Ir para conteúdo
Major Tom

[TV] Séries III

Publicações recomendadas

 Esta season de Dark fecha tudo duma forma praticamente perfeita 💘 adorei, e da categoria sci fi, das melhores que já vi

Compartilhar este post


Link para o post

Para uma série com esta complexidade toda, era difícil ter um final melhor.

Se dúvidas havia, esta season confirma Dark como a melhor série da Netflix de sempre.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de scallywag, há 1 hora:

 Esta season de Dark fecha tudo duma forma praticamente perfeita 💘 adorei, e da categoria sci fi, das melhores que já vi

Spoilers 3ª temporada

Aquilo que eu mais gostei foi a forma como eles pegam em certos detalhes e introduziram na 3ª temporada. Nomeadamente na segunda temporada, quando o Magnus, o Bartosz e a Martha estão a nadar naquele lago e contam uma lenda de que haveria uma mulher morta lá, que acabou por ser a Katharina. E o Jonas ter encontrado o colar da mãe da Katharina na areia e ter dado à Martha.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Plastikman, há 10 minutos:

Alguém sabe de um bom recap das 2 primeiras temporadas?

Não quero que te falte nada 😛

Vi esses, ainda li mais umas cenas e revi as duas séries na mesma lol

Compartilhar este post


Link para o post

Acabei Dark! Que série! A 3ª temporada é mesmo para fritar miolos mas o final vale bem a pena.

Dark é daquelas séries que tem de se investir um bocado de tempo mesmo depois de vermos os episódios, perceber alguns conceitos que são abordados na série (paradoxos temporais, realidades paralelas, livre arbítrio, até física quântica) mas depois de apanharmos um fio condutor e começarmos a ver as peças do puzzle a unirem-se ao longo dos episódios é brilhante.

À muita coisa que fica por responder mas acho mesmo que é intencional e para criar buzz à volta da série, gerar discussão nas redes sociais, criar teorias mais ou menos certas, no fundo prolongar a vida da série para além do seu fim.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de La Flame, há 57 minutos:

Ozark terminará com a quarta temporada.

Dividida em duas partes de 7 eps. 

Compartilhar este post


Link para o post

Valeu a pena fritar o cérebro até porque no final tudo se encaixa. Dark com certeza uma das melhores series que já vi.

Não percebi foi 2 coisas

 

- Como é que a Cláudia descobriu que havia um 3º mundo assim do nada.

-Tantas vezes mostraram o relógio "para Charlotte" e no fim o relógio não serviu para nada.

 

 

Editado por LordSkaN

Compartilhar este post


Link para o post

Vi hoje o quinto e p*ta que pariu, como é que um episódio tão agoniante consegue ao mesmo tempo ser tão fantástico ?

Se tivesse de escolher o melhor episódio até ao momento seria este, sem dúvida alguma.

 

Compartilhar este post


Link para o post

Comecei a ver Dark, as opiniões eram demasiado boas para deixar escapar esta série.

Ainda vou no episódio 8 da primeira temporada e de facto está uma série incrível. 

Para já os paradoxos ainda não me estão a fazer confusão mas tem tendência a piorar? 😅

Já agora, a 3a é a última temporada ou irá haver mais? 

Editado por Mahai

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Mahai, há 7 minutos:

Comecei a ver Dark, as opiniões eram demasiado boas para deixar escapar esta série.

Ainda vou no episódio 8 da primeira temporada e de facto está uma série incrível. 

Para já os paradoxos ainda não me estão a fazer confusão mas tem tendência a piorar? 😅

Já agora, a 3a é a última temporada ou irá haver mais? 

A terceira é a ultima. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de LordSkaN, há 18 horas:

Valeu a pena fritar o cérebro até porque no final tudo se encaixa. Dark com certeza uma das melhores series que já vi.

Não percebi foi 2 coisas

  Mostrar conteúdo oculto

- Como é que a Cláudia descobriu que havia um 3º mundo assim do nada.

-Tantas vezes mostraram o relógio "para Charlotte" e no fim o relógio não serviu para nada.

