Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Serpa Pinto

[Tóquio 2020] Tópico Geral

Publicações recomendadas

Publicado (editado)

 

image.png.6ba9c4bb615969a46cd3cb6bbf4474e0.png

Calendário de Competições

 

image.png.df20cacbee2967db3327b31358ebcff1.png

image.png.13fd4e35f292bf7e14e0f8ba45d3ca5e.png

image.png.f08ba96ed59a24a6d8e037b173bea518.png

 

Atletas Portugueses Qualificados para os Jogos Olímpicos

Dado que já existem tópicos específicos para comentar o Basquetebol e o Ciclismo achei por bem criar um tópico mais geral para comentar as restantes modalidades e a prestação dos atletas portugueses ao longo da prova.

Como já é habitual, as competições arrancam antes ainda da Cerimónia de Abertura (prevista para dia 23 de Julho, ás 12h portuguesas). Desta vez porém o Futebol terá o Softball como companhia nessa abertura antecipada dos Jogos Olímpicos. Em termos de horários, o facto dos Jogos se desenrolarem no Extremo Oriente vai obrigar a algumas noitadas para quem quiser acompanhar os mesmos. Numa olhada assim rápida, a prova mais vespertina que encontrei foi a de Águas Abertas (tanto a masculina como a feminina) que arrancam ás 6h30 japonesas (22h30 portuguesas). No entanto, na grande maioria dos dias o arranque será feito pelas 9h/9h30 (1h/1h30 portuguesas) e o final pelas 22/22h30 (14h/14h30 portuguesas).

 

 

Editado por Serpa Pinto

Compartilhar este post


Link para o post

Como sempre "ansioso" por ver hoquei de campo e water polo, duas modalidades muito porreiras de se assistir e que não passam muito na televisão

 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de a.lopes, há 12 minutos:

Como sempre "ansioso" por ver hoquei de campo e water polo, duas modalidades muito porreiras de se assistir e que não passam muito na televisão

 

O polo aquático português este ano passou sempre pelo canal da federação, com sorte ainda consegues assistir a reta final dos jogos da 2ª divisao

Compartilhar este post


Link para o post

A título de curiosidade já chegámos a ter a seleção de Water Polo nos Olímpicos, aliás foi a última presença portuguesa de uma modalidade coletiva de pavilhão nos JO antes do Andebol se ter qualificado.

Compartilhar este post


Link para o post
Publicado (editado)
Citação de jmopborba, há 4 minutos:

Para que percebe da coisa, quem é que de Portugal pode almejar uma medalha?

 

Sim, pelo menos com o Fernando Pimenta, Pichardo e no Judo, podemos lutar por medalhas. 

Editado por Alexis Ren

Compartilhar este post


Link para o post
Publicado (editado)

rui bragança tb aparece em boa forma para os jogos no taekwondo

os das canoas tb geralmente tao sempre na luta, e salvo erro temos a campea europeia em no lançamento de peso

 

edit. ansioso pela ginastica e pelo q a biles vai apresentar 

Editado por Kendrick Lmao

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Kendrick Lmao, há 7 minutos:

edit. ansioso pela ginastica e pelo q a biles vai apresentar 

A Simon Biles pelo que eu li vai se retirar das competições depois destes Jogos, que saia em grande. 

Compartilhar este post


Link para o post
Publicado (editado)

Não sei se não sacamos uma medalha em skate, uma das novas modalidades, o Gustavo Ribeiro é um puto que já foi top-3 Mundial.

No próprio surf, também nova modalidade, é uma lotaria. O Kikas não acredito mas uma das meninas num dia sim e com sorte pode sacar uma medalha.

Editado por antifa

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Kendrick Lmao, há 2 minutos:

uia vai haver prova de skate? lool n fazia a minima ideia

Park e street lol

Não faz sentido, mas enfim. Como em 2024 vai haver breakdance eu já estou por tudo.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de antifa, há 4 minutos:

Como em 2024 vai haver breakdance eu já estou por tudo.

é isto.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de M. Porter, há 13 minutos:

Posso estar enganado, mas acredito que podemos bater o record de medalhas.

