Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
crazy_cock

Futuro por definir...

Publicações recomendadas

Nada mesmo, mas amanhã pergunto aos meus putos porque eles costumam saber por alto a qualidade das equipas.

Thanks ;)

 

E, antes que me esqueça, boa sorte para o fim-de-semana! ;)

Compartilhar este post


Link para o post

Crazy, por aquilo que percebi o Pevidém não tem grande equipa. Segundo os meus putos, têm alguns gajos certinhos na defesa, mas têm perdido a maioria dos jogos-treino que fizeram.

 

De resto não sei mais nada.

Compartilhar este post


Link para o post

Crazy, por aquilo que percebi o Pevidém não tem grande equipa. Segundo os meus putos, têm alguns gajos certinhos na defesa, mas têm perdido a maioria dos jogos-treino que fizeram.

 

De resto não sei mais nada.

Obrigado, Ibra! ;)

É bem melhor do que não saber o que esperar!

 

De qualquer modo, este fim-de-semana devo ir ver algum dos jogos que se vão realizar, dado que a minha equipa folga nesta jornada.

 

Hoje no treino vou tentar pôr novamente os meus putos à prova contra os Iniciados B, ainda que a adesão ao treino possa não ser a melhor por causa do tempo, diz-me a experiência...

Compartilhar este post


Link para o post

Hoje no treino vou tentar pôr novamente os meus putos à prova contra os Iniciados B, ainda que a adesão ao treino possa não ser a melhor por causa do tempo, diz-me a experiência...

 

Por acaso é mal de que não sofro. Os meus putos raramente faltam, praticamente só por lesão ou porque têm de estudar.

Compartilhar este post


Link para o post
Guest Schizo

Crazy muito boa sorte pro campeonato.

 

Pelo que tens dito tens muito trabalhinho... A nível defensivo tens de ter uma defesa muito certinha e ligada porque os putos não percebem nada do fora de jogo.

Compartilhar este post


Link para o post

Vou precisar de alguma dessa sorte, mas há muito trabalho a fazer, nomeadamente em relação à defesa, que em termos de posicionamento ainda tem bastantes falhas, permitindo muitas vezes que nos metam bolas em profundidade, dada a distância entre os defesas.

 

Hoje devo abordar também a possibilidade de virmos a usar um sistema diferente, passando do 4-1-3-2, que vínhamos a experimentar, para o 4-3-3, com o triângulo normal (ou não invertido, como lhe quiserem chamar) ou 4-2-3-1, se preferirem. A ideia é, acima de tudo, dar mais liberdade aos miúdos que jogam mais à frente e fortalecer o meio-campo, dado que os 3 miúdos do meio-campo (excluindo o trinco) no nosso sistema antigo não estavam a interpretar bem aquilo que eu pretendia deles a nível de transições. Ainda equacionei a adição de um 3º central mas, tendo em conta as alterações que isso viria a produzir no presente e a probabilidade de os miúdos poucas vezes virem a ser sujeitos a esses sistemas no futuro, optei por tentar equilibrar as coisas de outro modo.

 

Alguém se quer pronunciar? Agradecia ;)

Compartilhar este post


Link para o post

Vou precisar de alguma dessa sorte, mas há muito trabalho a fazer, nomeadamente em relação à defesa, que em termos de posicionamento ainda tem bastantes falhas, permitindo muitas vezes que nos metam bolas em profundidade, dada a distância entre os defesas.

 

Hoje devo abordar também a possibilidade de virmos a usar um sistema diferente, passando do 4-1-3-2, que vínhamos a experimentar, para o 4-3-3, com o triângulo normal (ou não invertido, como lhe quiserem chamar) ou 4-2-3-1, se preferirem. A ideia é, acima de tudo, dar mais liberdade aos miúdos que jogam mais à frente e fortalecer o meio-campo, dado que os 3 miúdos do meio-campo (excluindo o trinco) no nosso sistema antigo não estavam a interpretar bem aquilo que eu pretendia deles a nível de transições. Ainda equacionei a adição de um 3º central mas, tendo em conta as alterações que isso viria a produzir no presente e a probabilidade de os miúdos poucas vezes virem a ser sujeitos a esses sistemas no futuro, optei por tentar equilibrar as coisas de outro modo.

 

Alguém se quer pronunciar? Agradecia ;)

Compartilhar este post


Link para o post

Vou precisar de alguma dessa sorte, mas há muito trabalho a fazer, nomeadamente em relação à defesa, que em termos de posicionamento ainda tem bastantes falhas, permitindo muitas vezes que nos metam bolas em profundidade, dada a distância entre os defesas.