 

 

Resposta às tuas questões:

- Deve ser a maior crítica que todos fazem a esta ultima temporada, o facto de a Cláudia ter descoberto do nada a existência do mundo origem. Já vi vários reviews no youtube e não existe mesmo um contexto ou seguimento na série de como ela fez essa descoberta.

- Outra das coisas que não é explicada, sabemos que o relógio pertence à familia Tanhaus e que viaja entre passado, presente e futuro várias vezes e que a neta do HG Tanhaus que desapareceu no acidente de carro se chamava Charlotte. Que acaba por ser o mesmo que ele dá à criança que lhe é entregue para criar e que depois recebe o mesmo relógio já na idade adulta. A única coisa que se vê no relógio é a inscrição "Para a Charlotte".

Compartilhar este post


Link para o post

Terminei Dark e posso perfeitamente dizer que é das melhores experiências da minha vida, penso que nunca uma série me conseguiu deixar a pensar tanto.

Essa crítica sobre a forma como a Claudia descobre o mundo original é mesmo a única que eu faço. Senti que essa parte deixou algo por explicar, ou então sinto que há algo que me escapou, até porque não fui ainda ver reviews e teorias mais detalhadas na internet.

De resto, 10/10. Genial. A forma como constroem uma realidade do mais complexa que existe durante três temporadas e essa mesma se "desconstrói" no episódio final de uma forma super "real" e fácil de entender é talvez a coisa mais única da série.

É brilhante. Quer os diálogos, quer a música da intro, quer as semelhanças quase impossíveis entre as mesmas personagens em diferentes espaços temporais, quer todo o enredo construído à volta de uma pequena cidade e mesmo num cenário muitas vezes apocalíptico raras -ou até mesmo quase nenhumas- são aquelas cenas que muita vezes vemos, super exageradas, heróicas mais.

O último episódio deu-me imensas vibes de Interstellar, btw. 

Provavelmente é por me estar mais fresca na memória mas acho mesmo que é a minha série favorita.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Mahai, há 24 minutos:

Como é que eu meto em spoiler escrevendo pelo tlm? 😬

Usa a tag spoiler entre [ ] e no fim coloca /spoiler entre [ ]

Editado por Kickass

Compartilhar este post


Link para o post

Vi a primeira temporada de Dark e fiquei com uma questão de uma possível falha de argumento e gostava de partilhar o meu raciocínio a ver se faz sentido ou se me escapou alguma coisa. 

quando o Helge de 2019 visita na cabana o seu eu de 1986, diz-lhe que ele tem de parar! O seu eu afasta-se e o Helge de 2019 diz para si próprio "eu tenho de parar" como se aquilo que naquele momento disse ao seu eu de 1986 passasse a fazer parte da sua memória. A minha pergunta é, foi só aí que o Helge de 2019 começou dizer a si próprio para parar? É que se foi não faz sentido tendo em conta a dinâmica do argumento da série. Se o Helge de 1986, em 1986 alguém lhe disse para parar, ele a partir desse momento deveria ter essa memória, e essa memória já deveria estar enraizada no Helge de 2019. Eu fiquei com a ideia que foi a partir desse momento que essa memória surgiu, mas se alguém tem melhor conhecimento, talvez me possa ajudar

 

Compartilhar este post


Link para o post

uma pergunta para a malta de Dark: vai ser ir ao google a cada episódio, ou não é preciso tanto?

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de bobzz, há 24 minutos:

uma pergunta para a malta de Dark: vai ser ir ao google a cada episódio, ou não é preciso tanto?

Em que temporada estás ?

 

Citação de Mahai, há 3 horas:

Vi a primeira temporada de Dark e fiquei com uma questão de uma possível falha de argumento e gostava de partilhar o meu raciocínio a ver se faz sentido ou se me escapou alguma coisa. 

