Ir para conteúdo

Peplin

Membro da Comunidade
  • Total de itens

    40.984
  • Registo em

  • Última visita

  • Pontos

    1,223 [ Doar pontos ]

Sobre Peplin

  • Data de Nascimento 09-11-1990

Métodos de contacto

  • Website URL
    http://

Informação de perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Origem
    Seixal

Últimos Visitantes

6.385 visualizações
  1. Mas o que é que vos está a dar com a veracidade da foto? Eu sei que estamos numa era de desinformação, manipulação e fake news, mas aquela foto é da AFP.
  2. Fdx, mas que comentários de atrasado mental são estes do Dani? Mas não há um pingo de vergonha?
  3. O que se passou? Só liguei agora a TV.
  4. Duvido muitíssimo. Como escrevi, não estou apanhado por ela para me deixar levar por sentimentos se lhe der uma. Mais depressa até sou capaz de seguir o papel do c*brão (que também confesso não gostar muito) que vai lá e depois arranca sem fazer pó. Para já vou dar-lhe espaço durante uns bons dias para ver a reacção dela.
  5. Fdx, o CMPT nunca falha! Obrigado a todos pelos conselhos. Não vou responder individualmente, porque ando com a vida a 1000 e prefiro fazer um post que tente responder a todos de uma vez. Eu respondi-lhe logo ao que ela me disse. Fui honesto, disse-lhe que também tenho gostado de estar com ela, que nem sequer a idealizo como a mulher da minha vida, mas que ela tem várias qualidades que eu aprecio numa mulher. Depois confessei-lhe a minha surpresa por aquelas palavras, tendo em conta aquilo que estava a ser o desenrolar dos dates. Que não tinha na cabeça que era para assumir uma relação só porque nos beijámos, mas que o caminho poderia ser mais esse, se as coisas continuassem a fluir da forma que estavam e que, portanto, ela vir com a história da amizade e das dúvidas não era bem o que estava à espera. O problema (que não é problema nenhum) é que isto está a chatear-me mais por este volte-face por parte dela do que por estar a sentir algo mais forte, não estar agora a conseguir gerir as palavras dela e estar a entrar numa espiral de martirização. Já tenho experiência e maus exemplos suficientes para hoje em dia encarar as coisas de forma completamente desprendida e não criar grandes ilusões. Não tenho problemas em cagar para ela se assim tiver que ser, mas fiquei f*dido por a gaja vir com este discurso quando nada o parecia indiciar, ainda para quando sinto que estou com a atitude certa em relação às m*rda. Agora, verdade seja dita, e pensando agora de forma mais racional, também prefiro que ela esteja a ser honesta agora do que estar a enrolar-me e, aí sim, eu poder cair numa teia em que depois teria dificuldade de sair. Não sou o outro e duvido muito que esteja a aquecer para outro. Ela terminou o último relacionamento há mais de 2 anos e daí para cá tem estado solteira. Ela confessou-me que teve algumas aventuras no Tinder daí para cá, mas nunca nada de sério. Tendencialmente estou com vontade de marcar um novo date com ela e ir para a opção a) do w0, mas já nem sei.
  6. As gajas são mesmo seres do crl. Ando a sair com uma gaja que conheci no Tinder. Como começámos a falar no início do confinamento em Janeiro, estivemos quase 3 meses a trocar mensagens e áudios no Insta e no WhatsApp. A conversa fluiu muito bem, falámos de tudo, inclusivamente de coisas mais íntimas, e ela pareceu ter uma personalidade que me agrada. Em Abril tivemos o 1º date e na altura confesso que estava um bocado receoso das coisas não fluírem ao vivo, porque já tínhamos realmente falado de muita coisa nas mensagens e áudios, mas também porque uma coisa é a interacção nas redes sociais e outra é a interacção ao vivo. Felizmente o date correu bastante bem. Estivemos a falar durante horas e nunca tivemos aqueles silêncios estranhos em que ficamos ambos sem saber o que dizer um ao outro. Continuámos a marcar dates e a coisa a correr bem. No 3º date, beijámo-nos na despedida e no 4º a situação fluiu muito bem. Estivemos várias horas na praia a trocar beijos, carícias e abraços. Nunca forcei nada com ela, as cenas foram acontecendo com naturalidade e por isso, obviamente não estando a pensar que já estávamos numa relação, pensei que a coisa estivesse a encaminhar-se bem. Conseguimos estar a falar durante horas, rimo-nos imenso, acho-a inteligente e atraente e estávamos a começar a criar intimidade e cumplicidade. Do lado dela estava a sentir o mesmo, até porque os seus comentários em relação a nós iam no mesmo sentido. Eis se não quando, depois do 4º date, comecei a notar algum distanciamento dela nas mensagens e áudios que íamos trocando. Respostas curtas e muito tempo para responder (chegou a deixar uma mensagem minha por responder mais de 1 dia, quando nem de perto alguma vez tinha feito isso). Tentei não ligar muito, podia estar uns dias mais em baixo e não ter grande paciência para falar comigo. Acabei por dar-lhe algum espaço e não mandei-lhe qualquer mensagem durante 3 dias para não estar a passar aquela imagem de chato. Como entretanto ela não me enviou qualquer mensagem durante esses 3 dias, cheguei-me à frente para marcar novo date e também aí senti alguma resistência, começou com a conversa clássica do "Estou muito ocupada por estes dias, não sei se consigo arranjar um dia para estar contigo.". Apesar de tudo lá marcámos o date. O que é que acontece? Começa a falar comigo sobre nós e diz-me que está com muitas dúvidas e incertezas na cabeça, porque eu sou o homem que ela idealizou numa relação, gosta muito de estar comigo e sente-se bem quando está, mas que há qualquer coisa que não a faz estar com certeza se o futuro daquilo que estamos a construir é uma relação ou apenas uma amizade. Que se sente estranha por não ter vontade de querer estar comigo logo no dia ou dias seguintes. Depois, veio a pior m*rda que me podia ter dito: que eu não me devia prender por ela se surgisse outra gaja na minha vida, tal como ela não se prenderia por mim. Acham isto normal? É que estava mesmo a levar isto na boa, sentia que as cenas estavam a fluir bem e sem pressão e de repente levo com esta conversa de m*rda.
  7. Loja de confiança em Lisboa para meter a minha DSLR a arranjar, alguém conhece?
  8. Federer passa o Koepfer e está nos Oitavos-de-Final.
  9. [Tasqueiro]Eu queria era ver o Mésse fora do Barcelona a ver se fazia o mesmo![/Tasqueiro]
  10. Em Portugal? Este país é a catedral das marquises.
  11. Para a m*rda que vêm cá fazer, por mim está óptimo assim. Os hoteleiros que comecem a explorar outros mercados.
  12. Eu acho que já não existe essa restrição aos Domingos e feriados.
  13. Que gataria é essa? Assim é difícil manter-me de esquerda, crl!
×
×
  • Criar Novo...