Judo/Canoagem devem garantir uma medalha, Pichardo no Triplo Salto agora com a lesão do Taylor fica como favorito claro às medalhas.

Duas parecem-me "certas", três é possível, quatro só se cair alguma coisa inesperada tipo Atletismo/Ciclismo.

Compartilhar este post


Link para o post

Já falta pouco depois de 5 anos de espera 😎

Quanto às hipóteses portuguesas, uma pequena antevisão daquilo que penso:

Atletismo: Como é hábito, vem daqui a maior delegação portuguesa. Os recém naturalizados Pablo Pichardo no triplo salto (melhor marca do ano) e a Auriol Dongmo no peso (4ª do ano) são fortes candidatos às medalhas, principalmente o primeiro. A Mamona também está em grande forma (bateu no fim de semana o recorde nacional) mas não me parece que tenha capacidade para o pódio. De resto, talvez na marcha possamos sacar um diploma.

Canoagem: O Pimenta farta-se de sacar medalhas em Campeonatos da Europa e Taças do Mundo e é mais uma vez favorito a um pódio. No entanto, no Rio 2016 também o era e ficou-se pelo 5º lugar. Nota também para o K4 500m, forte aposta da federação e que tem estado a rasar os 3 primeiros nas últimas competições. Do lado feminino é possível que as duas senhoras cheguem às finais.

Judo: Tal como o atletismo e a canoagem, é daqui as maiores esperanças de medalhas. O Jorge Fonseca é bicampeão do mundo, tudo o que não seja uma medalha acho que será uma desilusão. A Telma é sempre uma crónica candidata. Contudo, não esquecer os restantes 6 atletas que são quase todos medalhados em Campeonatos da Europa ou Taças do Mundo. A meu ver, o Judo é uma modalidade mais propícia a surpresas uma vez que um Ippon pode decidir um combate de um momento para o outro, para o bem e para o mal.

Andebol: Há 5 anos a maior parte considerava tolinha a pessoa que dissesse que o andebol ia estar nos JO de Tóquio. Bem, cá estamos e são 12 países para 3 lugares. Acho que temos a obrigação de passar o grupo (pelo menos ganhar ao Bahrein e ao Japão) e a partir dos quartos é sonhar.

Ciclismo: Com um percurso tão duro + calor + humidade coloco o João Almeida como um outsider à prova em linha e ao CR. O Nélson também pode beneficiar dum CR mais duro e é candidato a um diploma. Atenção também à Maria Martins na pista. A miúda anda muito e não me admirava de a ver fazer uma surpresa.

Skate: Há uns meses não o conhecia, mas o Gustavo Ribeiro era 3º do ranking mundial antes da lesão que teve em Maio. Não tendo conhecimentos de skate, os resultados indiciam que é um favorito ao pódio.

Taekwondo: O Rui Bragança é dos atletas mais bem cotados a nível mundial e já medalhado em campeonatos internacionais. Mais um candidato às medalhas.

Surf: A par do skate, uma modalidade que se estreia nestes Jogos. Com a limitação de 2 cotas para países como os EUA, Brasil ou Austrália, as probabilidades de um bom resultado aumentam, principalmente para o lado feminino.

Triatlo: O João Pereira foi 5º classificado no Rio. Repete novamente a presença e é candidato a um diploma. Medalha será muito difícil.

Ténis de Mesa: Muitos ainda se lembram dos Jogos de Londres quando na prova por equipas estivemos quase a ganhar à Coreia e ir às meias finais. A equipa continua a mesma, com o Marco Freitas á cabeça e vai ser interessante ver o que podemos fazer outra vez. Na prova individual, há poucas expectativas uma vez que os asiáticos limpam tudo.

Em relação às restantes modalidades (Ginástica, Natação, Hipismo, Ténis, Tiro, Remo e Vela) não se esperam resultados de relevo.

Em suma, as perspetivas são que possamos melhorar os resultados dos últimos Jogos. Aponto para 2/3 medalhas e uma dezena de diplomas.

Agora venham de lá as noitadas.