 

Hoje devo abordar também a possibilidade de virmos a usar um sistema diferente, passando do 4-1-3-2, que vínhamos a experimentar, para o 4-3-3, com o triângulo normal (ou não invertido, como lhe quiserem chamar) ou 4-2-3-1, se preferirem. A ideia é, acima de tudo, dar mais liberdade aos miúdos que jogam mais à frente e fortalecer o meio-campo, dado que os 3 miúdos do meio-campo (excluindo o trinco) no nosso sistema antigo não estavam a interpretar bem aquilo que eu pretendia deles a nível de transições. Ainda equacionei a adição de um 3º central mas, tendo em conta as alterações que isso viria a produzir no presente e a probabilidade de os miúdos poucas vezes virem a ser sujeitos a esses sistemas no futuro, optei por tentar equilibrar as coisas de outro modo.

 

Alguém se quer pronunciar? Agradecia ;)

 

Eu acho que o 4-3-3 é o melhor esquema dentro de todos os possíveis, mas o 4-2-3-1 é capaz de ser o mais fácil de interpretar para os miúdos entenderem as suas principais obrigações em campo. Além disso, com dois trincos à frente da defesa, isso vai povoar mais a região do meio campo. Uma coisa que é hábito em 4-3-3, pelo menos nas camadas mais jovens, é os dois médios interiores/ofensivos, pensarem que podem subir sempre que quiserem e que não têm obrigações defensivas. Sendo trincos talvez interpretem que não podem atacar à maluca como se futebol fosse só aquilo. A dificuldade que tu te irás enfrentar será a coordenação entre os dois médios de cobertura. Por exemplo, qual é o jogador que sobe mais um pouco na manobra ofensiva, qual o momento para o fazer, por aí fora. Eu, pessoalmente, não metia um jogador certo a dar mais apoio ao ataque, mas limitaria isso à zona em que a bola se encontra. Por exemplo, o médio de cobertura do lado da bola subir mais e outro ficar mais na sua zona. Mas isto é capaz de oferecer maior dificuldade para ser trabalhado. Caso haja um jogador desses dois médios que tenha uma capacidade ofensiva mais evoluída que o outro, então podes dar instruções a esse para se integrar mais na manobra ofensiva.

Compartilhar este post


Link para o post

eu nao tenho experiencia como treinador...so treino no FM, mas joguei futebol federado durante 6 anos e acho que percebo algumas coisas de futebol, fruto do que leio e do quanto amo o jogo, por isso deixo aqui a minha visão!

 

Para camadas jovens, para mim o 4-3-3 é a melhor táctica de sempre. Dás consistência no meio-campo e na defesa com a ajuda do trinco, e dás a liberdade aos extremos (deve haver putos rápidos e com bom toque de bola, de certeza) e so lhes pede para fecharem quando se defende, ou a acompanhar o lateral deles ou a ajudar o nosso. Para mim, o elemento mais importante do 4-3-3 é o nº10. é o que tem a capacidade para compreender o jogo e saber quando deve 'rasgar' o jogo ou não. o PL podes jogar com 2 tipos: ou 1 rápido para os extremos e os médios lhe colocarem bolas nas costas dos defesas ou com 1 chavalo alto que saiba jogar de costas para a baliza, para tabelar com extremos e com os médios.

 

é a táctica mais completa: é compacta a defender e (Falta-me o adjectivo certo lol...) 'letal' a atacar

Compartilhar este post


Link para o post

Antes de mais, as minhas desculpas por tão longa ausência.

 

Devem ter estranhado não ter feito qualquer referência ao primeiro jogo que supostamente realizaríamos contra o Vitória SC. Too make a long story short, não realizámos o jogo por falta de documentos de identificação dos atletas. Falha minha porque devolvi os B.I.'s/C.C.'s dos miúdos (que tinha recebido para as inscrições) mas também porque não sabia que os cartões de atleta ainda não tinha sido emitidos, algo para que deveria ter sido alertado. Passados 28 minutos da hora do jogo, contudo, tínhamos documentos de identificação de todos os miúdos, o que permitiria a realização do jogo. Tínhamos também duas bandeiras para os dois árbitros assistentes que não as trouxeram para o jogo. No entanto, não sabemos ao certo por que motivo, os árbitros decidiram-se pela não realização do jogo, ainda que, do lado dos responsáveis do Vitória, não houvesse qualquer objecção à realização do mesmo.

