro para trabalho, portanto este seria só um backup e para usar fora do trabalho.
  8. Koper

    Empregos

    Bem, vou para a minha terceira empresa desde que estou no estrangeiro - acredito que agora seja para estabilizar por uns anos, porque era o que estava à procura. Estava (estou) a trabalhar numa rede social, e as condições são boas, o ambiente também (embora com alguns atritos internos), mas é atualmente uma empresa demasiado grande para o que quero para mim neste momento profissional. Acabou por surgir uma oportunidade interessante duma empresa mais pequena, uma SaaS que está em claro crescimento e num mercado bastante apelativo nos próximos anos. Não me parece que as diferenças entre certas empresas hoje em dia sejam assim tão grandes, o que também facilita esta transição.
  9. Mas isso é de agora? Esse tipo de comportamento nunca deixou de existir. Se alguém se assumisse como gay há 40 anos atrás, de certeza que marcas, contratos, etc., iriam cair. Ou se se criassem grupos para boicotar marcas (exemplo: https://www.wsj.com/articles/SB834622244984432500), o cancel culture já existia. As pessoas/empresas têm o direito de dar e de se associarem a quem quiserem, e se bem sei, o James Charles continua por aí a render bem. Ou o caso do Louis C.K., que admitiu os erros dele, e voltou à ribalta sem grande problema. É como disseram aí em cima, acho normal que todo o mediatismo e possível possibilidade negativa que se criou, as marcas deixem de se querer associar. Além de que acho que ele foi pago na mesma, mesmo sem fazer o filme.
  10. O Manson teve sempre os direitos das suas músicas, a Loma apenas estava encarregue de os distribuir. Se eles consideram as acusações fundamentadas, eles normalmente só avançam para casos assim quando há base para o fazer (pode existir uma simples cláusula que permite terminar o contrato com base em má publicidade, por ex.).
  11. Ainda estou para perceber quem foi a pessoa que ficou com a carreira destruída por alegações deste género, ou como é fácil destruir uma carreira hoje em dia. A editora terá base legal para fazer o que fez, além de que já estão prevenidas para casos deste género.
  12. Como quem? O Manson só admira ter acontecido agora, o homem deve estar associado a uma multidão de casos (e uns quantos partilhados por ele).
  13. Koper

    Empregos

    Só vendo o contrato em si, mas normalmente eles mudam para tempo indeterminado quando existe algo que impossibilita a renovação por termo certo. Ainda assim, não é uma coisa negativa passarem para tempo indeterminado.
  14. É um país relativamente bem organizado, com bons acessos de saúde e pequeno. Parece que pagaram um pouco mais por dose, e são de certa foram um país-teste para a Pfeizer. Tem um acordo muitos específico com eles, de forma a partilhar data para que possam administrar as vacinas com melhores resultados noutros países.
×
×
  • Criar Novo...