Compartilhar este post


Link para o post
Publicado (editado)
Citação de bengala, há 1 hora:

Já falta pouco depois de 5 anos de espera 😎

Quanto às hipóteses portuguesas, uma pequena antevisão daquilo que penso:

Atletismo: Como é hábito, vem daqui a maior delegação portuguesa. Os recém naturalizados Pablo Pichardo no triplo salto (melhor marca do ano) e a Auriol Dongmo no peso (4ª do ano) são fortes candidatos às medalhas, principalmente o primeiro. A Mamona também está em grande forma (bateu no fim de semana o recorde nacional) mas não me parece que tenha capacidade para o pódio. De resto, talvez na marcha possamos sacar um diploma.

Canoagem: O Pimenta farta-se de sacar medalhas em Campeonatos da Europa e Taças do Mundo e é mais uma vez favorito a um pódio. No entanto, no Rio 2016 também o era e ficou-se pelo 5º lugar. Nota também para o K4 500m, forte aposta da federação e que tem estado a rasar os 3 primeiros nas últimas competições. Do lado feminino é possível que as duas senhoras cheguem às finais.

Judo: Tal como o atletismo e a canoagem, é daqui as maiores esperanças de medalhas. O Jorge Fonseca é bicampeão do mundo, tudo o que não seja uma medalha acho que será uma desilusão. A Telma é sempre uma crónica candidata. Contudo, não esquecer os restantes 6 atletas que são quase todos medalhados em Campeonatos da Europa ou Taças do Mundo. A meu ver, o Judo é uma modalidade mais propícia a surpresas uma vez que um Ippon pode decidir um combate de um momento para o outro, para o bem e para o mal.

Andebol: Há 5 anos a maior parte considerava tolinha a pessoa que dissesse que o andebol ia estar nos JO de Tóquio. Bem, cá estamos e são 12 países para 3 lugares. Acho que temos a obrigação de passar o grupo (pelo menos ganhar ao Bahrein e ao Japão) e a partir dos quartos é sonhar.

Ciclismo: Com um percurso tão duro + calor + humidade coloco o João Almeida como um outsider à prova em linha e ao CR. O Nélson também pode beneficiar dum CR mais duro e é candidato a um diploma. Atenção também à Maria Martins na pista. A miúda anda muito e não me admirava de a ver fazer uma surpresa.

Skate: Há uns meses não o conhecia, mas o Gustavo Ribeiro era 3º do ranking mundial antes da lesão que teve em Maio. Não tendo conhecimentos de skate, os resultados indiciam que é um favorito ao pódio.

Taekwondo: O Rui Bragança é dos atletas mais bem cotados a nível mundial e já medalhado em campeonatos internacionais. Mais um candidato às medalhas.

Surf: A par do skate, uma modalidade que se estreia nestes Jogos. Com a limitação de 2 cotas para países como os EUA, Brasil ou Austrália, as probabilidades de um bom resultado aumentam, principalmente para o lado feminino.

Triatlo: O João Pereira foi 5º classificado no Rio. Repete novamente a presença e é candidato a um diploma. Medalha será muito difícil.

Ténis de Mesa: Muitos ainda se lembram dos Jogos de Londres quando na prova por equipas estivemos quase a ganhar à Coreia e ir às meias finais. A equipa continua a mesma, com o Marco Freitas á cabeça e vai ser interessante ver o que podemos fazer outra vez. Na prova individual, há poucas expectativas uma vez que os asiáticos limpam tudo.

Em relação às restantes modalidades (Ginástica, Natação, Hipismo, Ténis, Tiro, Remo e Vela) não se esperam resultados de relevo.

Em suma, as perspetivas são que possamos melhorar os resultados dos últimos Jogos. Aponto para 2/3 medalhas e uma dezena de diplomas.

Agora venham de lá as noitadas.

Belo Post. Basicamente bateste nos pontos todos. Vai depender de muitas variáveis (sobretudo climatéricas), mas vejo o objetivo de alcançar pelo menos 4 medalhas como muito plausível (Pichardo, Pimenta, Auriol e Fonseca). Depois temos um leque de 10 atletas que podem almejar top 8 ou, quem sabe, pódio. 