 

Esta semana deslocamo-nos a Marinhas, Esposende, para defrontar esta equipa naquele que será o nosso primeiro jogo oficial. Não me posso queixar da sorte, já que possivelmente defrontaremos uma equipa de valor semelhante à nossa, o que, em caso de vitória, poderá dar algum ânimo à equipa, ao contrário daquilo que poderia acontecer se tivéssemos, de facto, defrontado o Vitória na segunda jornada (na primeira, relembro, folgámos). Em termos gerais, a equipa tem melhorado em alguns aspectos mas ainda precisamos de trabalhar muito a coordenação em campo, a ocupação de espaços, algo que sempre valorizei no futebol e que, agora como treinador, vejo como essencial tanto a nível defensivo como ofensivo.

Compartilhar este post


Link para o post

No último domingo, estreámo-nos então no campeonato, com uma derrota por 2-1, contra o Marinhas, uma equipa ao nosso alcance em termos individuais mas que tem, sem dúvida, mais preparação para o fut. 11.

 

Optei, como tinha dito aqui no fórum, por jogar em 4-3-3, com dois médios mais recuados. Era o nosso primeiro jogo e, sinceramente, aquilo que pretendia era que os miúdos mostrassem uma boa atitude e ganhassem ânimo para os próximos jogos com uma vitória ou, pelo menos, um empate.

 

O jogo começou tremido para o nosso lado, com alguns lances de perigo para a nossa baliza, que o nosso pequeno GR fez todos os possíveis para manter inviolada. Ainda assim, com alguma naturalidade, diga-se, sofremos o 1º golo numa jogada de alguma confusão na área, com alguns ressaltos e um remate final que foi desviado por um dos centrais e que levou a bola para fora do alcance do GR. Estávamos a meio da primeira parte e não conseguíamos fazer a transição para o ataque.

 

Ao intervalo, tentei mexer no jogo, pondo em campo o nosso melhor jogador (que não jogou a titular por ter jogado no dia anterior pelos iniciados B), o que acabou por resultar em várias jogadas de perigo (3 de golo eminente) e outra de golo, com assistência desse mesmo jogador. No entanto, a entrada desse jogador fez com que as nossas transições se baseassem apenas na colocação de bolas nas costas da defesa contrária, uma preocupação que já tinha deixado aqui expressa.

 

A nossa defesa, contudo, continuava a permitir algumas entradas com bola aos jogadores mais abertos nas alas, o que originava várias "aflições" perto da nossa baliza. Numa dessas jogadas, surgiu o 2º golo deles.

 

Sem nada mais merecedor de nota até final do jogo, não queria deixar de comentar a arbitragem deste jogo. Preenchidas as fichas, sem problemas desta vez, aquecimento feito, nenhum sinal dos árbitros... Acabámos por fazer o jogo com dois "bandeirinhas" da casa e o árbitro principal foi o meu adjunto na 1ª parte e um director deles na 2ª. Do meu ponto de vista, honestamente, penso que a primeira arbitragem foi justa para os dois lados mas a segunda nem tanto. No lance do 2º golo, o assistente levanta e baixa a "bandeirinha" e ainda conseguiram anular-nos um golo quando não havia nada que, aparentemente, o justificasse. Independentemente disso, porque acho, sinceramente, que não merecíamos ganhar mas sim um empate, não queria deixar passar em claro a falta de árbitros neste jogo.

 

 

Como tudo isto já é passado, e temos um jogo mais complicado esta semana, pedi mais aplicação e, sobretudo, concentração aos miúdos para este jogo, deixei de fora da convocatória alguns que, no jogo, não me tinham agradado em termos de aplicação, precisamente, e promovi aqueles que se têm esforçado mais nos treinos. Com isto, espero espicaçar aqueles que, à partida, teriam um lugar "assegurado" e que ficaram de fora e motivar aqueles que, embora teoricamente mais fracos, se têm esforçado por fazer o que lhes peço.

 

BTW, outro dos meus miúdos foi chamado, esta semana, aos iniciados B, o que não me vai permitir utilizá-lo durante todo o jogo, tal como acontece com a estrela da equipa...

Compartilhar este post


Link para o post

No último domingo fizemos o nosso segundo jogo do campeonato. Recebemos o Fafe e perdemos por 3-2, contra uma equipa que estava perfeitamente ao nosso alcance.

 

Começámos bem o jogo, com um golo logo nos primeiros minutos, mas a equipa sentiu-se demasiado à vontade e permitiu 2 golos ao Fafe, o que originou algum nervosismo nos miúdos e o 3º golo deles.

 

Entretanto, (pela segunda vez em dois jogos) fui obrigado a substituir o GR por lesão, o que acabou por não ser mau porque o GR que entrou para o lugar dele deu alguma estabilidade à defesa.