 

  Mostrar conteúdo oculto

quando o Helge de 2019 visita na cabana o seu eu de 1986, diz-lhe que ele tem de parar! O seu eu afasta-se e o Helge de 2019 diz para si próprio "eu tenho de parar" como se aquilo que naquele momento disse ao seu eu de 1986 passasse a fazer parte da sua memória. A minha pergunta é, foi só aí que o Helge de 2019 começou dizer a si próprio para parar? É que se foi não faz sentido tendo em conta a dinâmica do argumento da série. Se o Helge de 1986, em 1986 alguém lhe disse para parar, ele a partir desse momento deveria ter essa memória, e essa memória já deveria estar enraizada no Helge de 2019. Eu fiquei com a ideia que foi a partir desse momento que essa memória surgiu, mas se alguém tem melhor conhecimento, talvez me possa ajudar

 

Não tenho a certeza se percebi bem a tua questão mas se for efetivamente o que eu entendi diria que vais perceber como as coisas funcionam mais para a frente, principalmente na segunda temporada, diria.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de La Flame, há 2 minutos:

Em que temporada estás ?

 

Não tenho a certeza se percebi bem a tua questão mas se for efetivamente o que eu entendi diria que vais perceber como as coisas funcionam mais para a frente, principalmente na segunda temporada, diria.

 

Para já não tenho dificuldade em compreender os paradoxos. 

A questão é e fazendo uma analogia 

por exemplo, o Helge tem uma marca na cara porque o Ulrich lhe bateu com uma pedra. Na linha temporal do Helge, um sujeito espancou-o em criança e ele ficou com a marca para o resto da vida. Não tivemos que esperar pela linha temporal do Ulrich para ver a marca a aparecer. Na linha temporal do Ulrich apenas ficámos a saber como a cicatriz surgiu. Da mesma forma, na linha temporal do Helge de 1986 alguém lhe diz que ele tem de parar. Portanto, o Helge de 2019 já devia vir com esse pensamento na memória quando visitou o seu eu de 86. Não deveria ser necessário ele ter-se lembrado disso só no momento em que falou para o seu eu. 

Outra questão que eu não percebi ainda, os saltos temporais na gruta são de 33 em 33 anos mas é tipo, o gajo as 21 horas do dia 4 entra na gruta e sai as mesmas 21 horas do dia 4 33 anos depois/antes?

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de La Flame, há 28 minutos:

Em que temporada estás ?

não estou, era para saber como fazer o approach

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Mahai, há 12 minutos:

Para já não tenho dificuldade em compreender os paradoxos. 

A questão é e fazendo uma analogia 

 

  Mostrar conteúdo oculto

por exemplo, o Helge tem uma marca na cara porque o Ulrich lhe bateu com uma pedra. Na linha temporal do Helge, um sujeito espancou-o em criança e ele ficou com a marca para o resto da vida. Não tivemos que esperar pela linha temporal do Ulrich para ver a marca a aparecer. Na linha temporal do Ulrich apenas ficámos a saber como a cicatriz surgiu. Da mesma forma, na linha temporal do Helge de 1986 alguém lhe diz que ele tem de parar. Portanto, o Helge de 2019 já devia vir com esse pensamento na memória quando visitou o seu eu de 86. Não deveria ser necessário ele ter-se lembrado disso só no momento em que falou para o seu eu. 

Outra questão que eu não percebi ainda, os saltos temporais na gruta são de 33 em 33 anos mas é tipo, o gajo as 21 horas do dia 4 entra na gruta e sai as mesmas 21 horas do dia 4 33 anos depois/antes?

 

 

É como disse, eu acho que mais para a frente, quando começares a perceber como funcionam as coisas na série vais entender o porquê disso.

 

Citação de bobzz, Agora:

não estou, era para saber como fazer o approach

Acredito que na primeira temporada não precises muito, mas no fim de cada uma tenta sempre ver um recap. Mesmo vendo tudo de seguida acredito que possam ser grandes quantidades de informação para serem processadas.

 

Compartilhar este post


Link para o post

Junta-te à conversa!

Podes publicar um comentário agora e registar-te depois. Se tiveres uma conta, autentica-te agora para publicares o teu comentário de forma autenticada.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   O conteúdo anteriormente introduzido foi recuperado..   Limpar

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Criar Novo...