Ir para conteúdo

jmopborba

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    2.952
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    768 [ Doar pontos ]

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está a ser visualizado por outros utilizadores.

  1. Só trocava o Tiago Tomás pelo Vietto para jogos contra blocos baixos e Sporar para jogos mais abertos. Eventualmente, acho que Tabata vai agarrar a titularidade do lado direito.
  2. Mas ter ritmo ou não também faz diferença. Mas não há dúvida, a qualidade é muita e depois o treinador também sabe muito. Qualquer coisa que não seja o campeonato devia dar despedimento na hora.
  3. Vai depender muito da bazófia, a verdade é essa. Ainda noutro dia viu-se um jogo desses contra o Farense. Foi uma sorte o Benfica sair com a vitória. E se alguns jogadores chaves se lesionam ou não. Do que já me deu a perceber, se um dos centrais titulares se lesionar, vai ser logo um problema. E tanto o Jan como o Ota são centrais já com algum histórico de lesões. E sem Darwin Nunez - pode não marcar, mas sem ele o ataque não funciona - também poderão existir problemas. Everton também, mas não lhe atribuo tanta importância como os outros. E também do quão longe chegarão na Liga Europa. O plantel não é necessariamente extenso, em Março/Abril vamos ter o desgasto típico das equipas dele e podem ceder pontos onde menos se espera. Eu acho que Porto e Sporting vão ser muito competitivos este ano. Mas se o Benfica exibir este nível em 80% dos jogos, mesmo com as condicionantes que identifiquei acima, esqueçam lá isso.
  4. Vi o jogo todo. Clássico jogo à JJ que quando estuda a equipa adversária e os processos que treina ficam evidentes, é show de bola. O Benfica não fez um jogo espetacular, mas fez um grande jogo. Assim em termos de oportunidades claras para o Rio Ave, só se conta uma. Foi absurdo, e nem acho que o Rio Ave tenha estado mal. O Benfica é que esteve demasiado bem. Continuando neste nível, vai ser difícil de parar este comboio.
  5. Quaresma. Mas agora só para o mês que vem. A nível de avançado, eu continuo a achar que o Vietto é que melhor se enquadra ali. Este modelo exige um avançado muito completo mas na pior das hipóteses, que tenhamos o Vietto e que os alas sejam os finalizadores. Mas em jogos como os de ontem, continuo a achar que Sporar é que deve ser o avançado. Porque sabe mexer-se muito bem para os espaços na largura. É isto.
  6. O Palhinha consegue, sozinho, ter todas as tarefas defensivas da equipa e fazê-las com qualidade. E isto num esquema exigente (2 médios). Quando é assim...tem de ser indiscutível. Liberta o resto.
  7. Resultado justo. Não merecíamos perder. Palhinha no lance do golo...decisivo. Acho que já não sai do meio-campo. Grande joga do Pedro Gonçalves.
  8. Espero que a equipa venha revoltada para a segunda parte. Este jogo é possível. O FC Porto está longe de estar a merecer. Temos de melhorar a nossa variabilidade de jogo, isto é transição, Nuno Santos e procura do Pote. Ou em ataque organizado, ter os alas a procurar entar pela sobreposição interior. Isto é pouco. Temos de variar mais, até com combinações na zona central. Jogo certo para Vietto. Jovane está a mais. Boas primeiras partes de Palhinha, Pote, Nuno Santos (grande golo) e Nuno Mendes. Porro bem a espaços mas anda a decidir mal muita vez.
  9. O penalty é duvidoso mas o problema não é esse. É que o Zaidu já devia estar na rua aos 20. Ainda hoje se viu na Premier um jogador ir para a rua por um lance parecido. Mas é o que temos. Sporting não merece estar a perder.
  10. O Porto vai tentar condicionar mal entra no Neto, principalmente. Tudo vai depender da capacidade que os laterais conseguirem arrastar as marcações para fora das zonas de pressão e de como vamos conseguir criar superioridades em zonas mais recuadas. João Mário pode ser importante nisso, diria que este era o jogo certo para ele. Palhinha deve jogar ao lado mas não tem capacidade para sair a jogar e ser decisivo na construção, mas vai ser muito importante em fechar espaços e dar agressividade e cobertura até nas bolas paradas. Ia com Adan; Inácio, Coates, Neto; Palhinha, João Mário; Nuno Mendes; Pedro Porro; Pote, Vietto, Tabata Mas deve ser o Feddal (Inácio) e o Jovane (Vietto). O Tabata pode ser a surpresa do onze
  11. zero confiança. Já nos estou a ver a perder com 2 bolas paradas.
  12. não vou jurar, mas já li isso algures por aqui e não foi só uma vez. E não é só aqui.
  13. Contra o Porto aposto em: Adan; Feddal, Coates, Neto, Nuno Mendes, Porro; João Mário, Palhinha; Pedro Gonçalves, Vietto, Tabata
  14. Mais do mesmo. Nem fizemos um jogo soberbo mas fomos melhores. Portugal não joga nada com Fernando Santos mas gostava de saber quantos jogos é que perdeu na sua liderança. Se podemos dizer que podíamos jogar melhor? claro que sim. E a matéria-prima é mais que suficiente para isso. E os outros também jogam. Desde então que já apanhamos equipas complicadíssimas e assim de repente, só me lembro de se perder com Suíça (0-2), Uruguai (1-2) e com o Chile (estes nos penalties). E nestes últimos dois, diria que não merecíamos perder (mais ingrato no Chile, alguém tinha que cair nos penalties). Fernando Santos tem razão: Portugal será sempre uma seleção difícil de bater. Ele já diz isto desde 2016. E sendo assim, estamos mais perto de ganhar. William Carvalho, quando está ligado à ficha, é dos melhores médios da Europa. Isto não é exagero nenhum.
  15. Vim só aqui para dizer que o Pepe continua um monstro. Jogo absurdo.
×
×
  • Criar Novo...