 

Ao intervalo, pedi-lhes concentração porque estávamos a falhar uma grande quantidade de passes, mais paixão e que acreditassem que podiam mudar o jogo jogando em equipa e deixando o jogar bonito fintando. Como resultado daquilo que tentámos corrigir ao intervalo, conseguimos marcar mais um golo e criar algumas situações claras de golo que não conseguimos concretizar.

 

No final do jogo fi-los ver que tinham feito uma boa segunda parte e que era assim que pretendia que jogassem sempre, porque entendo ser a melhor maneira de jogar futebol, principalmente, nestas idades.

 

Como não tive oportunidade de o fazer durante a "pré-época", arrisquei fazer algumas experiências neste jogo e ganhei dois jogadores, um deles em que vou apostar já e outro para ir integrando aos poucos mas que me parece que posso trabalhar.

 

Esta semana, temos jogo contra o Braga, que ganhou 19-0 na última jornada e que ganhou os 3 jogos que disputou, marcando 28 golos e não sofrendo um único. Não quero colocar pressão extra nos miúdos, portanto, quero apenas que eles façam o melhor que puderem, independentemente do resultado. Tenho perfeita noção de que vai ser muuuuito complicado mas espero que eles mostrem o que valem.

Compartilhar este post


Link para o post
Guest Schizo

Foi pena não teres ganho este último jogo!

 

E independentemente do resultado com o Braga, não desanimes :mrgreen:

 

abraço

Compartilhar este post


Link para o post

É isso que o Schizo disse, não podes desanimar. Com o tempo vais notar uma grande melhoria na tua equipa.

 

E quanto a isso do Braga, eu também vou sofrer desse mal :mrgreen:

Compartilhar este post


Link para o post

Só um pequeno conselho: não deixes de puxar pelos miudos e continua a dar feedback, independentemente do resultado. Se há coisa que me irrita é nos jogos de miudos quando o treinador se senta no banco e basicamente espera que a tareia acabe...

Compartilhar este post


Link para o post

Certamente não farei isso! Vou tentar apoiar os miúdos e tentar que eles acabem o jogo com a cabeça levantada. Se derem o máximo que podem, não devem sair de lá cabisbaixos, pelo contrário! Tenho-lhes pedido paixão e para sentirem o futebol, mas também devem ter orgulho quando, apesar de perderem, se esforçam ao máximo das suas capacidades.

Compartilhar este post


Link para o post

O que é que se passou com ele? :mrgreen:

Na escola a brincar, espetou um ferro na perna e então teve que levar uns bons pontos e ficar em casa por uns dias...

 

No domingo último perdemos contra o Braga (que surpresa!) por 6-0. Ao intervalo estava 2-0, o que era um resultado bastante decente contra a equipa que era, mesmo que sofrêssemos mais dois na 2ª parte. No entanto, a nossa resistência na 2ª parte só durou 10 minutos e, a partir dessa altura, não estivemos concentrados, cometemos erros, o GR que esteve bastante bem na 1ª parte também ajudou um pouco e acabámos por sofrer 4 golos em 20 minutos.

 

A equipa não se portou mal, principalmente na primeira parte, em que sofremos dois golos com bolas que andaram às tabelas perto da pequena área e em que um jogador acabou por empurrar. Isto falando apenas da componente defensiva, já que em termos de transição ofensiva fomos praticamente ineficazes.

 

Ainda assim, no final do jogo, fomos questionados acerca da possibilidade de dois jogadores irem treinar com a equipa deles (um dois quais que começou a aparecer depois de uma adaptação (minha) de posição)! No entanto, nota-se que eles têm uma equipa muito boa, em termos de individualidades, principalmente.

 

Esta semana recebemos o Merelinense, num jogo onde já posso contar com o meu melhor jogador (que, de certeza, não seria mais largado pelo Braga, caso o tivessem visto jogar) e com outro avançado que deixei de fora por castigo, devido à atitude que tem demonstrado (demasiada autoconfiança, chamemos-lhe assim!).

Compartilhar este post


Link para o post

Sim, vocês vão lá jogar? O campo é sintético, como deves saber, mas o de 11 não é muito grande, bem mais pequeno que o do Marinhas, por exemplo...

Compartilhar este post


Link para o post

Junta-te à conversa!

Podes publicar um comentário agora e registar-te depois. Se tiveres uma conta, autentica-te agora para publicares o teu comentário de forma autenticada.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   O conteúdo anteriormente introduzido foi recuperado..   Limpar

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...