Ir para conteúdo

Hansy

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    6.998
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    1,154 [ Doar pontos ]

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

2.782 visualizações
  1. Eu joguei no PC perto do lançamento, agora com o update planeio voltar a pegar no jogo. É uma aventura excelente, talvez o melhor exercício de roleplay que já fiz; gostei em particular da forma como o conflito interno da personagem é descrito.
  2. Anunciaram o port do Outer Wilds para a Switch no último Direct, aproveita. Eu não joguei ainda muito do Breath of the Wild mas se o que gostas é do mundo e sentimento de exploração, vais adorar o Outer Wilds.
  3. No ActivoBank consegues, eu fiz a minha conta presencialmente mas pelo que indica no site podes fazer tudo online.
  4. Não houve legislativas em 2016, foi em 2015 (eleito 1 deputado do PAN) e em 2019 (4 deputados), isso possivelmente será um gráfico da popularidade nessa data? @Ticampos
  5. De longe a melhor coisa da apresentação, eu 50 minutos à espera para ver se vinha Ace Attorney, ao menos deram-me isto que parece muito bom!
  6. Hansy

    Witcher

    Fiz o mesmo há uns meses, entre Setembro e Dezembro fiz uma segunda playthrough completa (da primeira vez não tinha jogado os DLCs), também com esse final feliz! Só tive pena de não ver os amigos do Geralt mais presentes no Blood & Wine, no meu caso só a Yennefer apareceu no fim.
  7. É semelhante no Hades, ganhas acesso aos modifiers de dificuldade depois de completar uma run pela primeira vez, sendo que subir a dificuldade te ajuda a ganhar mais recursos para a meta-progressão.
  8. Estás a espalhar a palavra de Deus, aprovo completamente A diferença do Hades para os restantes roguelikes é que em termos de história e apresentação bate completamente todos os outros jogos do género. A Supergiant já é conhecida por ter visuais, música e narração excelentes nos seus jogos, no Hades eles levaram o gameplay a um nível acima, uma quantidade incrível de diálogos e voice acting de qualidade, e uma história que sinergiza na perfeição com o estilo de jogo que é. O Hades e a Supergiant merecem todos os créditos e prémios que estão a receber, eles são mesmo dos melhores estúdios de jogos que aí estão. Adiciono algumas notas: Ao contrário da maioria, não gostei muito do jogo na Switch em termos de performance; noto slowdowns em salas com mais inimigos. Eu tenho o ponto de comparação de um bom PC, onde estou habituado a jogar Hades na perfeição, pode não ser tão impactante para quem não o faça. Comparando a outros roguelikes em gameplay, achei-o relativamente mais acessível (a forma como o jogo escala a dificuldade é muito amigável), com um RNG bastante controlável - não ao extremo do Dead Cells, que em Custom Mode permite um controlo basicamente total sobre o que aparece, mas é o oposto de um Binding of Isaac em que a variância entre runs é absurda.
  9. A troca do Kvyat pelo Verstappen em 2016 teve nada a ver com o que o Kvyat fez ou deixou de fazer, e tudo a ver com a Red Bull não querer que outra equipa aliciasse o Max com um lugar de topo. O incidente do torpedo não foi mais que um pretexto, noutra circunstância nunca seria motivo para despromover um piloto. O certo é que a Red Bull é rápida a dar oportunidades mas também a deitar talento fora - isso tanto aconteceu com o Kvyat, como antes com o Buemi e o Vergne, como até agora com o Gasly e o Albon, dois pilotos com performances péssimas na equipa principal por terem sido promovidos cedo demais.
  10. Tsunoda confirmado para 2021 na Alpha Tauri. https://mobile.twitter.com/AlphaTauriF1/status/1339118170498621442
  11. Hansy

    Cyberpunk 2077

    Foi o contrário. O jogo foi anunciado inicialmente para sair em Abril, em PC, PS4 e XB1. Não havia sequer anúncio de novas consolas nessa altura. Qualquer desculpa que haja em cima disso é tentar justificar a incompetência dos gestores da CDPR - não é ingenuidade esperar que um jogo em 2020 funcione numa consola antiga, foi apenas marketing mentiroso para apanharem o dinheiro dessa base de utilizadores enorme das consolas last-gen. Aliás, eles tiveram a "sorte" de as novas consolas serem retrocompatíveis, porque *não existe* versão de PS5 ou XBox Series X.
  12. O Latifi pode ser fraquinho mas não é vergonha nenhuma, está no pior carro do pelotão e não costuma ficar propriamente a muita distância dos restantes backmarkers, aliás, das 14 corridas que terminou só por 4 vezes ficou em último. Já passou por lá muito piloto pior que ele certamente. Quanto a circuitos, num mundo ideal, além de Abu Dhabi, cortava Catalunha, Sochi, Paul Ricard e Singapura, deixava o Monaco ser a única procissão.
  13. Acordei agora depois desta corrida fabulosa. É a única possibilidade dele, a Alpha Tauri é quase garantido que o lugar vai para o Tsunoda.
  14. Ya, ele tem de aprender a não fazer estas bombas no arranque, hoje estragou 3 corridas...
  15. É a segunda corrida consecutiva que a Force India atira ao lixo uma excelente corrida do Pérez com uma segunda paragem tardia completamente desnecessária... ele tinha feito pódio fácil. Nota mais para o excelente restart do Kvyat e para a performance da Toro Rosso neste circuito, se o Gasly não tivesse tido o problema de motor certamente também andava por ali.
×
×
  • Criar Novo...