Editado por M. Porter

Compartilhar este post


Link para o post

Btw se não fosse o pedreiro que temos no comando dos U21 poderíamos estar a falar da maior comitiva portuguesa nos JO desde Atlanta 96.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de Lebohang, há 1 minuto:

Btw se não fosse o pedreiro que temos no comando dos U21 poderíamos estar a falar da maior comitiva portuguesa nos JO desde Atlanta 96.

Depois os clubes não libertavam ninguém e íamos com uma seleção de m*rda como em 2016. TEntendo, mas tenho pena que o futebol Olimpico não faça parte do calendário FIFA.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de M. Porter, há 1 minuto:

Depois os clubes não libertavam ninguém e íamos com uma seleção de m*rda como em 2016. TEntendo, mas tenho pena que o futebol Olimpico não faça parte do calendário FIFA.

É uma obrigação para um país como Portugal qualificar-se para os JO, sobretudo quando o futebol é o eucalipto que seca as outras modalidades.

Compartilhar este post


Link para o post
Publicado (editado)
Citação de Lebohang, há 7 minutos:

É uma obrigação para um país como Portugal qualificar-se para os JO, sobretudo quando o futebol é o eucalipto que seca as outras modalidades.

Não concordo que seja uma obrigação, porque o apuramento europeu limita-se a 4 equipas e é feito via euro sub21. E tens diversas seleções com o mesmo nível ou superior, e depois tens de ter em conta e "sorte" com a geração disponível para o Euro de qualificação. 

Das Seleções Europeias presentes a França não participava desde Los Angeles 1984, a Roménia desde Tóquio 1964 (curioso), a Espanha desde Londres 2012 e a Alemanha é a única com participações consecutivas, mas antes do Rio não ia desde Seul 1988. 

Editado por M. Porter

Compartilhar este post


Link para o post
Publicado (editado)
Citação de Alexis Ren, há 7 horas:

A Simon Biles pelo que eu li vai se retirar das competições depois destes Jogos, que saia em grande. 

24 ou 25 anitos. Já  "está velha" para a coisa. Lembro-me de quando a Biles apareceu, "rebentou" a Shawn Johnson que, à data da era (e é) uma lenda da modalidade. A Shawn retirou-se aos 20 ou 21.

Editado por ventura21

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de ventura21, há 8 minutos:

24 ou 25 anitos. Já  "está velha" para a coisa. Lembro-me de quando a Biles apareceu, "rebentou" a Shawn Johnson que, à data da era (e é) uma lenda da modalidade. A Shawn retirou-se aos 20 ou 21.

O problema da Simon acho que são mesmo as lesões que se têm vindo arrastar nos últimos anos por isso tomou essa decisão. 

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de M. Porter, há 1 hora:

Belo Post. Basicamente bateste nos pontos todos. Vai depender de muitas variáveis (sobretudo climatéricas), mas vejo o objetivo de alcançar pelo menos 4 medalhas como muito plausível (Pichardo, Pimenta, Auriol e Fonseca). Depois temos um leque de 10 atletas que podem almejar top 8 ou, quem sabe, pódio. 

Certo, eu é que não gosto de pôr a fasquia muito alta porque normalmente há sempre muitas expectativas e depois vimos quase de mãos a abanar. Mas no fundo concordo contigo, não ia surpreender ninguém trazer 4 ou 5 medalhas.

Compartilhar este post


Link para o post
Citação de bengala, há 9 minutos:

Certo, eu é que não gosto de pôr a fasquia muito alta porque normalmente há sempre muitas expectativas e depois vimos quase de mãos a abanar. Mas no fundo concordo contigo, não ia surpreender ninguém trazer 4 ou 5 medalhas.

Ia surpreender muita gente. 😁 alem disso o nosso máximo de medalhas nuns JO foram 3 (1984)

Compartilhar este post


Link para o post

Muito confiante numa medalha do João Almeida no contrarrelógio e acho que a Tata Martins também tem hipóteses na pista

Compartilhar este post


Link para o post

Junta-te à conversa!

Podes publicar um comentário agora e registar-te depois. Se tiveres uma conta, autentica-te agora para publicares o teu comentário de forma autenticada.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   O conteúdo anteriormente introduzido foi recuperado..   Limpar

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  
×
×
  • Criar Novo...