Ir para conteúdo

ascom

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    4.754
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    1,720 [ Doar pontos ]

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

2.357 visualizações
  1. A economia russa diversificou-se e aprendeu a viver com sanções. O orçamento Russo, como está gerido, precisa apenas que o preço do petróleo esteja em 40 e poucos dólares para estar equilibrado. Isso têm-lhes permitido acumular imensas reservas estrangeiras, tanto que hoje em dia, a Rússia é um dos Países com mais reservas estrangeiras do Mundo. Isto permite-lhes viver com sanções. Vão passar mal claro, mas são resilientes o suficiente para aguentarem isso, sobretudo porque acreditam que é algo que tem de ser feito. Acho que a possibilidade de uma incursão militar na Ucrânia é real. O armamento que está a ser reunido junto da fronteira tanto em termos de quantidade como de qualidade não convida a pensar que é um bluff. Este tipo de infraestrutura militar não serve para andar a passear de um lado para o outro e só movimentá-lo custa milhões, e não parece que seja usado só para a zona de Donbas. Também nos últimos dias têm-se observado através de radares, transporte de armas e outros aparelhos militares dos Estados Unidos para a Ucrânia, o que nos diz que os Países ocidentais estão a levar esta possibilidade muito a sério. Para além disso, a retórica diplomática com exigências públicas e ultimatos não convidam, mais uma vez, ao otimismo. Só com cedências significativas por parte da Ucrânia e Estados Unidos se pode evitar um conflito, e não me parece que vá acontecer(oxalá esteja errado). E do ponto de vista da Rússia este é o momento ideal para fazer uma investida. Os Estados Unidos querem deixar de se chatear com a Europa e concentrar-se na Ásia, os preços do Gás e Petróleo estão altos, e a possibilidade de que aumentem, juntamente com uma inflação ainda mais alta faz tremer as pernas de uns quantos governos europeus,. Do ponto de vista defensivo eles acreditam que agora é o momento ideal porque a Ucrânia está a rearmar-se, o que no futuro poderia dificultar operações militares. A Rússia poderia facilmente dominar toda a zona da Ucrânia até ao às margens do Rio Dnipro e/ou dominar toda a zona sul até Odessa e cortar o acesso à costa por parte da Ucrânia. Não acredito, embora não exclua, uma incursão a Kiev, embora não me pareça que a Ucrânia ocidental fosse tão fácil de dominar como leste. Mesmo que a Ucrânia não seja ocupada, qualquer um dos cenários acima seria devastador. A Ucrânia via-se privada da parte mais rica do território o que levaria a um colapso da economia, já para não falar, dos milhares de deslocados que iriam para o oeste da Ucrânia. Os Russos pensam que talvez assim, a Ucrânia volte a negociar. Espero que não exista nenhum confronto militar, poderia ser terrível em termos de perdas de vida humana. Acho que algumas pessoas subestimam quão o armamento moderno pode ser devastador. Para além disso, os preços do petróleo, Gás natural e trigo iriam aumentar fortemente o que teria um impacto em todo o mundo.
  2. O Vítor Pereira não está interessado em treinar no Brasil? Era uma opção interessante para o Atlético Mineiro e ia reencontrar-se com o Hulk.
  3. Um upgrade portanto, em 2019 treinou cinco clubes.
  4. Não colocaste a melhor: 'Nós olhamos para selecções da Croácia e Sérvia e quem não gostava de ter um Milinkovic-Savic, um Tadic, um Brozovic..''
  5. Não sei se já falaram mas nas pausas das seleções a Sofia Oliveira não aparece. Inclusive ela que twitta sobre tudo raramente ou nunca fala sobre a seleção nacional.
  6. A primeira contratação do Barça do Xavi deve ser o Dani Alves.
  7. O Vítor Pereira está muito bem cotado no Brasil, nunca percebi porque não se meteu lá.
  8. Vai pagar como pagou o Koeman. Depois é tudo compensado no contrato a médio prazo
  9. No mínimo. É possível que nem volte, diria até que é o cenário mais provável.
  10. Ya mas repara que o Fati é uma incógnita, esteve 10 meses lesionado e voltou, fez uns minutos e já vai falhar o segundo jogo consecutivo amanhã por problemas físicos no outros joelho, o Dembele também todos os anos passa 4 ou 5 meses lesionado e ainda não se sabe se renova ou não. Acho que a ideia pode passar por usar ou o Fati ou o Depay a falso 9 e depois extremos.
  11. A prioridade para o Xavi são extremos, extremos e depois extremos. Não é impossível que tentem um médio defensivo, mas não será um substituto do Busquets porque o Xavi ainda acredita neste e porque o clube acha que tanto o Nico como De Jong podem ocupar esse papel. O Barça esteve perto de chegar a um acordo com o Sterling e o Xavi gosta bastante dele, por isso acho que pode ir por aí. O Haaland é impossível. Talvez no médio prazo se consiga, depois de passar uns anos em Inglaterra, mas agora não há margem. Nem o clube tem dinheiro, nem o limite salarial da liga permite isto e já se percebeu(com o caso Messi) que o Tebas está inflexível. O Griezmann não volta, são 2 anos de empréstimo com opção obrigatória se o jogador jogar metade dos jogos que está disponível. Acho que o Xavi vai ser muito bem sucedido, pelo menos numa fase inicial. Vai exigir mais, vai treinar mais e melhor e os jogadores vão estar mais motivados. Isto vai resultar numa longa lua de mel entre jogadores, treinadores, imprensa, adeptos etc, a questão é saber se depois o Xavi tem capacidade para depois elevar ainda mais a fasquia. Agora o Xavi é a única opção viável, os treinadores de quem o Laporta gosta(Luis Enrique, Tuchel, Naggelsmann, Flick, Ten Hag) estão todos com contrato e é impossível que saiam dos seus atuais projetos para se virem meter no Barcelona.
  12. O assunto superliga está prestes a ser colocado em cima da mesa de novo.
  13. Ele nunca ganhou a liga com o River e este ano está na disputa, ele quer despedir-se com uma vitória assim. É pelo menos o que se está a transmitir desde a Argentina e Barcelona. Eu estou de acordo contigo. Acho que por agora se devia colocar um interino(Albert Capellas) tentar desenvolver os jovens e garantir o quarto lugar da liga que para esta temporada é o que interessa. Quando houver um treinador de topo disponível como o Ten Hag, Tuchel então oferece-se um contrato sólido. É que esta temporada é pa queimar tudo.
×
×
  • Criar Novo...